Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Acordo na Alepe garante mais R$ 30 milhões para a saúde

alepe-saude

Após ampliar o orçamento para a saúde em R$ 120 milhões na última semana, a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) aprovou duas emendas que destinam mais R$ 30 milhões para a área, nesta quarta-feira (2), na segunda discussão das emendas apresentadas à Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2016. Os recursos serão direcionados à compra de medicamentos e ao Fundo Estadual de Saúde.

As emendas foram apresentadas pelo presidente da Comissão de Finanças, Orçamento e Tributação, deputado Clodoaldo Magalhães (PSB), acatando parcialmente as proposições apresentadas pelos deputados Silvio Costa Filho (PTB), Júlio Cavalcanti (PTB) e Priscila Krause (DEM).

Para o líder da Bancada de Oposição, Silvio Costa Filho, a suplementação de recursos para a saúde é um marco para a Oposição porque é a primeira vez em nove anos de gestão do PSB que a LOA é discutida no Legislativo. “Estamos exercendo, na prática, nosso papel na Casa, discutindo a destinação de recursos e dando nossa contribuição ao Governo e à sociedade pernambucana. É uma conquista para a Bancada, que tem adotado uma postura séria e propositiva, mas é uma vitória muita maior para a saúde e para a população do Estado”, destacou.

LEIA MAIS

Novo quadro infeccioso atinge crianças de até dois anos em Pernambuco

hospital criança

O número de crianças que estão dando entrada nas unidades de saúde do Recife, Olinda, Pesqueira e Arcoverde tem causado preocupação em especialistas.

Há duas semanas cresceu consideravelmente o número de crianças que apresentam quadro de febre, irritabilidade e manchas vermelhas que evoluem para bolhas em todo o corpo. Esses sintomas são incomuns em crianças dessa idade e inspira cuidados. Os médicos do Hospital Universitário Oswaldo Cruz e o Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip) aguardam diagnóstico definitivo.

Entre as hipóteses levantadas pelos especialistas, está a relação com a dengue, zika e chikungunya, com manifestação diferente. Podendo esta, ser uma nova manifestação de enterovírus, ser causada por bactérias como a estreptococos e estafilacocos ou ainda ser uma associação das arboviroses com outra infecção.

Contudo, os infectologistas afirmam que a investigação não é motivo para pânico, mas chamam atenção para que as mães fiquem atentas e caso a criança apareça com os sintomas citados procurem a unidade de saúde mais próxima.

Petrolina declara guerra contra o Aedes Aegypti

GEDSC DIGITAL CAMERA

Foto Waldiney Passos

A preocupação com o aumento do número de casos de microcefalia no Estado de Pernambuco, que lidera o ranking nacional de crianças que nascem com o crânio de tamanho menor que o normal, levou a Secretaria de Saúde de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, a anunciar a realização de uma força tarefa de combate ao mosquito Aedes Aegypti, que assim como os vírus da dengue e do chikungunya também é o transmissor da Zica.

Em entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira (02), a secretária Lúcia Giesta informou que esta epidemia é um grande problema de saúde pública que desafia a todos e que requer uma participação efetiva da população uma vez que 82% dos focos do mosquito Aedes Aegypti estão relacionados ao armazenamento de água.”A gente precisa de uma ação muito mais da população do que do setor público”, alertou.

Lúcia informou que o município também publicou no Diário Oficial o Decreto de Emergência Epidemiológica que permite agilizar o processo de aquisição de alguns insumos e  materiais  necessários a realização das ações de combate ao mosquito nos próximos 180 dias, além de solicitar a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) para que se posicione sobre a questão da interrupção no abastecimento de água em alguns bairros da cidade levando os moradores a armazenar água favorecendo a reprodução do mosquito.

A secretária disse que por orientação do prefeito Júlio Lóssio (PMDB), formou uma equipe de enfrentamento composta por J. Santos – secretário de Ordem Pública, Tatiane Lima – secretária de Infraestrutura, Jaílson Luiz  – coordenador de Endemias  e Silvana Mudo – coordenadora de Vigilância Epidemiológica.

