Setembro Amarelo: OMS diz que é possível prevenir suicídio

(Foto: Internet)

A cada 40 segundos, uma pessoa se suicida no mundo. Hoje (10), Dia Mundial para a Prevenção do Suicídio, a Organização Mundial da Saúde (OMS) reafirma a importância de todos os países adotarem estratégias de prevenção com eficácia comprovada.

De acordo com a OMS, é possível evitar o suicídio. Segundo a Organização, as nações precisam se mobilizar para implementar ações eficazes e políticas públicas eficientes. Segundo a OMS, apenas 38 países têm programas nacionais de saúde e políticas eficientes de prevenção ao suicídio.

Para o Ministério da Saúde do Brasil, para a prevenção, é fundamental estar atento a possíveis sinais de alerta. Entre esses sinais estão o aparecimento ou agravamento de problemas de conduta ou de manifestações verbais durante pelo menos duas semanas; preocupação com a própria morte ou falta de esperança; expressão de ideias ou de intenções suicidas.

LEIA MAIS

Bolsonaro diz que incêndios não podem gerar sanções ao Brasil

(Foto: Agência Brasil)

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse na noite da última sexta-feira (23) em pronunciamento em rede nacional de rádio e televisão, que os incêndios florestais na Amazônia não podem ser pretexto para que nações estrangeiras lancem sanções contra o Brasil.

“Incêndios florestais existem em todo o mundo. E isso não pode ser pretexto para sanções internacionais. O Brasil continuará sendo amigo de todos, e responsável pela proteção da sua floresta amazônica”, afirmou.

Bolsonaro disse ainda estar “ciente” das queimadas e que o governo não está “satisfeito” com o que está assistindo, e que por isso vai atuar “fortemente”. “Tenho profundo amor e respeito pela Amazônia. A proteção da floresta é nosso dever”, afirmou.

LEIA MAIS

Cinco países do G7 se mostram preocupados com a Amazônia

(Foto: Internet)

Cinco países integrantes do Grupo dos Sete, Alemanha, Canadá, Reino Unido, Estados Unidos e França, estão preocupados com as queimadas que acontecem na maior floresta tropical do planeta neste momento; e que colocou os estados do Acre e Amazonas em situação de emergência ambiental.

Para Angela Merkel, chanceler da Alemanha, os incêndios na Amazônia se transformaram em uma “situação urgente” e que deve ser discutida durante a cúpula do G7 este final de semana. A declaração foi dada nesta sexta-feira (23) por seu porta-voz, Steffen Seibert, com o objetivo de mostrar apoio ao presidente da França, Emmanuel Macron, que na última quinta-feira (22), através do Twitter, chamou as queimadas  de “crise internacional”.

Em resposta a Macron, o presidente brasileiro acusou o francês de ter “uma mentalidade colonialista” e de querer “instrumentalizar” o tema “para ganhos políticos pessoais”.

LEIA MAIS

Miguel Coelho participa de troca de experiências para políticas da primeira infância em Harvard 

(Foto: Divulgação)

O prefeito Miguel Coelho viaja aos Estados Unidos, neste final de semana, para concluir um ciclo de capacitações voltadas para a gestão pública. Dessa vez, o gestor sertanejo participa junto com líderes de vários países de um encontro sobre políticas para a primeira infância. As atividades ocorrerão entre os dias 4 e 9 de agosto na Universidade de Harvard, na cidade de Cambridge.

Será a 10ª edição do Programa de Liderança Executiva em Desenvolvimento da Primeira Infância. A iniciativa reúne 60 líderes convidados de diversos países para a troca de experiências, capacitações e palestras voltadas para a educação nos primeiros anos de vida e formulação de soluções para o setor público e privado no ambiente escolar.

LEIA MAIS

Pernambuco entra em negociação para atrair voos da China e Rússia

(Foto: Internet)

Pernambuco está trabalhando para atrair novos voos para o estado, e a China e a Rússia estão na mira, em negociações abertas com os dois países. Enquanto a expectativa é de viabilizar uma rota entre a companhia aérea chinesa através do Aeroporto Internacional do Recife-Guararapes/Gilberto Freyre, as negociações com a empresa russa têm o Nordeste como foco, mas Pernambuco desponta como forte candidato. Além disso, também existe um trabalho para que a empresa aérea Globalia, que ganhou licença para operar voos domésticos no Brasil, tenha o estado como um concentrador para suas operações em território nacional.

De acordo com Rodrigo Novaes, secretário de Turismo de Pernambuco, uma equipe está em Shangai, na China, participando de negociações para conquistar voos do país asiático para o estado. “Estamos buscando parceiros para conquistar esse voos da China para o Brasil. Apesar de o (oceano) Pacífico também ter ligação, a menor distância é pelo Nordeste, vindo pelo Atlântico. E há a possibilidade de conquistarmos”, afirmou. Ele ressalta que daqui a 20 anos, 30% dos turistas que irão viajar pelo mundo serão de chineses. “É um mercado que temos muito interesse, estamos dando atenção e buscando compreender o mercado para firmar parcerias”, complementou.

