Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Campanha da prefeitura reforça combate à hanseníase em Petrolina

(Foto: Ascom)

Com o intuito de conscientizar a população sobre a hanseníase, a Prefeitura de Petrolina (PE), através da Secretária de Saúde, está desenvolvendo uma série de ações durante este mês, em alusão à campanha nacional denominada “Janeiro Roxo”, que visa orientar e oferecer tratamento contra a doença, que é conhecida popularmente como lepra.

As atividades que iniciaram nesta quarta-feira (16), seguem até o final do mês em todas as unidades de saúde do município e contam com palestras, exames dermatológicos, orientação sobre transmissão e tratamento. Essa iniciativa busca conscientizar a população sobre a gravidade da doença, bem como a importância do diagnóstico precoce.

“A desinformação é o maior obstáculo no combate à doença, alertamos a população que ao sinal de manchas claras, róseas ou avermelhadas com ausência e sensibilidade ao calor, frio ou ao tato, que procure imediatamente uma de nossas unidades básicas para realizar exames. O diagnóstico precoce pode evitar sequelas irreversíveis” explica a secretária executiva de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro.

Janeiro também é o mês de conscientização sobre o câncer do colo do útero

(Foto: Internet)

Janeiro também é tempo de falar sobre o câncer do colo do útero, o 3º tumor maligno mais frequente na população feminina e a 4ª causa de morte de mulheres por câncer no Brasil, ficando atrás somente do câncer de mama e do colorretal.

Por isso, o coordenador médico do setor de Alto Risco do Hospital Dom Malan/IMIP de Petrolina, Marcelo Marques, faz uma alerta e adere à campanha ‘Janeiro Verde’. “O câncer do colo do útero é facilmente prevenível e depende de políticas públicas eficientes justamente que atuem nessa prevenção”, esclarece.

Esse tumor em questão é causado pela infecção persistente de alguns tipos do Papalomavírus humano – HPV oncogênicos. A infecção genital do HPV é muito frequente e não causa doença na maioria das vezes. Entretanto, em alguns casos, ocorrem alterações celulares que podem evoluir para o câncer. “Essas alterações são descobertas facilmente no exame preventivo, conhecido como Papanicolau, e são curáveis quase que na totalidade dos casos. Nessa perspectiva, um simples exame periódico pode afastar a doença”, informa Marques.

LEIA MAIS

Verão: Prefeitura alerta população sobre cuidados com o mosquito Aedes aegypti em Petrolina

(Foto: ASCOM)

Com a chegada dos dias mais quentes, a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como a dengue, zika e chygungunya aumenta em decorrência das altas temperaturas, que facilitam a eclosão dos ovos. Apesar da redução de 83% dos casos no ano de 2018, a prefeitura de Petrolina (PE) alerta sobre a importância de redobrar a atenção, principalmente, com recipientes que podem se tornar criadouros do mosquito.

Qualquer local que acumule água parada, como vasos de plantas, latas, caixas d’ água mal tampadas, pneus, calhas e até mesmo uma tampa de garrafa, pode virar um criadouro do mosquito. De acordo com a gerente de Endemias, Rânmilla Castro, a principal arma no combate ao Aedes aegypti, é a conscientização da população.

LEIA MAIS

Profissionais da Secretaria de Saúde de Petrolina dão dicas para começar o ano com hábitos saudáveis

(Foto: ASCOM)

Todo início de ano é  momento de refletir e estabelecer metas. Mas, algumas, permanecem apenas nos caderninhos. Porém, melhorar a alimentação e iniciar a prática de exercícios físicos, para ter uma melhor qualidade de vida, são planos que não podem ser adiados, já que são essenciais para ter saúde.

Pensando nisso, os profissionais da Secretaria de Saúde de Petrolina (PE) dão dicas para começar o ano com hábitos saudáveis e, principalmente, utilizando os serviços públicos ofertados pelo município, através das academias da saúde e das equipes do Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (NASF-AB), que ofertam à população, dentro das Unidades Básicas de Saúde, treinamento funcional; aula de zumba; ginástica aeróbica; pilates; além de orientação nutricional e grupos de apoio.

LEIA MAIS

“Janeiro Roxo”: campanha de combate à hanseníase é reforçada no primeiro mês do ano

(Foto: Internet)

Durante o mês de janeiro, também chamado de “Janeiro Roxo” , a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), junto com o Departamento de Hanseníanse e a Sociedade Brasileira de Hansenologia (SBH), promovem campanhas e ações educativas para a população, reforçando o compromisso em controlar a doença, oferecendo diagnóstico e tratamento corretos.

