Concerto gratuito do Projeto Parque Sonoro animou o público petrolinense neste domingo

(Foto: ASCOM)

O projeto Parque Sonoro levou a Camerata 21 de Setembro ao Parque Josepha Coelho, neste domingo (22). A sinfônica tocou da música clássica, passando pelo samba e até pelo rock e fez a alegria de pessoas de todas as idades que foram prestigiar.

Com caráter didático, a plateia ainda pode interagir com os músicos e conhecer um pouco de cada instrumento após a apresentação. Nesta edição, a Camerata 21 de Setembro teve como regente o maestro Maicon Novaes.

O projeto é uma realização da Prefeitura de Petrolina (PE), através da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes (Seculte).

No próximo domingo (29), o Parque Sonoro se despede desta temporada com a apresentação da Philarmônica 21 de Setembro, às 10h, no Parque Josepha Coelho.

Concerto reverencia músicos sertanejos no parque Josepha Coelho

(Foto: ASCOM)

Neste domingo (15), o parque Josepha Coelho, em Petrolina, recebeu a orquestra Novos Talentos, da Fundação Nilo Coelho. Com um concerto que homenageou o sertanejo, o repertório trouxe sucessos como Asa Branca, de Luiz Gonzaga e Lamento Sertanejo, de Dominguinhos.

O evento faz parte do projeto Parque Sonoro da Prefeitura de Petrolina através da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes (Seculte).

O projeto continua no próximo domingo (22), com a Camerata 21 de Setembro e encerra a temporada no 29 de abril. As apresentações ocorrem sempre às 10h, no parque Josepha Coelho e são de graça.

Petrolina: Projeto Parque Sonoro oferece música de graça no Parque Josepha Coelho aos domingos

Um programa bacana para toda a família começou a ser desenvolvido no Parque Josepha Coelho, em Petrolina (PE). É o Projeto Parque Sonoro, que está levando música de qualidade, de graça, a população.

O primeiro grande espetáculo foi neste domingo (8). Cerca de 150 pessoas foram prestigiar a Orquestra do Sertão Opus 68 que levou música clássica para perto da comunidade. Logo no início do concerto, o público foi presenteado com a música Open String Suite Op.2, do artista da região Andrey Conceição.  O repertório seguiu com canções eruditas como Ave Maria e até o tema da série de TV, Game Of Thrones.

O Parque Sonoro é uma realização da Prefeitura de Petrolina, através da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes (SECULTE), que tem como proposta levar neste mês de abril, o melhor da música instrumental de boa qualidade à sociedade. As apresentações acontecerão no Parque Josepha Coelho.

Confira as próximas apresentações do Parque Sonoro, sempre aos domingos, às 10h:

• 15/04: Orquestra de Câmara Novos Talentos – Fundação Nilo Coelho

• 22/04: Camerata 21 de Setembro

• 29/04: Philarmônica 21 de Setembro

Compositor juazeirense quer curso superior de música na Univasf em Juazeiro

Maurício Dias, compositor e músico. (Foto: Internet)

O músico e compositor juazeirense, Maurício Dias, mais conhecido como Mauriçola, disse que vai pedir o apoio do prefeito Paulo Bonfim para reivindicar, junto ao Ministério da Educação, um curso superior de música, na Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), campus de Juazeiro (BA).

Mauriçola quer aproveitar a vinda do Ministro da Educação, a Juazeiro na próxima terça-feira (27), para fazer o pedido pessoalmente a Mendonça Filho. O ministro estará em Juazeiro para autorizar o funcionamento da faculdade de Medicina Estácio de Sá.

O músico lembra que, há tempos, junto com os amigos Joselino Oliveira e Aurílio dos Santos, fez este pedido ao primeiro reitor da Univasf.

Segundo Mauriçola, Juazeiro tem direito a um curso superior de música “Por merecimento histórico”! Uma vez que é a terra de tantos grandes músicos brasileiros, a exemplo do gênio criador da “bossa nova” João Gilberto, que está com 87 anos de idade.

