Candidatos já podem conferir se pedido para refazer Enem foi aceito

(Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

Os candidatos que solicitaram refazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 já podem consultar a lista de quem realmente terá direito ao reteste. A prova será aplicada nos dias 10 e 11 de dezembro, próxima terça e quarta-feira.

De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), os locais da prova ainda serão informados, basta o candidato acessar a página do Exame na internet e fornecer seus dados pessoais.

Têm direito à reaplicação os candidatos que prejudicados por problemas logísticos, a exemplo de desastres naturais que tenham prejudicado a aplicação devido ao comprometimento da infraestrutura do local; falta de energia elétrica que tenha comprometido a visibilidade da prova pela ausência de luz natural; e erro de execução de procedimento de aplicação pelo aplicador que tenha levado ao comprovado prejuízo do participante.

Petrolina terá nova escola estadual da rede integral em 2020

Já em 2020, a escola passa a fazer parte da rede integral de ensino.

A partir de janeiro de 2020, a Escola Estadual Antônio Padilha, localizada no José e Maria, zona norte de Petrolina, passará a fazer parte da rede integral de ensino. As matrículas podem ser feitas regularmente no site da Secretaria Estadual de Educação até o dia 27 de dezembro.

O anúncio foi feito pelo governador Paulo Câmara na manhã desta terça-feira (03), no Palácio do Campo das Princesas, em Recife. Ao todo, serão implantadas 25 novas unidades de ensino em tempo integral no estado.

LEIA MAIS

MEC vai liberar recurso extra a universidades federais

Univasf receberá R$ 2,5 milhões (Foto: Internet)

O Governo Federal vai disponibilizar R$ 125 milhões em recursos extras às universidades federais. O anúncio foi feito pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub na sexta-feira (29). De acordo com Weintraub, 65% da verba deve ser utilizado na aquisição de painéis solares.

O restante será utilizado na conclusão de obras. “Estamos liberando recursos para investimentos em energia fotovoltaica renovável e isso vai liberar orçamento na veia para as universidades”, disse o ministro. Todas as 63 instituições do país serão contempladas, inclusive a Univasf.

Cada universidade ficará com R$ 2,5 milhões. De acordo com o secretário de Ensino Superior, Arnaldo Lima, terão acesso a um volume maior de recursos as universidades que estiverem melhor classificadas em um ranking do ministério que avalia a qualidade e desempenho e que tenham o menor custo por aluno.

Estudantes de Nutrição montam Liga Acadêmica com meta de aproximar sociedade da Academia

Ângelo, Amanda e Paulo são membros da Liga Acadêmica (Foto: Blog Waldiney Passos)

Em busca de uma formação acadêmica diferenciada, os estudantes de Nutrição da Faculdade UNINASSAU, em Petrolina criaram uma Liga Acadêmica, cujo objetivo é trabalhar os pilares fundamentais da educação universitária: ensino, pesquisa e extensão.

A Liga foi criada há cerca de um mês. Em 2020 os alunos têm muitos planos para pôr em prática e para que a programação tenha sucesso, há apoio da instituição com o corpo docente de Nutrição e Psicologia. “Você precisa trabalhar o ensino, pesquisa e extensão. Quando você escolhe um tema, precisa elaborar um plano de ação que englobe os três segmentos. A gente pode promover palestras, eventos científicos e ações, sempre com o tema. Esses profissionais vão sempre estar orientando a gente”, comenta Amanda Sued.

Conciliando estudos com a Liga

Amanda e seus colegas de curso montaram a Liga com um tema definido: Clínica Comportamental, algo inédito na região. 10 estudantes compõem o grupo e estarão a frente do projeto por quatro anos, ou seja, até o final da graduação. Para conciliar estudos com a Liga, foi necessário assumir responsabilidades. “É uma carga para cada um, cada um escolheu um cargo e administrar um setor. É uma forma de preparação [para o mercado de trabalho]“, explica Ângelo Diego.

