Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Faltará água em Juazeiro nesta terça-feira (9)

Amanhã (9) vai faltar água no Centro de Juazeiro (BA) das 8h às 12h. O Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE) explica que o corte no abastecimento será necessário para reparar um vazamento descoberto há duas semanas na Avenida Rio Branco, próximo ao Colégio Dr. Edson Ribeiro.

De acordo com o SAAE, o vazamento foi registrado na rede principal de 250 milímetros e será necessário um corte na parte do asfalto. Dessa forma, toda a região central estará sem água na parte da manhã. A previsão do SAAE é que o fornecimento seja feito assim que o reparo estiver concluído.

Carros pipas atenderão 800 famílias da zona rural de Petrolina

(Foto: Ascom)

A partir dessa sexta-feira (4) o programa Água Boa estará beneficiando 800 famílias da zona rural de Petrolina começarão a ser beneficiados com abastecimento de água. A iniciativa da Prefeitura de Petrolina é resultado do investimento de R$ 720 mil.

Para esse ano 20 carros pipas foram contratados – a assinatura do serviço aconteceu na quinta-feira (5) – e hoje Rajada, Pau Ferro, Aranzel e Caititu serão beneficiadas com o abastecimento hoje.

“Dobramos a capacidade de atendimento porque a demanda de famílias sem abastecimento é enorme e infelizmente o Governo do Estado não faz a sua parte, retirando há dois anos os contratos com os pipeiros. Mas não poderíamos ver essa situação com o povo do interior de Petrolina e assumimos a responsabilidade de levar água boa para quem precisa”, disse o prefeito Miguel Coelho.

SAAE alerta usuários sobre pagamento através de aplicativo

A direção do Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE) de Juazeiro está orientando seus usuários para que evitem pagar contas em aplicativos ou cartões que não sejam dos bancos conveniados com a autarquia.

O Setor Comercial do SAAE esclarece que recebeu essa semana cinco recibos de pagamento referentes a contas de água pagas em um aplicativo por nome ‘PicPay’, cujos valores ainda não foram depositados nas contas do órgão, que possui convênio com: Banco do Brasil, Bradesco, SICOB, Caixa Econômica Federal e Itaú.

O setor financeiro do SAAE está mantendo contato com as instituições conveniadas para maiores esclarecimentos.

Compesa realiza obras de esgotamento sanitário em Petrolina

Ao todo, a empresa aplicou R$ 400 mil de recursos próprios nos serviços.

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) tem investido na ampliação do esgotamento sanitário de Petrolina (PE). No momento, duas obras para implantação de rede coletora e tratamento estão sendo realizadas na cidade.

Os bairros beneficiados são o Cidade Universitária, localizado na zona leste, onde vivem cerca de 700 pessoas, de acordo com a companhia, e o Alto do Cocar 2, situado na zona oeste. Ao todo, a empresa aplicou R$ 400 mil de recursos próprios nos serviços.

Segundo a Compesa, foram implantados quatro mil metros de rede coletora e condominial para atender a localidade. A expectativa é que até o fim deste mês de outubro o novo sistema de coleta e tratamento de esgoto esteja funcionando plenamente.

A obra do bairro Alto do Cocar II irá beneficiar cerca de 900 pessoas com serviços de coleta e tratamento de esgoto. Serão implantados quase quatro mil metros de redes coletoras e redes condominiais na localidade. “Continuamos investindo para que Petrolina atinja a meta de 100% de saneamento”, destaca o Gerente de Unidade de Negócios, João Raphael.

Investimentos em Petrolina

De acordo com o ranking divulgado pelo Instituto Trata Brasil, Petrolina foi a cidade brasileira que mais avançou na ampliação do serviço de esgotamento sanitário nos últimos anos, estando entre os 15 municípios brasileiros com melhores índices de cobertura de esgoto.

Miguel Coelho anuncia nova etapa do programa de carros-pipa para zona rural

Na primeira etapa o programa da Prefeitura de Petrolina atendeu cerca de 400 famílias.

Lançado no ano passado, o programa “Água Boa” será retomado a partir desta semana em Petrolina (PE). O prefeito Miguel Coelho deve anunciar, nesta quinta (04), a programação de abastecimento com carros-pipa em comunidades da zona rural, que receberá um investimento de R$ 720 mil. O lançamento da segunda etapa do Água Boa ocorre a partir das 9h, na comunidade de Rajada, distrito de Petrolina.

