Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Poucas ocorrências são registradas nos primeiros dias do São João de Petrolina

Segurança no São João de Petrolina tem sido reforçada.

A Polícia Militar de Pernambuco divulgou o balanço das duas primeiras noites do São João de Petrolina, que começou nessa sexta-feira (14), no Pátio de Eventos Ana das Carrancas. Cerca de cem mil pessoas curtiram a festa durante os dois primeiros dias de evento, que foi marcado pelo clima de alegria e segurança.

De acordo com a PM, na noite de abertura apenas dois Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs) foram registrados, um inquérito policial foi instaurado para investigar o uso de moedas falsas e 38 pessoas foram detidas no Posto de Comando, a maioria se envolveu em brigas, seis delas foram encaminhadas à Delegacia da Polícia Civil, as demais foram liberadas ao final do evento.

LEIA MAIS

Febraban alerta para golpe virtual em compras para o Dia dos Namorados

(Foto: Ilustração)

Segundo alerta da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), na proximidade de datas comemorativas, como o Dia dos Namorados, na próxima quarta-feira (12), aumenta o número de golpes nas compras online. Quadrilhas se especializaram em aproveitar momentos de grande volume de compras online, como nesta data, para aplicar golpes e roubar dados pessoais.

De acordo com a Federação, é importante tomar cuidado com as informações compartilhadas, especialmente na internet. Ofertas tentadoras escondem, às vezes, links maliciosos que capturam dados pessoais. “Desconfie das promoções com preços muito menores do que o valor real do produto. Os criminosos aproveitam a empolgação dos consumidores, com a oportunidade de um bom negócio, para aplicar golpes”, alertou o diretor da Comissão Executiva de Prevenção a Fraudes da Febraban, Adriano Volpini.

LEIA MAIS

Elias Jardim indica implantação de posto policial nas Pedrinhas, em Petrolina

Vereador Elias Jardim. (Foto: Blog Waldiney Passos)

Nesta quinta-feira (6), durante sessão na Câmara de Vereadores Municipal, Elias Jardim (PHS) solicitou a implantação de um posto de segurança policial no povoado de Pedrinhas, em Petrolina (PE).

De acordo com o parlamentar, não há segurança para os moradores da comunidade. “Os moradores correm grandes riscos de assaltos, pontos de drogas e outros problemas gerados pela insegurança”, justificou o vereador.

LEIA TAMBÉM
Petrolina registra terceiro homicídio na semana 

Um dos moradores do povoado, que preferiu não se identificar, afirmou que a implantação de um posto policial na localidade melhoraria a segurança da população. “A gente sente falta da polícia mais perto para proteger os cidadãos de bem”, afirmou.

A solicitação de Elias foi direcionada à prefeitura municipal para que interceda junto ao comandante do 5º BPM/PE, Major Marcondes Gonçalves Ferraz.

Onda de violência assusta comerciantes do Centro de Petrolina

Depois de empresário ser ameaçado, uma loja foi arrombada nessa semana

A imagem de um flanelinha com um pedaço de pedra na mão, ameaçando um comerciante na Avenida Souza Filho, Centro de Petrolina preocupou empresários da região. Não bastasse essa ocorrência registrada no final de semana, um estabelecimento comercial foi arrombado na madrugada de terça-feira (4).

De acordo com um leitor do Blog, o flanelinha é conhecido na região por ser violento e sempre ameaçar clientes dos estabelecimentos na Avenida. “Ele ameaçou um amigo meu, ameaçando jogar uma pedra dentro da loja com os clientes dentro. As pessoas dizem que ele é envolvido com crime, é acostumado a fazer coisa errada aqui, tem um histórico violento”, relatou à nossa produção.

LEIA MAIS

Governo de Pernambuco convoca 500 aprovados em concurso da Polícia Militar

Curso dos Praças será iniciado em julho (Foto: Diário de Pernambuco)

500 aprovados no concurso da Polícia Militar de Pernambuco serão convocados para reforçar a segurança pública. O anúncio foi feito pelo governador do Estado, Paulo Câmara (PSB) através de sua conta pessoal em uma rede social, há poucos minutos.

Segundo Câmara, os agentes vão reforçar a segurança pública a partir do próximo ano. A partir de julho eles farão o Curso de Formação e Habilitação de Praças (CFHP), cuja duração é de seis meses. “Estamos reforçando a segurança pública de Pernambuco com a convocação de mais 500 aprovados no concurso da Polícia Militar. Com essa convocação, passará de 7 mil o número de servidores nomeados para a área desde o início da nossa primeira gestão, em 2015″, escreveu Câmara.

O concurso foi realizado em agosto de 2018. Ao término do curso, os policiais estarão aptos a atuar no policiamento ostensivo, reforçando a segurança do estado. “Vamos continuar investindo nas forças de segurança do Estado, pois sabemos como elas são fundamentais para a redução da criminalidade, que tem ocorrido mês a mês em todas as regiões”, finalizou o governador.

