Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Com aumento de casos de sífilis em Pernambuco, Prefeitura de Petrolina alerta para prevenção da doença

(Foto: Arquivo/SESAU)

A sífilis, infecção sexualmente transmissível causada por uma bactéria, tem preocupado os órgãos de saúde. É que o número de casos da doença tem aumentado bastante nos últimos anos, inclusive, em Pernambuco. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, entre 2015 e 2017, o aumento chegou a 150%. Em Petrolina (PE), somente em 2018, foram registrados 377 novos casos da doença, um número que preocupa, já que há uma forma eficaz de prevenção: o uso de preservativo nas relações sexuais.

Diante da importância da prevenção, a Prefeitura de Petrolina, através do Centro de Testagem e Aconselhamento e o Serviço de Atendimento Especializado (CTA/SAE), promove, frequentemente, ações educativas de orientações sobre as infecções sexualmente transmissíveis.

Tanto no CTA, quanto nas unidades de saúde, há preservativos disponíveis para a população, além da realização de testes rápidos para detecção de sífilis, HIV, hepatites B e C. O resultado sai em 30 minutos e é sigiloso. Caso seja positivo, o paciente é encaminhado ao SAE para início do tratamento gratuito. No caso da sífilis, é feito à base de penicilina.

LEIA MAIS

Especialista do HDM/IMIP fala sobre riscos da gravidez na adolescência

(Foto: Arquivo)

De 01 a 07 de fevereiro acontece, em todo o país, a Semana Nacional de Prevenção da Gravidez na Adolescência, instituída pela Lei nº 13.798/19. A campanha visa conscientizar a população sobre os riscos da gestação precoce e tem como objetivo disseminar informações sobre medidas preventivas e educativas.

Como hospital materno-infantil de referência para mais de 50 municípios da Rede de Saúde Pernambuco/Bahia (PEBA), o Dom Malan/IMIP de Petrolina (PE) recebe quase que diariamente adolescentes da faixa etária de 9 a 18 anos. Muitas delas são meninas, que saíram a pouquíssimo tempo da infância e estão prestes a trocar a boneca por um bebê de verdade. Por isso, o HDM não pode deixar de fazer o seu papel nessa campanha.

Para se ter uma ideia, em 2017, dos 7.147 partos realizados pelo HDM, 597 (8,35%) foram em adolescentes. Já em 2018, dos 7.173 partos realizados, 887 (12,36%) envolveram o público dessa faixa etária. Os números mostram um aumento de 4,01% nesse percentual. “O nosso índice está abaixo do registrado em Pernambuco, que é de 23% na rede SUS, mas ainda é preocupante”, analisa o coordenador médico do Alto Risco, Marcelo Marques.

LEIA MAIS

Médica do HDM/IMIP Petrolina fala sobre a importância da mamografia

(Foto: Arquivo)

O Dia Nacional da Mamografia é comemorado hoje (5) em todo o país e para ressaltar a importância do exame, a médica do Hospital Dom Malan/IMIP de Petrolina (PE), Carolina Diniz, traz alguns esclarecimentos à população.

“A mamografia é o principal exame para detecção precoce do câncer de mama, pois ela avalia os tecidos internos, diagnosticando facilmente nódulos e tumores. Ela deve ser bem feita para não gerar uma falsa sensação de segurança à paciente e um resultado anormal deve ser seguido de investigação imediata”, ressalta.

Vale ressaltar que o exame radiológico das mamas é capaz de identificar alterações suspeitas, mas a confirmação de câncer de mama é feita em laboratório pelo exame histopatológico, que analisa uma pequena parte retirada da lesão (biópsia).

LEIA MAIS

Mamografias periódicas evitam mortes por câncer de mama, diz estudo

(Foto: Tyler Olson)

Um estudo sueco mostrou que mulheres com câncer de mama que faziam a mamografia periodicamente apresentaram redução de 60% na taxa de mortalidade – 10 anos após o diagnóstico – em comparação àquelas que não faziam o exame regularmente. Segundo o levantamento, a redução da mortalidade foi de 47% em 20 anos após o diagnóstico, usando a mesma base de comparação.

O estudo, publicado por uma revista científica internacional, está sendo destacado pela Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) para lembrar o Dia da Mamografia, a ser comemorado amanhã (5). A entidade chama a atenção das mulheres para a necessidade de fazer o exame com frequência, já que a pesquisa indicou que as mulheres que fizeram o rastreamento tiveram a vantagem adicional da detecção precoce e receberam benefícios muito maiores, como terapias menos agressivas e menos mutiladoras. A SBM recomenda que a mamografia seja feita anualmente para as mulheres a partir dos 40 anos.