Ao todo, serão atendidas cerca de 800 famílias em dezenas de localidades do interior petrolinense. Nesta fase, o “Água Boa” terá o serviço dobrado, passando de 10 carros-pipa para 20 veículos para abastecer os moradores da zona rural.

O programa municipal de abastecimento hídrico vem suprir a ausência do trabalho de responsabilidade do Governo do Estado, que há quase dois anos passa por seguidas suspensões. Para isso, a Prefeitura de Petrolina fez um novo contrato com os pipeiros por seis meses.

Programa Água Boa

O Água Boa foi lançado, no ano passado, em caráter emergencial por conta da necessidade de comunidades castigadas pela seca e falta de abastecimento. Na primeira etapa o programa da Prefeitura de Petrolina atendeu cerca de 400 famílias em mais de 50 comunidades do interior. A cidade é uma das que estão sob decretos estadual e municipal de emergência pela estiagem.

Compesa diz que multa milionária aplicada pela prefeitura é infundada

Compesa afirmou que quantidade de bombas atende às necessidades durante o período dos serviços de manutenção. (Foto: ASCOM)

Após ser multada pela prefeitura de Petrolina em mais de R$ 2 milhões por apresentar irregularidades em estações de esgoto na cidade, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) se manifestou e chamou de “infundada” a decisão da prefeitura.

De acordo com a companhia, todas as estações elevatórias de esgoto estavam em pleno funcionamento, com a coleta e tratamento dos dejetos sendo feitos da maneira adequada.

LEIA TAMBÉM

Compesa é multada em mais de R$ 2 milhões por irregularidades em estações de esgoto em Petrolina

Ainda segundo a Compesa, todos os esclarecimentos foram prestados durante a visita dos representantes da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Município de Petrolina (ARMUP) às unidades operacionais de esgoto, acompanhados pelos técnicos da Compesa.

Além disso, a empresa garante que “a quantidade de bombas reservas existentes nas 30 estações que compõe o sistema de esgotamento sanitário de Petrolina são suficientes para atender as necessidades durante o período dos serviços de manutenção em algum equipamento”.

A Compesa afirmou ainda que, por considerar absurda a penalidade, irá recorrer judicialmente contra a prefeitura.

Moradores de Rajada afirmam estar sem água há mais de 15 dias

(Foto: Reprodução)

Moradores do Distrito de Rajada estão há 15 dias sem água nas torneiras de suas residências e segundo os leitores que procuraram o Blog nessa sexta-feira (14), até o momento a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) não informou o motivo e nem deu um prazo para solucionar o problema.

A situação mais crítica vem sendo registrada nas ruas Antônio Vaz Filgueira e Rua Gabriel Moreira. “Tá terrível a situação aqui, aproveito o espaço do Blog para pedir essa ajuda”, disse uma leitora que preferiu não se identificar.

Procurada por nossa equipe, a Compesa informou estar ciente do problema e prestaria os esclarecimentos aos moradores de Rajada. No entanto, até o momento a companhia não nos retornou com as informações por nossa Redação.

Moradores de Juazeiro reclamam de falta d’água

(Foto: Ilustração)

Sem água há quatro dias, moradores do bairro Tabuleiro, em Juazeiro (BA), não sabem mais a quem recorrer. Alguns já compraram água mineral para beber e cozinhar, e outros estão pegando água na casa de vizinhos que têm reservatório.

“É muito preocupante, precisamos de água o mais rápido possível, não estamos conseguindo nem fazer as atividades de casa, nós temos uma idoso e criança em casa, nós estamos nos deslocando para outros bairros para conseguir água. O SAAE precisa dá uma reposta para os moradores. Nós estamos sem esperança, sem saber quando vai voltar o abastecimento de água”, afirma Jéssica Raiane, moradora do bairro Tabuleiro.

Para os moradores, a situação é insustentável. “Já é o segundo dia que eu compro água pra beber, desde domingo nós estamos sem água, e o SAAE nem nos avisou. É uma falta de respeito”, disse um morador que não quis se identificar.

