Celpe dá desconto de 50% em compra de painel de energia solar para clientes 

(Foto: Igor Bione/Acervo JC Imagem)

A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) vai dar descontos de 50% para a compra de painéis solares por clientes interessados em gerar parte da própria energia que consomem. A medida faz parte do Projeto Bônus Solar, que será lançado na próxima segunda-feira (16) e pretende atender 500 clientes residenciais em Pernambuco até 2020.

LEIA MAIS

Bancos e Procons promovem mutirão para renegociar dívidas

(Foto: Valter Campanato/AgênciaBrasil)

Para incentivar os consumidores a renegociarem suas dívidas com bancos, financeiras e administradoras de cartão, a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), em parceria com Procons Brasil, associação que reúne órgãos de defesa do consumidor de todo o País, realizam um megamutirão online e presencial de hoje (11) até o dia 30 de setembro. A ideia é difundir entre a população o uso da plataforma online, que permite a negociação de débitos com cerca de 90 instituições financeiras.

Além do próprio canal online, a população conta com o apoio de 50 unidades do Procon, que darão suporte a quem não consegue, por falta de habilidade ou acesso à internet, fazer uso do site. “Qualquer um dos bancos, financeiras ou administradoras de cartão que estiverem cadastrados no site receberão a proposta feita pelo cliente, avaliando, e dando em seguida uma resposta se aprova as condições ou não. Não importa se é o atraso de um mês no cartão de crédito ou dívidas feitas há muito tempo no cheque especial, crédito imobiliário ou qualquer outra linha de crédito oferecida pelas entidades participantes. Inclusive, se o consumidor ainda está adimplente, mas sabe que não vai conseguir honrar a prestação, pode já fazer um pedido de renegociação, independentemente do valor devido”, diz o gerente de Normas de Autorregulação da Febraban, Evandro Zulini.

LEIA MAIS

Petrobras anuncia aumento nos preços da gasolina e do diesel

(Foto: Arquivo)

A Petrobras anunciou nesta quinta (5) reajustes de 2,5% no preço da gasolina e de 1,3% no preço do diesel. É o segundo aumento no preço da gasolina em 20 dias. O valor de venda do diesel não variava desde o início de agosto. O preço da gasolina nas refinarias da estatal subirá R$ 0,0223 por litro, passando a custar, em média, R$ 1,6455 por litro. Desde que a série atual de aumentos foi iniciada, a alta acumulada é de 4,9%. No caso do diesel, a alta é de R$ 0,0525 por litro. O preço médio do combustível nas refinarias passou de R$ 2,0962 para R$ 2,1487 por litro.

LEIA MAIS

Procon realiza fiscalização para averiguar possíveis irregularidades em camarote de festa em Serra Talhada

(Foto: Ilustração)

Após inúmeras denúncias feitas por consumidores sobre possíveis irregularidades na venda de um  Camarote, da Festa de Setembro, que será realizada de hoje (5) a 7 de setembro, em Serra Talhada (PE), o Procon Pernambuco está realizando fiscalizações e irá notificar a empresa responsável.

De acordo com o órgão, a empresa terá que prestar esclarecimentos sobre a possível falta de informação durante a venda dos ingressos dos camarotes. Segundo consumidores, só um dia antes eles teriam recebido a informação de que será proibido comprar bebida e comida de outros locais, obrigando a compra nos bares exclusivos do camarote.

Casa Nova: Câmara Municipal aprova projeto de parcelamento de débitos com o SAAE

(Foto: Divulgação)

Por unanimidade, a Câmara de Vereadores de Casa Nova (BA), aprovou em sessão ordinária, na última sexta-feira (30), o projeto de lei 393/2019, de autoria do Executivo Municipal, que institui o Programa de Parcelamento de Débitos com o SAAE – PPDS, definindo critérios e limites para a “regularização de créditos referentes a Taxas, Tarifas e Serviços prestados pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto – SAAE, do Município de Casa Nova, Bahia, decorrentes de débitos dos usuários, pessoas físicas e jurídicas, em até 18 (dezoito) parcelas mensais, com período de adesão compreendido entre o dia 12 de setembro de 2019 a 12 de novembro de 2019”.

Quem aderir ao Programa terá descontos de até 100% na correção monetária e juros e poderá quitar sua dívida em até 18 parcelas. Todos os consumidores inscritos no SAAE com dívidas contraídas até a véspera do início de vigência do PPDS, poderão aderir ao programa.

Para o prefeito Wilker Torres a importância do PPDS está na possibilidade do consumidor regularizar sua dívida de forma parcelada, com descontos substanciais. “Essa nossa iniciativa, que a Câmara aprovou, vai dar ao consumidor um amplo espaço de tempo para liquidar sua dívida, sem juros e correção. É uma oportunidade única, que vai durar apenas dois meses”, disse.

