Inep anuncia cancelamento de uma questão do Enem

Candidatos devem estar atentos à questão anulada. (Foto: Reprodução)

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informou nesta terça-feira (19) a anulação de uma questão da prova de Ciências Humanas e suas Tecnologias do Enem 2019. O Inep identificou que a questão anulada fez parte do Caderno de Questões Braile e Ledor da edição do Enem de 2018.

O chamado “caderno Ledor” é preparado para os aplicadores que atuam como ledores para os participantes que, por algum motivo, solicitam auxílio para a leitura da prova como recurso de acessibilidade. A questão anulada consta no Caderno Azul como número 90; no Caderno Amarelo como 78; no Caderno Branco como 66; e no Caderno Rosa como 72.

LEIA MAIS

Gabaritos oficiais e caderno de provas do Enem já estão disponíveis na internet

(Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) divulgou na tarde desta quarta-feira (13) os gabaritos oficiais do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Também foram divulgados os Cadernos de Questões, em todas as suas versões.

No total, são seis gabaritos para cada dia de aplicação e seis Cadernos de Questões, de acordo com as cores da prova e opções acessíveis. Os participantes podem acessar os gabaritos pelo portal do Inep, na página do Enem ou pelo aplicativo do Enem, e devem ficar atentos para conferir o gabarito relativo à cor de prova que fez em cada domingo de aplicação.

Mesmo com o gabarito em mãos, os participantes ainda não poderão saber qual nota tiraram no exame, isso porque o Enem é corrigido pela chamada Teoria de Resposta ao Item (TRI). Pela TRI, não há um valor fixo para cada questão. A pontuação varia conforme o percentual de acertos e erros naquele item entre os participantes e também de acordo com o desempenho de cada estudante na prova.

LEIA MAIS

Inep divulga hoje gabaritos oficiais do Enem

O resultado dos participantes eliminados, segundo o Inep, não será divulgado.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) divulga hoje (13) os gabaritos oficiais do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Também serão divulgados os Cadernos de Questões, em todas as suas versões.

No total, serão seis gabaritos para cada dia de aplicação e seis Cadernos de Questões, de acordo com as cores da prova e opções acessíveis. Os participantes podem acessar os gabaritos pelo portal do Inep, na página do Enem ou pelo aplicativo do Enem.

Os participantes deverão ficar atentos para conferir o gabarito relativo à cor de prova que fez em cada domingo de aplicação. Mesmo com o gabarito em mãos, os participantes ainda não poderão saber qual nota tiraram no exame, isso porque o Enem é corrigido pela chamada Teoria de Resposta ao Item (TRI).

LEIA MAIS

Gabarito e cadernos das provas do Enem 2019 poderão ser consultados a partir de amanhã

(Foto: Reprodução/Internet)

Os gabaritos e os cadernos de questões das provas do Enem 2019 estarão disponíveis, a partir desta quarta-feira (13). São três locais para consulta: site do Enem; portal do Inep e aplicativo do Enem disponível nas lojas virtuais de celular.

Quem leva o caderno de questões para casa acaba tendo a possibilidade de conferir número de questões que conseguiu acertar, muitos na tentativa de calcular a nota. O método de correção do Enem tem como base o TRI, a chamada Teoria de Resposta ao Item, que leva em conta o grau de dificuldade das questões durante a correção. Essa teoria analisa a coerência das respostas marcadas, atribuindo peso diferenciado para as respostas aleatórias e para os acertos garantidos por conhecimento.

Com a nota obtida no Enem, os estudantes poderão cursar a graduação em universidades públicas e privadas. É possível também conseguir financiamento estudantil e participar de programas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e o Programa Universidade Para Todos (ProUni). Quem tem o sonho de estudar fora do Brasil pode, ainda, usar a nota para ingressar em cursos de 42 instituições de Portugal, pelo Enem Portugal.

Aluno prejudicado por questão logística pode pedir reaplicação do Enem

(Foto: Internet)

Participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que se sentiram prejudicados por questões logísticas na hora da prova podem entrar com recurso, a partir de hoje (11), e pedir para fazer a prova novamente. O pedido deve ser feito pela Página do Participante, e prazo vai até o dia 18.

De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), o pedido não significa direito à reaplicação. Os casos serão analisados, individualmente, pela Comissão de Demandas da autarquia.