As campanhas têm o objetivo de chamar a atenção da sociedade e das autoridades de saúde sobre a importância da prevenção à hanseníase e do tratamento adequado, além de difundir informações e desfazer preconceitos que tanto prejudicam o diagnóstico precoce da doença. Após perceber os sintomas, é importante que se busque o tratamento adequado, oferecido gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Sobre a hanseníase

LEIA MAIS

Oftalmologista do IMIP dá dicas de como evitar a conjuntivite no verão

(Foto: ASCOM/IMIP)

A conjuntivite é uma irritação ou inflamação da conjuntiva, que recobre a parte branca do olho, os sintomas mais comuns da doença são ardor, secreção, vermelhidão e coceira nos olhos. “Ela pode ser causada por alergias ou por uma infecção bacteriana ou viral. A conjuntivite pode ser extremamente contagiosa, sendo transmitida pelo contato com as secreções oculares da pessoa infectada”, explica o oftalmologista do IMIP, Luciano Lira.

A infecção provoca bastante desconforto e atinge adultos e crianças, mas no período de férias, os pequenos acabam se contaminando com mais facilidade, principalmente por frequentarem lugares com grande aglomeração de pessoas. “Lugares públicos e fechados são mais propícios para a transmissão do vírus ou da bactéria; por isso, é importante sempre lavar as mãos. A higiene das mãos é muito importante para evitar a doença “, alerta Luciano Lira.

LEIA MAIS

Prefeitura de Petrolina cria comitê para discutir estratégias de combate ao mosquito Aedes Aegypti

(Foto: ASCOM)

Em Petrolina (PE), a prefeitura continua com uma verdadeira força-tarefa para combater a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya. Para isso, a Secretaria de Saúde criou o ‘Comitê Municipal de Mobilizações no Combate às Doenças Transmitidas pelo Aedes Aegypti’ que tem como objetivo fortalecer as ações preventivas e traçar novas estratégias, envolvendo toda a sociedade.

Na última sexta-feira (21) foi realizado um encontro do comitê, no auditório da VIII Regional de Saúde, localizado na Rua Fernando Góes, onde os integrantes discutiram ações imediatas. De acordo com a secretária executiva de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro, Petrolina apresenta um índice de médio risco de infestação.

Segundo a gestora, a intenção é sensibilizar os moradores sobre a importância de abraçar essa luta. “Contamos com o apoio da comunidade em mais essa causa. É necessário que todos façam sua parte eliminando de suas casas qualquer tipo de material que possa acumular água e se tornar criadouro do mosquito. Com essa simples contribuição da população, pode ter mudanças imediatas para a eliminação do vetor”, ressaltou.

Com ações educativas, prefeitura alerta moradores de rua sobre prevenção à tuberculose em Petrolina

(Foto: ASCOM)

Profissionais da Secretaria de Saúde de Petrolina (PE) realizaram uma ação educativa, na última segunda- feira (17), para alertar moradores de rua sobre o diagnóstico e tratamento da tuberculose. A ação executada através do ‘Consultório na Rua’ e do Programa Municipal de Tuberculose contemplou os usuários do Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP).

A iniciativa contou com uma palestra explicando as causas, sintomas e tratamentos da doença. Cerca de 20 usuários fizeram a coleta para análise. Além disso, foram feitos encaminhamentos para exames de raios x nos casos suspeitos. Os participantes ainda receberam preservativos e orientações sobre doenças sexualmente transmissíveis.

De acordo com a coordenadora do programa “Consultório na Rua”  e psicóloga, Marla Gomes, essas atividades são contínuas e têm o objetivo de levar serviços de saúde às pessoas em situação de vulnerabilidade social. “Nós estamos realizando esse trabalho junto com a equipe da Vigilância para tentar identificar precocemente a tuberculose e encaminhar imediatamente para o tratamento que é ofertado pelo SUS. Além disso, diariamente atendemos um público diverso, entre eles, moradores de rua, profissionais do sexo e flanelinhas, onde fazemos curativos, aferição de sinais vitais, testes rápidos e ações educativas”, destacou.

