Casa Nova: secretário do Turismo critica gestões anteriores por ausência no Mapa do Turismo nacional

Mapa foi divulgado em agosto (Foto: Reprodução/Site da prefeitura de Casa Nova)

A Prefeitura de Casa Nova (BA) se manifestou em nota assinada pelo secretário de Turismo, Valério Rocha, sobre a não inclusão do município entre as regiões turísticas validadas pelo Governo Federal no “Mapa do Turismo Brasileiro”, publicado em agosto.

De acordo com o titular da pasta, existiram duas razões para a não inclusão. A primeira delas é a classificação de Casa Nova em outra região, a de Lagos e Canyons do São Francisco e a falta de preocupação das gestões anteriores em obter a validação junto ao Ministério do Turismo. “Recuperar este tempo perdido e alcançar de novo a certificação e habilitação turística é meta primordial”, disse Rocha.

Confira a seguir a resposta da Prefeitura:

LEIA MAIS

Em nota, Compesa esclarece coloração escura de água e orienta população do bairro Padre Cícero

Leitora criticou descaso da Compesa (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Na última terça-feira (10), o Blog Waldiney Passos denunciou as condições da água nas casas do bairro Padre Cícero, em Petrolina (PE). Em fotos enviadas por moradores da localidade, a água aparece com coloração escura, e classificada como “esgoto” pela população.

LEIA TAMBÉM

Absurdo: moradora do Padre Cícero afirma que esgoto está saindo das torneiras, no lugar da água limpa

Em nota, a Compesa informou ao Blog Waldiney Passos  que o sistema de abastecimento de água do Padre Cícero foi afetado por ligações clandestinas de esgoto. “Após o rompimento de uma tubulação durante o serviço de limpeza de um canal, realizado pela Prefeitura de Petrolina na Avenida da Redenção, o sistema de abastecimento de água do bairro foi atingido por efluentes devido a ligações clandestinas de esgoto realizadas no canal em questão”, explica a nota.

De acordo com a Compesa, “após o conserto do vazamento, a Companhia realizou descargas para efetuar a limpeza da rede e injeção de cloro na tubulação. No entanto, novas manutenções estão sendo executadas a fim de garantir a solução imediata do problema.”

“Diante disso, a Compesa orienta aos moradores que, caso notem algum odor ou cor diferente na água, entrem em contato com a Companhia, através do telefone: 0800 081 0195, para que a situação seja investigada e adotadas as medidas necessárias”, orienta a Compesa.

Em nota, Polícia Civil afirma que só comentará atentado sofrido por secretário da Ammpla ao final das investigações

(Foto: Wanderley Alves)

Em relação às especulações sobre a tentativa de homicídio sofrida pelo secretário da Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (Ammpla), José Carlos Alves, a Polícia Civil de Pernambuco emitiu uma nota ao Blog Waldiney Passos.

Segundo a instituição, o delegado designado ao caso, Gregório Ribeiro, não comentará informações preliminares. Equipes estão desde cedo trabalhando na perícia e em buscas de mais detalhes do caso, para identificar a autoria e motivação do crime.

“A Polícia Civil informa que uma equipe está no local realizando procedimentos legais e investigando para identificar os suspeitos e motivação do crime”, explicou a instituição.

Em nota, Compesa esclarece falta d’água no Centro de Petrolina

(Foto: Ascom)

O Blog Waldiney Passos publicou, nesta quinta-feira (5), uma matéria sobre a falta de água no Centro de Petrolina e no N-7, zona rural da cidade. Em nota, a Compesa esclareceu o desabastecimento na área central de Petrolina.

LEIA TAMBÉM

Sem água em casa, moradores do Centro de Petrolina e do N-7 cobram providências da Compesa

“[…] O abastecimento do Centro de Petrolina já está sendo normalizado de forma gradativa. A distribuição foi interrompida,  para realização do conserto de um vazamento, na Avenida Fernando Góes”, explicou a Companhia.