LEIA MAIS

Verão: Salva-vidas dá dicas de segurança para evitar afogamentos

(Foto: Maria Akemi)

O verão, estação mais esperada por muitos, começou no dia 21 de dezembro de 2018, e termina no dia 20 de março de 2019. Neste período, as temperaturas ficam mais elevadas e em cidades ribeirinhas como, Petrolina (PE) e Juazeiro (BA), os pontos de diversão mais disputados são as ilhas, e piscinas.

É nesta época também, que os números de afogamentos tendem a crescer. Em entrevista a Blog Waldiney Passos, o Salva-vidas Antônio Carlos, que atua na região do Vale do São Francisco há 12 anos, pontuou algumas dicas de prevenção de acidentes aquáticos. Confira:

Nunca deixar a criança sozinha

“Os pais devem ter muito cuidado com as crianças, nada de deixar criança à vontade. Antes de liberar o banho, se certifiquem das condições do local, profundidade, e limpeza, tudo isso deve ser levado em conta.”

Distância da margem

“Nós aconselhamos que as pessoas não se banhem na parte mais funda, tanto do rio como da piscina, tente se banhar no local que você tenha visualização. Caso haja alguma eventualidade o socorro chegará mais rápido por que a vítima foi visualizada.”

LEIA MAIS

UPAE e HDM reforçam importância da prevenção à hanseníase

(Foto: Ilustração)

De acordo com informações divulgadas recentemente pela Secretaria de Saúde de Pernambuco, o estado é o 8º com mais notificações de novos casos de hanseníase, quando se leva em conta a população geral. Na faixa etária de até 15 anos, Pernambuco fica em 3º lugar nacional.

O mesmo boletim também aponta que houve uma queda de cerca de 10% no aparecimento de novos casos entre 2017 e 2018, além de uma redução de 30% com relação ao público infanto-juvenil. Mas, esses números ainda estão longe do ideal, principalmente entre crianças e adolescentes.

A hanseníase é uma doença traiçoeira, que chega sem alardear e se instala no corpo com lentidão, podendo deixar sequelas emocionais, além de físicas. Por isso, as pessoas devem procurar o serviço de saúde ao primeiro sinal de aparecimento de manchas, de qualquer cor, em qualquer parte do corpo, principalmente se a área apresentar diminuição de sensibilidade ao calor e ao toque.

LEIA MAIS

Após morte de criança, UPAE/IMIP reforça cuidados ao utilizar celular ligado na tomada

Cuidados para evitar acidentes com aparelho (Foto: Reprodução)

A morte de uma criança de apenas três anos de idade deixou a população de Petrolina chocada. O fato registrado na quinta-feira (24) teria acontecido após a garota manusear um aparelho celular que estava ligado na tomada. Ela foi encaminhada à Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada (UPAE/IMIP), mas já chegou em óbito.

Mesmo assim as equipes tentaram por 1 hora reanimar a garota. “Não há palavras para descrever tamanha tragédia. Aqui na Unidade nós não atendemos criança, mas eventualmente chegam casos como esse. Fazemos de tudo para tentar salvar vidas, mas nem sempre é possível”, lamentou a coordenadora geral da UAPE/IMIP, Graziella Franklin.

LEIA TAMBÉM:

Tragédia em Petrolina: criança morre eletrocutada ao mexer em carregador de celular ligado na tomada

Para evitar tragédias como essa a unidade emitiu um alerta com orientações à comunidade. “Manuseá-los durante o carregamento da bateria pode provocar o superaquecimento, especialmente em celulares com as opções de carga rápida ou turbo, devido à grande quantidade de energia e volts utilizadas na ação”, explica o técnico em segurança do trabalho, José Guilherme Castro.

Cuidados

Enquanto o aparelho está carregando a dica é não mexer no objeto. É importante evitar deixar o celular em carga em cima de camas enquanto dorme, pois há risco de incêndios caso haja um curto-circuito. Se houver choque elétrico a recomendação é cortar ou desligar a fonte de energia; afaste a pessoa da fonte elétrica que estava provocando choque (use materiais não condutores e secos, como madeira, plástico, panos grossos ou borracha); chame uma ambulância ligando para o 192; se a pessoa estiver consciente a acalme; se estiver inconsciente, mas respirando, deite-a de lado colocando-a em posição lateral de segurança; se estiver inconsciente e não respirando inicie a manobra de reanimação até a chegada da ajuda médica (se estiver apto a isso).

