Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Alckmin é o que mais arrecadou entre candidatos à Presidência da República

(Foto: Ilustração)

A prestação de conta dos candidatos à Presidência da República aponta Geraldo Alckmin (PSDB) como o pleiteante que mais arrecadou até o momento. Os dados foram apresentados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no sábado (15).

Alckmin (PSDB) levantou R$ 46,4 milhões. Do montante, R$ 46,26 milhões (97,8%) foram oriundos do Fundo Eleitoral. A segunda maior arrecadação foi de Henrique Meirelles (MDB), que declarou R$ 45 milhões em receitas até o momento, recurso do próprio candidato.

A terceira maior declaração foi a do PT, com Fernando Haddad. Foram movimentados R$ 20,6 milhões em receitas, destaque para o financiamento coletivo que arrecadou R$ 598 mil. Ciro Gomes (PDT) vem na quarta posição, com R$ 16,1 milhões recebidos, todo do Fundo Eleitoral.

Marina Silva arrecadou R$ 7,2 milhões. Álvaro Dias (Podemos) recebeu R$ 5,2 milhões, Guilherme Boulos (PSOL) recebeu até agora R$ 5,99 milhões, a maior parte do Fundo Eleitoral. João Amoêdo (Novo) afirma ter recebido R$, 2,6 milhões.

José Maria Eymael (PSDC) declarou R$ 849 mil e Jair Bolsonaro (PSL) disse ter conseguido R$ 688,7 mil. Vera Lúcia (PSTU) declarou receitas no valor de R$ 401 mil, praticamente toda oriunda do Fundo Eleitoral.

Deixe uma resposta