Sobre o N-7, a Compesa afirmou que não atua na localidade. “Com relação ao abastecimento no Projeto N -7, a Companhia esclarece que não opera o sistema de abastecimento de água na comunidade”, conclui a nota.

Em resposta ao Blog, Compesa afirma que pressões ainda estão sendo normalizadas em Petrolina

Compesa explica motivo da demora na normalização do abastecimento (Foto: Ilustração)

O Blog Waldiney Passos mostrou mais cedo, nessa segunda-feira (2), a situação dos petrolinenses que há quase uma semana não têm água nas torneiras. Em nota, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) informou que o sistema foi religado na madrugada do último sábado (30).

LEIA TAMBÉM:

Sem água nas torneiras de casa, leitor critica Compesa

Contudo, diversos bairros passaram o final de semana sem água e permanecem na mesma situação, em decorrência de um serviço executado na Avenida da Integração. Segundo a nota, o problema está acontecendo porque “as pressões ainda estão sendo normalizadas, em especial nos bairros mais distantes do Centro”.

Confira a resposta da Compesa:

LEIA MAIS

Compesa afirma que em até 24 horas abastecimento será restabelecido em Petrolina

Mais cedo o Blog mostrou as queixas de leitores sobre a falta d’água em diversos bairros de Petrolina. Em nota, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) informou que o serviço na Avenida da Integração já foi concluído na sexta-feira (29).

LEIA TAMBÉM:

Leitores criticam Compesa por demora no abastecimento de bairros atingidos pelo serviço na Av. da Integração

Ainda ontem o sistema foi reativado e levará 24 horas até que todas as pressões voltem ao normal. “O abastecimento após a reativação do sistema está sendo retomado gradativamente. Dentro de 24h todas as pressões devem estar restabelecidas”, destaca a nota.

O problema na Avenida da Integração foi identificado no meio da semana, mas somente concluído ontem. Para fazer o reparo, a Zona Leste ficou sem água por pelo menos dois dias.

Após ação do MP, Prefeitura de Juazeiro afirma estar realizando “todos os esforços” necessários no SAMU

(Foto: ASCOM)

Há pouco o Blog mostrou uma ação do Ministério Público da Bahia, sobre o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) em Juazeiro. Em nota, a secretaria de Saúde (SESAU) informou que tem “realizado todos os esforços para as adequações propostas” pelo MP.

LEIA TAMBÉM:

Ministério Público aponta irregularidades no SAMU de Juazeiro

Uma das irregularidades apontadas pelo MP é a falta de equipamentos. Contudo, a SESAU disse ter realizado processo licitatório e “está em fase contratual para aquisição de equipamentos”. Sobre o número de servidores, a nota lembra que “as equipes do SAMU são suficientes e capacitadas para atender à população de Juazeiro”.

Confira a íntegra da nota:

LEIA MAIS

Gilmar Santos critica truculência de policiais; PM rebate e diz que agentes foram agredidos

Confusão teve início por causa de imagens registradas durante ação policial (Foto: ASCOM/Vereador Gilmar Santos)

O vereador Gilmar Santos (PT) participou do programa Super Manhã com Waldiney Passos nessa segunda-feira (25) relatou em detalhes da ação policial realizada na noite do último domingo (24), no CEU das Águas, no bairro Rio Corrente, em Petrolina quando foi registrada uma confusão que terminou na delegacia.

Segundo Gilmar, a ação dos policiais do 2º Batalhão Integrado Especializado (BIEsp) foi o principal fator para a ocorrência ter tomado grandes proporções. No local estava sendo realizada uma atividade da Cia Biruta de Teatro, dentro da programação do Novembro Negro, quando um homem suspeito de estar armado – segundo a PM – entrou no local.

