Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

CDL e Sindilojas de Petrolina entregam prêmios da Campanha Natal da Cidade

(Foto: Ascom)

A entrega da premiação da “Campanha Natal da Cidade” aconteceu na manhã de quinta-feira (10), na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL Petrolina (PE). Um coffee break foi realizado como forma de confraternização entre sorteados, lojistas e membros das duas entidades organizadoras da Campanha (CDL e Sindilojas).

O diretor executivo da CDL Petrolina, Valdivo Carvalho, agradeceu aos lojistas por acreditarem nessa campanha natalina e parabenizou aos premiados. Em seguida, João Ferreira, vice-presidente do Sindilojas e Manoel Vilmar, Presidente do CDL também falaram aos presentes. Na ocasião os lojistas tiveram a oportunidade de agradecer o empenho das entidades, além de confirmarem participação na próxima edição da campanha. Alguns contemplados também aproveitaram o momento para ressaltarem a confiança no ‘Natal da Cidade’.

A Campanha foi encerrada oficialmente após a entrega das premiações: um ar condicionado; uma televisão 32″; uma geladeira; uma sala de estar; uma moto zero km e um carro Polo zero km. Também esteve presente na premiação, um representante do Colégio Castro Alves, que recebeu uma caixa de som por vencer o concurso Árvore Sustentável.

Campanha Natal da Cidade 

LEIA MAIS

Apenas 9% dos brasileiros conseguem pagar despesas de início de ano com o que recebem, mostra levantamento da CNDL/SPC Brasil

(Foto: Internet)

Passada a euforia das compras de Natal e das comemorações do Réveillon, o mês de janeiro é um período que exige do consumidor muito planejamento para não começar o ano com as finanças desajustadas. Um levantamento realizado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) revela que apenas 9% dos brasileiros dizem ter condições de pagar as despesas sazonais do início de ano, como IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores) e material escolar, com os próprios rendimentos. A pesquisa ainda mostra que 11% dos entrevistados não fizeram qualquer planejamento financeiro para pagar esses compromissos neste início de ano.

A boa notícia é que cresceu o percentual de consumidores que juntaram dinheiro ao longo do último ano para arcar com essas despesas sazonais, saltando de 21% em 2018 para 31% em 2019. Há ainda 31% de entrevistados que garantem ter guardado ao menos parte do décimo terceiro salário para cobrir os gastos, ao passo que 24% decidiram abrir mão de compras no Natal passado para sobrar recursos. O levantamento também descobriu que 19% fizeram algum bico ou trabalho extra para aumentar a renda e conseguir honrar esses compromissos.

LEIA MAIS

Prodecon de Petrolina orienta consumidores sobre compra de material escolar

(Foto: ASCOM)

Passadas as festas de fim de ano, o retorno às aulas fica cada vez mais perto e muitos pais e responsáveis já têm um novo compromisso: a aquisição do material escolar.  Diante disso, o Programa Municipal de Defesa do Consumidor (Prodecon) está orientando os consumidores sobre a compra deste material.

Segundo o diretor presidente do órgão vinculado à Prefeitura de Petrolina (PE), Dhiego Serra, a principal dica continua sendo a pesquisa de preços, uma vez que, os valores dos materiais escolares costumam ter bastante diferença entre um estabelecimento e outro.  “Quando se trata de economia, a pesquisa é o melhor caminho. Todo consumidor tem o direito de pesquisar para que assim, possa perceber qual é o melhor estabelecimento para adquirir seus produtos”, diz.

LEIA MAIS

Cai para 76% o percentual de brasileiros que ‘vivem no limite do orçamento’, revela indicador CNDL/SPC Brasil

A maior parte dos brasileiros chega às vésperas do fim de ano sem sobras no orçamento, embora tenha diminuído a quantidade de consumidores que se encontram em situação de aperto. Dados apurados pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) revelam que caiu de 82% em outubro para 76% em novembro o percentual de consumidores que ‘vivem no limite do orçamento’. De acordo com o levantamento, 43% dos entrevistados terminaram o mês no ‘zero a zero’, ou seja, até conseguiram pagar as contas, mas não restou nada de seus rendimentos e, 33% encerram o mês ‘no vermelho’, isso quer dizer que eles deixaram de pagar alguma conta por falta de recursos. Os brasileiros que se encontram ‘no azul’ somam 16%.

Para a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, o percentual de brasileiros que vivem sem sobras no orçamento segue elevado, mas o consumidor tem uma chance de melhorar esse quadro com as rendas extras de final de ano. “O pagamento do 13º salário pode aliviar a situação do consumidor, mas vale lembrar que se trata de um aumento de renda temporário. Uma vez restaurado o equilíbrio do orçamento, o consumidor precisa manter o controle dos gastos, estabelecendo prioridades e fazendo ajustes quando necessário. É uma tarefa constante, que exige disciplina, mas que faz diferença no bem-estar financeiro do consumidor”, afirma a economista.