2º BIEsp divulga disque-denúncia que contempla Petrolina, Afrânio e Dormentes

(Cartaz/Divulgação)

Por meio das redes sociais, o 2º Batalhão Integrado Especializado (2º BIEsp), divulgou o número disque-denúncia para facilitar o contato com a população dos municípios de Petrolina, Afrânio e Dormentes, no Sertão de Pernambuco.O número é o (87) 98877-0741.

De acordo com o Batalhão, o disque-denúncia deve ser contactado em casos de denúncias de crimes de médio e grande porte, como tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, sequestro, assalto, localização de homicida, localização de foragido da justiça, crime de contrabando, entre outros.

LEIA MAIS

Pesquisa do Ibope afirma que 73% dos brasileiros são contrários a flexibilização do porte de arma

Decreto de Bolsonaro será analisado nessa semana no Senado (Foto: Blog Waldiney Passos)

O Ibope divulgou uma pesquisa nessa segunda-feira (3) afirmando que 73% dos entrevistados são contrários à flexibilização do porte de arma para cidadãos comuns. O levantamento foi realizado entre 16 e 19 de março, em 143 municípios e foram ouvidas 2.002 pessoas.

26% dos entrevistados são favoráveis e 1% não soube opinar ou não respondeu, segundo o Ibope. O apoio maior segue entre os homens, 34%. Entre as mulheres, cai para 18%. De acordo com a região do País, a aprovação se destaca no Norte/Centro-Oeste: 34%.

Os números vão caindo, respectivamente, nas regiões Sul: 29%, Nordeste: 27% e Sudeste, agora na última posição, com 22%. A pesquisa também questionou a respeito da posse de armas: 61% dos entrevistados são contrários; 37% são favoráveis e 2% não souberam opinar ou não responderam.

O instituto ouviu 2.002 pessoas em 143 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou menos. (Com informações do Diário de Pernambuco).

CCJ do Senado discutirá decreto do porte de arma nessa semana

(Foto: Ilustração)

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado deve discutir na próxima quarta-feira (5), o relatório do senador Marcos do Val (Cidadania-ES) sobre os projetos de decreto legislativo (PDLs) que pretendem derrubar as novas regras sobre armas de fogo, editadas pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL).

O documento lido na CCJ na semana passada pelo relator defendeu que as seis propostas as quais argumentam ilegalidade e inconstitucionalidade de iniciativa do Executivo sejam rejeitadas. Segundo ele, a definição objetiva dos critérios para a aquisição e posse de arma de fogo e a especificação dos indivíduos de efetiva necessidade para o porte “concretizam uma política de segurança pública definida pelo Poder Executivo federal, que buscou atender de modo eficaz as necessidades urgentes da sociedade, dentro das balizas previstas em lei”.

Sobre o porte de armas, Marcos do Val afirma que embora o Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826, de 2003) proíba o porte como regra, a norma permite para integrantes das Forças Armadas, agentes que atuam em órgãos de segurança pública, além de integrantes de determinadas carreiras e para atiradores desportivos.

LEIA MAIS

MPF pede suspensão do decreto que flexibiliza porte de arma

(Foto: Blog Waldiney Passos)

O Ministério Público Federal (MPF) entrou com uma ação na Justiça solicitando que o decreto presidencial assinado por Jair Bolsonaro (PSL) no dia 7 de maio seja suspenso. Para o MPF, a flexibilização das regras para compra e porte de armas poderá ter efeitos “irreversíveis”.

LEIA TAMBÉM:

Bolsonaro afirma que decreto de armas foi feito “no limite da lei”

Na avaliação dos procuradores, a suspensão deve ser feita até que a Justiça possa julgar o mérito do processo. O texto amplia a quantidade de categorias que podem ter acesso a armas e permite, por exemplo, que menores de idade não precisem mais de autorização judicial para praticar tiro esportivo.

O grupo teme um aumento no número de armas nas mãos de criminosos. Segundo o MPF, “muitas daquelas armas vendidas no Brasil antes do Estatuto do Desarmamento, portanto, municiam agentes do crime até hoje”. Desde o seu anúncio, o decreto vem sendo alvo de críticas de diversos setores e de questionamentos jurídicos. (Com informações de Band).

Quase 7 mil roubos são contabilizados em Pernambuco no mês de abril

(Foto: Internet/Ilustração)

A Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE) divulgou nessa terça-feira (14) dados sobre o número de roubos no estado referentes ao mês de abril. Ao todo, foram registrados 6.977 roubos, 12,5% a menos em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram registrados 7.971.

O Estado chegou ao 20º mês seguido de recuo nos roubos, que ocorreu em todas as regiões. A modalidade criminosa com maior retração foram as investidas a bancos e instituições financeiras, com recuo de 80%, sendo registrada apenas uma investida a caixa eletrônico.

No Sertão e no Agreste, a queda do número de roubos diminuiu mais do que na zona da mata e região metropolitana do Recife. Nas duas primeiras localidades, foram registrados 326 e 1.282 crimes contra o patrimônio, respectivamente. Na Zona da Mata, 687, e na região metropolitana, 2.093 roubos.

