Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Enquete: a Compesa presta um bom serviço em Petrolina?

A Compesa presta um bom serviço em Petrolina?
Votar

 

Atual responsável pelo saneamento básico em Petrolina, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) é criticada diariamente pelo trabalho realizado no município. Embora seja eleita por revistas como uma das melhores empresas de saneamento do país, a companhia não consegue emplacar um bom serviço na cidade pernambucana.

Além da constante falta de água registrada semanalmente em diversos bairros do município, os moradores reclamam de esgotos a céu aberto e bocas de lobo estouradas, por exemplo.

A empresa, inclusive, chegou a ser multada duas vezes – em R$ 20 milhões e R$ 800 mil – pela prefeitura por despejar esgoto sem tratamento diretamente no Rio São Francisco. Na oportunidade, a Compesa negou as acusações.

Municipalização do serviço

A prefeitura de Petrolina, com a promessa de melhorar o serviço de saneamento para as comunidades, defende a municipalização do serviço, tratada como prioridade do governo municipal, que, caso se concretize, será exercida por meio de uma Parceria Público Privada (PPP).

LEIA MAIS

MPBA recomenda a Prefeitura de Campo Formoso elaborar Plano Municipal de Saneamento

A Prefeitura de Campo Formoso (BA) deverá elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico em até seis meses. Foi o que recomendou o Ministério Público da Bahia (MPBA), em decisão publicada nessa semana (13). Segundo o promotor de Justiça, Pablo Almeida, em até 30 dias o município deverá criar um Comitê de Coordenação.

O Comitê funcionará como instância deliberativa, tendo como objetivo principal a condução e elaboração do Plano. Segundo o promotor de Justiça, o Município também deve criar, de igual modo, um Comitê Executivo com a atribuição de funcionar como instância responsável pela operacionalização do processo de elaboração do documento.

O MPBA recomendou ainda que a Prefeitura se inscreva em um chamamento público aberto pelo Comitê da Bacia do São Francisco, “para que tente ser contemplado com a elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico”, ressaltou.

Nossa produção entrou em contato com a Prefeitura de Campo Formoso para saber se o município acatará a recomendação, mas até o momento não tivemos resposta. O Blog segue aberto aos esclarecimentos.

Bueiros do João Paulo II entopem após chuva e moradora acorda com esgoto dentro de casa

A chuva que caiu durante a madrugada foi muito celebrada pelos sertanejos, mas também trouxe alguns problemas em decorrência da falta de infraestrutura de alguns bairros. Em Juazeiro, no bairro João Paulo II uma moradora entrou em contato com o Blog para mostrar a situação caótica na qual está vivendo.

Segundo Marivalda da Silva, sua casa amanheceu com o esgoto voltando para dentro do banheiro. Isso porque os bueiros da Rua 6, onde ela residem, estão entupidos devido a chuva. “Depois da chuva os bueiros ficaram entupidos e o esgoto volta toda para dentro de casa. Esperamos anos por um saneamento e agora é ter que conviver com o esgoto dentro de casa?”, questionou a leitora.

A situação fica ainda mais complicada, pois segundo Marivalda, todas as residências vizinhas estão do mesmo jeito e até o momento nenhuma providência das autoridades foi tomada. O Blog buscou contato com a Prefeitura de Juazeiro pedindo respostas a respeito do saneamento do João Paulo II, porém, ninguém retornou a nossa cobrança.

Petrolina conclui plano de saneamento e quer alcançar 90% de cobertura de esgoto até 2025

A meta mais ousada do plano municipal é atingir 100% de saneamento básico em 35 anos.

Com 72% de saneamento da área urbana, o esgotamento sanitário é uma das pautas mais cobradas pelos petrolinenses todos os dias. Por isso, o assunto tem sido prioridade da Prefeitura  de Petrolina nos dois últimos anos.

Nesta quarta-feira (13), o tema ganhou um marco que vai guiar o futuro do saneamento do município, pois o prefeito Miguel Coelho recebeu um volume finalizado do plano municipal de saneamento básico, que, entre outras metas, pretende atingir 90% de cobertura de esgoto nos bairros com novas obras em áreas como a bacia do Dom Avelar.

