Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Vereadores de Petrolina acusam Odacy Amorim de usar cargo para fazer campanha antecipada, presidente do IPA rebate críticas

Odacy (dir.) estaria fazendo campanha visando eleições de 2020, segundo vereadores (Foto: Internet)

José Batista da Gama (PSB) e Ronaldo Silva (PSDB) acusaram o diretor-presidente do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Odacy Amorim (PT) de utilizar seu cargo no Governo do Estado para fazer promoção pessoal. Segundo os edis, Odacy faz campanha antecipada.

Ronaldo Silva lembrou um atrito que teve recentemente com o presidente do IPA, dando mais caldo a discussão. “Quero dizer ao ex-deputado Odacy Amorim, presidente do IPA que da última vez que falei dele, ele foi no programa de rádio e disse que eu fui mandado pelo senador Fernando Bezerra Coelho. Eu não sou vereador lagartixa, não sou pau mandado. Se não quer ser criticado, não faça o errado”, pontuou.

Justiça eleitoral

Ele foi além e mencionou uma matéria publicada na região do Araripe, na qual Lucas Ramos (PSB) faria uma denúncia na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), denunciando a postura de Odacy. Segundo Ronaldo,  o presidente do IPA trabalha para fortalecer seu nome e o de sua esposa, a deputada estadual Dulcicleide Amorim (PT). “A Justiça Eleitoral abra os olhos, nós vamos estar fiscalizando, nós temos aqui que fiscalizar o presidente do IPA que se diz pré-candidato a prefeito“, destacou.

LEIA MAIS

Com medo de demissão em massa, representante dos motoristas acompanha licitação do transporte coletivo de Petrolina

Grupo espera abertura dos envelopes com proposta das empresas (Foto: Thamires Santos/Rádio Jornal Petrolina)

Preocupados com uma possível demissão em massa, representante dos motoristas e cobradores do transporte coletivo de Petrolina estão na Prefeitura desde 9h para acompanhar a licitação anunciada pelo Poder Executivo no dia 21 de dezembro de 2018, através da Concorrência Nacional de número 030/2018 publicada no Diário Oficial do Município.

LEIA TAMBÉM:

Sinttrop busca mobilizar categoria para que profissionais não sejam prejudicados com nova licitação do transporte público em Petrolina

“Estamos acompanhando do processo licitatório com a preocupação de que a empresa que venha ganhar faça uma demissão em massa dos trabalhadores. Estamos vendo como vai ficar a situação do processo com a abertura dos envelopes, sobre a garantia dos postos de trabalho“, disse Edinaldo José de Lima, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviários de Petrolina e da Região do Sertão de Pernambuco (Sinttrop) em entrevista a repórter Thamires Santos, durante o programa Super Manhã da Rádio Jornal Petrolina.

LEIA MAIS

Carnaval: lavagem do bairro Atrás da Banca acontece neste domingo

(Foto: Arquivo Pessoal)

A tradicional lavagem do bairro Atrás da Banca acontecerá neste domingo (24), às 8h em Petrolina. O evento chega a sua 10ª edição, consolidada como uma festa popular inserida na programação não oficial do carnaval da cidade. Um dos organizadores do evento, o vereador Ronaldo Souza (PTB) explicou como será o percurso.

“O carnaval de Petrolina surgiu no bairro Atrás da Banca. O cortejo da lavagem inclui três ruas: 1º de Maio, da União, do Trabalho e a avenida. A festa tem crescido gradativamente e eu convido a comunidade para prestigiar esse evento, a partir das 8h”, disse o edil durante o programa Super Manhã na Rádio Jornal.

Em um clima família, os foliões ocupam as ruas e tomam um banho, literalmente lavando as vias da comunidade. “Nós temos muita gente que apoiou na realização desse evento, além da Prefeitura tem empresários que contribuíram para a realização”, concluiu.