Com muitos brasileiros ainda vivendo no limite das finanças, 45% dos consumidores planejavam diminuir o nível de gastos durante o mês de novembro, número inferior ao constatado em outubro (51%). Entre os que planejavam cortar despesas, a principal razão é a busca constante por economizar (34%), os preços elevados (28%), o desemprego (26%) e o endividamento (15%).

“O final do ano continua sendo o momento mais lucrativo para o varejo”, diz presidente da CDL Petrolina

Comércio na Rua Dom Vital. (Foto: ASCOM prefeitura de Petrolina)

Às vésperas do Natal, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Petrolina (CDL) informa que as vendas deste ano estão sinalizando o cumprimento da expectativa de aumento que é de 8%. Bom para os lojistas da cidade, que ansiosos sempre aguardam por esse período, considerado o melhor para o setor varejista.

“As vendas durante o período natalino ajudam bastante o lojista a fechar as contas no azul, mas para isso ele tem que se preparar. O fim do ano continua sendo o momento mais lucrativo para o varejo”, afirma Manoel Vilmar, presidente da CDL Petrolina.

LEIA MAIS

Prodecon contabiliza mais de 800 audiências em  oito meses e ganha novo espaço em Petrolina

(Foto: ASCOM)

Apenas oito meses após ser reaberto em Petrolina (PE), o Programa Municipal de Defesa do Consumidor (Prodecon) já contabiliza mais de 800 audiências na cidade. Os dados revelam como o órgão tem contribuído com a defesa dos direitos do consumidor, tanto que houve um aumento significativo de reclamações na unidade.

Diante disso, o órgão da prefeitura, inclusive, ganhou um espaço ainda mais amplo no Centro de Convenções Senador Nilo Coelho, onde a equipe conseguiu melhorar o atendimento num ambiente mais confortável para receber os usuários do serviço. De acordo com os números, a Compesa lidera o ranking com maior número de reclamações. Também ganham destaque as queixas relacionadas à Celpe, ao Banco Bradesco S/A e Via Varejo (Casas Bahia).

LEIA MAIS

SAAE lança programa de negociação com até 70% de desconto nas contas de água

(Imagem: Divulgação/ASCOM)

A Câmara de Vereadores de Juazeiro (BA) aprovou  o Projeto de Lei 2.802/2018 que institui o Programa de Estímulo a Regularização Cadastral e de Débitos (PROREFIS) permitindo ao Serviço de Água e Saneamento Ambiental – SAAE, realizar negociação com pessoas físicas e jurídicas que tenham contas atrasadas com até 70% de desconto.

O “Programa Água Legal” oferece ao usuário inadimplente descontos nos juros, multas e atualização monetária que podem chegar a 100%, campanha nunca feita antes na história do SAAE, além de possibilitar a regularização dos usuários que tenham ligações clandestinas sem que seja aplicado a multa.

LEIA MAIS

Comércio: Mercado Turístico de Petrolina abrirá aos domingos para as compras de fim de ano 

Nos dias 23 e 30 de dezembro, o Mercado Turístico de Petrolina vai funcionar das 8h às 14h. (Foto: ASCOM)

Para atender a demanda das compras de fim de ano e proporcionar mais comodidade aos clientes, o Mercado Turístico de Petrolina (PE) vai funcionar em horário especial. Já no próximo domingo (23) e no dia 30, as lojas vão abrir as portas das 8h às 14h.

A iniciativa, acordada entre os permissionários do Mercado e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Agrário, por meio da Diretoria de Feiras, visa dar apoio aos comerciantes que têm o espaço como fonte de renda, além de facilitar para os clientes.

“A gestão do prefeito Miguel Coelho entende que a data é a mais importante para o comércio e por isso, sempre dará o apoio necessário aos comerciantes. A intenção deste horário especial é para que quem trabalha durante a semana, possa aproveitar o domingo para comprar, isso vai ajudar as vendas”, explica Tony César, diretor de feiras.

Durante a semana, o Mercado Turístico da cidade funciona de segunda a sexta, das 7h às 18h, e aos sábados das 7h às 14.

Cotação: Uauá tem o menor preço do quilo de carne de caprino e ovino

O preço mais alto do quilo da carne de caprino/ovino está em Juazeiro: R$17,00. (Foto: ASCOM)

De 04 a 10 de dezembro o abatedouro Campo do Gado (antigo Abatal) em Juazeiro (BA) abateu 50 caprinos e 250 ovinos. Para o abate, o custo é de R$ 35,00 por animal, já para o transporte, de Juazeiro à Petrolina (PE), o produtor vai pagar R$ 5,00 por animal abatido levado do abatedouro ao estabelecimento comercial.

Sobra a comercialização, em Juazeiro o consumidor vai se deparar com o preço mais alto, o quilo da carne de caprino/ovino está custando R$ 17,00. O segundo preço mais alto está em Curaçá e Casa Nova, nestas duas cidades baianas o preço do quilo da carne de caprino/ovino é de R$15,00.

Já em Remanso (BA), o consumidor vai encontrar no comércio o quilo da carne de caprino/ovino por R$14,00. O preço mais barato da “carne de bode”, o consumidor vai encontrar em Uauá (BA), por lá o quilo da carne está custando R$ 13,00.