LEIA MAIS

Produtores do Vale do São Francisco comemoram retirada de impostos sobre exportações de frutas

(Foto: Divulgação)

O acordo firmado entre o Mercosul e a União Europeia, na última sexta-feira (28), criou a maior área de livre comércio do mundo. Juntos, os dois blocos movimentam U$ 17 trilhões em Produto Interno Bruto (PIB). Reivindicação antiga dos produtores do Vale do São Francisco, a retirada de impostos sobre os produtos agrícolas permitirá, por exemplo, que a uva de mesa produzida na região entre na Europa com tarifa zero.

Os exportadores do São Francisco também terão maior acesso à União Europeia por meio de quotas – para açúcar e etanol –, além do reconhecimento de produtos brasileiros diferenciados, como o vinho. Em Petrolina (PE), onde recebeu os detalhes das negociações, o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais (SPR), Jailson Lira, destacou que o Vale deve se posicionar melhor no mercado internacional.

“Alguns países que concorrem conosco na mesma época de produção de frutas, como Estados Unidos, Chile, Peru e África do Sul, não têm a incidência de taxas da União Europeia. Então, esse acordo é histórico para nós porque coloca Petrolina e o Vale do São Francisco em pé de igualdade com esses competidores, uma vez que respondemos por 98% das exportações de uvas de mesa e 95% de mangas do país”, avalia o representante dos produtores do segmento que gera 100 mil empregos diretos e movimenta anualmente cerca de U$ 3,8 milhões.

LEIA MAIS

Brasil e Paraguai abrem quartas de final da Copa América

(Foto: Reuters/Diego Vara/Direitos Reservados)

A seleção brasileira enfrenta o Paraguai na primeira partida das quartas de final da Copa América 2019. A partida será nesta quinta-feira, às 21h30, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

Os brasileiros se classificaram em primeiro lugar no grupo A, com uma vitória de 3 a 0 sobre a Bolívia, um empate sem gols com a Venezuela e uma goleada de 5 a 0 sobre o Peru.

LEIA MAIS

Brasil enfrenta a França na Copa do Mundo Feminina neste domingo

(Foto: AFP)

Neste domingo(23), a seleção brasileira volta a campo, desta vez pelas oitavas de final da Copa do Mundo de Futebol Feminino. A adversária é a França. A anfitriã terá a seu favor um estádio lotado com 20 mil torcedores.

As jogadoras francesas esperam repetir o resultado da seleção masculina 21 anos atrás, na Copa de 1998, quando a França conquistou o primeiro título mundial, em casa, ao vencer o Brasil por 3 a 0.

O jogo França x Brasil está marcado para as 16h, no estádio Océane, em Le Havre. Quem ganhar pega Espanha ou Estados Unidos nas quartas de final.

LEIA MAIS

Brasil vence Jamaica na estreia da Copa do Mundo Feminina de Futebol

(Foto: Emmanuel Foudrot/Reuters)

Em sua estreia na Copa do Mundo França 2019, o Brasil venceu a Jamaica por 3 a 0 neste domingo (9), em Grenoble. Aos 15 minutos, a seleção abriu o placar com Cristiane, de cabeça. No segundo tempo, a atacante marcou mais duas vezes, incluindo um golaço de falta.

Com nove derrotas nos últimos nove jogos, a seleção brasileira é a única entre as 24 envolvidas no Mundial que escolheu não fazer amistosos preparatórios antes da estreia na França. O jogo foi válido pelo Grupo C, que tem também Austrália e Itália.

Na próxima partida, na quinta-feira (13), contra a Austrália, a expectativa é que o Brasil possa contar com sua principal estrela, Marta, que não atuou neste domingo, pois se recupera de lesão.

Falha na segurança: usuários do WhatsApp devem atualizar aplicativo, orienta empresa

(Foto: Internet)

O WhatsApp divulgou hoje (14) recomendações a usuários para que atualizem o aplicativo em seus Smartphones. O motivo da orientação diz respeito a uma falha na segurança que teria permitido o acesso de hackers e a instalação de pequenos programas maliciosos (spywares) para coletar informações dos usuários.

A ação teria utilizado um software de espionagem semelhante aos desenvolvidos pela empresa israelense NSO Group, que comercializa soluções deste tipo junto a governos. Por meio do programa, os hackers teriam como acessar informações dos Smartphones dos usuários de forma remota.

LEIA MAIS

Relatório da ONU aponta que uso excessivo de remédios pode matar 10 milhões ao ano até 2050

(Foto: Internet)

Relatório de entidades ligadas à Organização das Nações Unidas (ONU), divulgado nesta segunda-feira (29), alerta que o uso excessivo de medicamentos e os consequentes casos de resistência antimicrobiana podem causar a morte de até 10 milhões de pessoas todos os anos até 2050.