LEIA MAIS

Codevasf alega que ocupações em Casa Nova e Juazeiro trazem “grave ameaça” ao funcionamento do Projeto Salitre

Codevasf pediu reintegração desde 2012 (Foto: PF/Divulgação)

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) emitiu uma nota sobre a reintegração de posse realizada em lotes de sua posse, mas que desde 2012 estavam ocupados por integrantes do Movimento Sem Terra (MST), nos municípios de Casa Nova e Juazeiro, na Bahia.

Segundo a Codevasf, os acampados do Abril Vermelho (Juazeiro) e Irani I e II (Casa Nova) entraram nas terras de forma ilegal. “Em 2019, a Companhia venceu as duas ações judiciais e requereu à Justiça Federal o cumprimento das sentenças. Assim, em setembro deste ano, os ocupantes irregulares foram notificados a se retirarem voluntariamente no prazo de 15 dias após o recebimento da notificação, que deverá ocorrer até o dia 07 de outubro“, ressalta a nota.

LEIA TAMBÉM:

Acampados relatam violência, mas PF afirma que reintegração de posse acontece forma pacífica em Casa Nova e Juazeiro

Vereador Gilmar Santos diz ter sido detido por reagir a violência policial

A Codevasf afirmou ainda que a “ocupação irregular no Projeto Salitre traz uma grave ameaça ao seu funcionamento, pois interrompeu o processo de transferência da gestão do projeto da Codevasf para o distrito de irrigação. Atualmente o déficit anual com a manutenção da infraestrutura provocada por usuários irregulares chega a R$ 5 milhões somente com custos de energia elétrica”.

Confira a íntegra da nota:

LEIA MAIS

Em nota, Compesa afirma que troca emergencial na tubulação de esgoto provocou interdição no Centro de Petrolina

Serviço foi iniciado no final de semana (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Ontem o Blog Waldiney Passos mostrou um serviço da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), realizado no cruzamento da Avenida Souza Filho com a Avenida Fernando Góes. Hoje (25), em nota, a Compesa afirmou que precisou realizar a obra de forma emergencial para substituir uma rede de esgoto.

LEIA TAMBÉM:

Equipe da Compesa interdita vias do Centro e leitor reclama

Segundo a Companhia, o serviço teve início no sábado (23) e foi necessário interditar a via por completo. “As equipes seguem trabalhando e a previsão é de que até o final do dia de hoje (25) sejam finalizados os serviços de escavação e assentamento de tubulação”, informou a nota.

Após essa etapa, as equipes deverão liberar o tráfego em uma das vias e a reposição do asfalto, apenas em dezembro. Confira a resposta da Compesa:

LEIA MAIS

Acampados relatam violência, mas PF afirma que reintegração de posse acontece forma pacífica em Casa Nova e Juazeiro

Reintegração de posse acontece em duas cidades da região (Foto: Ascom PF)

Desde o começo dessa segunda-feira (25) equipes da Polícia Federal estão em Casa Nova e Juazeiro, dando cumprimento a um mandado de reintegração de posse. Segundo a PF, a ação acontece nos Acampamentos Irani I e II, além do Abril Vermelho.

O espaço de 1.727 hectares foi ocupado por membros do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) em 2012, mas pertence à Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf). Os integrantes do MST que estão acampados no local relataram à nossa equipe que os policiais federais foram truculentos e efetuaram disparos de arma de fogo, ferindo duas pessoas. Uma delas encaminhada à UPA de Juazeiro.

LEIA TAMBÉM:

Polícia Federal realiza operação de reintegração de posse no Salitre, em Juazeiro

Em nota encaminhada ao Blog Waldiney Passos, a PF negou qualquer excesso, como relataram alguns acampados. “A desocupação ocorreu de maneira pacífica em todas as áreas, sem confronto entre os invasores e policiais. A CODEVASF disponibilizou ônibus para conduzir as pessoas até à nova área destinada e caminhões para conduzir os bens pessoais até essa nova localidade“, informa a nota.

A PF encaminhou um vídeo da ação, para mostrar que o trabalho segue de forma tranquila, mesmo com a alegação dos acampados.