“Até hoje única música brasileira admirada, estudada e respeitada pelos maiores músicos em todo o mundo, é a música de João Gilberto. Se houvesse o Brasil de Villa Lobos e Tom Jobim, não seríamos o país da corrupção e violência”, enfatiza Maurício Dias.

Hoje é dia de dançar no Sesc; Pedro Duarte e Linguagem Musical animam a noite de sábado (10)

(Foto: Divulgação)

Neste sábado (10), o Sesc Petrolina vai proporcionar uma noite de alegria, com muita música e diversão para aqueles que gostam de dançar.

A partir das 21h, acontece no salão de eventos da Unidade, mais uma edição do projeto Dançando no Sesc, animada por Pedro Duarte e Linguagem Musical.

O Dançando no Sesc acontece uma vez por mês e é um momento de lazer, sempre com uma atração diferente para os apreciadores da Música Popular Brasileira.

A entrada para comerciário e dependente custa de R$ 7,00 e R$15,00 para o público em geral. O Sesc Petrolina está localizado na rua Dr. Pacífico da Luz, nº 618, Centro.

Informações: (87) 3866-7474.

Targino Gondim faz dueto com Zeca Baleiro em seu novo CD

O novo CD do cantor e sanfoneiro Targino Gondim, radicado em Juazeiro (BA), que será lançado em breve em todo o país, traz participação de várias estrelas da música brasileira.

Já está confirmada a participação de artistas como Ivete Sangalo, Carlinhos Brown, Bel Marques, Mariene de Castro, Baiana System e Leonardo.

Mas uma das pérolas dessa nova obra, de um dos autores da música “Esperando na Janela”, você já pode ouvir aqui. Targino faz um dueto com o maranhense Zeca Baleiro, um dos grandes nomes da música popular brasileira.

A autoria da canção “Lá fora tá chovendo” interpretada pelos os dois é do próprio Targino Gondim, de Zeca Baleiro e Carlinhos Brown. Aperte o play e curta à vontade.

BMW pode pagar a maior indenização de 2018 à família do cantor João Paulo

João Paulo ao lado de Daniel. (Foto: Divulgação)

Em processo movido pela viúva do cantor João Paulo, que fazia dupla com o sertanejo Daniel, a BMW pode pagar uma das maiores indenizações do setor automotivo em 2018. Com valor que pode variar entre R$ 250 milhões e R$ 600 milhões.

O acidente que o cantor veio a óbito, ocorreu em setembro de 1997, na rodovia dos Bandeirantes, na ocasião João Paulo dirigia um modelo 328 i 1997.

Segundo Edilberto Acácio da Silva, advogado de defesa, o carro tinha pouco mais de 1.000 km rodados no momento da tragédia.

Em 2013, a BMW foi condenada em primeira instância. Pela segunda instância, novembro de 2014, a indenização foi fixada em R$ 300.000, mais o pagamento de uma pensão mensal correspondente a 2/3 dos rendimentos mensais da vítima à época do acidente.

Porém, até o momento, a BMW não realizou nenhum pagamento, pois o processo está em andamento e foi levado ao Superior Tribunal de Justiça.

O carro que o cantor viajava.

A quantia mínima de R$ 250 milhões, caso a empresa seja condenada, é referente ao que João Paulo iria receber ao longo de sua carreira.

“Até agora a Justiça entendeu que ambas as partes têm culpa no acidente, condenando a BMW a pagar R$ 250 milhões. Porém, se a marca for considerada a única culpada, o valor deve subir para R$ 600 milhões”, afirma o advogado Acácio.

Ainda há a soma de danos materiais e morais no valor, que só será confirmado no fim do processo. O valor faz uma soma de quanto o cantor poderia ter recebido desde 1997 se ainda estivesse vivo, e em quanto sua filha e a viúva deveriam receber por mês desde o acidente.

