Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Prefeitos elegem nova diretoria do Conrio em Cabrobó-PE

Marcilio Cavalcanti, prefeito de Cabrobó, será o presidente do Conrio neste ano de 2017

O prefeito do município de Cabrobó, Marcilio Cavalcanti (PMDB), recebeu no último domingo (29) em sua residência os colegas gestores George Gueber (PT) de Orocó, Humberto Mendes (PTB) de Santa Maria da Boa Vista e Vilmar Cappellaro (PMDB) de Lagoa Grande. A reunião teve como principal objetivo de tratar do Conrio (Consorcio Intermunicipal do Vale do São Francisco), criado com o objetivo de fortalecer os projetos de interesse dos municípios para diminuir a burocracia e liberação dos recursos. No entanto, o Conrio não foi levado a serio pelos governos anteriores e com isso nenhuma ação chegou às populações desses quatro municípios.

Nessa primeira reunião entre os prefeitos que integram o bloco do Conrio, foi tratado da escolha da diretoria e da construção de dois aterros sanitários. Ficou decidido entre os prefeitos que a mesa diretora será composta pelos quatro prefeitos com mandatos rotativos, sendo assim cada prefeito fica por um ano em um cargo diferente. Marcilio Cavalcanti, prefeito de Cabrobó será o presidente do Conrio neste ano de 2017, com Vilmar Cappellaro sendo o vice, Humberto Mendes, secretario e George Gueber na tesouraria.

Os lideres municipais querem que a destinação dos lixos seja resolvida o mais rápido possível, de acordo com o prefeito de Cabrobó, Marcilio Cavalcanti, o Conrio já conta com a disponibilidade de recursos na ordem de R$ 350 mil, o que seria suficiente para iniciar as obras das construções dos dois aterros sanitários, um entre as cidades de Cabrobó e Orocó e o outro, entre as cidades de Santa Maria da Boa Vista e Lagoa Grande.

A nova diretoria do Consorcio Intermunicipal do Vale do São Francisco já enviou ao Governo do Estado oficio solicitando audiência com o governador Paulo Câmara, eles esperam que sejam recebidos pelo chefe do executivo estadual o mais rápido possível.

O CREMEPE apura se houve erro médico na morte de esteticista, em Petrolina

(Foto: Arquivo Pessoal/Uilma Fontes)

Na última terça-feira (10) a esteticista Uilma Fontes Silva de 37 anos, morreu pós uma cirurgia de lipoaspiração realizada em um hospital particular de Petrolina. Polícia Civil e o Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (CREMEPE) estão investigando, para saber a causa da morte e se houve erro médico.

A informação inicial é que minutos depois de finalizar o procedimento Uilma Fontes, passou mal e teve uma parada cardíaca. Existe a suspeita de que tenha sido operada por um profissional sem habilitação em cirurgia plástica e que tenha acontecido algum erro médico.

O presidente do CREMEPE, André Dubeux conversou com o repórter Marco Aurélio, da Rádio Jornal Petrolina e informou que determinou uma sindicância para apurar se houve alguma infração médica e que o relatório deve ficar pronto em até 90 dias.

“De pronto quando tomei conhecimento, através da mídia eu determinei uma abertura de sindicância, para que a corregedoria nomeasse um sindicante que terá o prazo de até 90 dias para apresentar um relatório, que vai ser apreciado pela câmara de sindicância para ver se houve alguma infração ao código de ética médico. De imediato, também solicitei o prontuário da paciente no hospital onde foram realizados o procedimento e o laudo necroscópico para ser acostado aos documentos”, afirmou André Dubeux.

Ainda sobre a investigação André Dubeux, falou que é preciso investigar para saber se houve ou não um erro médico para que a punição seja aplicada de acordo com a gravidade.