Segundo o documento, o prejuízo à economia global pode ser tão catastrófico quanto a crise financeira que assolou o mundo entre 2008 e 2009. A estimativa é que, até 2030, a resistência antimicrobiana leve cerca de 24 milhões de pessoas à extrema pobreza.

Atualmente, pelo menos 700 mil pessoas morrem todos os anos devido a doenças resistentes a medicamentos – incluindo 230 mil por causa da chamada tuberculose multirresistente.

LEIA MAIS

Brasil cai para 27º lugar entre os maiores exportadores do mundo

(Foto: Divulgação/Portal Governo Brasil)

O Brasil caiu da 26ª posição para o 27º lugar entre os maiores exportadores do mundo, em 2018, segundo relatório anual divulgado hoje (2) pela Organização Mundial do Comércio (OMC). Entretanto, houve aumento de 10% nas vendas em comparação a 2017.

No ano passado, as exportações chegaram a US$ 239,5 bilhões, com aumento de 9,6%. As importações cresceram 19,7% ao totalizarem US$ 181,2 bilhões. O saldo da balança comercial em 2018 ficou em US$ 58,3 bilhões.

O 26º lugar foi assumido pelo Vietnã. O primeiro lugar no ranking é da China, seguida por Estados Unidos e Alemanha. O último lugar é da Indonésia, em 30º lugar.

Comércio mundial

Segundo dados preliminares da OMC, o comércio mundial cresceu 3%, em 2018, abaixo do previsto em setembro pela organização (3,9%). O resultado menor que o esperado é explicado principalmente por piora no comércio mundial, no quarto trimestre.

Para 2019, a previsão é crescimento de 2,6% no comércio mundial, em linha com a previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, de 2,6%. Em 2020, o comércio mundial deve atingir crescimento de 3%, com previsão para o PIB em 2,6%.

Fonte: Agência Brasil

Facebook e Instagram apresentam instabilidade nesta quarta-feira

(Foto: Ilustração)

Desde o início da tarde desta quarta-feira (13), o Facebook e o Instagram estão apresentando instabilidade no Brasil e em outros países.

A reclamação mais recorrente dos usuários é sobre dificuldades para postar conteúdos nos perfis. As tentativas resultam em uma mensagem de problema para atualizar o status. Alguns também não conseguem sequer logar na rede social.

LEIA MAIS

Bolsonaro recebe Juan Guaidó no Palácio do Planalto e diz que vai atuar para restabelecer democracia na Venezuela

(Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil)

Juan Guaidó chegou ao Palácio do Planalto, onde se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro (PSL), por volta das 13h50, acompanhado pelo ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e passou pelo tapete vermelho estendido em uma das portarias laterais do edifício principal. Os Dragões da Independência fizeram as honras na entrada.

Depois da reunião no Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro manifestou publicamente seu apoio ao presidente autodeclarado interino da Venezuela, Juan Guaidó. Em declaração à imprensa, na tarde de hoje (28), Bolsonaro afirmou que o Brasil vai atuar, dentro da legalidade, para restabelecer a democracia no país vizinho.

“Nós não pouparemos esforços dentro da legalidade, da nossa Constituição e das nossas tradições para que a democracia seja restabelecida na Venezuela. E isso só será possível com eleições limpas e confiáveis. Nos interessa uma Venezuela livre, próspera e economicamente pujante”, disse o presidente.

Bolsonaro criticou governos anteriores do Brasil por terem dado apoio ao presidente venezuelano, Nicolás Maduro. “Faço uma meia culpa aqui, porque dois ex-presidentes do Brasil fizeram parte do que está acontecendo na Venezuela hoje. Essa esquerda gosta de tanto de pobre que acabou multiplicando-os, e a igualdade buscada por eles foi por baixo. Queremos uma igualdade para cima, na prosperidade”, afirmou.

LEIA MAIS

Fenômeno da maior superlua do ano ocorre nesta terça-feira

(Foto: ABR)

O fenômeno da superlua, quando o satélite natural estará no ponto mais próximo da Terra de sua órbita, ocorre na noite de hoje (19). Segundo a Agência Espacial dos Estados Unidos (Nasa, na sigla em inglês), das três vezes que o fenômeno deve ocorrer em 2019, esta será a maior superlua do ano. A última ocorrência foi em 20 de janeiro e a próxima será em março.

A Lua aparecerá 10% maior do que em uma lua cheia convencional. Ela estará a 356,7 mil quilômetros de distância da Terra. Em um apogeu, quando a Lua está no ponto mais longe da terra, ela chega a ficar a 405,7 mil quilômetros de distância. Em março de 2011, a Lua esteve em um perigeu (ponto em que a Lua está mais próxima da Terra) ainda mais próximo do que o de hoje, a 203 mil quilômetros. O fenômeno pode ser visto a olho nu, sem a necessidade de qualquer tipo de proteção ou equipamentos.

LEIA MAIS
123