Gabriel Menezes comenta aproximação de FBC com PSL: “Num partido que exista Fernando Bezerra Coelho, não existirá Gabriel Menezes”

Edil é opositor ao grupo Coelho em Petrolina (Foto: Blog Waldiney Passos)

Crítico ao senador Fernando Bezerra Coelho (FBC) e sua família, o vereador Gabriel Menezes (PSL) revelou-se decepcionado com a aproximação do governo de Jair Bolsonaro com o senador. O edil foi além e afirmou que se FBC entrar no PSL, ele sairá.

LEIA TAMBÉM:

Com aval da bancada Fernando Bezerra topa ser líder de Bolsonaro

“Num partido que exista Fernando Bezerra Coelho, não existirá Gabriel Menezes. Eu não comungo das ideias do senador, já deixei isso bem claro. Não seria somente uma decepção para Gabriel Menezes, mas para os milhões de brasileiros que elegeram Jair Bolsonaro presidente da República”, disse em entrevista por telefone a Rádio Jornal Petrolina nessa sexta-feira (8).

LEIA MAIS

Prefeitura segue com interesse de municipalizar serviço, mesmo após reunião com a Compesa

(Foto: Arquivo/Agência Brasil)

A reunião entre Prefeitura de Petrolina, Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) e representantes do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) realizada nessa semana terminou com propostas debatidas entre as partes, mas o município seguirá com a ideia de municipalizar o serviço.

O prefeito Miguel Coelho reiterou o posicionamento da Prefeitura durante entrevista por telefone a Rádio Jornal Petrolina, ao programa Super Manhã com Waldiney Passos. “A gente defendeu o interesse do município de poder municipalizar o serviço, de tirar a Compesa porque a gente entende que a Compesa não faz os devidos investimentos necessários para que a gente possa ter um esgotamento sanitário de qualidade”, destacou.

Zona rural

Na visão do prefeito a Compesa quer ganhar tempo e refutou as críticas de que o município se nega a negociar com o Estado. Contudo, ele deixou claro que somente será possível avançar no diálogo se o Estado se comprometer com o município.

“A gente não pode discutir uma nova proposta se a Compesa não engloba os perímetros irrigados, o Nilo Coelho e o Maria Tereza, para que leve água tratada e também o esgotamento sanitário para essas localidades. São mais de 80 mil pessoas que moram na área irrigada de Petrolina. Nós colocamos essas condições e ficou acertada uma nova reunião após o carnaval”, afirmou o prefeito.

Licitação

Apear das conversas com a Compesa o município dará continuidade ao processo de PPP, que já está em andamento. “A gente vai continuar com a PPP, para que a gente possa até o carnaval concluir a nova licitação de água e esgoto”, frisou Miguel.

Ronaldo Cancão pede regulamentação da lei dos flanelinhas

(Foto: Internet)

Autor do projeto que originou a Lei nº 3.113/2018, o vereador Ronaldo Souza (PTB), mais conhecido como Ronaldo Cancão pediu a Prefeitura de Petrolina que faça a regulamentação dos flanelinhas da cidade. A lei municipal foi sancionada em novembro pela Câmara e até o momento não foi posta em prática.

Para o edil, é importante “separar o flanelinha de bem dos invasores que não flanelinhas”. Segundo Cancão, é necessário fazer algo antes que uma tragédia aconteça. “Só vai abrir os olhos quando assassinar um político, um médico, um filho de um promotor ou um juiz ou alguém da classe média? Assassinaram um flanelinha e não teve repercussão. Nós temos que fazer um trabalho urgente”, pontuou durante entrevista a Rádio Jornal na sexta-feira (25).

LEIA TAMBÉM:

Ronaldo Cancão comemora sanção de lei que regula atividade dos “flanelinhas”

Petrolina: Lei de regulamentação do trabalho dos “flanelinhas” é sancionada

A lei aprovada pela Casa Plínio Amorim cria pré-requisitos aos guardadores de veículos que deverão ser cadastrados na Prefeitura, apresentar antecedentes criminais, ser maior de 18 anos e fixa a não obrigação da remuneração pelo serviço prestado. “Nós não pudemos fechar os olhos para essa situação, está virando uma guerra fria”, destacou o edil.

