Campeonato Pernambucano: FPF paralisa Série A2 e partidas da primeira rodada da segunda fase são suspensos

(Foto: Internet)

Na tarde desta quarta-feira (11), a Federação Pernambucana de Futebol (FPF) recebeu uma ordem do Tribunal de Justiça Desportiva de Pernambuco (TJD-PE), exigindo a suspensão do Campeonato Pernambucano da Série A2. O posicionamento do Tribunal aconteceu em decorrência da solicitação feita pelo presidente do 1º de Maio, Josué Nascimento, na última terça-feira (10).

Por meio de um Mandado de Garantia, o clube petrolinense havia solicitado a suspensão da competição, com a intenção de tirar novamente os dez pontos do time do Decisão. Sem a pontuação, o Falcão estaria fora do hexagonal, e o 1º de Maio assume vaga na zona de classificação e passa para a fase final.

O argumento da presidência do 1º de Maio é de que a ação de devolução dos pontos fere o regulamento da A2, onde diz que apenas quatro atletas por equipe podem ter tido contato com outras competições estaduais no ano. No Decisão, os meias Natan (ex-Santa Cruz) e Diógenes estavam no elenco do Flamengo de Arcoverde e a contratação deles para a disputa excede a quantidade permitida.

Com a liminar concedida pelo TJD-PE de paralisação campeonato pernambucano Série A2, as partidas da segunda fase da competição que começariam hoje, foram suspensas, até que o STJD se pronuncie julgue a matéria. Nesta quarta, aconteceriam três confrontos: Retrô x Vera Cruz, Decisão x Porto e Centro Limoeirense x Íbis.

Deixe uma resposta