LEIA MAIS

Segundo ministro da Educação, Carteirinha estudantil digital gratuita será lançada nesta segunda

Ministro da Educação anunciou data de lançamento das novas carteirinhas digitais.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciou nesta sexta-feira (22) que as novas carteirinhas estudantis digitais, gratuitas, serão lançadas na próxima segunda-feira (25). Batizada de ID Estudantil, a iniciativa foi criada por meio de uma MP (Medida Provisória) publicada pelo governo de Jair Bolsonaro (sem partido) no início de setembro.

Atualmente, as entidades estudantis como a UNE (União Nacional dos Estudantes), a Ubes (União Nacional dos Estudantes Secundaristas) e a ANPG (Associação Nacional de PósGraduandos) são as responsáveis pela expedição do documento, que custa cerca de R$ 35.

LEIA MAIS

Petrolina: advogado orienta sobre cuidados na hora de efetuar a matrícula escolar

Os pais não podem ser obrigados a comprar o material na própria escola. (Foto: Internet)

O advogado especializado em Direito do Consumidor, Ricardo Penalva, elencou as principais informações que se deve ter na hora de efetuar matrículas escolares, referentes ao aumento da mensalidade, reserva de vaga, fiador, desistência de matrícula, entre outros.

De acordo com Ricardo, o reajuste da mensalidade pode ser feito somente uma vez ao ano, devendo o novo valor ser informado aos pais 45 dias antes do final do período da matrícula.

Em relação à reserva de vaga ou matrícula antecipada, as escolas podem cobrar a taxa de reserva de vaga ou adiantamento de matrícula, mas os valores pagos devem ser obrigatoriamente abatidos na primeira mensalidade do ano subsequente.

LEIA MAIS

MEC anuncia 54 escolas selecionadas para o programa cívico-militar

Primeiro dia de aulas no CED 01 da Estrutural, uma das escolas públicas do DF onde foi implementado o modelo cívico-militar.

O Ministério da Educação anunciou nesta quinta-feira (21) a localização das 54 escolas públicas selecionadas para o Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares em 2020. Destas, 38 são escolas estaduais e 16 municipais, localizadas em 23 estados e no Distrito Federal.

De acordo com a pasta, cerca de 1.000 militares, tanto da reserva como da ativa, vão participar do projeto-piloto, atuando na gestão educacional das instituições. Segundo o ministro da Educação, Abraham Weintraub, a escolha das escolas levou em conta a localidade, a partir de “uma equação com variáveis com base em critério absolutamente técnico”.

LEIA MAIS

MEC adota novo método de acompanhamento dos alunos bolsistas da Univasf

(Foto: Divulgação)

Atenção estudantes da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). Desde a última quarta-feira (20), o Ministério da Educação (MEC) passou a adotar um novo método de acompanhamento do Programa Bolsa Permanência.

Agora os alunos contemplados com o benefício deverão preencher semestralmente dois documentos: o Atestados de Vida e o de Frequência Acadêmica. O primeiro prazo é agora, em 6 de dezembro. A Pró-Reitoria de Assistência Estudantil (Proae) alerta que o não atendimento “à solicitação terão suas bolsas suspensas até que regularizem a situação”.

A frequência acadêmica dos beneficiados pelo Bolsa Permanência deverá atestar no mínimo 75% de presença e ser assinada, com nome e matrícula Siape, pelos professores das disciplinas em que os bolsistas estejam matriculados. O MEC justifica que assim conseguirá fazer um melhor acompanhamento dos bolsistas e evitar fraude.

Escola realiza projeto sobre política e leva estudantes para conhecer trabalho dos vereadores de Petrolina

Grupo de estudantes conheceu de perto trabalho dos vereadores (Foto: Jean Brito/Ascom CMP)

Política é coisa de adulto? Um grupo de estudantes de Petrolina provou que não. Os pequenos, com idade entre 9 e 11 anos, visitaram a Casa Plínio Amorim na semana passada para conhecer de perto o trabalho dos edis. O momento foi a culminância de um projeto iniciado em agosto.

Os pequenos cidadãos estudam na Escola Vivência, que nesse ano deu um passo a mais na educação: resolveu integrar os assuntos da educação à política. “Nós trabalhamos todo processo de democratização e de voto consciente. Nesse segundo semestre as crianças puderam se candidatar a prefeito, vice-prefeito e vereadores da escola. Nós aliamos o processo com arrecadação de fraldas geriátricas e produtos de higiene pessoal para uma casa geriátrica“, conta a professora Flávia Menezes.