O Blog Waldiney Passos entrou em contato com a Prefeitura de Petrolina a respeito do processo de regulamentação da lei, no entanto ainda não tivemos retorno. Reiteramos que o espaço do Blog está aberto aos esclarecimentos.

Corpo da menina e carregador de celular serão periciados para confirmar causa da morte, afirma delegada de Petrolina

Menina morreu eletrocutada (Foto: Reprodução/TV Grande Rio)

O corpo da menina de três anos morta eletrocutada na quinta-feia (24) em Petrolina e o carregador do aparelho celular serão periciados para determinar a causa da morte. A informação foi confirmada pela a delegada Sara Machado, durante entrevista por telefone ao programa Super Manhã com Waldiney Passos, na Rádio Jornal Petrolina.

Segundo a delegada da Polícia Civil, a causa da morte foi a descarga elétrica recebida pela menina. “De acordo com informações de familiares da vítima, foi levantado que a criança colocou na boca um carregador que estava ligado na tomado e devido a descarga elétrica ela veio a óbito. Todas as informações prestadas pela família vão ser confirmadas e confrontadas através das perícia tanto da criança, quanto do aparelho celular”, disse Sara Machado.

LEIA TAMBÉM:

Tragédia em Petrolina: criança morre eletrocutada ao mexer em carregador de celular ligado na tomada

Uma tia da criança estava tomando conta da garota no momento do acidente. Ela e os genitores da menina serão ouvidos novamente na delegacia nos próximos dias. “Nós aguardamos os laudos periciais e nós vamos ter as ouvidas das testemunhas, para em seguida vamos fazer as diligências necessárias para a conclusão do inquérito”, continuou.

O acidente aconteceu na tarde de quinta-feira (24), no Projeto Senador Nilo Coelho – Núcleo 09. Os familiares da garota velaram o corpo da menina durante a manhã, mas não há informações a respeito do sepultamento.

Lucinha Mota afirma que colégio se contradiz sobre imagens deletadas no dia em que Beatriz Angélica foi morta

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Mãe de Beatriz Angélica Mota, Lucinha Mota questionou o posicionamento do advogado do Colégio Nossa Senhora Maria Auxiliadora em creditar à Polícia Civil de Petrolina a responsabilidade de apagar as imagens do sistema de monitoramento no dia 10 de dezembro de 2015.

Para Lucinha o posicionamento da instituição não condiz com os fatos. “Desde quando as imagens foram divulgadas eu tive acesso às informações, são provas reais. Contra fatos não há argumentos, o dia e a hora de quando as imagens foram apagadas dentro do Colégio. É uma prova técnica, está lá”, afirmou ao programa Super Manhã com Waldiney Passos de segunda-feira (14).

LEIA TAMBÉM:

Caso Beatriz: Lucinha Mota faz apelo a sociedade para localizar Allinson Henrique

Caso Beatriz: “Sem previsão de entrega”, afirma defesa de Alisson um mês após o decreto de prisão preventiva

Caso Beatriz: advogado atribui à polícia responsabilidade por deletar imagens de HDs

Há três anos Lucinha e seu esposo, Sandro Romilton batalham incansavelmente para solucionar o caso e novamente veio a público cobrar o colégio onde Beatriz foi morta. Ela lembrou que na época do crime a instituição afirmou não ter câmeras de monitoramento, fato que representa uma contradição. “Um dia eu vou ter oportunidade de perguntar diretamente a Allinson e ao Colégio Auxiliadora e se eles quiseram já de pronto responder, é por que, no dia 10 de dezembro de 2015 o Colégio Maria Auxiliadora não entregou essas imagens à polícia?”, questionou.