Campanha da prefeitura reforça combate à hanseníase em Petrolina

(Foto: Ascom)

Com o intuito de conscientizar a população sobre a hanseníase, a Prefeitura de Petrolina (PE), através da Secretária de Saúde, está desenvolvendo uma série de ações durante este mês, em alusão à campanha nacional denominada “Janeiro Roxo”, que visa orientar e oferecer tratamento contra a doença, que é conhecida popularmente como lepra.

As atividades que iniciaram nesta quarta-feira (16), seguem até o final do mês em todas as unidades de saúde do município e contam com palestras, exames dermatológicos, orientação sobre transmissão e tratamento. Essa iniciativa busca conscientizar a população sobre a gravidade da doença, bem como a importância do diagnóstico precoce.

“A desinformação é o maior obstáculo no combate à doença, alertamos a população que ao sinal de manchas claras, róseas ou avermelhadas com ausência e sensibilidade ao calor, frio ou ao tato, que procure imediatamente uma de nossas unidades básicas para realizar exames. O diagnóstico precoce pode evitar sequelas irreversíveis” explica a secretária executiva de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro.

Janeiro também é o mês de conscientização sobre o câncer do colo do útero

(Foto: Internet)

Janeiro também é tempo de falar sobre o câncer do colo do útero, o 3º tumor maligno mais frequente na população feminina e a 4ª causa de morte de mulheres por câncer no Brasil, ficando atrás somente do câncer de mama e do colorretal.

Por isso, o coordenador médico do setor de Alto Risco do Hospital Dom Malan/IMIP de Petrolina, Marcelo Marques, faz uma alerta e adere à campanha ‘Janeiro Verde’. “O câncer do colo do útero é facilmente prevenível e depende de políticas públicas eficientes justamente que atuem nessa prevenção”, esclarece.

Esse tumor em questão é causado pela infecção persistente de alguns tipos do Papalomavírus humano – HPV oncogênicos. A infecção genital do HPV é muito frequente e não causa doença na maioria das vezes. Entretanto, em alguns casos, ocorrem alterações celulares que podem evoluir para o câncer. “Essas alterações são descobertas facilmente no exame preventivo, conhecido como Papanicolau, e são curáveis quase que na totalidade dos casos. Nessa perspectiva, um simples exame periódico pode afastar a doença”, informa Marques.

LEIA MAIS

Verão: Prefeitura alerta população sobre cuidados com o mosquito Aedes aegypti em Petrolina

(Foto: ASCOM)

Com a chegada dos dias mais quentes, a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como a dengue, zika e chygungunya aumenta em decorrência das altas temperaturas, que facilitam a eclosão dos ovos. Apesar da redução de 83% dos casos no ano de 2018, a prefeitura de Petrolina (PE) alerta sobre a importância de redobrar a atenção, principalmente, com recipientes que podem se tornar criadouros do mosquito.

Qualquer local que acumule água parada, como vasos de plantas, latas, caixas d’ água mal tampadas, pneus, calhas e até mesmo uma tampa de garrafa, pode virar um criadouro do mosquito. De acordo com a gerente de Endemias, Rânmilla Castro, a principal arma no combate ao Aedes aegypti, é a conscientização da população.

LEIA MAIS

Profissionais da Secretaria de Saúde de Petrolina dão dicas para começar o ano com hábitos saudáveis

(Foto: ASCOM)

Todo início de ano é  momento de refletir e estabelecer metas. Mas, algumas, permanecem apenas nos caderninhos. Porém, melhorar a alimentação e iniciar a prática de exercícios físicos, para ter uma melhor qualidade de vida, são planos que não podem ser adiados, já que são essenciais para ter saúde.

Pensando nisso, os profissionais da Secretaria de Saúde de Petrolina (PE) dão dicas para começar o ano com hábitos saudáveis e, principalmente, utilizando os serviços públicos ofertados pelo município, através das academias da saúde e das equipes do Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (NASF-AB), que ofertam à população, dentro das Unidades Básicas de Saúde, treinamento funcional; aula de zumba; ginástica aeróbica; pilates; além de orientação nutricional e grupos de apoio.