CASOS NOTIFICADOS EM PETROLINA

Em Petrolina até o momento foram registrados 5 (cinco) casos de microcefalia em 2015: dois da Bahia, dois de Petrolina (bairros Fernando Idalina e Santa Luzia) e um do município de Santa Filomena – PE.  Os casos de Petrolina estão próximo a média histórica anual de registro de microcefalia que é de 1 (um) por ano, mesmo assim ainda não há comprovação se existe associação com o vírus Zica, para tanto a secretaria está aguardando o resultado dos exames sorológicos.

AÇÕES EMERGENCIAIS

O município de Petrolina está se organizando para fazer uma compra emergencial de repelentes para distribuir com as gestantes e crianças cadastradas nas unidades de saúde da família, panfletos serão distribuídos à população conclamando a todos para se engajarem no combate ao mosquito, as gestantes dentro do possível devem utilizar tênis com meia, calça de malha e blusa de mangas compridas,  todas as pessoas da população em geral após as 3 horas da tarde devem fechar as portas e janelas de suas casas ou providenciar a colocação de telas.

 

Em Petrolina, 20 bairros devem ficar sem água nesta quinta-feira

Segundo a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), a interrupção do fornecimento de água deve ocorrer em Petrolina, Pernambuco, devido a instalação de um reservatório de água, nesta quinta-feira (03).

O abastecimento será cortado a partir das 8h, nos bairros:  Alto do Cocar I e II, Pedro Raimundo, Quati,Jardim São Paulo,João de Deus, Nova Vida I,Cosme e Damião,  Ipsep, Portal da Cidade, São Gonçalo, Jardim Imperial, Alto da Boa Vista, Rio Claro, Jardim Petrópolis, Cohab VI, Jardim Guararapes, Jardim Guanabara, Residencial Nova Petrolina, Residencial Brasil e no Campus Agrário da Univasf.

A previsão é de que os serviços sejam concluídos a partir das 18h, quando a distribuição será retomada gradativamente. Nos casos em que a falta d’água persistir, além do tempo previsto para retorno do abastecimento, a  Companhia orienta os moradores a registrarem a reclamação através do telefone 0800 081 0185. Com a demanda protocolada, será possível resolver os casos com mais agilidade.

o reservatório terá volume de 1500 m3, e será instalado na unidade do Distrito Industrial. O objetivo é ampliar a capacidade de reserva e garantir melhorias na distribuição de água, em bairros da Zona Norte e Oeste da cidade.

Comitê de Bacia poderá ser consultado sobre alteração de vazão em reservatório

Lago sobradinho

A Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) aprovou, nesta quarta-feira (2), projeto que institui a participação dos Comitês de Bacia Hidrográfica no processo decisório de alteração das vazões em reservatórios reguladores. O Projeto de Lei do Senado 265/2014, aprovado na forma de um substitutivo, segue agora para a Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA).

O texto aprovado determina prazo de 15 dias para os comitês se pronunciarem após serem consultados.

Do senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE), o projeto original determina que a alteração da vazão outorgada nos reservatórios regularizadores dependeria de consulta prévia do respectivo Comitê de Bacia Hidrográfica. O comitê, por sua vez, fixaria o cronograma para a alteração da vazão, que deveria ser feita de forma gradual. Pela proposta, a Agência Nacional de Águas (ANA) seria obrigada a seguir o cronograma do comitê na definição e na fiscalização.

Os Comitês de Bacia Hidrográfica são compostos por diversos setores usuários de água, das organizações da sociedade civil ou dos poderes públicos e existem desde 1988 no Brasil. Esses organismos atuam na gestão da água nas bacias hidrográficas e entre suas competências estão aprovar o Plano de Recursos Hídricos da Bacia e sugerir os valores da cobrança pelo uso da água.

fbc

O relator, senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE), modificou o projeto para evitar inconstitucionalidades. Ele observou que a fixação do cronograma pelos comitês e obrigar a ANA a segui-lo seriam medidas inconstitucionais, já que as competências regulatórias e fiscalizatórias são exclusivas do Estado.

No substitutivo, Bezerra determina que os comitês sejam consultados previamente sobre as alterações de vazão e que tenham prazo máximo de 15 dias para se pronunciarem.