“Primeiro precisamos definir se realmente houve alguma infração ao código de ética médico, no caso um erro médico. As punições vão desde uma punição confidencial ou a cassação do registro, que é a pena máxima que pode ocorrer. Precisamos ver se a profissional que operou estava apta a fazer o procedimento, que é outra dúvida que se tem. Com isso a câmara de sindicância vai julgar se vai arquivar ou abrir um processo”, encerro ou presidente.

Independente do laudo, já foi instaurado para verificar se o hospital era habilitado para esse tipo de cirurgia e se o médico também era capacitado.

Delegado que investiga a morte da cabroboense fala sobre a investigação

(Foto: Internet)

Na manhã desta quinta-feira (12) o programa Super Manhã, da rádio Jornal recebeu o delegado Daniel Moreira de Souza, que está acompanhado o caso Uilma Fontes, que faleceu depois de passar por um procedimento cirúrgico, em Petrolina.

O Delegado afirmou que a família prestou queixa logo depois da confirmação do óbito, por não estarem de acordo com as informações sobre a causa da morte de Uilma Fontes.

“A família procurou a Delegacia do Ouro Preto e solicitou ao delegado plantonista que fizesse uma solicitação de remoção do corpo para o IML por que a família não estava concordando com a declaração de óbito que o hospital, informalmente, passou para a família” afirmou o delegado.

Com a solicitação da família o corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML), onde foi submetido ao exame tanatoscópio, que vai definir qual foi o tipo de morte da vítima.

Outro item que chama atenção foi a informação que a paciente recebeu, de que segundo a família, não seria necessário a presença de um acompanhante para a paciente, o delegado afirmou que isso causa estranheza, já que o procedimento não era tão simples.

“Causa até estranheza que um procedimento, que em tese, deve ser aplicado uma anestesia para o procedimento cirúrgico e o próprio médico não pede que tenha um acompanhante. Lógico que existe risco, se não existisse a paciente não teria ido a óbito”.

Investigação

O delegado afirmou que o prazo inicial de conclusão para as investigações, seriam de 30 dias, mas que pretende fazer o mais breve possível. O prazo estipulado estima esses dias porque alguns exames não são feitos em Petrolina.

“O IML vai encaminhar o resultado dos exames que foram solicitados, alguns exames que não são feitos em Petrolina, são encaminhados para Recife. O inquerido foi instaurado e pretende ouvir os familiares. Vamos oficiar ao hospital solicitando o prontuário da paciente, vamos ouvir todos os servidores que auxiliaram nesse procedimento cirúrgico e que trabalharam e ao final do inquérito vamos concluir se ouve ou não um erro médico”, concluiu o delegado Daniel Moreira.

Exclusivo: Irmã da jovem que morreu ao passar por procedimento de lipoescultura em Petrolina, fala sobre o caso

Uilma Fontes Silva, faleceu no final da tarde desta terça-feira (10), no Hospital Imaculada Conceição em Petrolina-PE/Foto: Blog Didi Galvão

O repórter Marco Aurélio, da Rádio Jornal Petrolina, conseguiu falar com a irmã da jovem Uilma Almeida Fontes Silva, 37 anos, casada, mãe de três filhos, que se submeteu em um hospital particular de Petrolina a uma lipoescultura, cirurgia para a redução do volume de gordura corporal, em áreas localizadas,  mas houve complicações no procedimento e ela acabou falecendo.

De acordo com Iraneide Almeida dos Santos, que reside na Rua Manoel Gomes Gonzaga, 89, bairro Santa Rita, em Cabrobó-PE, Uilma, que era casada com um caminhoneiro, comunicou a família sobre a cirurgia, mas disse ter sido informada pela médica “Que era uma cirurgia simples, que não iria precisar de acompanhante, porque a anestesia seria local e quando terminasse ela poderia ir para casa”.

Iraneide informou que Uilma deu entrada ontem (10) mesmo no ‘Hospital Imaculada Conceição’. “A cirurgia dela estava prevista para às 16:00 horas, eu creio que ela tenha dado entrada por volta das 15:30”.

