General Augusto Heleno diz que não vai ser vice de Bolsonaro

General Augusto Heleno. (Foto: Marcello Casal Jr./ABR)

Jair Bolsonaro chegou a afirmar, em evento público no interior paulista na noite de terça-feira (17), que até esta quarta-feira iria anunciar o nome do general da reserva do Exército Augusto Heleno como seu colega de chapa para Presidência da República, segundo relato feito pelo presidente do PSL em São Paulo, o deputado federal Major Olímpio.

Na manhã desta quarta-feira (18), em entrevista à Reuters, Augusto Heleno afirmou que o Partido Republicano Progressista (PRP) barrou a indicação dele para ser o candidato a vice na chapa por Bolsonaro, do PSL.

LEIA MAIS

Armando Monteiro visita ex-presidente Lula em Curitiba

(Foto: Instituto Lula/Divulgação)

O senador Armando Monteiro (PTB) visitou, nesta terça-feira (17), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na sede da Polícia Federal em Curitiba, no Paraná. O petebista integrou uma comissão suprapartidária formada por senadores que fazem parte da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado Federal. O objetivo da comitiva foi verificar as condições de todos os presos e a situação da carceragem da PF.

Além de Armando Monteiro, que foi ministro de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior de Dilma Rousseff, também estiveram com o ex-presidente Lula os senadores Roberto Requião (MDB-PR), Renan Calheiros (MDB-AL), Edison Lobão (MDB-MA) e Jorge Viana (PT-AC) – autor do requerimento para realização da visita. Lula está preso na carceragem da Polícia Federal há mais de 100 dias.

LEIA MAIS

Youtuber de Juazeiro faz sucesso com vídeos na internet e contabiliza mais de 10 milhões de visualizações

Ian diz nunca ter imaginado que uma simples brincadeira fosse dar um outro rumo à sua vida. (Foto: Arquivo Pessoal)

Aos 21 anos, Ian Miller é um desses fenômenos virais das redes que através de vídeos divertidos dialoga com a sua cidade e até com o mundo. Com mais de 10 mil seguidores no Facebook e quase 14 mil no Instagram, o comediante e ator já foi destaque em vídeos de Youtubers nacionalmente conhecidos, como Felipe Neto e Japa Morizono, que juntos somam quase 30 milhões de seguidores somente na rede de vídeos.

Em janeiro deste ano, um dos vídeos do juazeirense dançando foi exibido no canal da NiceNienke, holandesa Nienke Helthuis. Hoje, o vídeo tem quase 1 milhão e meio de visualizações.

Tudo começou com uma brincadeira onde ele e outros amigos decidiram criar alguns vídeos sobre a vida engraçada de um jovem que não tinha muita sorte na vida. Mas segundo Ian, a coisa só fez sucesso com o aplicativo “Vine”, que permitia gravar vídeos curtos, de até 6 segundos.

LEIA MAIS

Manchetes dos principais jornais do país

O Globo
ANS pretende manter a regra dos 40% de coparticipação

Folha de São Paulo
Decisão do STF coloca em xeque gestão sustentável do lixo

O Estado de São Paulo
Receita Federal vai fiscalizar dinheiro vivo declarado por candidatos na eleição

Jornal do Commercio
Plano de saúde caro faz surgir novas modalidades

Diário de Pernambuco
O peso de Lula para a eleição em Pernambuco

Folha de Pernambuco
Reajuste de hidrelétricas vai aumentar conta de luz

A Tarde
Ação reprime roubo de carga em seis estados

Tribuna da Bahia
Empréstimo financeiro pode virar problema

Correio da Bahia
A tragédia do caminhão desgovernado no Trogoby

O Dia
Veja datas de pagamento da primeira parcela do 13º do INSS

Valor Econômico
Congresso tenta ampliar benefícios do Rota 2030

Correio Braziliense
Frejat decide hoje se disputa GDF. Rosso, na fila, promete reajuste

Meio Norte
Eletrobras vai ser vendida em 9 dias

Diário do Nordeste
Transposição tem obras 24h e avança rumo ao Ceará

Aneel aprova reajuste e conta de energia ficará 3,86% mais cara

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nessa terça-feira (17) o reajuste de 45,52% na receita anual de geração de 69 usinas hidrelétricas que atuam no regime de cotas.

Dessa forma a conta de energia dos brasileiros ficará um aumento de até 3,86%. O impacto na conta de luz depende da data do reajuste aprovado pela Aneel e da quantidade de cotas (volume de energia) que cada distribuidora compra das hidrelétricas.

O volume de cotas de cada distribuidora representa, em média, 22,64% dos contratos de energia das concessões. A remuneração total recebida pelas usinas, de julho de 2018 a junho de 2019, será de R$ 7,944 bilhões.

O atual regime de cotas foi implantado por meio da Medida Provisória nº 579/2012, com renovação automática das concessões de usinas hidrelétricas.