O conteúdo estipula um conjunto de metas e ações para os próximos 35 anos. Além de ampliar o esgotamento, o documento prevê o compromisso de levar abastecimento de água a 64 localidades negligenciadas durante décadas pela Compesa na zona rural, como os perímetros irrigados.

“A cobertura de água hoje é de mais de 95% nos bairros, mas a zona rural, que é a área mais necessitada foi esquecida. Nosso compromisso é começar levar água para essa gente do interior, seja com a Compesa ou uma nova empresa em parceria público-privada”, explicou o prefeito ao receber o material.

LEIA MAIS

Petrolina: municipalização do saneamento básico continua como prioridade do governo municipal

Miguel discursou na abertura do evento (Foto: Blog Waldiney Passos)

O impasse entre município e Estado deve mesmo resultar na saída da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) que hoje é responsável por operar o esgotamento e saneamento básico de Petrolina. Durante a audiência de terça-feira (29), onde foi discutido o Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB) o prefeito Miguel Coelho reiterou a vontade de formar uma Parceria Público Privada (PPP).

LEIA TAMBÉM:

Miguel Coelho acredita que ações devem evitar que rejeitos de Brumadinho atinjam São Francisco

Plano Municipal de Saneamento é debatido por entidades de Petrolina na manhã de hoje

“Uma vez o Plano Municipal aprovado a gente pode publicar [via decreto] o edital de licitação da nova PPP”, disse à imprensa. Ele destacou que a municipalização do serviço não obriga a Prefeitura a aprovar o Plano, contudo, o tema é debatido para “projetar o futuro dos próximos 35 anos”.

O tema, de acordo com o prefeito, volta a discussão com atraso já que deveria ter ocorrido na antiga gestão. “Isso já era pra ter sido aprovado na outra gestão e não foi, ficou engavetado e a gente teve que fazer todo o trabalho de atualização do que tinha sido deixado pela outra gestão, até porque a cidade cresce a cada dia. Contratamos essa empresa que venceu a licitação para que ela fizesse um trabalho de ponta”, afirmou.

Prefeitura segue com interesse de municipalizar serviço, mesmo após reunião com a Compesa

(Foto: Arquivo/Agência Brasil)

A reunião entre Prefeitura de Petrolina, Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) e representantes do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) realizada nessa semana terminou com propostas debatidas entre as partes, mas o município seguirá com a ideia de municipalizar o serviço.

O prefeito Miguel Coelho reiterou o posicionamento da Prefeitura durante entrevista por telefone a Rádio Jornal Petrolina, ao programa Super Manhã com Waldiney Passos. “A gente defendeu o interesse do município de poder municipalizar o serviço, de tirar a Compesa porque a gente entende que a Compesa não faz os devidos investimentos necessários para que a gente possa ter um esgotamento sanitário de qualidade”, destacou.

Zona rural

Na visão do prefeito a Compesa quer ganhar tempo e refutou as críticas de que o município se nega a negociar com o Estado. Contudo, ele deixou claro que somente será possível avançar no diálogo se o Estado se comprometer com o município.

“A gente não pode discutir uma nova proposta se a Compesa não engloba os perímetros irrigados, o Nilo Coelho e o Maria Tereza, para que leve água tratada e também o esgotamento sanitário para essas localidades. São mais de 80 mil pessoas que moram na área irrigada de Petrolina. Nós colocamos essas condições e ficou acertada uma nova reunião após o carnaval”, afirmou o prefeito.

Licitação

Apear das conversas com a Compesa o município dará continuidade ao processo de PPP, que já está em andamento. “A gente vai continuar com a PPP, para que a gente possa até o carnaval concluir a nova licitação de água e esgoto”, frisou Miguel.

Prefeitura de Petrolina disponibiliza versão preliminar da proposta do novo plano de saneamento para consulta na internet

A Prefeitura de Petrolina (PE) disponibilizou para consulta popular a versão preliminar da proposta do novo Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB). O documento pode ser consultado através de um banner localizado no topo da página inicial do site da prefeitura. A ideia é que o cidadão possa conhecer o material que vai servir de base para a revisão das diretrizes dos sistemas de abastecimento de água e tratamento de esgoto no município.