Com o PLS 265/2014 também tramita o PLS 288/2014, que foi considerado prejudicado pelo relator porque trata do mesmo assunto e é o mais antigo. (Agência Senado)

Profissionais readaptados da educação de Petrolina ganham apoio do Sindsemp

Sindisep petro

O debate em serviço dos readaptados da Educação  ganha força  no Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (Sindsemp). A nova gestão que está há dois meses no cargo diz acreditar em novas mudanças de ordem trabalhista para os sindicalizados.

Para o presidente do Sindsemp, Walber Lins. “Neste início de mandato após a nossa intervenção, junto à gestão municipal, todos os readaptados da Educação, a partir de janeiro, vão compor a equipe pedagógica, assessorando a equipe gestora. Essa decisão visa uma melhor educação para o município, bem como a valorização do professor”, disse.

Ainda de acordo com Walber, o sindicato, já deu início a uma série de ações em favor da categoria, a exemplo do debate do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV), campanha salarial de 2016, a implantação da escolinha de futebol do servidor e o convênio da Facape. Entretanto, “mesmo com todas essas vitórias, a questão dos readaptados continua sendo uma prioridade”, afirma Walber.

Popular é preso por porte ilegal de arma no N9

 

Paulo AlissonSegundo a PM de Pernambuco, nesta terça-feira (1º) após ronda de abordagem no projeto de irrigação Senador Nilo Coelho – (N9) e ao parar Paulo Alisson que conduzia uma moto Fan preta – placa KKA-1456, encontrou na cintura dele uma pistola 9 milímetros e 12 munições no carregador.

Como não tinha porte para andar armado, Alisson foi conduzido para delegacia de polícia civil e se encontra à disposição da justiça.

Motoboys têm direito ao adicional de periculosidade

motoboy

As estatísticas comprovam o quanto a profissão de motoboy é arriscada. Segundo o seguro DPVAT- Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres- em 5 anos o número de seguros pagos por acidente com moto subiu de mais de 64.320/2009 para 264.236/2013.

As empresas que têm nos seus quadros funcionais profissionais que desenvolvem suas atividades em motocicletas estão obrigadas a pagarem o adicional de periculosidade, a Lei 12.997 de 2014 que incluiu o parágrafo 4º ao artigo 193 da Consolidação das Leis do Trabalho– assegura que são também consideradas perigosas as atividades de trabalhador em motocicletas.

Com a lei o Ministério do Trabalho e emprego acrescentou o anexo nº 5 a Norma Regulamentadora 16 que trata sobre atividades e operações perigosas, que classificou as atividades laborais com utilização de motocicleta ou motoneta no deslocamento de trabalhador em vias públicas como perigosas.

Ainda de acordo com a RN 16 não farão jus ao adicional de periculosidade aqueles que desenvolvem as atividades em veículos que não necessitem de emplacamento ou que não exijam carteira nacional de habilitação para conduzi-los, que usem motocicleta ou motoneta nas atividades em locais privados, bem como nas atividades de forma eventual, assim considerado o fortuito, ou o que, sendo habitual, dá-se por tempo extremamente reduzido.

A caracterização e a classificação da periculosidade, segundo as normas do Ministério do Trabalho, far-se-ão através de perícia a cargo de Médico do Trabalho ou de um Engenheiro de Segurança do trabalho, devidamente registrado no Ministério do Trabalho, que será de responsabilidade do empregador.

O trabalho em condições de periculosidade assegura ao empregado um adicional de 30% (trinta por cento) incidente sobre o salário sem os acréscimos resultantes de gratificações, prêmios ou participações nos lucros da empresa.

Vale lembrar que mesmo aqueles que não têm carteira assinada, não sofrerão com a retirada do seu direito ao adicional de periculosidade, desde que comprovem vínculo empregatício. Esses valores terão efeito nas verbas previdenciárias e rescisórias em caso de demissão.

Os empregadores que se negarem a pagar o referido adicional ou tentarem burlar a lei poderão assim, ensejar uma ação judicial por parte do empregado para reaver os valores incidentes sobre o adicional de periculosidade bem como em caso de acidentes sofridos durante a atividade laboral que irá discutir indenizações por danos materiais, estéticos e morais.