No primeiro quadrimestre do ano foram presas 89 pessoas por roubos a ônibus. Também foram presos em flagrante 12.268 criminosos e 2.049 jovens foram apreendidos nos quatro primeiros meses do ano.

Falha na segurança: usuários do WhatsApp devem atualizar aplicativo, orienta empresa

(Foto: Internet)

O WhatsApp divulgou hoje (14) recomendações a usuários para que atualizem o aplicativo em seus Smartphones. O motivo da orientação diz respeito a uma falha na segurança que teria permitido o acesso de hackers e a instalação de pequenos programas maliciosos (spywares) para coletar informações dos usuários.

A ação teria utilizado um software de espionagem semelhante aos desenvolvidos pela empresa israelense NSO Group, que comercializa soluções deste tipo junto a governos. Por meio do programa, os hackers teriam como acessar informações dos Smartphones dos usuários de forma remota.

LEIA MAIS

Bolsonaro sanciona lei que permite a policiais afastar agressor da vítima de violência

(Foto: Ilustração)

O Diário Oficial da União dessa terça-feira (14) traz a sanção da lei aprovada pelo Congresso, que permite à polícia tirar o agressor do convício da mulher agredida, sem a necessidade de aguardar decisão judicial, quando a cidade não for sede de comarca da Justiça.

De acordo com a lei assinada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), o delegado ou delegada pode estabelecer o afastamento do agressor da vítima. Um levantamento do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) estima que 83% dos brasileiros residam em municípios os quais não são sede de comarca judicial

Após a decisão do delegado – na ausência dele outro policial pode assinar a medida – a Justiça deve ser comunicada em 24 horas, assim como Ministério Público. Michel Temer (MDB) tentou sancionar a lei em 2017, porém, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) se manifestou contrária à lei, alegando que ela enfraquecia a Maria da Penha. (Com informações do G1)

STF pede informações a Bolsonaro sobre decreto de armas

(Foto: Blog Waldiney Passos)

A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Rosa Weber pediu informações ao governo federal sobre o Decreto Presidencial nº 9.785/2019, que altera a regulamentação do Estatuto do Desarmamento (Lei nº 10.826/2016). A medida foi um dos assuntos mais comentados da semana e muda regras sobre aquisição, cadastro, registro, posse, porte e comercialização de armas de fogo.

No despacho Weber deu o prazo de cinco dias para que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro deem explicações sobre o decreto que flexibiliza a posse e facilita o porte de armas. A Câmara dos Deputados também analisa a matéria, já que viu indícios de inconstitucionalidade.

A ministra é relatora da ação proposta pelo partido Rede contra o decreto. Ela deverá aguardar a resposta para decidir se suspende, ou não, o decreto de forma liminar. Weber também abriu a possibilidade para que a Advocacia-Geral da União, a Procuradoria-Geral da República, o Senado Federal e a Câmara dos Deputados se manifestem sobre o texto. (Com informações de Band).

Ronaldo Cancão quer que Alepe traga Frente Parlamentar de Segurança Pública a Petrolina

Vereador pediu apoio dos políticos eleitos em Petrolina que estão na Alepe (Foto: Jean Brito/CMP)

Na sessão de quinta-feira (2) na Câmara de Vereadores de Petrolina, Ronaldo Cancão (PRTB) fez um pedido direcionado à Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) que instalou a Frente Parlamentar de Segurança Pública no mês passado.

De acordo com Cancão, a Alepe tem que trazer o debate da segurança pública ao interior e é justo promover os debates na região do Vale do São Francisco. “A Assembleia criou a Frente Parlamentar de Segurança em Pernambuco para debater no Estado de Pernambuco a questão da segurança e eu estou solicitando da Alepe para que a Frente possa promover uma audiência pública nessa Casa para tratar desse assunto”, disse.

Para reforçar sua reivindicação ele citou nominalmente os três representantes que Petrolina tem em Recife: Antônio Coelho (DEM), Dulcicleide Amorim (PT) e Lucas Ramos (PSB). A intenção da Alepe é levar a Frente a todas as regiões do Estado, mas ainda não foi informada a programação aqui no Vale do São Francisco.

Prefeitura de Petrolina lança ‘Maio Amarelo’ com palestras e ações educativas no trânsito 

(Foto: Jaquelyne Costa)

O mês de maio chega com um significado especial para todos que trafegam pelo trânsito de Petrolina (PE). A partir de agora, uma série de atividades serão desenvolvidas na cidade para chamar atenção de condutores sobre o respeito nas vias. As ações integram a programação da campanha ‘Maio Amarelo’ que foi lançada nesta quinta-feira (2) no Sest/Sentat com o tema: ‘No trânsito, o sentido é a vida’.

Durante o evento, autoridades ligadas ao trânsito, saúde e segurança pública conheceram os altos índices de acidentes de trânsito e os meios para evitá-los. Coordenada pela Autarquia Municipal de Mobilidade (Ammpla), a campanha inclui blitz educativa, palestras e outras ações  para educar condutores e pedestres.

LEIA MAIS
123