Vereadores pedem policiamento em bairros de Petrolina

(Foto: Waldiney Filho)

Durante a sessão ordinária desta terça-feira (24), que começa às 9h, na Câmara Municipal de Petrolina, alguns vereadores devem apresentar indicações e requerimentos para que a Polícia Militar execute rondas ostensivas e preventivas em alguns bairros da cidade e em frente a instituições de ensino superior.

Os parlamentares pedem mais segurança na Orla I, nos horários da tarde e da noite, no bairro Terras do Sul, no Gercino Coelho e nas intermediações das Instituições de Ensino FTC e UNINASSAU. Além disso, o vereador Cícero Freire solicita a instalação de câmeras de monitoramento nas praças, avenidas e enfrente as escolas da cidade.

As indicações e requerimentos são levadas aos demais vereadores. Após a apresentação dos pedidos, os parlamentares votam pela sua aprovação ou rejeição.

Secretário rebate crítica sobre “censura” e afirma que proibição da divulgação sobre crimes busca preservar o inquérito policial

(Foto: Reprodução/Governo de PE)

A decisão da Secretaria de Defesa Social (SDS) de não divulgar informações sobre crimes registrados em Pernambuco levantou críticas de boa parte da população. O secretário Antônio de Pádua rebateu as queixas e afirmou que a decisão foi tomada para preservar familiares e o andamento do inquérito policial.

Segundo Pádua, o inquérito precisa ser sigiloso e a família da vítima precisa ser preservada de algumas informações. A decisão está em vigor desde o mês de março, quando funcionários do Instituto de Medicina Legal (IML) deixaram de passar informações sobre os homicídios registrados no Estado.

Assim como os funcionários do IML, delegados também estão seguindo essa norma da SDS. Para o secretário, qualquer comentário na cena do crime é apenas hipótese e pode vir a atrapalhar os trabalhos. “A investigação policial é um processo muito completo. O que se fala no momento do crime é tudo hipótese, suposição. A gente sabe que o inquérito tem natureza sigilosa, não só para preservar a família das vítimas como a própria investigação. Quando você antecipa informações, elas podem ser mal interpretadas. O melhor momento de falar é na conclusão”,
disse.

Estatísticas

O secretário também falou sobre a divulgação dos números da violência que, há um ano, deixaram de ser divulgados diariamente. “Os dados divulgados diariamente podem ser equivocados, porque um corpo que pode ser tido como suicídio ou morte a esclarecer, na semana que vem pode se descobrir que é uma morte violenta. Por isso a publicação dos números deve acontecer até o dia 15 do mês seguinte, para evitar dados equivocados”, finalizou.

Com a medida da SDS, os dados de violência em Pernambuco são publicados quinzenalmente, divididos entre Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVP), Crimes Violentos Letais Intencionais (CLVIs), estupros e violência contra a mulher.

Segurança em Pernambuco terá reforço de novos 1.281 policiais militares

(Foto: Divulgação)

Mil duzentos e oitenta e um novos soldados da Polícia Militar reforçam a segurança em Pernambuco a partir deste sábado (21). A formatura dos novos praças será amanhã, no Quartel do Derby, em Recife, com a presença do governador Paulo Câmara. O novo efetivo inicia de imediato o Estágio de Adaptação Profissional nas ruas da Região Metropolitana do Recife.

Com isso, o reforço de PMs nos últimos dois anos chega à marca de 3.700 homens e mulheres, fortalecendo a segurança pública em todo o Estado.

O novo efetivo cumpriu 1.044 horas/aula do Curso de Formação e Habilitação de Praças da PMPE, de 25 de setembro de 2017 a 4 de abril deste ano, contemplando mais de 20 disciplinas, a exemplo de Inteligência de Segurança Pública; Direitos Humanos; Ética e Cidadania; Prevenção, Mediação e Resolução de Conflitos; Criminologia Aplicada à Segurança Pública; e Técnica de Policiamento Ostensivo.

Aluno é agredido por outros jovens dentro de escola em Petrolina; mãe culpa diretoria por falta de segurança

Um aluno, menor de idade, da escola estadual Moisés Barbosa, que fica no bairro Areia Branca, em Petrolina (PE), foi agredido por outros jovens nessa quarta-feira (18) dentro da unidade educacional. As agressões foram filmadas por outros adolescentes que estavam no local.

A confusão teria começado após uma discussão entre a vítima e outro aluno. Na saída, enquanto esperava um ônibus, quatro jovens pularam o muro da instituição e começaram as agressões. Não foi possível identificar se os agressores também eram alunos ou se entraram na escola sem autorização.

