Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Espaço do Leitor: ‘Seu Padilha e sua Petrolina’

(Foto: Maurício André Anjos/Arquivo Pessoal)

Hoje, 21 de setembro Petrolina completa 123 anos de história e o jornalista, publicitário e poeta Carlos Laerte enviou ao Blog um texto sobre uma das figuras mais importantes da cidade: seu Antônio de Santana Padilha. Nascido e criado na cidade, Seu Padilha prestou relevantes serviços na cultura e a data de seu nascimento, 5 de setembro é conhecido como Dia Municipal do Livro.

Confira a seguir o texto escrito por Laerte para celebrar o aniversário de Petrolina e relembrar a história de Seu Padilha:

LEIA MAIS

Através de nota, PM condena abuso de autoridades de policiais do 2º BIEsp

(Foto: Divulgação/SDS)

Mais cedo o Blog mostrou o desabafo do jornalista Jacó Viana, que na noite de terça-feira (18) foi abordado por policiais do 2º Batalhão Integrado Especializado (BIEsp), no bairro José e Maria. Jacó disse ter sido vítima de abuso de autoridade, foi humilhado e ainda responderá por desobediência.

LEIA TAMBÉM:

Postura de policiais do 2º BIEsp é criticada por jornalista de Petrolina: “fui surpreendido pela abordagem truculenta”

O Blog entrou em contato com a Polícia Militar, mas não havia recebido um retorno. Através de uma nota, o comando disse não concordar com “abuso de autoridade de sua tropa” e solicitou mais informações sobre o ocorrido, para assim abrir uma queixa na Corregedoria.

Confira a seguir a nota da PM:

LEIA MAIS

Postura de policiais do 2º BIEsp é criticada por jornalista de Petrolina: “fui surpreendido pela abordagem truculenta”

(Foto: SDS/Divulgação)

A ação dos policiais do 2º Batalhão Integrado Especializado (BIEsp) em Petrolina foi alvo de críticas do jornalista Jacó Viana, graduado na Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Jacó foi abordado pelo BIEsp na noite de terça-feira (18), na Rua da Caatinguinha, no bairro Jardim Maravilha e através de um desabafo, criticou a postura autoritária dos agentes.

De acordo com o jornalista, quatro policiais estavam na ação e um deles chegou a apontar uma arma para sua cabeça, o chamou de vagabundo e impediu Jacó de registrar a ação dos policiais. Ao fim da noite, ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil, onde foi autuado por desobediência.

Outro lado

O Blog entrou em contato com a Assessoria de Comunicação da Polícia Militar, mas até o momento não tivemos retorno em relação aos questionamentos feitos pela nossa equipe. Por outro lado, Jacó disse que acionará um advogado para buscar seus direitos.

Confira a seguir o relato do jornalista:

LEIA MAIS

Leitor flagra cavalos no Distrito Industrial, Prefeitura afirma que proprietário poderá responder na Justiça

Uma cena recorrente em Petrolina é a presença de animais soltos nas vias públicas. Quem passa pelo Distrito Industrial é diariamente surpreendido por cavalos na pista e de acordo com a Prefeitura de Petrolina, os proprietários desses animais podem ser penalizados com multas.

O Blog foi procurado por um leitor que flagrou três cavalos na tarde de quinta-feira (13) na Avenida José de Santana, sentido bairro Rio Corrente. Em relato, ele afirma que a cena é constante e traz perigo aos condutores de veículos e pedestres.

Punições 

Procurada pela nossa equipe, a Secretaria de Saúde afirmou que providenciará o recolhimento dos cavalos. Eles devem ser encaminhados ao Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) e após a apreensão dos animais, o dono deverá pagar uma taxa de retirada.

O valor equivale a quantos dias os animais ficarem retidos no CCZ. Além da multa, o dono poderá responder na Justiça, tendo em vista um acordo assinado pela Prefeitura com o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) no final de agosto, caso seja reincidente.

Celpe conclui serviço no KM-2 e leitor agradece 

(Foto: Arquivo Pessoal)

Ao longo da semana o Blog mostrou um problema na Rua Osa Santana, no bairro KM-2 em Petrolina. O leitor Gilberto Pires que também é morador da via, relatou à nossa equipe que a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) iniciou um serviço e não havia concluído.

LEIA TAMBÉM:

Leitor critica serviço inacabado da Celpe no KM-2

Equipes da Celpe foram ao bairro no dia 1º trocar um poste e não implantaram a lâmpada para iluminar a rua durante à noite. O serviço foi concluído somente na quinta-feira (13), dias após a publicação em nosso Blog. “Ontem a Celpe veio terminar o serviço, nada como ter uma imprensa em favor da população”, disse Gilberto.