Manchetes dos principais jornais do país

O Globo
Carmén Lúcia suspende regras fixadas pela ANS

Folha de São Paulo
Geração de empregos deve atingir só 20% do previsto

O Estado de São Paulo
Dólar sobe 18% no ano e pressiona indústria

Jornal do Commercio
Planos de saúde na pauta do Supremo

Diário de Pernambuco
Empate técnico na disputa pelo governo

Folha de Pernambuco
63,6 milhões de devedores no país

A Tarde
STF barra resolução que encarece planos de saúde

Tribuna da Bahia
STF suspende cobrança de até 40% em procedimentos por planos de saúde

Correio da Bahia
Supremo proíbe planos de cobrar até 40% do valor do atendimento

O Dia
Primeira parcela do 13º de apesentados sai em agosto

Valor Econômico
Múltis de alimentos perdem mercado e buscam inovação

Correio Braziliense
O futebol é azul

Meio Norte
O dia de glória chegou

Diário do Nordeste
Ceará de olho em atrair os turistas chineses

Governo antecipa primeira parcela do 13º de aposentados e pensionistas

(Foto: Ilustração)

Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) receberão a primeira parte do 13º salário junto com a remuneração de agosto. A primeira parcela do abono anual corresponderá a até 50% do valor do benefício.

O decreto autorizando a antecipação foi assinado hoje (16) pelo presidente Michel Temer, mas ainda não foi publicado no Diário Oficial da União. A medida deve injetar R$ 21 bilhões na economia do país e movimentar o comércio e outros setores.

Como determina a legislação, não haverá desconto de Imposto de Renda na primeira parcela paga a aposentados e pensionistas do INSS. O imposto sobre o valor somente pode ser cobrado na segunda parcela da gratificação natalina, a ser paga junto com a remuneração de novembro.

Desde 2006, o governo antecipa a primeira parcela do 13º salário dos aposentados e pensionistas na folha de agosto. Somente em 2015, o pagamento foi adiado para setembro, por causa do ritmo fraco da economia e da queda da arrecadação.

Fonte Agência Brasil

STF suspende resolução da ANS que cobrava 40% em coparticipação no plano de saúde

(Foto: Internet)

A presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, suspendeu nessa segunda-feira (16) a Resolução Normativa 433/2018 da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) da Agência Nacional de Saúde (ANS) que encarecia em até 40% a coparticipação nos planos de saúde.

Com a decisão de caráter temporário a resolução fica suspensa até o exame feito pelo ministro-relator Celso de Mello ou pelo plenário da Corte, ainda sem prazo para acontecer.

O documento foi publicado em 28 de junho e obrigava os pacientes de planos, a cobrança de franquia e coparticipação sobre o valor de cada procedimento médico realizado.

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), por meio de nota, informou que ainda “não foi notificada oficialmente sobre a decisão do STF.

Manchetes dos principais jornais do país

O Globo
França é bi na copa da revolução

Folha de São Paulo
Mortalidade infantil tem primeiro aumento desde 1990

O Estado de São Paulo
O mundo é azul

Jornal do Commercio
Azul é a cor mais forte

Diário de Pernambuco
A segunda revolução francesa

Folha de Pernambuco
França vence a Croácia e é bicampeã do Mundo

A Tarde
A terra é azul

Tribuna da Bahia
Vive la France

Correio da Bahia
Revolução francesa

O Dia
INSS vai exir agendamento prévio de serviços pela internet

Valor Econômico
Fundo de previdência aberta rende menos que taxa selic

Correio Braziliense
Indefinição sobre Frejat acirra disputa pelo GDF

Meio Norte
15 mil não têm nome do pai no Piauí

Diário do Nordeste
Tabela do Flat vai prejudicar a economia do Nordeste

Inscrições para o Fies começam nesta segunda

O teto de financiamento do Fies é de mensalidades de até R$ 7.163. (Foto: Internet/Ilustração)

As inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) começam nesta segunda-feira (16) e vai até domingo (22). Ao todo, serão oferecidas 155 mil vagas para faculdades particulares em todo o país. As inscrições podem ser realizadas no site do programa.

Para participar do Fies, é necessário ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, ter alcançado no mínimo 450 pontos nas provas e não ter zerado a redação. A renda familiar bruta per capita também deve ser de até três ou cinco salários mínimos.

O novo Fies possui duas modalidades de financiamento. A primeira, que é destinada àqueles que têm renda familiar per capita de até três salários mínimos, oferece vagas com juros zero. Nessa modalidade, o aluno paga as prestações, respeitando o limite de renda. Paga-se, durante o curso, uma taxa mensal de coparticipação. Ao concluir, a dívida é quitada de acordo com a realidade financeira do estudante.

LEIA MAIS

Funcionários dos Correios marcam protesto para terça-feira (17)

(Foto: Arquivo)

Funcionários dos Correios que fazem parte do Fundo de Pensão dos Funcionários dos Correios (Postalis) agenderam um protesto para terça-feira (17), em todo o Brasil. Em Pernambuco a maior paralisação deve acontecer na capital Recife, às 9h30, em frente ao edifício dos Correios.