Contas de luz permanecem com bandeira vermelha em setembro

(Foto: Ilustração)

As contas de luz terão bandeira tarifária patamar 1 em setembro, mesmo nível vigente em agosto, o que representa um custo adicional de R$ 4 para cada 100 quilowatts-hora consumidos, informou a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) na última sexta-feira (30).

De acordo coma a Aneel, a bandeira vermelha deve-se à permanência do quadro de estiagem na previsão hidrológica para o mês, com vazões abaixo da média histórica, o que impacta a geração de energia no país, que vem predominantemente de hidrelétricas.

Com isso, é exigido um maior uso do parque de termelétricas, cuja produção é mais cara, o que leva ao acionamento do mecanismo das bandeiras tarifárias. As bandeiras geram cobranças adicionais junto aos consumidores quando saem do verde para o patamar amarelo ou vermelho, o que acontece quando há redução da oferta de energia. A bandeira vermelha voltou a ser aplicada em agosto após dez meses.

Com informações da Folha de Pernambuco

Bons pagadores terão melhores condições de crédito, diz CDL de Petrolina

(Foto: Divulgação)

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Petrolina está fazendo um alerta aos consumidores: a partir de setembro, a população poderá sentir os efeitos de fazer parte do ‘Cadastro Positivo’ e acompanhar suas notas de ‘score’ de crédito dos “bons pagadores”.

O ‘score’ é uma pontuação utilizada pelas instituições financeiras para analisar a capacidade de pagamento do seu cliente, antes de conceder qualquer tipo de crediário.

A Lei sancionada em abril deste ano do Cadastro Positivo compulsório, faz com que todos os consumidores sejam incluídos automaticamente em uma lista que vai mostrar se cada pessoa é ou não uma boa pagadora de contas. A medida também promete trazer benefícios, como a validação para liberação de créditos de acordo com o perfil de consumo e juros menores em financiamentos.

LEIA MAIS

Procon multa Gol em R$ 3,5 milhões por promoção irregular

(Foto: Internet)

A Fundação Procon de São Paulo multou a Gol Linhas Aéreas em R$ 3,5 milhões por infringir o Código de Defesa do Consumidor (CDC) durante a promoção “Gol A Preço de Brahma”. O anúncio era de que seriam vendidas passagens pelo valor de R$ 3,90 durante a partida de futebol da seleção brasileira contra a venezuelana no dia 18 de junho, durante a Copa América.

LEIA MAIS

CDL Petrolina promove consulta gratuita ao SPC e Serasa na Praça Dom Malan nesta sexta-feira

(Foto: Divulgação)

Visando estimular os consumidores a verificarem o cadastro junto ao banco de dados do Sistema de Proteção ao Crédito, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Petrolina (CDL) realiza nesta sexta-feira (23), consultas gratuitas de SPC e Serasa. A ação acontecerá das 8h30 às 12h, na Praça Dom Malan, Centro da cidade.

A programação faz parte de uma série de atividades que a CDL estará realizando ao longo deste ano, com a finalidade de promover os seus serviços e aproximar o cidadão da entidade.

LEIA MAIS

Mais de 12 milhões de consumidores sofreram alguma fraude financeira nos últimos 12 meses, aponta pesquisa CNDL/SPC Brasil

(Foto: Ilustração)

Sejam consumidores, empresas ou governos, as fraudes financeiras representam um risco para a segurança de diversos setores da economia. E com o avanço tecnológico, as oportunidades e os métodos para fraudar também vêm se tornando cada vez mais sofisticados, causando danos financeiros em um número cada vez maior de pessoas.

De acordo com uma pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), 46% dos internautas brasileiros foram vítimas de algum tipo de golpe financeiro nos 12 meses anteriores ao estudo, o que equivale a um universo aproximado de 12,1 milhões de pessoas.

Na avaliação do presidente da CNDL, José Cesar da Costa, é importante que o consumidor tome cuidados básicos para evitar transtornos com as fraudes e desconfie de facilidades ofertadas. “O comércio eletrônico tem crescido consistentemente no Brasil, em grande medida, devido a uma combinação entre diversidade, preços competitivos, comodidade e segurança nos mais diversos segmentos de consumo. Entretanto, muitas pessoas não tomam os cuidados necessários nas transações on-line o que contribui para que sejam enganadas. São comuns, por exemplo, ofertas com valor muito abaixo da média praticada no mercado, o que já mostra um indício de que pode ser se tratar de tentativa de golpe”, alerta o Costa.