Mães relatam problemas no atendimento da Casa Bolsa; situação é reflexo da atualização no sistema da Caixa, afirma Prefeitura

(Foto: Reprodução)

 Um vídeo enviado à Redação do Blog mostra mães acampadas em frente à Casa Bolsa, na noite de terça-feira (11) para tentar conseguir fichas e realizar o atendimento nessa manhã (12). É possível observar uma fila e barracas de acampamento montadas, já que as pessoas precisaram dormir no local.

Segundo uma leitora que preferiu não se identificar, os usuários estão indo ao local na busca de conseguir as senhas de atendimento.  Procurada pela nossa equipe, a Prefeitura de Petrolina disse que as longas filas na unidade são consequência da atualização no sistema da Caixa Econômica Federal, iniciado em junho.

De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDESDH), por dia são distribuídas 121 senhas e ações nos bairros também estão sendo realizadas.

Confira o vídeo enviado pela leitora e a resposta da Prefeitura de Petrolina:

LEIA MAIS

Leitor critica serviço inacabado da Celpe no KM-2

(Foto: Arquivo Pessoal)

Nossa Redação foi procurada por um morador da Rua Osa Santana, no bairro KM-2 em Petrolina que denunciou a um serviço inacabado da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe). De acordo com Gilberto Pires, no dia 1º de setembro uma equipe trocou um poste na sua calçada, mas deixou a terra do buraco aberto jogado na via pública.

O material foi abandonado na rua, impedindo o escorrimento de água. Fora esse problema, o poste apesar de trocado não funciona. Isso porque a lâmpada não foi substituída e a via fica às escuras durante a noite. “O pior é a escuridão, por irresponsabilidade da Celpe, que não completou o serviço”, disse o morador.

O Blog procurou a Celpe para saber quais providências serão tomadas em relação aos pedidos do morador e estamos aguardando uma resposta da companhia.

Sujeira acumulada no CMEI do Pedra Linda preocupa mãe de aluno

(Foto: Reprodução/Internet)

A sujeira no Centro Hildete Lustosa Cantaraelli Cavalcanti, no bairro Pedra Linda gerou críticas da mãe de um estudante na unidade. Em relato ao Blog, ela afirma que o local não está sendo limpo como deveria e muita poeira se acumula nas salas de aula e espaços externos, como o pátio e entrada.

“Não se vê uma funcionária da limpeza fazendo as obrigações, as crianças têm que conviver com a sujeira, os banheiros ficam fedendo, tá horrível”, relatou a mãe.

Nossa produção entrou em contato com a Prefeitura de Petrolina, para saber quais providências serão tomadas no CMEI, no entanto não tivemos retorno da Secretaria de Educação. Reiteramos que o espaço do Blog está aberto a esclarecimentos.

Atendimento na Caixa Econômica Federal volta a ser alvo de crítica dos petrolinenses

Filas, falta de envelope, problemas no sistema. O Blog já mostrou em diversas reportagens os problemas enfrentados pela comunidade petrolinense ao utilizar o serviço da Caixa Econômica Federal. O relato mais recente é do leitor Luís Henrique de Campos, que na tarde de terça-feira (4) presenciou o que ele chama de “falta de respeito com os clientes”.

Luís chegou à Agência do River Shopping às 8h45 para pegar a fila que somente começou a ser distribuída às 10h. Ele afirma ter conseguido sair da agência apenas às 12h33. O leitor sofre de escoliose, problema na coluna, mas precisou aguardar seu atendimento na fila comum.

“O que me deixa mais indignado é que alguns funcionários trabalham numa lentidão que parece que eles estão fora de si. Mesas desocupadas, sem funcionários no período entre 10:20 a 10:55 e quando dá a hora de almoço, eles tem que ir a metade almoçar e fica poucos funcionários. É triste”, disse a nossa equipe.

Nossa produção tentou contato com a gerência da Caixa Econômica do River Shopping, entretanto não teve êxito. O espaço do Blog fica aberto a qualquer esclarecimento aos comentários feito pelo leitor nessa matéria.

Mototaxista de Juazeiro cobra mais fiscalização da Prefeitura contra clandestinos

Veículo da Guarda Civil Municipal foi flagrado próximo ao ponto irregular

O transporte irregular de passageiros é um problema não apenas em Petrolina, mas também da sua cidade irmã Juazeiro (BA). Um membro da Associação dos Mototaxistas de Juazeiro (AMJ) procurou a nossa Redação para denunciar a existência de um ponto de mototaxista existente no Centro.

Localizado na Praça Pedro Pereira Primo, próximo ao Terminal de Ônibus, o ponto funciona de forma irregular em um beco entre o Hotel Itamaraty e a Juáfarma. O membro da AMJ flagrou um veículo da Guarda Civil Municipal na manhã dessa quarta-feira (29), próximo ao ponto, mas o trabalho dos clandestinos continua.