A manifestação é contra o dinheiro desviado do fundo de pensão, que nem mesmo uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) conseguiu desvendar a situação. O rombo no Postalis coloca em risco a aposentadoria dos servidores, já que os desvios somam cifras bilionárias.

Ao jornal Diário de Pernambuco, Maria Inês Capeli Fulginiti, presidente da Associação dos Profissionais dos Correios, o movimento dos trabalhadores será realizado pelos diversos núcleos regionais da associação em parceria com outras entidades representativas.

Números do Seguro DPVAT mostram que homens se envolvem em mais acidentes de trânsito

(Foto: Internet)

No dia 15 de julho é celebrado o Dia Nacional do Homem. A data foi criada para reforçar a importância dos cuidados com a saúde, muitas vezes deixados de lado pelos homens. Os números divulgados pela Seguradora Líder, responsável pela administração do Seguro DPVAT, também comprovam a necessidade de conscientização no trânsito.

Segundo os dados, 75% das indenizações pagas por acidentes de trânsito no Brasil são para vítimas do sexo masculino. Apenas no ano passado, foram quase 384 mil indenizações pagas pelo DPVAT. Destas, a maior parte foi para homens entre 18 e 34 anos. Eles também representaram 82% das vítimas nos casos de acidentes com mortes.

De acordo com especialistas, normalmente, os homens se mostram mais impacientes ao volante e menos atentos às normas de trânsito. Assim, atitudes como o não uso dos equipamentos de segurança, abuso de ultrapassagens e utilização de aparelhos eletrônicos acabam se tornando frequentes causas de acidentes.

Dados do Denatran mostram que, dos 45 milhões de motoristas no Brasil, quase 30 milhões são do sexo masculino. Segundo os números, 71% dos acidentes no país são provocados pelos homens. Além disso, 70% das multas registradas são para motoristas do sexo masculino. Segundo o Censo do IBGE 2010, a população brasileira é composta por 49% de homens e 51% de mulheres.

LEIA MAIS

Manchetes dos principais jornais do país

O Globo
Mais da metade das escolas do Rio estão em más condições

Folha de São Paulo
Se depender de mim, estaremos juntos do DEM, diz Alckmin

O Estado de São Paulo
‘Ampliação de benefícios tributários é absolutamente inoportuna’, diz Guardia

Jornal do Commercio
Pediatras convocados a lutar contra pólio e sarampo

Diário de Pernambuco
A Zona Sul em transformação

Folha de Pernambuco
Conta salgada no caminho do próximo presidente

A Tarde
Congresso libera reajustes que podem custar R$ 17,5 bilhões

Tribuna da Bahia
Neto joga para Bruno decisão sobre disputa

Correio da Bahia
As escadarias que provocam medo na UFBA

O Dia
Governo reabre prazo para saque do PIS/Pasep de 2016

Valor Econômico
Monteiro defende imposto flexível para combustiveís

Correio Braziliense
Sinal verde para reajuste a servidores veio do STF

Meio Norte
Salve Maria leva prêmio nacional

Diário do Nordeste
Líder de facção comandava o tráfico de um flat na orla

Juiz absolve Lula e outros acusados em caso de obstrução de Justiça

(Foto: Internet)

A Justiça Federal absolveu hoje (12) o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-senador Delcídio Amaral, o banqueiro André Esteves e outros acusados no processo que apura a suposta tentativa do ex-presidente de obstruir o andamento da Operação Lava Jato.

Ao julgar o caso, o juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal em Brasília, entendeu que não há provas suficientes para condenar os acusados. Em setembro do ano passado, o Ministério Público Federal (MPF) também havia pedido a absolvição de Lula e de outros acusados.

De acordo com a acusação, Lula teria feito esforços no sentido de impedir que o ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró firmasse acordo de delação premiada com a força-tarefa da Operação Lava Jato.

LEIA MAIS

LDO pode causar impacto de R$ 100 bilhões nos cofres públicos

(Foto: Ilustração)

A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) aprovada pelos deputados e senadores nessa semana deve provocar um rombo de R$ 100 bilhões nos cofres públicos. Isso porque os políticos aprovaram medidas que vão elevar os custos do país.

Entre as medidas estão a manutenção dos benefícios tributários à indústria de refrigerantes de Manaus, cujo impacto é de R$ 1,78 bilhão. Outra questão é não cobrança da dívida tributária de produtores rurais, que custará R$ 13 bilhões só este ano.

Benefícios

Os deputados e senadores também derrubaram o veto que proibia o reajuste no funcionalismo público e a criação de cargos no serviço público federal. Os políticos também rejeitaram o trecho que previa corte de 5% no custeio administrativo para 2019, composto por despesas do dia a dia do governo, como água, luz, telefone, aluguéis e diárias.

A LDO orienta a elaboração do Orçamento do ano seguinte, com parâmetros econômicos e lista de ações prioritárias para o governo. O texto aprovado manteve a meta de déficit primário (resultado negativo nas contas do governo sem o pagamento dos juros da dívida pública) em R$ 132 bilhões (1,75% do PIB).

123