Petrolina: custo da cesta básica apresenta queda no mês de julho

(Foto: Internet)

No mês de julho, o custo da cesta básica em Petrolina (PE), apresentou uma queda de 7,08% em comparação ao mês de junho. Em boletim mensal divulgado pelo Colegiado do curso de Economia da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape), o levantamento constatou que o preço médio da cesta básica no município ficou em R$ 329,57.

Dos 12 itens pesquisados, o que teve a maior alta de preço foi o leite integral, que aumentou 4,47%. Já o tomate fechou o mês com uma redução de 30,80% nos preços, devido fatores climáticos, e o feijão carioca também apresentou forte diminuição de preço em razão de uma demanda baixa de consumo e grande oferta do produto no mercado, uma redução de 15,35%.

De acordo com o informativo, o trabalhador da cidade de Petrolina, que recebe um salário mínimo fixado em R$ 998,00, gastou, no mês de julho, 33% de sua renda com a compra de produtos da cesta básica.

Após anúncio de bandeira vermelha, Celpe dá dicas para economizar energia

(Foto: Ilustração)

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou na última sexta-feira (26) que a bandeira tarifária para o mês de agosto será Vermelha Patamar 1, com custo de R$ 4,00 a cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos.

“Agosto é um mês típico da estação seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN). A previsão hidrológica para o mês sinaliza vazões abaixo da média histórica e tendência de redução dos níveis dos principais reservatórios. Esse cenário requer o aumento da geração termelétrica, o que influenciou o aumento do preço da energia e dos custos relacionados ao risco hidrológico em patamares condizentes com o da Bandeira Vermelha 1”, diz informe divulgado pela Aneel.

LEIA MAIS

Três em cada dez brasileiros ainda usam crediário, aponta pesquisa da CNDL e SPC Brasil

(Foto: Ilustração)

Embora venha perdendo força com a popularização de outras modalidades de crédito, especialmente nos grandes centros urbanos, o crediário ou o cartão de loja continua presente na vida dos brasileiros. De acordo com levantamento realizado nas 27 capitais pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), três em cada dez brasileiros (30%) fizeram uso de crediário (carnê, boleto a prazo ou cartão para compras exclusivas em uma loja) nos últimos 12 meses – sendo que 26% recorreram a essa modalidade todos os meses. Outros 31% a cada dois ou três meses e 31%, três vezes ou menos no ano.

A falta de condições para realizar o pagamento à vista em dinheiro foi o principal motivo que levou os entrevistados a recorrer ao crediário nesse período (35%), principalmente entre as pessoas de renda mais baixa (40%). Outros 25% viram vantagem na pouca burocracia exigida pelos estabelecimentos comerciais – número que aumentou em 12 pontos percentuais em relação ao ano anterior.

LEIA MAIS

Confiança do consumidor cai 4,1 pontos desde o início do ano

Lojas da Travessa da Maravilha. (Foto: Blog Waldiney Passos)

A recuperação econômica mais lenta do que o esperado e o mercado de trabalho desaquecido têm frustrado o humor do consumidor brasileiro. Dados apurados pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostram que o Indicador de Confiança do Consumidor caiu de 49,0 pontos em janeiro deste ano para 44,9 pontos no mês de julho, um recuo de 4,1 pontos em um intervalo de seis meses. Pela metodologia, o indicador varia de zero a 100, sendo que somente resultados acima de 50 pontos mostram uma percepção otimista do consumidor.

Com a definição eleitoral, as expectativas dos brasileiros haviam iniciado o ano de 2019 em crescimento, mas o ânimo foi diminuindo mês após mês, conforme a economia apresentava dificuldades para engatar uma recuperação mais vigorosa. Na avaliação do presidente da CNDL, José Cesar da Costa, esse quadro pode começar a se alterar nos próximos meses com o anúncio de uma agenda positiva, que pode recuperar o desgaste observado neste primeiro semestre.

LEIA MAIS

Inadimplência do consumidor cresce 0,9% no primeiro semestre de 2019

(Foto: Internet)

O volume de consumidores com contas sem pagar cresceu 0,9% no primeiro semestre de 2019, na comparação com o final do ano passado. Segundo a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) é a segunda menor variação nos atrasos, desde 2012, quando a inadimplência havia crescido 5,8% no primeiro semestre.

Quando analisado só o mês de junho, o volume de consumidores com contas sem pagar, e registrados em listas de inadimplentes, teve alta de 1,7% ante o mesmo mês de 2018.

Na avaliação do presidente da CNDL, José Cesar da Costa, a inadimplência apresentar crescimento mais modesta é fator positivo, que acompanha a lenta recuperação da economia. Mas o número de pessoas com atraso nas contas e dificuldade de voltar ao mercado de crédito ainda é muito elevado. Até abril deste ano, eram 62,6 milhões de pessoas nessa situação, o que representa quase 41% da população adulta.

LEIA MAIS
123