Pelo edital do Enem, são considerados problemas logísticos fatores como desastres naturais que prejudiquem a aplicação devido ao comprometimento da infraestrutura do local, falta de energia elétrica que comprometa a visibilidade da prova pela ausência de luz natural e erro de execução de procedimento de aplicação pelo aplicador que leve ao comprovado prejuízo do participante.

LEIA MAIS

2º dia de prova do Enem acontece hoje, fique atento ao que deve ser levado ao local de prova

Segundo dia de prova acontece hoje (Foto: Reprodução)

Nesse domingo (10) é a hora dos feras enfrentaram a prova de Matemática e Ciências da Natureza no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. É importante reforçar alguns pontos, para não correr o risco de eliminação.

Os portões serão abertos às 12h, horário local e fechados às 13h. As provas começarão a ser aplicadas 13h30 e encerradas às 18h30. O aluno somente poderá deixar o local 15h30.

Fique atento, pois as provas serão realizadas na mesma sala que você esteve semana passada. Não esqueça de levar seu documento de identificação pessoal (com foto) e se você faltou ao primeiro dia da prova, poderá fazer o exame hoje, mas apenas para teste de conhecimento.

O gabarito oficial do Enem será divulgado nesta quarta-feira (dia 13) e o resultado, com asnotas individuais, sairá em janeiro. (Com informações do JC Online).

MEC reforça horários de aplicação do Enem neste domingo

(Foto: Internet)

Cerca de 3,9 milhões de estudantes participaram do primeiro dia de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), domingo passado (3). Neste domingo (10), eles fazem as provas de matemática e ciências da natureza. Nesta sexta-feira (8), o Ministério da Educação (MEC) reforçou o horário de aplicação do Enem.

Os portões serão abertos 12h e fechados às 13h, no horário de Brasília. As provas começam a ser aplicadas às 13h30 e vão até as 18h30. Os participantes terão meia a hora a menos que no domingo passado (3), quando fizeram as provas de redação, linguagens e ciências humanas.

Dadas as diferenças de fuso-horário no Brasil, candidatos que farão a prova em sete estados vão responder as questões até duas horas antes do horário da capital do país.

LEIA MAIS

Redações do Enem serão corrigidas por 5,1 mil avaliadores

(Foto: Internet)

Neste ano, 5.168 avaliadores serão responsáveis pela correção das redações do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). As provas foram feitas domingo passado (3), por 3,9 milhões de estudantes de todo o país.

A nota do Enem deverá ser divulgada em janeiro, em data ainda a ser definida. Depois disso é que os candidatos terão acesso ao espelho da redação, com detalhes da correção, em data ainda não definida. A consulta serve apenas para fins pedagógicos. O candidato não pode interpor recurso.

LEIA MAIS

Confira o que pode e o que não pode levar para a prova do Enem

(Foto: Internet)

Os candidatos que vão fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) devem ficar atentos ao material que precisam levar no dia da prova e ao que não é permitido durante a aplicação do exame. No dia da prova, é obrigatório apresentar um documento oficial de identificação com foto. A primeira avaliação será aplicada neste domingo (03).

Em Petrolina (PE), 15.570 candidatos devem participar do primeiro dia de provas do Enem. Segundo dados do Ministério da Educação, em Pernambuco, o número de inscritos em Petrolina só é menor do que o da capital, Recife, que tem 62.380 candidatos. Em todo o estado, 275.327 pessoas estão inscritas no exame.

O documento pode ser a carteira de identidade, carteira de motorista, carteira de trabalho, carteira de reservista ou passaporte. A carteira de estudante não será aceita como documento oficial. Também não serão aceitas cópias, nem mesmo as autenticadas.

Se o candidato perdeu ou teve o documento roubado, deverá apresentar um boletim de ocorrência expedido por órgão policial há, no máximo, 90 dias do primeiro domingo de aplicação do Enem – dia 5 de novembro.

LEIA MAIS

Linhas de ônibus de Petrolina serão reforçadas neste domingo para provas do Enem

(Foto: Ascom)

Os candidatos que farão as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) neste domingo (3) e dependem do transporte coletivo em Petrolina, podem ficar mais tranquilos. A Autarquia Municipal de Mobilidade (Ammpla) vai reforçar as linhas de ônibus que levam aos locais das provas da primeira fase do Enem.