Após a leitura da proposta do novo PMSB, o cidadão pode enviar dúvidas, comentários e sugestões para o e-mail geral@ppsec.com.br. As dúvidas vão ser respondidas até a primeira quinzena de fevereiro ou durante audiência pública que será realizada para discutir o novo PMSB. O evento está marcado para a próxima ter-feira (29), às 9h, na sede da Fundação Nilo Coelho, que fica no centro da cidade, próximo à Igreja Matriz.

Segundo o secretário de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos, Fred Machado, é importante que a população conheça o documento e participe do processo de atualização do PMSB. “É de conhecimento de todos que Petrolina precisa avançar significativamente no tema saneamento. Além da prefeitura, que busca resolver essa questão, é importante que todo cidadão nos ajude a construir esse novo plano que vai nos dizer quais rumos seguir para que a cidade possa ter um sistema de abastecimento de água e tratamento de esgoto que atenda todas as necessidades da população”, destaca Machado.

MPPE e MPF agendam reunião com presidente da Compesa e prefeito de Petrolina para discutir obras de saneamento na cidade

(Foto: Ascom/Prefeitura de Petrolina)

A reunião entre o prefeito de Petrolina (PE) e a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), mediada pelos Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e o Ministério Público Federal (MPF), está marcada para quarta-feira (23) .

De acordo com a Assessoria de Comunicação do MPPE, a iniciativa tem como intuito solucionar o impasse entre os dois órgãos para iniciar as obras de saneamento básico das bacias do bairros Dom Avelar e Antônio Cassimiro.

A expectativa é de que os órgãos possam construir um entendimento para dar início à realização do serviço que, segundo estudos, poderá elevar em 20% a cobertura de esgotamento sanitário de Petrolina.

Saneamento: lideranças comunitárias tiram dúvidas sobre consulta pública para revisão de plano em Petrolina

(Foto: Ascom)

Um encontro promovido pela Prefeitura de Petrolina (PE) reuniu cerca de 50 líderes comunitários no auditório da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes, que fica no Centro de Convenções. A ideia foi dialogar sobre a importância da realização da audiência pública que vai discutir a revisão do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB). Além disso, as lideranças comunitárias receberam materiais de divulgação da audiência pública que está marcada para o próximo dia 29.

A reunião que ocorreu na noite desta terça-feira (15) foi convocada pelo secretário de Governo e Agricultura, Simão Durando e contou com representantes da Agência Reguladora do Município de Petrolina (ARMUP) e da Câmara de Vereadores. O novo Plano Municipal de Saneamento Básico de Petrolina será revisado para melhor atender às necessidades da população quanto ao abastecimento de água e tratamento de esgoto na cidade.

O documento preliminar está disponível no site da prefeitura e dúvidas, comentários, críticas e sugestões já podem ser enviadas para o e-mail geral@ppsec.com.br. Elas vão ser respondidas durante a audiência pública ou em até 10 dias depois do evento. O encontro está marcado para às 9h do próximo dia 29, na sede da Fundação Nilo Coelho, localizada na Rua Aristarco Lopes, Centro.

Prefeitura de Petrolina realiza intervenção em canal que acumula esgoto no bairro Dom Avelar

Obra é um paliativo a fim de diminuir os transtornos causados pela falta de saneamento no bairro. (Foto: ASCOM)

Equipes da Prefeitura de Petrolina (PE) começaram a semana com trabalho intenso no bairro Dom Avelar. Por falta de saneamento básico, um canal na Avenida dos Minérios estava represando esgoto e por isso uma intervenção foi necessária. A fim de amenizar os transtornos causados para a população, a Secretaria de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos (SEINFRA) começou a fazer nesta segunda-feira (14) um desvio no canal para facilitar o escoamento do esgoto.