Após às 18:00 horas, Iraneide disse ter recebido uma ligação da Dra. Betânia, informando ter havido uma “complicaçãozinha na cirurgia, mas que ela estava sendo assistida por três médicos e que a gente não se preocupasse, mas que o caso dela era grave”.

“No início ela não queria falar o que era, queria alguém da família presente lá e eu pedi para informar o que é que estava acontecendo, porque nós marávamos há três horas de viagem de Petrolina e só iria ter transporte duas horas da manhã e ela tinha que informar como era que estava a gravidade do caso dela, para a gente providenciar um transporte para chegar até aí”, acrescentou.

Após entrar em contato com uma prima e uma irmã que residem em Petrolina e pedir para elas irem ao hospital urgente, Iraneide, sem informar aos pais do que estava acontecendo, locou um carro juntamente com outros parentes e ao passar por Santa Maria da Boa Vista, por volta das 20:00, é que foi informada pela Dra. Betânia que Uilma tinha sofrida uma parada cardíaca. “Então eu perguntei, então vocês não conseguiram trazer ela de volta, não foi? Ela respondeu que sim!”, relatou.

Iraneide contou ainda que a Dra. Betânia só disse o que realmente tinha acontecido por que ela apelou muito. “Eu entrei em desespero, fiz um apelo, pedi pelo amor de Deus para que ela falasse”.

Inconformada, Iraneide questionou o desencontro das informações passadas pela médica. Para ela Dra. Betânia teria dito que Uilma faleceu na UTI  do hospital, 40 minutos após a cirurgia, no momento em que estava sendo atendida por tês médicos. Para uma amiga da família que foi ao hospital, ela disse que quando a colocou de banda na maca para por a cinta, percebeu que ela já estava entrando em óbito. Já ao cunhado da vítima, a informação foi que ao passar mal, Uilma teria comunicado a médica que queria ir embora porque tinha deixado um lugar reservado no carro, sendo recomenda a ficar até três dias em Petrolina se recuperando na casa da irmã.

Em busca de respostas, os familiares da vítima (esposo e filho) procuraram a Delegacia de Polícia  para registrar um Boletim de Ocorrência.

Apesar da informação prestada pela médica, o laudo com a causa da morte só será divulgado em 60 dias, segundo informou o IML. O corpo de Uilma deve chegar a Cabrobó por volta das 19:00 horas desta quarta-feira (11), onde será velado no Centro de Velório e o sepultamento vai acontecer no antigo cemitério da cidade.

Jovem de Cabrobó promove campanha para arrecadar dinheiro para cirurgia

(Foto: Arquivo Pessoal/Barbara Santos)

A jovem Barbara Santos tem 20 anos e vive no assentamento Jibóia, em Cabrobó (PE). Desde 2013 a garota sofre com um problema sério de saúde, ela possui varizes no esôfago e precisa passar por um procedimento cirúrgico com urgência.

Além do problema de varizes no esôfago, Barbara acumula outros problemas de saúde, ela descobriu que possui o fígado e o baço em um tamanho maior que o normal o que deixa sua saúde ainda mais frágil. Devido ao problema no esôfago, a jovem sofre com hemorragias constantes, já passou por um procedimento cirúrgico para reverter o problema, mas o procedimento precisa ser feito novamente, entretanto ela não tem condições financeiras para custear a cirurgia que custa R$ 6.000,00.

Quem tiver interesse em ajudar Barbara basta fazer uma doação (em qualquer valor) com um depósito na Conta Poupança do Banco do Brasil, agencia 0605-X, Conta Poupança 10.511-2. A titular da conta é Maria de Lurdes dos Santos, mãe de Barbara. A doação também pode ser feita pessoalmente basta ligar para (87) 9.9693-4207 ou através do whatsapp 87 9916-3711 e para o telefone (87) 9.9937-3874.