A mãe da vítima postou em suas redes sociais vídeos do momento das agressões e fotos do filho com vários hematomas espalhados pelo corpo. Segundo a genitora, a confusão aconteceu dentro da escola. Além disso, ela afirma que o diretor da instituição mandou o jovem trocar a farda, pois a que usava estava com muito sangue, e mandou ele para casa.

LEIA TAMBÉM

“A escola deveria ser um local seguro”, desabafa educadora após briga envolvendo aluna de escola estadual no Rio Corrente

Policiais Militares de Araripina entregam doações a famílias de Bodocó

Petrolina: idoso é encontrado morto no Capim com perfurações no corpo

De acordo com a mãe, a direção da escola não a informou sobre a agressão. “Ligaram para mim e disseram que meu filho tinha entrado em uma confusão e que eu fosse à escola. Ele não me disse que meu filho havia sido agredido”.

LEIA MAIS

Crimes Violentos contra Patrimônio têm alta em Petrolina, apesar de redução de índice no estado

(Foto: Reprodução/Internet)

Apesar da redução no índice de Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVP) no estado de Pernambuco, Petrolina foi um dos municípios que andou na contramão. Em comparação ao mês de fevereiro desse ano, março foi finalizado com um aumento nas ocorrências registradas na Secretaria de Defesa Social (SDS).

Os dados foram apresentados pela SDS nessa semana. No mês passado foram contabilizados 268, enquanto que em fevereiro, 226. Em 2018 Petrolina já soma 714 crimes desse tipo, estando empatada com a cidade de Santa Cruz do Capibaribe.

LEIA TAMBÉM:

Roubos em Pernambuco têm redução de 22,55% em março, segundo SDS

Casos de violência contra mulher em Petrolina crescem no mês de março, segundo dados da SDS

De acordo com os números da SDS, Petrolina é superada por seis cidades: Cabo de Santo Agostinho (773), Paulista (913), Caruaru (1.270), Olinda (1.883), Jaboatão dos Guararapes (1.905) e Recife (8.608).

Ontem o Blog publicou uma matéria sobre os crimes de violência contra mulher, no qual Petrolina é a quinta cidade no ranking das ocorrências desse tipo.

Roubos em Pernambuco têm redução de 22,55% em março, segundo SDS

O total de ocorrências criminosas contra instituições financeiras diminuiu em 63,6% em março de 2018, em relação ao mesmo mês do ano anterior. (Foto: Waldiney Filho)

De acordo com levantamento da Secretaria de Defesa Social do Estado (SDS), os Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVP) continuam apresentando queda em Pernambuco. Segundo a SDS, em março de 2018, ocorrências como roubos e furtos tiveram uma redução de 22,55% em relação ao mês de março de 2017. No total, foram 8.457 casos registrados, contra 10.920 ocorrências notificadas em março do ano passado.

Ainda de acordo com a secretaria, o motivo da redução seria a queda dos roubos de aparelhos celulares. Essa modalidade de crime costumava representar mais de 50% desse tipo de ocorrência e vem sendo drasticamente reduzida desde março do ano passado, quando a SDS lançou o sistema Alerta Celular, que acaba de completar um ano de funcionamento.

“Essa ferramenta, que já conta com mais de 135 mil celulares cadastrados, tem sido fundamental para a recuperação de aparelhos roubados, assim como para a prisão de assaltantes e receptadores. Isso contribui para que essa prática deixe de ser vantajosa para os criminosos, os quais, muitas vezes, utilizam os telefones como moeda de troca no mundo do crime”, explica o secretário de Defesa Social, Antonio de Pádua.

LEIA MAIS

Casos de violência contra mulher em Petrolina crescem no mês de março, segundo dados da SDS

(Foto: Ilustrativa)

Apesar da redução de homicídios no estado de Pernambuco, segundo dados da Secretaria de Defesa Social (SDS), Petrolina teve um crescimento dos casos de violência contra mulher. De acordo com a SDS, em março Petrolina registrou 187 casos de violência doméstica e familiar, enquanto no mês de fevereiro foram contabilizadas 157 ocorrências desse tipo.

LEIA TAMBÉM:

Pernambuco registra diminuição em número de homicídios

Somando os três primeiros meses do ano, Petrolina já registrou 483 casos de violência contra a mulher, dos quais a maioria é praticado pelo seu parceiro ou algum membro da família. À frente de Petrolina estão somente os municípios de Olinda com 495, Caruaru (529), Jaboatão dos Guararapes (544) e Recife, que ocupa o primeiro lugar totalizando 2.723.