Ao mesmo tempo, a Prefeitura de Petrolina convocou a Compesa, responsável pela gestão do sistema de abastecimento de água e tratamento de esgoto na cidade, para que possa desobstruir a rede que se encontra entupida na Avenida dos Minérios. A expectativa da Prefeitura é retomar o diálogo com a Compesa visando o bem estar da população.

LEIA TAMBÉM:

Após protesto de moradores, Compesa afirma que não opera sistema de esgotamento do bairro Dom Avelar

Prefeitura de Petrolina e Compesa se unem para amenizar transtornos no bairro Dom Avelar

De acordo com o secretário-executivo de Serviços Públicos, Alisson Oliveira, é fundamental que as instituições trabalhem em conjunto para diminuir o esgoto que se acumula no Dom Avelar. “A prefeitura não conta com equipamentos para resolver problemas de saneamento, pois existe uma empresa concessionária desse serviço. Por isso a nossa ideia é trabalhar em conjunto para amenizar os transtornos, mesmo que de forma paliativa, até que o sistema de saneamento da Bacia do Dom Avelar possa ser construído”, destaca Oliveira.

LEIA MAIS

Prefeitura de Petrolina e  Compesa se unem para amenizar transtornos no bairro Dom Avelar

(Foto: Ascom)

A fim de promover ações que possam ajudar a amenizar os transtornos causados  aos moradores do bairro Dom Avelar, a Prefeitura de Petrolina (PE) chamou a Compesa para um diálogo. A comunidade não possui sistema de saneamento básico, o que provoca inúmeros problemas para a comunidade, como o extravasamento de esgoto em via pública.

Nesta sexta-feira (11), o secretário-executivo de Serviços Públicos, Alisson Oliveira se reuniu com a Gerente Regional da Compesa em exercício, Nadja Alencar, na entrada principal do Dom Avelar, na Avenida dos Minérios, área que serviu de palco para um protesto de moradores realizado ontem (10) . No local, um canal está cheio de esgoto e a tarefa da ação conjunta será esvaziá-lo. Para isso, a encanação existente terá de ser desobstruída para que o esgoto possa fluir e não se acumular pelas ruas do bairro.

LEIA TAMBÉM:

Após protesto de moradores, Compesa afirma que não opera sistema de esgotamento no bairro Dom Avelar

A conversa rendeu resultados positivos, e a Compesa já começou o trabalho. A partir da próxima segunda-feira (14) o serviço vai ganhar um reforço de equipes da Prefeitura. Elas vão ficar responsáveis por fazer um desvio no canal, para ajudar no escoamento do esgoto acumulado, enquanto a Compesa recupera um cano que se encontra obstruído.

LEIA MAIS

Após protesto de moradores, Compesa afirma que não opera sistema de esgotamento do bairro Dom Avelar

Moradores do bairro Dom Avelar fecham três pontos da localidade em protesto contra a falta de saneamento básico (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Na manhã desta quinta-feira (10) moradores do bairro Dom Avelar em Petrolina (PE), bloquearam três pontos da localidade em protesto contra a falta de saneamento básico, o que tem tirado o sossego dos moradores, já que corriqueiramente surgem problemas relacionados ao esgotamento.

Um dos pontos bloqueados foi a Avenida dos Minérios, nesta via as reclamações referentes a estouramentos de esgotos são constantes.  Segundo os moradores e comerciantes do bairro, a fedentina no local é insuportável, sem contar o esgoto a céu aberto que coloca em risco a saúde da população.

Sobre o protesto e as reclamações dos moradores do Dom Avelar, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) emitiu uma nota informando que não é a responsável pelo sistema de esgotamento do bairro, mas que mesmo assim, tem realizado vários procedimentos paliativos para sanar demandas da comunidade. Confira a nota na íntegra:

“A Compesa informa que não opera o sistema de esgotamento sanitário do bairro Dom Avelar.Apesar de não ser responsável pelos serviços de manutenção, a Companhia tem realizado desobstruções na rede coletora de esgoto para não prejudicar os moradores da localidade.