Jovem morre ao realizar procedimento de lipoaspiração em Petrolina

Morreu na noite desta terça-feira (10), na cidade de Petrolina-PE, a jovem Uilma Fontes, natural da cidade de Cabrobó-PE. De acordo com informações de familiares, ela estava na mesa de cirurgia para a realização do procedimento de lipoaspiração quando teve uma parada cardíaca sem que os médicos conseguissem reanimá-la. Uilma é filha do senhor Didi Fontes. A família ainda não sabe qual a hora de  chegada do corpo de Uilma em Cabrobó.

Aprovados no concurso de 2012 para Prefeitura de Cabrobó são convocados para tomar posse

Os aprovados no concurso de 2012 para a Prefeitura de Cabrobó (PE) estão sendo convocados, por meio do departamento de Recursos Humanos da administração municipal, para assinatura de posse em seus cargos.

O prazo estipulado pela prefeitura vai até o dia 30 de dezembro deste ano. Os aprovados devem comparecer na Diretoria de Recursos durante a semana, segunda a sexta-feira, das 8h Às 13h.

Confira o comunicado

Eleitos de Orocó e Cabrobó recebem diplomação da Justiça Eleitoral

O Juiz Eleitoral da 77ª Zona Eleitoral, Dr. Thiego Dias Marinho, diplomou, na noite desta segunda-feira (12), os prefeitos e vereadores eleitos no pleito eleitoral de 2 de outubro dos municípios de Cabrobó (PE) e Orocó (PE).

Foram diplomados Marcílio Cavalcante (PMDB) e Pedro Caldas (PT), como prefeito e vice-prefeito do município de Cabrobó, respectivamente.

Além do prefeito e vice, os vereadores eleitos participaram da diplomação, dentre eles: Avanildo LILI (PRTB), Dim Saraiva (PPS), Duda Caldas (PTB), João Pedro Novaes (PSD), Karla Amando (PRP), Professor Nilson (SD), Ramsés Sobreira (PMDB), Sininho (PSB), Suzana Freire (PSB), Tony de Moacy Rocha (SD), Zé Nilson Novaes (PP) e Zezito Salú (PDT), o vereador Marcos de Neuma do PMDB não compareceu a cerimônia de diplomação.

LEIA MAIS

Cabrobó recebe a Caravana Siga Bem neste final de semana

(Foto: ASCOM)

(Foto: ASCOM)

Cabrobó (PE) recebe nesta sexta (25) e sábado (26), a Caravana Siga Bem, que roda o Brasil espalhando mensagens sobre direitos humanos e os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU. O ciclo de viagens, que iniciou no dia 23 de agosto, no Distrito Federal, acontecerá em mais de 100 cidades, em 22 estados brasileiros.

O evento que acontece no posto Limarques, localizado na Rodovia BR 428 km 10 S/N, terá início a partir das 13h e se estenderá até a meia noite, com serviços de aferição de pressão arterial,  teste de glicemia, exame rápido de HIV, cortes de cabelos, massagens e distribuição de preservativos, além de teste drive em caminhões e brindes para os participantes.

LEIA MAIS

TRE-PE julga nesta quinta embargos de chapa eleita para prefeitura de Cabrobó

embargo-tre-pe-prefeito-cabroboA eleição municipal de Cabrobó (PE) parece não ter alcançado, ainda, o seu desfecho. O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) deve julgar, nesta quinta-feira (24), os embargos da chapa majoritária PMDB/PT, que teve como candidatos Marcílio Cavalcanti e Pedro Caldas, e que foi impugnada na primeira votação.