Estupros

Uma notícia positiva, de acordo com a SDS é que em março houve uma redução nas ocorrências de estupro em Petrolina. Em fevereiro o município contabilizou 8 casos e no mês passado, somente 4. Em 2018 já são 22 ocorrências desse tipo na cidade.

Pernambuco registra diminuição em número de homicídios

O número de feminicídios diminuiu 43% em maço de 2018, em relação a março de 2017.

Os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) em Pernambuco tiveram, em março de 2018, sua menor incidência em uma série de 19 meses. Os 366 casos registrados no mês passado só estão acima das estatísticas de agosto de 2016, quando houve 362 CVLIs. Em comparação a março de 2017, quando se contabilizaram 551 homicídios, a redução foi de 33,58% (ou 185 assassinatos a menos).

Esse foi o terceiro mês seguido de 2018 com declínio dessa modalidade criminosa em relação aos mesmos períodos do ano anterior. Os dados da segurança pública, com seus diversos recortes, foram disponibilizados no site da Secretaria de Defesa Social na tarde deste domingo (15/04). Na última sexta-feira (13), foram publicadas as informações sobre os Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs), que também caíram (22,5%), levando-se em consideração 2017.

Em todo o mês de março deste ano, 89 municípios não registraram CVLIs e 76 apresentaram reduções. No dia 30 de março, a Região Metropolitana do Recife, composta por 15 cidades, não teve nenhuma pessoa assassinada. O mesmo cenário se verificou em cinco dias de março (04, 20, 25, 26 e 31) em 61 cidades do Sertão Pernambucano que compõem a Diretoria Integrada do Interior 2 (Dinter 2) – incluindo Petrolina, Salgueiro, Serra Talhada e Arcoverde.

Motivações

As principais motivações para os homicídios em março continuaram a ser o envolvimento com o tráfico de entorpecentes, os acertos de contas e outras atividades criminosas, que tiveram relação com 72,4% dos óbitos. Dos 366 CVLIs, 5 – ou 1,4% do total – foram de criminosos que entraram em confronto com policiais. Em fevereiro deste ano, foram 7 ( 1,7% das motivações daquele mês) casos assim e, em janeiro de 2018, 12 (2,7%) suspeitos faleceram confrontando as forças de segurança.

LEIA MAIS

PM de Pernambuco orienta policiais a economizarem gasolina e desligarem ar-condicionado de viaturas

De acordo com a PM, o consumo nas viaturas de serviço estava aumentando.

A Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) determinou a implantação de algumas ações para reduzir os gastos com gasolina e diesel nas viaturas policiais. A relação das recomendações, publicada no boletim da corporação de quinta-feira (12), informa que essas orientações devem ser repassadas a motoristas e patrulheiros.

Dentre as medidas que os policiais devem seguir está a restrição do uso de ar-condicionado entre 7h e 17h. Os carros em serviços operacionais devem ser desligados em ocorrências com tempo superior a dois minutos, a não ser que a segurança fique comprometida. Ainda segundo as recomendações, os motoristas devem passar a deixar os carros estacionados por mais tempo, o que seria possível com a ampliação do número de pontos de parada.

A corporação justifica que as medidas devem ser tomadas para cumprir normas do governo para reduzir despesas e atingir cotas de combustíveis em veículos operacionais e administrativos. As recomendações foram feitas pelo Comando-Geral aos comandantes de batalhões e aos ocupantes de cargos de chefia da administração. Ao todo, o comando-geral da PM de Pernambuco listou 16 medidas que devem ser tomadas.