LEIA TAMBÉM

Câmara de Vereadores de Juazeiro aprova crédito especial de quase R$ 300 mil para SAAE

Em algumas residências a água está chegando aos poucos, mas na maioria das casas a situação é precária. Pelas ruas do bairro, várias pessoas são vistas com baldes na cabeça em busca de água.

Bairro Novo Encontro

No bairro Novo encontro, em Juazeiro, a situação não é diferente. Segundo Richard William, morador do bairro, desde a última segunda-feira (10) não tem água nas casas. “Não fomos avisados, estamos passando por dificuldades. Tentamos ligar para o SAAE, mas a ligação não completa. Nós queremos uma resposta”, disse.

Preocupados com o desabastecimento de combustíveis na cidade, motoristas fazem filas nos postos de Petrolina; governo afirma que se trata de boato

Tudo começou com uma postagem da rede de postos PetroMega nas redes sociais sobre uma possível paralisação dos caminhoneiros. A União dos Caminhoneiros do Brasil (UDC) disse em nota, que a paralisação deve ocorrer após o feriado de 7 de setembro. Algumas autoridades já se pronunciaram e afirmam que a notícia se trata de boato.

A publicação provocou apreensão e corrida a postos de combustíveis no estado de Pernambuco desde a noite deste sábado (01). Em Petrolina (PE), motoristas já estão fazendo filas nos postos de combustíveis. Segundo Gustavo Conserva, proprietário do posto Lorena III, que fica próximo a Honda Brasil Motos, o movimento no posto está grande e a fila só aumenta.

O presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Pernambuco (Sindicombustíveis-PE), Alfredo Pinheiro Ramos, diz que a população deve ficar tranquila porque não há desabastecimento nos postos e é remota a possibilidade de uma nova greve semelhante a que aconteceu em maio.

“Desacreditamos 99% que vá acontecer uma nova greve com aquela dimensão. Uma rede de postos colocou isso na internet e viralizou. Isso sem falar numa série de áudios requentados da antiga greve que estão circulando pelo whatsApp. Isso foi um absurdo, porque gerou tumulto e tirou a tranquilidade da população. É preciso penalizar quem publica esse tipo de nota”, observa Pinheiro Ramos.

Notificação

LEIA MAIS

Problema de falta d’água em bairro de Santana do Sobrado é resolvido

Diretora do SAAE observa caixas d’água comunitárias que serão desativadas.

O prefeito de Casa Nova (BA), Wilker Torres, a diretora do Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE), Dagmar Nogueira, e técnicos da instituição, estiveram nas ruas do bairro São Miguel, em Santana do Sobrado (BA) para acompanhar a chegada dos materiais para o início das obras de implantação de uma rede de distribuição de água que irá solucionar definitivamente o problema da falta de água na comunidade.

Os moradores do bairro sofriam com a falta de água e com o abastecimento irregular, dependente de bombas para se ter água nas caixas. De acordo com o projeto elaborado pelo SAAE e aprovado pelo prefeito Wilker Torres, a nova rede será integrada a anéis, possibilitando abastecimento ininterrupto, ramais e ligações que levarão água a todas as casas.

“Estou acompanhando de perto essa obra, inovadora, que vai trazer água para os moradores do bairro São Miguel. É uma reivindicação da comunidade, justa e urgente, que estamos atendendo. É nosso respeito à vontade das comunidades. Nosso objetivo é equiparar, em progresso, oportunidades de escola, saúde e segurança, os moradores de todos os distritos de Casa Nova aos moradores da cidade. Ainda falta muito, mas chegaremos lá”, disse Wilker Torres.

A nova rede, com obras de escavação e implantação sendo iniciadas, utilizará 2.160 metros de canos, de 50mm e 75mm, um anel de interligação e contemplará ligações domiciliares em todas as casas do bairro.

Petrolina: Falta de água no Centro e proximidades aconteceu devido a vazamento em rede da Compesa

Vazamento aconteceu em uma das galerias da companhia.

A falta de água que atinge o Centro de Petrolina e bairros adjacentes desde essa sexta-feira (24) acontece devido a um vazamento na rede de água da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa).

De acordo com a companhia, a dificuldade maior de resolver o problema é que o vazamento – que só foi descoberto neste sábado – aconteceu em uma das galerias e é necessário quebrar placas de concreto para realizar a manutenção.