Nossa Produção também entrou em contato com a Codevasf para saber qual destino os 19 lotes ocupados terá, mas ainda não tivemos resposta. Confira a íntegra da nota da PF:

LEIA MAIS

TJ-BA se diz surpreso com Operação Faroeste e afasta desembargador

(Foto: Internet)

O presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), Gesivaldo Britto foi afastado do seu cargo nessa terça-feira (19). Ele e mais cinco magistrados são investigados na Operação Faroeste, da Polícia Federal, que investiga um suposto esquema de venda de decisões judiciais.

Além disso, o grupo ainda é investigado por corrupção ativa e passiva, lavagem de ativos, evasão de divisas, organização criminosa e tráfico influência no estado. Desde a manhã a PF cumpre 40 mandados de busca e apreensão, na Bahia e em Brasília (DF).

Os mandados foram expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) e houve bloqueio de bens de alguns dos envolvidos na investigação sobre legalização de terras no oeste baiano, no total de R$ 581 milhões. Confira os nomes dos afastados pelo TJ:

LEIA MAIS

Após matéria do Blog, Compesa desobstrui esgoto no Loteamento Rafael

De acordo com Compesa, problema foi solucionado hoje (Foto: Reprodução/WhatsApp)

No sábado (16) o Blog mostrou a queixa de um morador do Loteamento Rafael, em Petrolina, sobre um esgoto estourado há mais de uma semana. Hoje (18) em nota, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) afirmou ter solucionado a demanda.

LEIA TAMBÉM:

Morador do Loteamento Rafael cobra resposta da Compesa sobre esgoto

“A Compesa informa que não existe mais extravasamento no Loteamento Rafael. Uma equipe esteve hoje (18) no local e realizou a desobstrução da rede de esgoto da via”, disse a Companhia.

Nossa Produção procurou o morador que fez a denúncia. Via WhatsApp ele confirmou que uma equipe da Compesa foi até o endereço mencionado.

Polícia Militar de Pernambuco instaura procedimento administrativo disciplinar para averiguar agressões contra estudante

Camila levou soco no olho. (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Em entrevista ao Blog Waldiney Passos, a estudante secundarista e diretora da União dos Estudantes Secundaristas de Pernambuco (UESPE), Camila Rabelo relatou que foi agredida por um policial com um soco no rosto, no último sábado (16).

LEIA TAMBÉM

Violência: estudante universitária afirma ter sido agredida por PMs em Petrolina

Ainda segundo a estudante, que estava na companhia de duas colegas, a abordagem foi feita por quatro policiais militares, na Rua das Laranjeiras, Centro. Ela conta que durante a ação policial, os PMs esconderam suas identificações.

Após o Blog publicar matéria sobre o caso, a Polícia Militar de Pernambuco informou que instaurou um procedimento administrativo disciplinar, para averiguar as “supostas agressões”. Confira a íntegra da nota:

“A Polícia Militar, através do comando do 5 BPM, esclarece que diante da denúncia, instaurou um procedimento administrativo disciplinar, paralelo ao inquérito da polícia civil, para averiguar as supostas agressões e os  possíveis envolvidos.”

Petrolina: manutenção emergencial deixa bairros sem água nessa quinta-feira

Pelo menos 13 bairros estão sem água hoje (Foto: Ilustração)

Moradores do bairro Portal da Cidade, em Petrolina, procuraram o Blog Waldiney Passos para denunciar a falta d’água na comunidade na manhã dessa quinta-feira (14). Eles alegam que a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) não avisou previamente que realizaria qualquer serviço na comunidade.

Procurada pelo Blog, a Compesa disse em nota que uma “manutenção emergencial para conserto de um vazamento na Avenida Alto Grande, no bairro São Gonçalo” fez com que a companhia interrompesse o abastecimento não só no Portal da Cidade, mas em outros 12 bairros.

A previsão da Compesa é que o serviço seja restabelecido às 17h de hoje. Confira a nota da Companhia:

LEIA MAIS
123