A cotação de preços da carne de capino/ovino é feita pelo Programa Bioma Caatinga, desenvolvido pelo SEBRAE. Ainda de acordo com a cotação, em média, o preço do quilo da carne está custando R$ 14,80.

Compras de fim de ano: 75ª CIPM dá dicas de segurança para consumidores

Comandante da 75ª CIPM dá dicas de segurança para consumidores. (Foto: Internet)

Em função das datas comemorativas de fim de ano, como o Natal e o réveillon, além das férias escolares, há um aumento significativo na quantidade de pessoas e dinheiro circulando. Nessa época, além da diversão, é preciso se preocupar também com questões relacionadas à segurança.

Segundo dados da Associação Brasileira de Lojistas de Shopping, durante o período de Natal de 2017, os comerciantes de lojas físicas e virtuais tiveram um faturamento de mais de R$50 bilhões. E as expectativas para 2018 também são promissoras.

Para prevenir eventuais situações que colocam em risco a segurança dos consumidores durante as comparas de fim de ano, o Major PM Roberto, comandante da 75ª CIMPM/PMBA dá algumas dicas. Confira:

LEIA MAIS

Crediário e cartão são os maiores responsáveis pela inadimplência no Brasil

(Foto: Ilustração)

Os principais responsáveis pela inadimplência no país são o crediário (65%) e o cartão de crédito (63%), segundo estudo divulgado nesta segunda-feira (03) pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

Outros tipos de dívidas que levaram ao registro do nome em entidades de proteção ao crédito são empréstimo pessoal em bancos ou financeiras (61%), crédito consignado (60%), cheque especial (57%), financiamento de automóvel (45%), mensalidades escolares (26%), conta de telefone (20%), boletos de TV por assinatura e internet (18%), conta de água e luz (11%), aluguel (10%) e condomínio (8%).

LEIA MAIS

“Carro do ovo”: Vigilância Sanitária de Petrolina intensifica fiscalização

(Foto: ASCOM)

Para garantir a segurança alimentar dos petrolinenses, a Agência Municipal de Vigilância Sanitária, cumprindo uma solicitação do Ministério Público, está intensificando a fiscalização contra a venda irregular de ovos no município. Com a popularização do ‘carro do ovo’, é necessário ficar atento para a qualidade do produto e as normas que precisam ser seguidas.

De acordo com o diretor da Vigilância Sanitária, Marcelo Gama, as fiscalizações estão acontecendo não apenas nas vendas ambulantes, mas também em todos os estabelecimentos que comercializam ovos. “Nós já realizamos esse trabalho diariamente, porém, com o aumento dessa comercialização, principalmente, em carros, o Ministério Público recomendou para intensificarmos essas ações. Nossa intenção é garantir que as pessoas estejam consumindo um produto seguro”, destacou.

LEIA MAIS

Conta de luz terá bandeira verde em dezembro

A bandeira tarifária na cor verde significa que não terá custo extra para os consumidores de energia elétrica. (Foto: Ilustração)

A bandeira tarifária da conta de luz para o mês de dezembro será verde, ou seja, sem custo extra para os consumidores de energia elétrica. Desde maio deste ano, a bandeira estava nos níveis amarelo ou vermelho. O sistema de bandeiras tarifárias foi criado para sinalizar aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica. A adoção de cada bandeira, nas cores verde (sem cobrança extra), amarela e vermelha (patamar 1 e 2), está relacionada aos custos da geração de energia elétrica. 

LEIA MAIS

Petrobras anuncia nova redução no preço da gasolina

(foto: Beto Novaes/EM/D.A Press)

A Petrobras anunciou uma nova redução no preço da gasolina vendida nas refinarias. A partir desta terça-feira (27), o litro do combustível passará de R$ 1,5556 para R$ 1,5007, o que representa uma redução de 3,53%. Com mais esse corte, o preço da gasolina nas refinarias já acumula no mês, uma queda de 19,42%.

O corte colocará a cotação do produto no menor nível desde meados de fevereiro, segundo a agência Reuters. O repasse dos reajustes da Petrobras nas refinarias aos consumidores depende dos distribuidores, ou seja, fica a cargo dos postos repassar ou não a baixa do preço da gasolina.

LEIA MAIS

Black Friday movimenta comércio de Petrolina

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Nesta sexta-feira (23), acontece em todo o país a famosa: “Black Friday”. Nas capitais as lojas abriram durante a madrugada, e em Petrolina (PE) não foi diferente. Quem passou pelo comércio da cidade percebeu a movimentação de pessoas, em busca do melhor preço.

No River Shopping, durante o dia, as lojas ficaram lotadas e à noite não deve ser diferente, já que o horário vai ser estendido até às 24h. Para atrair os clientes, as operações do centro de compras estão oferecendo até 70% de descontos em produtos e serviços.

De acordo com a Direção do shopping, a expectativa é que o centro de compras registre um aumento de vendas de 12% em comparação a um dia normal. Pensando no consumidor atrasado, ou naqueles que não tiveram tempo de conferir os descontos hoje (23), as lojas do River seguem com promoções até o próximo domingo (25).

123