No domingo, os estudantes vão contar com todas as linhas que normalmente não operam aos domingos. Apesar do reforço, a Ammpla orienta os candidatos a saírem de suas residências com antecedência para evitar atrasos. A abertura dos portões para as provas será às 12h e o fechamento às 13h.

Sistema Mobi Petrolina

Em virtude das provas do Enem, o Sistema Mobi Petrolina reforçará o número de coletivos tanto no início, quanto na hora do término das provas. Serão sete carros a mais circulando neste domingo (3).

“Lembramos da importância de usar o Cartão BIP para acelerar o embarque de todos. E também de utilizar o aplicativo gratuito CittaMobi para organizar melhor as suas viagens. Programe-se para sair de casa e chegar ao seu local de prova com, no mínimo, uma hora de antecedência”, diz nota do Sistema Mobi Petrolina.

Saiba como tirar nota mil na redação do Enem

(Foto: Reprodução/Internet)

Redações do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que alcançaram a nota máxima têm pelo menos seis pontos em comum: demonstram domínio da modalidade escrita formal, respeitam os direitos humanos, têm proposta de intervenção para o problema apresentado no tema, têm repertório sociocultural, atendem ao tipo textual dissertativo-argumentativo e apresentam as características textuais fundamentais, como coesão e coerência.

Esses foram os aspectos destacados por especialistas do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) que comentaram sete redações que tiraram nota mil no Enem 2018. O tema do ano passado foi “Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet”.

LEIA MAIS

Evento com alongamento e meditação para alunos que farão o Enem será realizado na próxima sexta em Petrolina

(Foto: Ascom)

A menos de uma semana para a realização das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), candidatos estão com os nervos à flor da pele, ansiedade e dúvidas. Porém, para realizar uma boa prova, é preciso manter o corpo em equilíbrio. E, para isso, a prefeitura de Petrolina (PE)está organizando uma ação com diversas atividades de meditação e relaxamento para os estudantes da cidade.

O evento acontecerá, na próxima sexta-feira (1°), no Centro Social Pio XI, localizado na Avenida Guararapes, das 8h às 12h. Durante toda a manhã, os profissionais do Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (NASF-AB) estarão atendendo os estudantes e ofertando serviços de auriculoterapia; ventosaterapia; momento de alongamento; práticas integrativas e meditação guiada.

De acordo com a coordenadora no NASF, Iara Catarine Souza, essa ação tem o objetivo de auxiliar esses candidatos, ofertando momentos diferenciados. “Esses estudantes vêm de uma rotina de estudo durante todo o ano e a melhor maneira de ter um bom resultando é mantendo a calma e concentrando. Então, essas técnicas vão ajudá-los, nossos profissionais são extremamente capacitados e acreditamos que este momento irá influenciar diretamente de maneira positiva na realização da prova”, concluiu.

A seis dias do Enem, 1,2 milhão de inscritos não sabem local da prova

(Foto: Reprodução/Internet)

A menos de uma semana para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), cerca de 1,2 milhão de participantes ainda não sabem onde farão a prova, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Esses estudantes ainda não acessaram o Cartão de Confirmação da Inscrição, que está disponível na Página do Participante e no aplicativo do Enem, que pode ser baixado nas plataformas Apple Store e Google Play.

LEIA MAIS

Presidente do Inep diz que está tudo pronto para o Enem 2019

(Foto: Internet)

A uma semana da primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019, que será aplicado nos dias 3 e 10 de novembro, o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, em entrevista à Empresa Brasil de Comunicação (EBC), afirmou que está tudo pronto para o exame.

Segundo Lopes, as provas já foram todas distribuídas e estão prontas para serem aplicadas aos cerca de 5,1 milhões de participantes inscritos na edição deste ano. “Nós estamos muito tranquilos, está tudo ocorrendo como planejado”, diz.

LEIA MAIS

MEC divulga horário de provas do Enem em cada estado

Ao todo, foram impressas 10,3 milhões de provas. (Foto: Internet)

O Ministério da Educação (MEC) divulgou nessa terça-feira (22) orientações sobre o horário das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), será realizado nos dias 3 e 10 de novembro, em 1.727 municípios. Cerca de 5,1 milhões de pessoas estão inscritas para o exame.

Os portões de acesso aos locais de prova serão abertos e fechados em horários diferentes nos estados, isso porque, pela extensão territorial do país, existem diferentes fusos horários. Os estudantes que chegarem após o fechamento dos portões não poderão fazer o exame.

LEIA MAIS
123