LEIA MAIS

“Janeiro Roxo”: campanha de combate à hanseníase é reforçada no primeiro mês do ano

(Foto: Internet)

Durante o mês de janeiro, também chamado de “Janeiro Roxo” , a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), junto com o Departamento de Hanseníanse e a Sociedade Brasileira de Hansenologia (SBH), promovem campanhas e ações educativas para a população, reforçando o compromisso em controlar a doença, oferecendo diagnóstico e tratamento corretos.

As campanhas têm o objetivo de chamar a atenção da sociedade e das autoridades de saúde sobre a importância da prevenção à hanseníase e do tratamento adequado, além de difundir informações e desfazer preconceitos que tanto prejudicam o diagnóstico precoce da doença. Após perceber os sintomas, é importante que se busque o tratamento adequado, oferecido gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Sobre a hanseníase

LEIA MAIS

Oftalmologista do IMIP dá dicas de como evitar a conjuntivite no verão

(Foto: ASCOM/IMIP)

A conjuntivite é uma irritação ou inflamação da conjuntiva, que recobre a parte branca do olho, os sintomas mais comuns da doença são ardor, secreção, vermelhidão e coceira nos olhos. “Ela pode ser causada por alergias ou por uma infecção bacteriana ou viral. A conjuntivite pode ser extremamente contagiosa, sendo transmitida pelo contato com as secreções oculares da pessoa infectada”, explica o oftalmologista do IMIP, Luciano Lira.

A infecção provoca bastante desconforto e atinge adultos e crianças, mas no período de férias, os pequenos acabam se contaminando com mais facilidade, principalmente por frequentarem lugares com grande aglomeração de pessoas. “Lugares públicos e fechados são mais propícios para a transmissão do vírus ou da bactéria; por isso, é importante sempre lavar as mãos. A higiene das mãos é muito importante para evitar a doença “, alerta Luciano Lira.

LEIA MAIS

Prefeitura de Petrolina cria comitê para discutir estratégias de combate ao mosquito Aedes Aegypti

(Foto: ASCOM)

Em Petrolina (PE), a prefeitura continua com uma verdadeira força-tarefa para combater a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya. Para isso, a Secretaria de Saúde criou o ‘Comitê Municipal de Mobilizações no Combate às Doenças Transmitidas pelo Aedes Aegypti’ que tem como objetivo fortalecer as ações preventivas e traçar novas estratégias, envolvendo toda a sociedade.

Na última sexta-feira (21) foi realizado um encontro do comitê, no auditório da VIII Regional de Saúde, localizado na Rua Fernando Góes, onde os integrantes discutiram ações imediatas. De acordo com a secretária executiva de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro, Petrolina apresenta um índice de médio risco de infestação.

Segundo a gestora, a intenção é sensibilizar os moradores sobre a importância de abraçar essa luta. “Contamos com o apoio da comunidade em mais essa causa. É necessário que todos façam sua parte eliminando de suas casas qualquer tipo de material que possa acumular água e se tornar criadouro do mosquito. Com essa simples contribuição da população, pode ter mudanças imediatas para a eliminação do vetor”, ressaltou.

Com ações educativas, prefeitura alerta moradores de rua sobre prevenção à tuberculose em Petrolina

(Foto: ASCOM)

Profissionais da Secretaria de Saúde de Petrolina (PE) realizaram uma ação educativa, na última segunda- feira (17), para alertar moradores de rua sobre o diagnóstico e tratamento da tuberculose. A ação executada através do ‘Consultório na Rua’ e do Programa Municipal de Tuberculose contemplou os usuários do Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP).

A iniciativa contou com uma palestra explicando as causas, sintomas e tratamentos da doença. Cerca de 20 usuários fizeram a coleta para análise. Além disso, foram feitos encaminhamentos para exames de raios x nos casos suspeitos. Os participantes ainda receberam preservativos e orientações sobre doenças sexualmente transmissíveis.

De acordo com a coordenadora do programa “Consultório na Rua”  e psicóloga, Marla Gomes, essas atividades são contínuas e têm o objetivo de levar serviços de saúde às pessoas em situação de vulnerabilidade social. “Nós estamos realizando esse trabalho junto com a equipe da Vigilância para tentar identificar precocemente a tuberculose e encaminhar imediatamente para o tratamento que é ofertado pelo SUS. Além disso, diariamente atendemos um público diverso, entre eles, moradores de rua, profissionais do sexo e flanelinhas, onde fazemos curativos, aferição de sinais vitais, testes rápidos e ações educativas”, destacou.

123