Uma das causas do acidente foi o esvaziamento repentino do pneu dianteiro, apontada no laudo pericial. Na ocasião, o carro capotou quatro vezes e pegou fogo. O incêndio foi provocado pelo contato do catalisador e do escapamento com a gasolina.

“Anexei aos autos a informação de que o pneu em questão, da marca Firestone, participava de um recall exatamente com essa falha”, diz o advogado de defesa.

Netinho faz show em Juazeiro e diz sentir como se estivesse começando “tudo outra vez”

Foto: ilustração Internet

Que a vida é feita de altos e baixos todos sabem, muitas vezes no entanto é preciso descer ao fundo do poço para se reencontrar, foi o que aconteceu com o cantor Netinho que após passar por um grave problema de saúde está retomando aos poucos a sua gloriosa carreira.

Sucesso em muitos carnavais ele retornou à cidade de Juazeiro onde fez um show no último final de semana, após a apresentação Netinho postou um texto na página do seu facebook que serve para uma reflexão.

“Depois de ter tido o merecimento de visitar o fundo poço para aprender a verdade sobre a frivolidade da fama, do sucesso, das aparências, do dinheiro, da podridão do ego inchado, me encontro agora fazendo shows e me sentindo começando tudo outra vez”, comentou.

Carlinhos Caiçara grava seu primeiro DVD no réveillon de Petrolina

Uma das atrações da festa de Réveillon em Petrolina, o cantor Carlinhos Caiçara vai realizar a gravação do seu primeiro DVD após a queima de fogos na virada do ano. O show é aberto ao público. O cantor aproveitou e fez o convite aos leitores do Blog Waldiney Passos para participar da gravação.

Há 17 anos na música, o cearense Carlinhos Caiçara começou como tecladista, onde passou por várias bandas no Ceará e aos poucos foi se descobrindo como cantor.

Foi nos Estados de Pernambuco e Bahia que ele estreou como cantor. Dono de uma voz única e diferente, participou das bandas Boca de Moça, Doce Malícia, A favorita do Brasil e Banda Encantus.

Agora em carreira solo, com o CD “Eitxa Chorencia”, Carlinhos Caiçara, vem encantando o público de várias regiões do Brasil. Por onde passa Carlinhos Caiçara é sinônimo de casa cheia. A música Oi, um dos seus maiores sucessos já teve mais de 60 mil downloads.

Música o Brasil dos Invisíveis foi a vencedora do festival Edésio Santos da Canção

(Foto: ASCOM)

A noite do último sábado (02) foi de festa no Centro de Cultura João Gilberto em Juazeiro. Os doze artistas classificados nas eliminatórias subiram ao palco para disputar o prêmio máximo do maior festival de música do Vale do São Francisco. O Festival Edésio Santos da Canção.

No final, os jurados apontaram a música O Brasil dos Invisíveis, de Zebeto Correa, como a grande campeã. O segundo lugar ficou a música Cada Um, de Manuca Almeida e Alexandre Leão, e o terceiro lugar foi para a música Quintal, de Moésio Belfort e Eneida Trindade.

Esse ano o Edésio Santos além de homenagear os 80 anos de Luiz Galvão, homenageou também pessoas que tiveram influência na cena musical de Juazeiro, dando seus nomes aos troféus. 1º lugar foi Troféu Luiz Galvão – 80 Anos de Poesia e Música, 2º lugar: Troféu Moanilton Mesquita Lopes, 3º lugar: Troféu Sargento Bispo, Melhor Música Local: Troféu Antônio Carlos Tatau, Melhor Intérprete: Troféu Toinho de Zé Maguin e Júri Popular: Troféu Hilton Bolão.

O primeiro colocado recebeu R$10 mil reais em dinheiro. O segundo ganhou R$ 8 mil reais e o terceiro R$6 mil reais. O melhor intérprete levou R$ 3 mil, melhor música local ficou com R$ 4 mil e a escolha do Júri Popular levou R$ 1 mil.

