Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Bolsonaro diz que Lula tem “carta no bolso” para ser solto

Ele afirmou que a mudança na presidência do STF pode dar margem a uma nova discussão.

O pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) se disse preocupado com a possibilidade de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tenha “uma carta no bolso” para suspender seu cumprimento da pena no caso do tríplex do Guarujá (SP). Em palestra a militares no Rio de Janeiro nesta segunda-feira (23), ele listou cenários nos quais Lula poderia deixar a prisão.

O ex-presidente foi condenado a 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro e está detido na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, desde o dia 7 de abril. Ele nega ter cometido os crimes.

“Eu me preocupo com o PT (Partido dos Trabalhadores). A gente nunca pode, como eu aprendi na minha carreira militar, negligenciar o opositor. E eu chamaria o PT não de opositor, mas de inimigo da pátria. Quem aceitou, na posição do Lula e do Zé Dirceu, passivamente ir para a cadeia tendo um paraíso na frente deles, que seria uma ida para Cuba, é claro que tem uma carta no bolso”, declarou Bolsonaro.

Ele afirmou que a mudança na presidência do STF (Supremo Tribunal Federal) programada para ocorrer em setembro – com a saída de Cármen Lúcia e a entrada de Dias Toffoli – pode dar margem a uma nova discussão do entendimento de que sentenciados podem ir para a prisão após condenação em segunda instância. Em tese, um entendimento diferente poderia resultar na soltura de Lula.

Deixe uma resposta