Durante a visita à Câmara, o grupo pôde acompanhar um pouco da sessão ordinária, com apresentações de demandas dos edis e votação de projetos. “Pra solidificar o projeto nós trouxemos eles para a Câmara Municipal, para conhecer a estrutura e o processo de votação. Falar de democracia para a criança foi uma coisa muito sincera e interessante. Hoje eles veem a política como uma forma de se colocar e expor sua opinião“, destaca a coordenadora do projeto.

 

Enem: candidato tem até hoje para pedir reaplicação da prova

(Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

Hoje (18) é o último dia para os candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) solicitarem a reaplicação da prova, caso tenham se sentido prejudicados por problemas de logística durante a aplicação da prova.

Contudo, só pode pedir a nova aplicação em casos de desastres naturais, falta de energia que tenha comprometido a iluminação da sala de aplicação e falha de procedimento de aplicação que tenha levado algum prejuízo ao participante.

O pedido de reaplicação deve ser feito na página do participante, no site do Enem. Até o final de novembro o Inep, responsável pela aplicação do exame, informará ao candidato se ele teve ou não o pedido aceito. As provas serão reaplicadas nos dias 10 e 11 de dezembro.

Estudante da rede municipal de ensino de Petrolina conquista medalha de prata na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica

Raylla Teles Santos estuda na Escola Municipal José Cícero de Amorim, no distrito de Rajada, zona rural de Petrolina. (Foto: Ascom/PMP)

Nesta semana, a organização da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) divulgou os nomes dos medalhistas da 22ª edição do concurso. A estudante Raylla Teles Santos, de 14 anos, da Escola Municipal José Cícero de Amorim, do distrito de Rajada, zona rural de Petrolina (PE), superou milhares de alunos e conquistou a medalha de prata.

Cerca de 18 mil escolas foram cadastradas este ano na OBA e cerca de 800 mil estudantes brasileiros do ensino fundamental e médio participaram da competição. A secretária executiva de Ensino, Rosane Costa, comemora o envolvimento e dedicação dos alunos e da equipe escolar nesses desafios nacionais. “Temos estudantes  com talentos incríveis nas escolas públicas municipais de Petrolina. É nosso papel incentivar e apoiar as equipes escolares a participarem dos olimpíadas de conhecimento em diversas áreas. Nossos estudantes estão aprendendo, disputando e vencendo competições, o que nos orgulha ao tempo que nos motiva a levar para rede a educação de excelência proposta na gestão do Novo Tempo”, afirma.

Todos os alunos recebem um certificado de participação impresso e para os premiados também será enviada uma medalha referente ao seu resultado. Os professores envolvidos no processo e também os diretores escolares recebem os seus certificados. A Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica é coordenada por uma comissão formada por membros da Sociedade Astronômica Brasileira e da Agência Espacial Brasileira.

Prefeitura de Petrolina inicia processo seletivo para professores substitutos

São ofertadas 450 vagas mais cadastro de reserva (Foto: Ascom/PMP)

A Prefeitura de Petrolina lançou na quarta-feira (13) o edital de seleção simplificada para contratação temporária de profissionais da educação. As inscrições começarão na próxima terça-feira (19) e seguem até 3 de dezembro, exclusivamente no site da Facape.

São ofertadas 450 vagas, além da formação de cadastro de reserva. O certame prevê a seleção de professores substitutos da Educação Infantil, Fundamental (anos iniciais e finais), Língua Espanhola, Língua Francesa e de Música.

Saúde e outras vagas

Há ainda vagas para Nutricionista, Programador, Motorista de carro leve e Barqueiro de Transporte Escolar, nível superior, fundamental completo e incompleto, para atuarem na sede e interior. De acordo com a Prefeitura, foi observada uma necessidade de realização do novo processo seletivo.

O contrato tem validade de 12 meses, prorrogáveis pelo mesmo período. Os aprovados vão substituir os professores efetivos que estão à disposição da Secretaria ocupando cargos como gestor, vice-gestor, coordenador, entre outros. A inscrição custa R$ 70 para nível fundamental e R$ 100 para Superior.