Sebastiana Lopes de Negreiros Passos- advogada militante em Petrolina

“É um ato desumano destruir uma estrutura dessas”, afirma Deputado Federal Adalberto Cavalcanti sobre demolição do CEAPE

Dep. Federal Adalberto Cavalcanti

O Deputado Federal Adalberto Cavalcanti (PTB-PE), em apoio aos permissionários, feirantes e ambulantes do Centro de Abastecimento de Petrolina (CEAPE), esteve no inicio dessa semana visitando o que sobrou daquele empreendimento.

Em meio aos destroços, e em apoio à resistência de alguns comerciantes que não aceitam a decisão da prefeitura de fechar o Ceape e no local construir um possível Centro Administrativo, o parlamentar lembrou-se da importância histórica do entreposto comercial para economia de Petrolina.

“Como fiscal da fazenda, em 1981, trabalhei aqui [no Ceape] na fiscalização de produtos e alimentos comercializados nesse entreposto, acompanhei dia e noite toda trajetória de luta de cada trabalhador daqui e conheço bem o desafio dos amigos permissionários. Acredito que essa história não pode ser esquecida, é um ato desumano destruir uma estrutura dessas”, destacou.

Ceape

Para o presidente da associação de comerciantes e feirantes do CEAPE, Antônio Batista o Chindola, em vez de fechar o entreposto à prefeitura deveria construir um novo local para comercialização de frutas produzidas em Petrolina e região. Batista explicou que na pratica a prefeitura está ‘fateando’ o centro de abastecimento de Petrolina.

“A gestão municipal está deslocando os permissionários para os bairros do município, eles estão sendo transferidos para as comunidades da COHAB Massangano, Antônio Cassimiro e Pedra Linda. Mas, a prefeitura deveria doar terreno aos comerciantes concedendo a escritura de cada terreno e não como estruturas públicas municipais aonde o comerciante cria um relação de interdependência com a prefeitura”, disse.

Para buscar uma solução para o imbróglio do Ceape, a associação entregou ao deputado Adalberto Cavalcanti um documento abaixo assinado dos comerciantes, permissionários e feirantes. O parlamentar afirmou que vai ao Recife – PE, pedir intervenção ao governo do Estado para o não fechamento definitivo do Ceape.

Prefeitura atende pedido de Betão e vai colocar ponto de ônibus coberto na Catinguinha

Os moradores da Cantiguinha, zona rural de Petrolina, Sertão de Pernambuco, agora não terão que esperar mais os ônibus urbanos no relento e em pleno sol causticante da região.

De acordo com o vereador Adalberto Bruno, Betão do (PSL), a prefeitura por meio da EPTTC atendeu solicitação do parlamentar em benefício do povo. Segundo o edil a instalação do abrigo de ônibus deve acontecer na comunidade nos próximos dias. “Esse é o resultado de nossa luta, estou muito feliz e espero corresponder ainda mais com os anseios daqueles que acreditam no meu trabalho”, comemorou.

Ver. Adalberto Bruno

Secretária de Saúde de Petrolina explica como o município está tratando os possíveis casos de Dengue, Chikugunya e Microcefalia

Coletiva de Imprensa Saúde Petrolina

A secretária de Saúde de Petrolina, Lucia Giesta, concede nesse momento coletiva à imprensa regional. Dessa vez a pauta é sobre os casos de  Dengue, Chikugunya e Microcefalia, esta última é uma doença na qual a cabeça e o cérebro das crianças são menores que o normal para a sua idade, influenciando o seu desenvolvimento mental.

Daqui a pouco o blog WP vai trazer novas informações sobre esses e outros assuntos abordados na coletiva com imprensa.

Reunião vai debater demolição de barracos na Avenida Sete de Setembro

GEDSC DIGITAL CAMERA

A Associação de Moradores da Praça do Bode, denominação dada aos barracos que comercializam carne de bode na Avenida Sete de Setembro, estará realizando na tarde desta quarta-feira (02) uma reunião para discutir a questão da cobertura dos pontos comerciais que estão sendo construídos para acolher os proprietários que terão seus barracos demolidos no próximo dia 06/12.

