Campanha contra gripe em Pernambuco atingiu apenas 42% do público alvo

A imunização protege contra as influenzas A (H1N1), A (H3N2) e B.

Após as ações do Dia D, nesse sábado (04), da Campanha Nacional de Vacinação contra à Influenza, somente 42,35% do público-alvo de Pernambuco foi atingido. Até o dia 31 de maio, a meta é imunizar, no mínimo, 90% do público-alvo, que representa mais de 2,6 milhões de pessoas no estado.

Até o final da campanha podem se vacinar: crianças entre 6 meses e 5 anos, 11 meses e 29 dias; gestantes, idosos (60 anos ou mais), puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhadores da saúde, professores das escolas públicas e privadas e povos indígenas.

A imunização, que protege contra as influenzas A (H1N1), A (H3N2) e B, ainda contempla portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, que devem apresentar prescrição médica no ato da imunização, de acordo com recomendação do Ministério da Saúde (MS); adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional.

Além disso, o Ministério da Saúde orienta vacinar policiais civis, militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas, que devem apresentar documento comprobatório no ato da vacinação, assim como os professores e profissionais de saúde.

Deixe uma resposta