Pela primeira vez, negros são maioria no ensino superior público do Brasil

(Foto: Internet)

A proporção de pessoas pretas ou pardas (que compõem a população negra) cursando o ensino superior em instituições públicas brasileiras chegou a 50,3% em 2018. Apesar desta parcela da população representar 55,8% dos brasileiros, é a primeira vez que os pretos e pardos ultrapassam a metade das matrículas em universidades e faculdades públicas.

Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e estão no informativo Desigualdades Sociais por Cor ou Raça no Brasil, divulgado hoje (13), no Rio de Janeiro. A comparação foi feita com as informações do suplemento de educação da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio – Contínua (Pnad Contínua), que começou a ser aplicado em 2016.

Segundo a pesquisa, a população negra está melhorando seus índices educacionais, tanto de acesso como de permanência. No entanto, apesar desse resultado, pretos e pardos ainda se mantém bem atrás dos índices medidos entre as pessoas brancas.

LEIA MAIS

Estudantes da rede municipal de ensino discutem sobre a ‘Cultura de Paz’ em Juazeiro

(Foto: Ascom)

Estudantes, pais, professores e gestores das escolas municipais Santa Inês, Maria de Lourdes e José Pereira participaram, na última sexta-feira (8) da Roda de Conversa do projeto ‘Valores Humanos e Cultura de Paz’, na Escola de Formação de Professores – EFEJ, em Juazeiro (BA). O projeto está sendo desenvolvido pela Diocese de Juazeiro, a Secretaria de Educação e Juventude – SEDUC, em parceria com outras instituições.

A mãe Raquel Silva contou que aconteceram muitas mudanças positivas do filho no comportamento, no relacionamento familiar e também no desempenho escolar, desde que o projeto passou a ser desenvolvido na escola onde o filho estuda. “Gostei muito que este projeto conseguiu realizar na vida do meu filho e da nossa família. Hoje temos uma relação mais amorosa dentro de casa, e ele está mais tranquilo, carinhoso e estudioso. Quero parabenizar a Diocese e a SEDUC por este trabalho”, ressaltou.

De acordo com a superintendente pedagógica da Secretaria de Educação e Juventude, Cristine Hermenegildo o objetivo dessa atividade foi avaliar as ações que estão sendo desenvolvidas há três meses nas escolas da rede municipal da sede e interior do município. “Foi um momento muito importante, onde tivemos a oportunidade de ouvir depoimentos dos alunos, pais, professores, gestores sobre as mudanças que aconteceram no ambiente escolar, nas relações familiares, nas comunidades depois de várias ações desenvolvidas para promover a paz. Estamos muito satisfeitos com os resultados do projeto”, afirmou.

LEIA MAIS

Prédio de escola no Piranga é particular e Prefeitura não pode fazer reforma, afirma SEDUC

Em nota, SEDUC explicou a situação da unidade escolar (Foto: ASCOM)

A situação preocupante vivida por pais, alunos e professores da Escola Dr. José de Araújo, localizada no bairro Piranga, em Juazeiro (BA) chegou ao conhecimento da gestão municipal. Nessa semana as famílias dos estudantes fizeram uma manifestação denunciando o risco de desabamento na unidade, cobrando melhorias do município no local.

Procurada pelo Blog Waldiney Passos, a Prefeitura de Juazeiro emitiu uma nota esclarecendo a situação. De acordo com a Secretaria de Educação e Juventude (SEDUC), o prédio onde funciona a unidade é particular, o que não permite reformas estruturantes.

“Para oferecer uma escola de qualidade, em prédio próprio, a SEDUC vai inaugurar a Estação do Saber, no antigo prédio da Estação Ferroviária, e vai receber no próximo ano 200 alunos do ciclo de Alfabetização da Escola Dr. José de Araújo e os outros 200, serão matriculados em um novo espaço, com mais conforto e segurança”, ressalta a nota.

Ainda segundo a SEDUC, a pasta está buscando alternativas para “repor os 25 dias letivos restantes ainda em 2019”, já que os pais dos alunos decidiram não mais levar seus filhos para as aulas, temendo de um tragédia.

Confira a íntegra da nota:

LEIA MAIS
123