Para fazer o conserto, foi necessário suspender o abastecimento de água para a região. A previsão inicial é que o abastecimento volte ao normal na segunda-feira (27).

Reclamação

Uma moradora do bairro Atrás da Banca reclamou da falta de água e da dificuldade em manter a rotina. “A gente tem criança pequena em casa e precisa de água para cozinhar, para limpar a casa, dar banho nas crianças e aí fica sem água. Tive que comprar comida fora, água para beber, também tive que comprar água fora. Quer dizer, fica complicado para gente porque pagamos por um serviço que não está tendo”.

Licitação para dobrar quantidade de carros-pipa em Petrolina já está em andamento

Programa “Água Boa” tem beneficiado zona rural de Petrolina. (Foto: ASCOM)

Em caráter emergencial, devido à seca e às falhas no abastecimento de água por parte do governo estadual, a Prefeitura de Petrolina está dando continuidade ao Programa ‘Água Boa’. Para retomar o serviço, a prefeitura iniciou o processo licitatório para contratação de carros-pipas o qual já se encontra em andamento.

A iniciativa, coordenada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Agrário, já beneficiou mais de 380 famílias em diversas localidades do município que sofrem com o longo período de estiagem e não são contempladas pela Operação Carro-Pipa ou outro tipo programa.

“Estamos seguindo os trâmites legais de licitação e, em breve, o Programa ‘Água Boa’ estará atendendo às comunidades rurais. Quero adiantar que vamos ampliar o número de carros-pipas de 10 para 20 e vamos atender mais de 700 famílias. Volto a repetir que hoje sim, o interior tem atenção especial devido a essa gestão”, disse o secretário de Desenvolvimento Econômico e Agrário, José Batista da Gama.

LEIA MAIS

Manutenção em equipamentos deixa bairros de Petrolina sem água nessa sexta-feira (17)

A partir das 10h dessa sexta-feira (17) faltará água em mais de 40 bairros de Petrolina. O motivo da interrupção no abastecimento, segundo a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) é uma manutenção em equipamentos das Estações de Tratamento (ETA) Petrolina I e II.

De acordo com a Compesa, a expectativa é que o fornecimento de água seja normalizado até o final do dia. Confira a seguir a lista dos bairros afetados:

LEIA MAIS

Candidata a deputada estadual, Dulcicleide Amorim leva reivindicação de moradores do Jardim Petrópolis à Compesa

Ducicleide Amorim e João Rafael.

Nesta quinta-feira (16), representando o deputado Odacy Amorim, a candidata a deputada estadual Dulcicleide Amorim se reuniu com o gerente regional da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), João Rafael, para tratar da instalação de uma rede de água nas ruas 14 e Juá e da Travessa 17, no Jardim Petrópolis, em Petrolina (PE).

A reivindicação foi apresentada ao deputado Odacy Amorim, em recente visita ao bairro. Os moradores dessas ruas só recebem água por meio de uma mangueira ligada à rede central, que fica a mais de 300 m de distância.

O gerente regional da COMPESA garantiu a Dulcicleide que uma equipe será enviada para analisar a possibilidade de instalação da rede solicitada pelos moradores das ruas 14 e Juá e da Travessa 17.

Constesf retoma construção de barreiros em Pilão Arcado

Já estão em execução as obras para a construção de mais de 90 barreiros-trincheira em Pilão Arcado, através do Projeto Cisternas, desenvolvido pelo Consórcio sustentável do Território do São Francisco (Constesf), integrado pela prefeitura de Pilão Arcado e mais nove municípios da região norte da Bahia.

A tecnologia é capaz de armazenar até 500 mil litros de água permitindo que as famílias do semiárido produzam alimentos e cuidem de seus animais mesmo nos períodos de estiagem.

As 91 famílias que serão beneficiadas gratuitamente serão preparadas e capacitadas para cuidar e manter a tecnologia. Através de curso, irão receber orientações sobre como gerenciar a água captada, além de ajuda de custo para manter a tecnologia.

De acordo com o presidente do Constesf e Prefeito de Canudos, Genário Rabelo, ao todo serão 105 barreiros que suprirão as necessidades das famílias que não têm acesso à água em Pilão Arcado.

LEIA MAIS
123