Por conta da chuva, prefeitura inicia ação preventiva nas escolas municipais de Petrolina

(Foto: ASCOM)

Preocupada com o alto volume de chuvas que caiu na cidade nos últimos dias, a Prefeitura de Petrolina, através de uma equipe de infraestrutura da Secretaria Municipal de Educação numa ação preventiva está visitando as unidades da Rede municipal para realizar levantamentos dos possíveis danos causados.

Fruto dessa visitação, o Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Irmã Viana, no bairro Jardim Amazonas, por exemplo, já teve uma sala interditada para que os devidos reparos fossem feitos. A ação evitará possíveis acidentes aos alunos e professores.

De acordo com secretário executivo de Gestão e Infraestrutura, Oscar Gama, a equipe vai continuar fazendo as intervenções que forem necessárias. “Ainda existe previsão de mais dias de chuva. Estamos fazendo um levantamento e verificando se precisam de reparos. Nossa gestão está preocupada com essa situação, por isso não estamos medindo esforços para atender às demandas o mais breve possível. Os gestores e pais podem ficar tranquilos que estamos trabalhando muito para solucionar os problemas”, pontua Oscar.

Campanha contra aids tem foco na ampliação de testes para diagnóstico

(Foto: Internet)

No Dia Mundial de Luta contra a Aids, celebrado hoje (01), o programa das Nações Unidas de Combate à Aids (Unaids), promove campanha com foco na ampliação do teste para diagnosticar a infecção pelo vírus HIV. Em todo o mundo, mais de 9,4 milhões de pessoas não sabem que estão infectadas pelo vírus e necessitam de acesso urgente ao teste e serviços de tratamento, segundo levantamento feito pela organização na última semana.

O documento “Conhecimento é Poder” revela que 37 milhões de pessoas vivem com HIV no mundo, o maior número registrado na história. O relatório apontou ainda que, em 2017, 75% das pessoas que vivem o HIV sabiam da carga viral e 58,6% delas (21,7 milhões) tiveram acesso à terapia antirretroviral.

Há três anos, o percentual de pessoas que sabiam da sua condição viral era de 67% e mais da metade (59%) dos diagnosticados estavam se tratando da doença. A agência da ONU ressalta que saber do status de infecção traz muitas vantagens, como o acesso aos serviços de tratamento, prevenção, cuidado e apoio.

Brasil

LEIA MAIS

Sesau realiza 150 atendimentos dentro das ações do “Dezembro Vermelho” no Mercado do Produtor de Juazeiro

Durante a ação, foram realizados 150 testes, com um caso confirmado de HIV, um de hepatite C e quatro casos de Sífilis. (Foto: ASCOM)

Foi com muita movimentação no Mercado do Produtor que nesta sexta-feira (30) a Secretaria da Saúde iniciou suas atividades em alusão ao “Dezembro Vermelho”, mês de combate e prevenção ao vírus HIV e as infecções sexualmente transmissíveis (IST’s).

A programação contou com a realização de teste de glicose, aferição de pressão arterial, atendimento médico, exames, testes rápidos de IST’s e HIV, além de distribuições de panfleto explicando a respeito das IST’s e sobre o uso dos preservativos, feminino e masculino. Ao todo foram realizados 150 testes, com um caso confirmado de HIV, um de hepatite C e quatro casos de Sífilis, todos foram orientados pela equipe e vão iniciar o tratamento gratuito pela rede SUS.

LEIA MAIS

SESAU realiza abertura do “Dezembro Vermelho” no Mercado do Produtor de Juazeiro 

(Imagem: Divulgação/ASCOM)

Nesta sexta-feira (30), a Secretaria Municipal de Saúde de Juazeiro (BA) iniciará as atividades em alusão ao mês de luta contra a AIDS. Com isso, uma equipe do Centro de Informações em IST/HIV/AIDS (CIDHA) estará realizando testes rápidos para rastreamento de Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) gratuitamente no Mercado do Produtor de Juazeiro.  A ação abre a programação do “Dezembro Vermelho”, campanha nacional que visa intensificar as ações de prevenção à Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS).

De acordo com a Superintendente de Vigilância em Saúde Tatiane Malta, serão realizados testes para HIV, Sífilis e Hepatites. “Realizaremos também atividades de orientação com panfletagem e distribuição de preservativos, com o objetivo de estimular a prevenção dessas doenças. O Mercado do Produtor é um importante centro de distribuição de frutas da cidade, tendo uma intensa movimentação de pessoas de vários Estados e quanto mais divulgarmos os meios de prevenção mais informados o público ficará sobre os riscos ocasionados pelas IST’s”, explicou.  