LEIA MAIS

“SAAE em Ação” leva mutirão de serviços ao bairro Tabuleiro nesta quinta-feira (27)

(Foto: Divulgação/ASCOM)

Na última atividade do ano, o “SAAE em Ação” leva todas as equipes do órgão para atender aos moradores do bairro Tabuleiro em Juazeiro (BA) nesta quinta-feira (27). Na ocasião será feita a limpeza nas redes de esgoto e Poços de Visita (PV), retirada de vazamentos, oficinas para confecção de produtos a partir de materiais recicláveis, palestras, brincadeiras com o Palhaço Pouquinho, remoção de entulhos e novas ligações.

Além dos serviços de reparação da infraestrutura, o SAAE estará com uma equipe do ‘Programa Água Legal’ fazendo a negociação de débitos das contas de água com até 70% de desconto. Oportunidade única para os usuário que desejam regularizar seus débitos.

O usuário que estiver precisando dos serviços do SAAE deve comparecer no dia da ação das 9h às 16h no prédio da Associação de Moradores do bairro Tabuleiro e fazer a sua solicitação. Além de todos os serviços o SAAE em Ação fará também uma mini gincana com estudantes e moradores da comunidade para a coleta seletiva. Os cinco primeiros colocados com a maior quantidade de papelão, ferro, plástico, garrafas pets, alumínio e outros recicláveis ganharão brindes das equipes do SAAE e da Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis de Juazeiro (COOPERFITZ).

Esgoto a céu aberto tira sossego de moradores do bairro Jardim Petrópolis

Há aproximadamente seis meses, moradores do bairro Jardim Petrópolis em Petrolina (PE) vivem em meio ao caos, por causa de problemas no saneamento da comunidade. Na Rua 25, a lagoa de esgoto tomou conta da área, e moradores foram obrigados a saírem de suas casas, por que a sujeira invadiu as residências.

Segundo Douglas José de Souza, morador do bairro, o esgoto que transbordou, é resultado do entupimento da rede coletora do saneamento.“Na realidade, o saneamento do Jardim Petrópolis é um saneamento que não foi concluído, e os moradores ligaram os PVs, ligaram as redes das casas, e o saneamento não tem saída e congestiona”, disse.

Ainda de acordo com Douglas, em outras ocasiões, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), responsável pelo serviço, atendia o chamado da comunidade e realizava procedimentos paliativos para conter o esgoto, mas ultimamente nem isso tem sido feito. “A Compesa fazia os paliativos, mas até hoje estamos pedindo e ela não está afim de fazer isso, e nós precisamos que ela venha”, afirma o morador.

Nossa produção entrou em contato com a Compesa para saber o motivo pelo qual a comunidade não foi atendida, e quais providências serão tomadas para resolver o problema. Segundo a Compesa, o bairro Jardim Petrópolis não é atendido pela Companhia, e a responsabilidade é da prefeitura. Até o momento não obtivemos reposta da gestão municipal.

Miguel Coelho promete 2019 com melhorias no abastecimento de água, saneamento e transporte público

(Foto: ASCOM)

Durante encontro com a imprensa de Petrolina (PE), realizado no último sábado (22), o prefeito Miguel Coelho fez um balanço da gestão em 2018. Acompanhado pelo senador Fernando Bezerra (MDB-PE) e os deputados Antonio Coelho (DEM) e Fernando Filho (DEM), o chefe do executivo municipal apontou também as prioridades para o próximo ano. Miguel garantiu que a cidade terá avanços marcantes, principalmente, no transporte público e nos serviços de água e esgoto.

O prefeito listou um conjunto de investimentos realizados em Petrolina no ano de 2018. Para ele, os mutirões de cirurgias, exames e a abertura de novos postos e serviços médico/odontológicos foram sentidos pela população como um avanço notório. O gestor também citou a pavimentação como um carro-chefe do balanço deste ano. “Nosso compromisso de campanha era pavimentar 200 ruas e, com esse grande investimento atual, vamos superar facilmente esse volume. Também entregamos a duplicação da Sete de Setembro, dando uma prova de que o tempo das grandes obras voltou a Petrolina”, informou.

LEIA MAIS
1234