Gildenor Torres da Silva, dono de um dos estabelecimentos informa que a reunião, que acontecerá às 15:00 horas, na sede da associação, rua João Ramos nº 05, Jardim Maravilha, vai contar com representantes do Ministério Público, Prefeitura de Petrolina e do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

Em coletiva secretária de saúde detalha situação do município em relação aos casos de microcefalia

36ef111bc4bac70ad94a703ab9b39b01-640_427

Logo mais às 10 horas da manhã a secretária Municipal de Saúde de Petrolina, Lucia Giesta, estará concedendo a imprensa local uma entrevista coletiva para informar tratar sobre a situação do município, em relação aos dois casos de microcefalia.

A microcefalia é uma doença em que a cabeça e o cérebro das crianças são menores que o normal para a sua idade, influenciando o seu desenvolvimento mental.

Geralmente, a microcefalia está presente quando o tamanho da cabeça de uma criança com um ano e três meses é menor que 42 centímetros. Isto ocorre porque os ossos da cabeça, que ao nascimento estão separados, se unem muito cedo, impedindo que o cérebro cresça normalmente.

A microcefalia é uma doença grave, que não tem cura, e a criança que a possui pode precisar de cuidados por toda a vida, sendo dependente para comer, se mover e fazer suas necessidades, dependendo da gravidade da microcefalia que possui e se ela possui outras síndromes além da microcefalia

 

Especialização em Práticas Hospitalares em Cães e Gatos da Univasf abre inscrições para processo seletivo

Estão abertas até o dia 11 de dezembro as inscrições para o processo seletivo para o curso de Pós-Graduação (Lato Sensu) em Práticas Hospitalares em Cães e Gatos na Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), promovido por meio do Hospital Veterinário Universitário (HVU). Estão sendo ofertadas nesta seleção duas vagas para graduados em Medicina Veterinária com até cinco anos de formados.

Os interessados podem se inscrever por e-mail ou pessoalmente, no setor administrativo do HVU, localizado no Campus Ciências Agrárias (CCA), em Petrolina (PE), de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h. As inscrições por e-mail devem ser feitas pelo endereço: cephcg@univasf.edu.br, com o envio da documentação solicitada, disponível no Edital N° 20/2015, em formato PDF. Em caso de inscrição por e-mail, a entrega dos documentos também deverá ser feita no setor administrativo do HVU no dia da prova teórica, marcada para 6 de janeiro, das 8h às 8h30. A taxa de inscrição para o processo seletivo é de R$ 50,00.

A seleção será composta por análise do curriculum vitae, prova escrita e entrevista. A prova teórica será realizada em 6 de janeiro, das 8h30 às 12h e a entrevista será na mesma data, a partir das 14h. O resultado final está previsto para 11 de janeiro de 2016 e o início do programa, para o dia 18 de janeiro. O curso será encerrado em outubro de 2016, com entrega do Trabalho de Conclusão pelo estudante. (Ascom)

Polêmica: vereador quer fim do recesso, instalação de ponto eletrônico e redução em 50% no subsídio dos vereadores

GEDSC DIGITAL CAMERA

Vereador Ronaldo Silva (PSDB)

Após conseguir aprovar projeto de sua autoria que muda para 08:00 horas da manhã o horário de realização das sessões na Câmara Municipal de Petrolina,  o vereador Ronaldo Silva (PSDB) está propondo novos temas polêmicas na Casa Plínio Amorim. Em entrevista ao programa Tribuna Livre, rádio Grande Rio AM, o edil afirmou defender o fim do recesso parlamentar do meio do ano a redução do subsídio dos vereadores em 50%, saindo de R$ 12.000,00 (doze mil reais) para R$ 6.000,00 (seis mil reais) e ainda a colocação de relógio de ponto para monitorar a frequência dos vereadores. “Se agora com o horário à noite alguns vereadores chegam atrasados imagine a partir das 8 horas da manhã,  qualquer trabalhador comum não tem um ponto eletrônico por que não então os vereadores?, questionou.

Sobre o fim do recesso do meio do ano Ronaldo informou que quem tem que ter recesso no meio do ano são os alunos que passam 5 horas em sala de aula enquanto tem vereador que sequer anda na Câmara. “Você conta nos dedos quantos vereadores andam na câmara todos dias, portanto, não justifica dois recessos por ano” , enfatizou.