Presente no Festival, o prefeito Paulo Bonfim elogiou o evento. “Foi uma festa muito bonita e com participação efetiva do público, o que é mais importante. O Edésio Santos tem vida longa e Juazeiro merece que ele seja realizado, pois está ligado diretamente ao que a cidade respira: música, alegria, cultura. A organização está de parabéns, assim como todos os músicos que participaram”, conclui o Paulo Bomfim.

Para o Músico, Sociólogo e Antropólogo Paulo Soares, a realização do Festival Edésio Santos é uma forma de manter viva a essência musical da cidade. “Há o fortalecimento dessa cultura e isso é muito importante. Além disso, faz com que haja uma interação social, as pessoas se encontram, conhecem outros sons, outros estilos musicais. E o poder público tem mesmo obrigação de fomentar esse tipo de política pública, que oportuniza momentos como o do Festival Edésio Santos da Canção”, disse.

Confira a classificação:

– Primeiro lugar: O Brasil dos Invisíveis, de Zebeto Correa

– Segundo lugar: Cada um, de Manuca Almeida e Alexandre Leão

– Terceiro lugar: Quintal, de Moésio Belfort e Eneida Trindade

– Melhor música local: Perfume do passado, de João Gilberto e Mariano

– Melhor Intérprete: Andreza Santos

– Júri Popular: a música Juazeiranidade, de Fatel.

Festival Edésio Santos da Canção conhece hoje o campeão ou campeã 2017

As apresentações começam às 20h. (Foto: ASCOM)

A noite deste sábado (2) vai ser de frio na barriga, apesar do calorão, para os concorrentes do Festival Edésio Santos da Canção de Juazeiro (BA). Hoje será a grande final da 20ª edição do Festival que tem revelado talentos nos últimos vinte anos.

Na noite de ontem, sexta-feira (01), aconteceu a segunda eliminatória, no Centro de Cultura João Gilberto, quando foram escolhidas as últimas seis músicas finalistas. Foram momentos de homenagens ao artista Juazeirense Luiz Galvão que está fazendo 80 anos de idade.

O segundo dia de Festival foi uma noite mais enérgica, com participação do público interagindo com palmas, gritos e assovios durante as apresentações das canções. O Produtor Cultural e Secretário Executivo da Secretaria de Cultura de Petrolina, Cássio Lucena, presente ao evento, disse que, além de fomentar toda uma cadeia produtiva, a perpetuação do Festival deixa claro a missão de Juazeiro com a bandeira cultural. “Juazeiro tem esse olhar vitorioso em cumprir esse gesto bacana com a população, com a sua história. Parabenizo a Gestão, parabenizo os artistas por não deixarem a tradição de uma terra altamente musical morrer”, disse.

Após as apresentações das canções do Festival, um grupo de artistas juazeirenses fez uma homenagem ao poeta, cantor e compositor Luiz Galvão, cantando algumas de suas canções de sucesso. “É uma forma bonita de homenagear Galvão, valorizando nossas pratas da casa. Juazeiro é um celeiro musical e nossa obrigação é prestigiar e valorizar os nossos. Galvão e o grupo Novos Baianos teriam gostado da apresentação, se tivessem visto”, disse o Superintendente de Cultura, Maurício Dias.

Confira as músicas classificadas para a grande final:

Colorir da gente – Yuka
Mesmo quando o céu não faz chover – Joyce Guirra
Cada um – Manuca Almeida/Alexandre Leão
Juazeiranidade- Fatel
Perfume do Passado- João Gilberto/ Mariano Carvalho
Canto para Ogum – Junior Mota
Fios de Tempo- Joedson Sidney/ Jamison Sampaio
Quintal- Moesio Belfort/ Carlos Hiury/ Eneida Trindade
Diferentemente- Antônio Fabrício
Reflexos- Jefferson Castro
Uma canção para a lua- João Energia
Brasil dos invisíveis- Zêbeto Corrêa/ Martin César

O Festival é uma realização da Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes.