LEIA MAIS

UPAE/IMIP de Petrolina dá início a Campanha de Prevenção de Acidentes com Perfurocortantes

(Foto: ASCOM)

A Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP) deu início, na segunda-feira (26), a Campanha de Prevenção de Acidentes com Perfurocortantes. Este ano, a equipe de Segurança do Trabalho (em parceria com a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes e o Núcleo de Educação Permanente) está trabalhando o tema “Não dê esse furo!”.

As atividades acontecerão até a próxima quinta-feira (29). “Nos dias 26 e 27 estaremos realizando ações de impacto e sensibilização nos diversos setores da Unidade e nos dias 28 e 29 acontecerão palestras educativas, buscando alcançar todos os funcionários e colaboradores”, esclarece o técnico em segurança do trabalho, José Guilherme Castro.

“A diminuição do índice de acidentes de trabalho é boa para a empresa e muito melhor para os trabalhadores. Através das informações passadas nos treinamentos e campanhas temos reduzido bastante as nossas taxas e o objetivo é chegar a zero”, complementa o também técnico em segurança do trabalho, Ítalo Castro.

De acordo com os profissionais, a UPAE Petrolina faz a sua parte no que diz respeito à disponibilização dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e ao trabalho de conscientização. “A gente busca chamar a atenção dos profissionais de todas as formas, inclusive reforçando constantemente a adoção das medidas de segurança necessárias à preservação da saúde”, ressalta Guilherme.

“Nunca vi faltar na UPAE uma luva, máscara ou qualquer outro tipo de equipamento de proteção e esse é um grande diferencial. Usando os EPIs, seguindo as regras de descarte dos perfurocortantes e mantendo a atenção é possível evitar a maioria dos acidentes”, ratifica Ítalo.

“Novembro Azul”: na luta para prevenir o câncer de próstata, especialista sugere hábitos saudáveis

Em entrevista ao Blog Waldiney Passos, o urologista, Juan Carlos López dá dicas para prevenir o câncer de próstata. (Foto: Arquivo Pessoal)

O câncer de próstata é o tipo mais comum entre os homens e causa da morte de 28,6% da população masculina que desenvolve neoplasias malignas. Somente entre 2016 e 2017, mais de 61 mil novos casos foram registrados pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca). Para este ano, o Inca prevê 68 mil novos casos.

De acordo com o urologista, Juan Carlos López a prevenção é importante por que, através desses cuidados as chances de melhora aumentam. “A partir do momento que se faz a prevenção, consegue-se diagnosticar precocemente a doença e com isso conseguimos chegar à cura dos pacientes”, disse.

Em entrevista ao Blog Waldiney Passos, o especialista listou as principais dicas de prevenção. Confira:

Consulta anual

Se o tumor for detectado precocemente as chances de cura do câncer de próstata são de 90%, por isso, é fundamental ir ao médico regularmente. “A consulta com o urologista anualmente é importante. Nos casos suspeitos, recomenda-se que o paciente se consulte de seis em seis meses. Na consulta, são solicitados os exames responsáveis pelo diagnóstico da doença”.

LEIA MAIS

Especialista do HDM/IMIP fala sobre o tratamento do câncer infantil oferecido no hospital

(Foto: Arquivo)

O Dia Nacional de Enfrentamento ao Câncer Infantil, foi celebrado na última sexta-feira (23), e a oncologista do Hospital Dom Malan/IMIP de Petrolina, Michelle Ribeiro, aproveitou a data para falar sobre o tratamento oferecido às crianças pela unidade materno-infantil.

“Na oncologia pediátrica do HDM nós prestamos assistência de suporte ao tratamento quimioterápico feito pela APAMI”, esclarece. Alguns tipos de cirurgia para leucemias e tumores sólidos (principais tipos de câncer infantil) também são feitas no hospital.

A oncologia pediátrica do HDM é formada por duas médicas, dois cirurgiões pediátricos, além de equipe de enfermagem e assistentes administrativos. “Hoje estamos com mais de 100 pacientes em tratamento quimioterápico e temos obtido em torno de 75/80% de cura”, afirma a médica.

Câncer infantil

LEIA MAIS
12