Confira as medidas recomendadas pela PM

  • O abastecimento deve levar em conta a localização do posto. Dependendo da distância, o mais barato pode se tornar caro. Se a viatura tiver que andar 15 quilômetros para economizar R$0,10 por litro, provavelmente terá gasto todo o “lucro” no caminho.
  • O motorista deve acelerar a viatura de forma suave. Quanto mais for acionado o acelerador, maior é a quantidade de combustível enviada para o motor.
  • Não acelerar a viatura para passar no sinal amarelo ou para evitar ser o primeiro no sinal fechado. Assim, é possível economizar combustível e evitar acidentes.
  • Não pisar no freio em excesso. Além de gastar a pastilha de forma desnecessária, todo o esforço para atingir a velocidade é perdida.
  • Observar o conta-giros. Trocar marchas antes ou depois da hora, gasta mais combustível, o ideal é entre 2500 e 3000 rpm (rotações por minuto);
  • Não acelerar a viatura antes de desligá-la. Danifica o catalisador, o que aumenta a emissão de poluentes e prejudica o desempenho.
  • Quando atingir a velocidade desejada, alivie o pé. O acelerador só deve ser acionado para manter a velocidade.
  • Aumentar o número de pontos de estacionamento, permanecendo assim a viatura por um maior tempo desligada.
  • Desligar a viatura se ela for ficar parada em uma ocorrência por mais do que dois minutos, exceto quando a segurança ficar comprometida
  • O motorista deve evitar andar com a viatura na reserva do tanque. Além de correr o risco de parar no meio do serviço, o pouco combustível força a bomba e isso aumenta o consumo.
  • Manter os pneus sempre calibrados, pois ajuda no desempenho da viatura.
  • Desligar o ar-condicionado quando a viatura estiver no ponto de estacionamento ou durante uma ocorrência
  • Não descansar o pé nos pedais. O pé sobre o pedal do freio diminuirá a velocidade do carro. Ao ficar na embreagem, provocará desgaste prematuro do sistema.
  • Não acelerar a viatura quando o sinal estiver perto de abrir
  • Ligar a viatura com todos os equipamentos e luzes desligados
  • Permitir o uso do ar-condicionado nas viaturas operacionais apenas no turno diurno, das 7h às 17h.

Guarda Civil Municipal atua em operação integrada de combate à crimes em Petrolina

Cerca de 20 guardas civis vão trabalhar em regime de revezamento durante a realização da operação. Força no Foco. (Foto: ASCOM)

A Operação Força no Foco em Petrolina ganhou um reforço importante. Nesta quinta-feira (12) a Guarda Civil Municipal (GCM) se uniu às polícias Civil e Militar para a 6ª edição da ação que tem como por objetivo intensificar e combater ações criminosas na cidade, além de cumprir mandados de prisão. Até amanhã, sexta-feira (13), a GCM vai atuar com sete viaturas, sendo uma picape e quatro motocicletas da Ronda Ostensiva Municipal (ROMU). A ideia é realizar diligências, rondas e abordagens, a pessoas e veículos, de forma integrada.

A Unidade Móvel de Videomonitoramento da GCM também está disponível. Ela foi instalada na Avenida Simão Durando, no bairro São Gonçalo. O micro-ônibus irá servir como ponto de apoio operacional e delegacia móvel, onde um delegado e um escrivão vão estar de plantão para lavrar as possíveis ocorrências. Cerca de 20 guardas civis vão trabalhar em regime de revezamento durante a realização da operação.

De acordo com o delegado seccional da 26ª Delegacia da Polícia Civil de Pernambuco e coordenador da operação, Marceone Ferreira, o trabalho da GCM se enquadrou dentro dos objetivos da Força no Foco. “Dentro daquilo que foi planejado visualizamos a necessidade de contar com a Guarda Civil Municipal. Certamente o trabalho do efetivo escalado para estar com a gente e a estrutura disponível para organizar a delegacia móvel será importante para o sucesso da operação, conforme já ocorreu em outras três oportunidades. Nossa ideia é poder ampliar essa atuação integrada muito em breve”, destaca Ferreira.

Para o secretário-executivo de Segurança-Pública, José Silvestre, a participação da GCM na Operação Força no Foco reforça a importância da integração entre as forças de segurança que atuam no município. “Desde o ano passado, o prefeito Miguel Coelho está investindo na segurança pública municipal a fim de que a Prefeitura de Petrolina possa fazer a sua parte num quesito fundamental para o bem-estar da população. A nossa ideia é realizar um trabalho de policiamento comunitário e integrado com as demais polícias a fim de proporcionar para os cidadãos uma Petrolina cada vez mais segura”, afirma Silvestre.

Comandantes do CPRN discutem estratégias para melhorias da segurança pública na região

Comandantes do Comando de Policiamento da Região Norte da Bahia (CPRN) estiveram reunidos em Juazeiro (BA) na terça-feira (3), para discutir estratégias de ação das 13 unidades na região, para potencializar a segurança pública no estado.

Segundo a Polícia Militar, o encontro ocorre trimestralmente e na reunião de ontem foram abordados temas como o georreferenciamento e geoprocessamento de informações, para realizar o mapeamento da criminalidade através da utilização dos dados que a Policia Militar dispõe.

Os 13 comandantes também fizeram um balanço das atividades realizadas no primeiro trimestre de 2018. Segundo a PM, o CPRN é responsável por cinquenta e três municípios, que totalizam uma população aproximada de 1.479.844 mil habitantes e apenas 2.500 policiais atuam no policiamento.

