Campanha contra gripe amplia público alvo e contempla policiais e militares 

Policiais civis, militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas foram incluídos pela primeira vez na Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. Em Petrolina esse público pode buscar a vacina nos postos de saúde, tanto da sede, quanto do interior.

A justificativa do Ministério da Saúde para incluir esse grupo dentro da campanha tem como base a exposição dos mesmos em atividades de risco em locais de aglomerações, um dos principais fatores de propagação do vírus da influenza.

A campanha segue até o dia 4 de maio e também precisam se imunizar trabalhadores da saúde (área pública e privada); crianças de 6 meses a 6 anos incompletos; gestantes; puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto) ; povos indígenas; idosos (a partir dos 60 anos); professores (rede pública e privada); pessoas com doenças crônicas e outras categorias de risco clínico; população privada de liberdade, incluindo adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; e funcionários do sistema prisional.

Segundo a Prefeitura de Petrolina, a meta do Ministério é 90% de imunização em cada grupo do público alvo. Os postos de saúde funcionam de 8h às 17h na sede e das 8h às 13h, no interior.

Deixe uma resposta