“Esse ponto fica localizado a poucos metros da CSTT e nada fazem”, criticou o profissional. Nossa equipe procurou a Prefeitura de Juazeiro e apresentou uma série de questionamentos em relação à fiscalização. Estamos aguardando um posicionamento sobre nossas perguntas.

Moradores do bairro Atrás da Banca estão sem água desde a madrugada

Desde a meia noite alguns moradores da Avenida Clementino Coelho, no bairro Atrás da Banca estão vivendo uma dor de cabeça. Eles estão sem água em suas residências há 12 horas e até o momento não sabem por qual motivo.

Uma moradora que entrou em contato com a Redação do Blog afirma ter procurado o atendimento via telefone, feito a reivindicação, porém continua sem água nas torneiras de casa.

Começou a faltar perto de 0h30, não teve aviso prévio. Liguei, falei com um atendente e me falaram que iam verificar o motivo, só que até agora continua do mesmo jeito”, relatou. Ela afirma que o problema maior é nas residências próximos ao Bompreço, onde quase todas as casas estão sem água.

Outro lado

Nossa produção entrou em contato com a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). Segundo a companhia, as equipes estão investigando o motivo para a falta d’água e assim que for identificada a origem do problema, a situação será resolvida.

Leitor questiona andamento da obra na Sete de Setembro, DNIT afirma que desvio será normalizado até o fim de agosto

Avenida 7 de Setembro, Petrolina. (Foto: Blog Waldiney Passos)

A obra de duplicação na Avenida Sete de Setembro, iniciada em janeiro e que até julho estava com 60% concluída foi alvo de questionamentos de um leitor do Blog. Ele procurou nossa redação para saber quando será normalizado o desvio anunciado pela Prefeitura de Petrolina no final do mês passado.

Em contato com a nossa produção o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) informou que o desvio deverá ser normalizado até o final de agosto, no sentido da BR-428 à BR-407, nas proximidades da lagoa de estabilização.

Ainda segundo o DNIT, o prazo de entrega da obra continua mantido para setembro, mês de aniversário de Petrolina, quando também deve ser entrega a ciclovia da Avenida Cardoso de Sá.

Família de Bodocó procura homem que desapareceu quando embarcava para Juazeiro

Uma família de Bodocó (PE) está desesperada em busca de informações sobre o paradeiro de Ribamar Simão dos Santos, de 51 anos. Ele sofre de esquizofrenia e foi visto pela última vez no dia 28 de julho, quando estava na rodoviária da cidade indo embarcar para Juazeiro (BA).

Joana Maria Ferreira, mais conhecida como Joaninha, de 75 anos é mãe de Ribamar e pede ajuda para quem souber de alguma informação, entrar em contato com a família. Ela mora na zona rural da cidade, no Sítio Logradouro e desde o dia 28 não tem informações de Simão.

Os familiares temem que com a falta de medicação, o estado de Simão possa piorar, já que são 15 dias desaparecido. Quem souber de alguma informação sobre Ribamar Simão pode ligar para os seguintes números:  (87) 99972-9548 ou (87) 996254374.

Usuária reclama de problemas no transporte público da Vila Marcela, AMMPLA responde

Uma moradora do bairro Vila Marcela, em Petrolina procurou o Blog para denunciar um problema nos ônibus que fazem o transporte para a comunidade. De acordo com ela, seja de manhã ou pela tarde, os veículos sempre chegam lotados no bairro.

“Moro na Vila Marcela, não está tendo ônibus e só temos os que vão para o Vivendas e o Circular. Todos foram tirados para esses bairros ai, todos vêm lotados” afirmou. Ela chegou a registrar com um vídeo como ficam os ônibus nos horários de pico:

Nossa equipe procurou a Prefeitura de Petrolina, para saber qual o motivo ocasionou a retirada da linha da Vila Marcela. Mas a Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA) afirma que não houve alteração.

Segundo a AMMPLA, o bairro é atendido pelo Circular, com ônibus a cada 33 minutos e pela linha do Vivendas. No total, oito veículos atendem a Vila Marcela.

LEIA MAIS

Leitor chama atenção para vazamento de água limpa no bairro São José

Um vazamento de água limpa na Rua Marcos Passos, no bairro São José foi motivo de críticas de um leitor que entrou em contato com o Blog. O problema começou quando um cano teria estourado e a água limpa está escorrendo de frente ao Posto Lorena.

De acordo com o leitor, o problema foi identificado na manhã dessa quarta-feira (8). Nossa equipe acionou a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), para que o reparo no cano seja feito. Estamos aguardando um retorno da companhia.

O leitor também nos enviou um vídeo mostrando o vazamento que está acontecendo por debaixo da pavimentação asfáltica, confira:

LEIA MAIS
123