Entenda

A ação foi interposta pela chapa dos candidatos Antônio de Nestor (PSB) e Mailson Novaes (PSD) após Marcílio vencer as eleições para prefeito no dia 2 de outubro. O PSB acionou a Justiça Eleitoral alegando que Pedro Caldas, vice da chapa de Marcílio e filho do ex-prefeito Eudes Caldas, não teria se filiado ao PT no prazo determinado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Cabrobó ainda não tem certeza de quem será o prefeito da cidade

Horário de Shows deve se estender até às 03h./ Foto: internet

O resultado da eleição municipal de 2016 não foi oficializado pelo Superior Tribunal Eleitoral./ Foto: internet

Segundo o Tribunal Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), em Cabrobó, a chapa composta pelo candidato a prefeito Marcílio Cavalcanti (PMDB) e Pedro Caldas (PT), concorreu a eleição com com registro indeferido com recurso. Quando isso ocorre, o nome e número do candidato constam na urna, podem ser votados, mas o município só terá o resultado oficializado após o julgamento do processo eleitoral.

De acordo com TRE, o resultado da eleição municipal de 2016 não foi oficializado pelo Superior Tribunal Eleitoral (TSE). E, dependendo do que for decidido na Justiça Eleitoral, uma nova eleição pode ser realizada no município. O resultado da cidade de Cabrobó e de ouros municípios, pode ser conferidora no site do TSE

Homem é preso em Cabrobó acusado de homicídio

(Foto: Ilustração)

(Foto: Ilustração)

No início da tarde de hoje (18), um homem, de 53 anos, foi preso em Cabrobó, Sertão de Pernambuco. Segundo a Polícia Militar (PM), o mandado de prisão foi cumprido sob a acusação de homicídio qualificado praticado pelo acusado em 2012.

De acordo com a PM, o assassinato foi cometido em Terra Nova, também cidade de Pernambuco. Após a prisão, o acusado foi encaminhado a Delegacia de Cabrobó e em seguida, levado a Cadeia Pública da cidade.

Em Cabrobó, agricultores pedem a liberação da água da barragem de Tucutu

(Foto: Ilustração)

Um grupo de agricultores já esteve com o vice-governador Raul Henry. (Foto: Ilustração)

Os agricultores da região do Riacho Grande, na cidade de Cabrobó (PE), estão aflitos com a escassez de água que atinge a região, já que o volume da barragem de Terra Nova não está conseguindo abastecer as áreas dos agricultores.

Um grupo de agricultores já esteve com o vice-governador Raul Henry e na oportunidade entregaram um abaixo assinado que buscava a intervenção buscando a abertura das comportas da barragem de Terra Nova para liberar água para o leito do Riacho Grande.

LEIA MAIS

Jovem ameça outra com uma faca em Cabrobó

faca

O tamanho usado era tipo “tricha”. / Foto: PMPE

Na manhã de ontem (02), uma jovem, de 19 anos, ameaçou outra, também de mesma idade com uma faca, no bairro Santa Rita, em Cabrobó, Sertão pernambucano. De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima relatou que a acusada a tentou matá-la com uma faca por causa de uma rixa antiga.

A jovem só não foi atingida, porque conseguiu  tomar a faca da acusada, que fugiu do local. Segundo a PM, a vítima entregou a faca a polícia e então a guarnição começou as diligências, onde  localizaram-na e a encaminharam a delegacia.

A acusada confessou que a intenção era matar a jovem,  só não conseguindo porque foi desarmada por ela. A mulher foi autuada em flagrante delito por prática de tentativa de homicídio e recolhida ao presídio feminino em Verdejante.

 

Agricultor é assassinado em Cabrobó (PE)

POLICIAL

O homicídio aconteceu na zona rural do município de Cabrobó (PE). (Foto: Arquivo)

Na manhã de ontem (25), a Polícia Militar tomou conhecimento da morte do agricultor Fredson Vieira e Silva, 26 anos, que foi vítima de disparos de arma de fogo. O homicídio aconteceu na zona rural do município de Cabrobó (PE).

Populares informaram que a vítima andava na estrada que fica próximo à sua casa quando foi alvejada e veio a óbito, segundo a PM. No local foram encontrados sete cartuchos de pistola calibre 380 mm que estavam próximo à vítima. Até agora não se sabe o que motivou o crime.

A investigação do caso será realizada pela Polícia Civil local.