Segurança pública: Pernambuco pode perder 10% de PMs até 2019

A segurança pública no estado de Pernambuco tem sido alvo de críticas por parte da população e de políticos. A situação pode piorar, tendo em vista que até o final de 2019 a Polícia Militar deve perder 10% do efetivo.

Cerca de 1.448 homens e mulheres devem se aposentar ou entrar para a reserva da PM. Para evitar problemas, o Governo de Pernambuco deseja realizar um concurso para o preenchimento de 500 vagas, anualmente. O edital para 2018 deve ser divulgado ainda em abril, de acordo com o JC Online.

Hoje o estado tem 14.994 PMs ativos. Entre 2016 e 2017, 1.948 policiais militares se aposentaram. Por outro lado, 1,4 mil militares chegaram às ruas em setembro do ano passado. Uma segunda turma, com 1,3 mil pessoas, está concluindo o curso de formação e deve ingressar na corporação ainda neste mês.

Através de parceria, Pernambuco terá primeira unidade prisional federal

Unidade federal será a primeira de Pernambuco (Foto: Jhessica de Oliveira)

A construção de um presídio federal em Pernambuco está mais perto de se concretizar. Na quinta-feira (29), o governador Paulo Câmara e o ministro de Segurança Pública, Raul Jungmann assinaram um termo entre os governos estadual e federal, para a implantação da Unidade III do Centro Integrado de Ressocialização (CIR) de Itaquitinga.

O governo federal será responsável por concluir a obra, hoje com 62% completa. A Federação também será responsável por administrar e realizar a manutenção da Unidade, que será a primeira instalação carcerária federal no estado.

O local irá receber presos do regime fechado e será objeto de um investimento de R$ 25 milhões. A estrutura e o número de vagas serão adequadas pela União de acordo com as necessidades do novo projeto, mas a princípio serão 500 vagas.

“Um pavilhão já está pronto, outro está em obra e, agora, em parceria com o governo federal, nós vamos concluir os demais pavilhões. E isso vai ser importante para o sistema de ressocialização de Pernambuco, a partir do momento que vamos ter um presídio federal aqui no nosso estado”, destacou Câmara.

Governo convoca mais 698 aprovados no concurso da PM da Bahia

(Foto: Ilustração)

O Governo do Estado vai publicar, no Diário Oficial desta quarta-feira (28), a lista de convocação de mais 698 candidatos a soldados do concurso da Polícia Militar da Bahia (PMBA), para teste físico, exames médicos e psicológicos, e apresentação de documentos. No total, serão convocados 551 policiais e 147 bombeiros. O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa, durante o #PapoCorreria desta terça (27), transmitido ao vivo pelas redes sociais.

“Dos candidatos que estavam com as redações corrigidas, chamamos, inicialmente, 2.500 para fazer as últimas etapas do concurso, que já foram concluídas, e os aprovados já estão se apresentando para o treinamento. Agora, anuncio o chamamento dos demais candidatos, concluindo, assim, esta etapa de convocação do concurso da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros”, explicou Rui.

A primeira etapa será o psicoteste, de 15 a 19 de abril, seguida da entrega de documentos, de 23 a 27 de abril; exame médico, de 2 a 10 de maio; e do teste físico, de 7 a 15 de maio. O cronograma completo com locais e datas de apresentação estará disponível também na quarta-feira.

Câmara pode votar Sistema Único de Segurança Pública na terça

Os sistemas estaduais, distrital e municipais serão responsáveis pela adoção dos respectivos programas. (Foto: Internet)

O plenário da Câmara dos Deputados pode votar na terça-feira (27) o Projeto de Lei 3734/12, que cria o Sistema Único de Segurança Pública (Susp). Tratado como prioridade do Congresso Nacional neste ano, o projeto tem o objetivo de integrar e tornar mais eficaz a ação dos órgãos de segurança e defesa social.

De acordo com o relator da proposta, deputado Alberto Fraga (DEM-DF), a proposta tem como eixo central a integração entre os órgãos policiais para que os entes federados compartilhem informações com o Ministério da Segurança Pública. “O ministério vai cadastrar todas as informações e elas devem ser compartilhadas com todos os operadores da segurança pública”, diz.

De acordo com o projeto de lei, a criação do Susp tem a finalidade de proteger as pessoas e seus patrimônios, por meio da atuação conjunta, coordenada, sistêmica e integrada. O texto estabelece como integrantes operacionais do Susp a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal, as Polícias Civis, as Polícias Militares, os Corpos de Bombeiros Militares, as Guardas Municipais, os agentes penitenciários, os agentes socioeducativos e os peritos.

LEIA MAIS
123