Filha consegue na Justiça a interdição de João Gilberto

Ícone da Bossa Nova, João Gilberto, 86, está desde outubro sob os cuidados da filha, Bebel Gilberto. A cantora que mora em Nova York conseguiu na Justiça a interdição do pai para a gestão pessoal, patrimonial e financeira do artista. A decisão foi publicada no Diário de Justiça do Rio de Janeiro e dá a Bebel a curatela provisória de 120 dias.

A interdição é uma medida judicial para pessoas declaradas incapazes para atos da vida civil, como movimentação financeira e assinatura de contratos.

O processo corre em segredo de Justiça, mas, segundo o colunista Anselmo Góes, do jornal “O Globo”, a ação de Bebel visa “pôr fim aos negócios temerários que João vinha sendo orientado a firmar, que resultaram na atual condição de quase miserabilidade do artista”.

Disputa familiar

Mesmo com a decisão, uma perícia foi solicitada pelo juiz para comprovar o estado de saúde do cantor, que tem enfrentado dificuldades financeiras desde o cancelamento de sua turnê de 2011, quando completou 80 anos. Ele chegou a receber os adiantamentos, mas não devolveu o dinheiro quando não realizou os shows.

Para tentar amenizar a dívida, o músico teria assinado empréstimo de R$ 10 milhões com o banco Opportunity, em abril de 2013. Como garantia, o banco ficou com 60% dos direitos autorais dos quatro primeiros discos de João.

Juiz Sanfoneiro Ednaldo Fonseca e jornalista Ney Vital participal do Encontro Nacional dos Gonzagueanos em Caruaru

Ednaldo Fonseca e Ney Vital marcarão presença no encontro. (Foto: Arquivo Pessoal)

O Encontro Nacional dos Gonzagueanos, edição 2017, será realizado em Caruaru, no sábado (11). O evento acontece anualmente desde 2012, sempre na segunda semana de Novembro e é coordenado pelo diretor do Espaço Cultural Asa Branca do Agreste, Luiz Ferreira e promovido pelo Fã Clube de Gonzagão do Nordeste e o apoio do Lions Vila Kennedy.

Este ano além da presença do ex-Governador de Pernambuco, Roberto Magalhães, o encontro terá a participação do Juiz Sanfoneiro Ednaldo Fonseca e do jornalista, membro do Conselho de Cultura do Parque Asa Branca, Ney Vital.

O encontro tem o objetivo de manter viva a obra de Luiz Gonzaga. “É uma honra todo ano em Caruaru receber os estudiosos, pesquisadores, colecionadores de Luiz Gonzaga de todo o Brasil”, diz Luiz Ferreira. Personalidades ligadas a vida e obra de Luiz Gonzaga recebem o Troféu Luiz Gonzaga Orgulho de Caruaru.

LEIA MAIS

Parte de camarote desaba durante show de Ivete Sangalo

Parte do camarote desabou quando a cantora baiana estava se apresentando. (Foto: Redes Sociais)

Susto durante o show da cantora Ivete Sangalo, na madrugada deste domingo. Parte da estrutura de um camarote da festa Odonto Fantasy desabou por volta das 1h10, no Sítio Terêncio, na Rodovia dos Náufragos, em Aracaju. A cantora baiana se apresentava quando um buraco foi aberto em meio à estrutura do espaço. Informações preliminares dão conta de que não houve feridos graves.

A Central de Regulação de Urgências (CRU) de Aracaju informou um número total de 60 envolvidos. No entanto, quando os médicos chegarem ao local identificaram várias vítimas sem ferimentos. Apenas 13 foram removidas, sendo nove para a emergência do Hospital São Lucas, na capital sergipana.

A cantora e apresentadora do The voice Brasil que está com 45 anos confirmou, no último dia 12 de setembro, a gravidez de gêmeos. A suspeita sobre a gestação da artista ocupava o debate entre os fãs há várias dias, quando sites de notícias asseguravam a informação. A assessoria dela evitou comentar o assunto durante a semana até a confirmação da própria artista.

LEIA MAIS
1234