LEIA MAIS

Caso Beatriz: Lucinha Mota faz apelo a sociedade para localizar Allinson Henrique

Lucinha Mota pede ajuda para obter informações sobre Allinson (Foto: Blog Waldiney Passos)

32 dias após o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) decretar a prisão de Allinson Henrique Cunha, a Polícia Civil de Petrolina ainda não conseguiu localizar o ex-funcionário do Colégio Nossa Senhora Maria Auxiliadora, apontado nas investigações do Caso Beatriz como responsável por apagar imagens das câmeras de monitoramento no dia em que a garota foi morta.

Na sexta-feira (11) Lucinha Mota, mãe de Beatriz Angélica Mota, esteve no Recife em busca de informações sobre o recurso perpetrado pela defesa do suspeito. Para Lucinha, é importante a prisão de Allinson para esclarecer algumas perguntas que há três anos estão sem resposta.

LEIA TAMBÉM:

Caso Beatriz: “Sem previsão de entrega”, afirma defesa de Alisson um mês após o decreto de prisão preventiva

Caso Beatriz: advogado atribui à polícia responsabilidade por deletar imagens de HDs

Caso Beatriz: TJPE aceita recurso e decreta prisão preventiva de suspeito de apagar imagens

“A gente levanta uma série de questionamentos: por que ele apagou, ele estava a mando de alguém, ele recebeu algum dinheiro pra isso ou ele apagou porque quis apagar. São uma série de questões que podem direcionar a polícia para a motivação do crime”, disse em entrevista por telefone ao programa Super Manhã com Waldiney Passos.

LEIA MAIS

Estabelecimento comercial na Orla de Petrolina é demolido, Prefeitura afirma que ação é legítima

(Foto: Reprodução/Internet)

Uma petiscaria localizada na Avenida Cardoso de Sá, na Orla de Petrolina foi demolida pela secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (SEDURBS) na manhã de hoje (14). Durante participação no programa Super Manhã com Waldiney Passos a assessoria de comunicação da pasta justificou a ação classificada como “legítima”.

“O estabelecimento comercial que estava localizado aqui na Orla já havia sido interditado por inúmeras irregularidades cometidas pela ocupante”, disse o assessor Felipe Pereira.

De acordo com a SEDURBS a pasta tem provas da tentativa de vendas do espaço e outras irregularidades cometidas. “A propriedade já havia sido notificada sobre essa reintegração administrativa. Além da tentativa de vender há outras irregularidades que passam da realização de eventos sem o devido licenciamento”, comentou.

Apesar da boa avaliação da atual gestão, Dr. Pérsio acredita que eleição de 2020 está aberta

Ex-vereador afirma que extinção do Ministério do Trabalho não afeta trabalhador (Foto: Blog Waldiney Passos)

Durante uma participação no programa Super Manhã com Waldiney Passos o ex-vereador de Petrolina, Dr. Pérsio analisou o cenário político na cidade. Na opinião de Pérsio, a reeleição de Miguel Coelho depende de vários fatores, apesar da boa avaliação do atual prefeito.

“A eleição municipal é diferente da eleição estadual e federal. Tem uma lógica, mas a matemática, na hora ela pode mudar alguns índices. Por exemplo, o atual prefeito teve respaldo nas ruas pra família que veio com deputado federal e estadual”, disse o ex-vereador.

LEIA TAMBÉM:

Eleitor queria fim da política de “toma lá, dá cá”, afirma Pérsio Antunes sobre vitória de Bolsonaro

Segundo Pérsio, apesar de conseguir emplacar seus dois irmãos nas eleições de outubro, a aceitação de Miguel acaba sendo inferior à sua rejeição. “19,8% para o federal e 20,1% para estadual, ou seja, dos 100% dos votos válidos, apenas 20% reconheceram que o grupo que está no poder atualmente merecia o voto e 80% votou contra o que demonstra que o atual governo está fragilizado, ele vai ter que se recompor se quiser ganhar as eleições daqui a dois anos”, analisou.

LEIA MAIS

Eleitor queria fim da política de “toma lá, dá cá”, afirma Pérsio Antunes sobre vitória de Bolsonaro

Ex-vereador afirma que extinção do Ministério do Trabalho não afeta trabalhador (Foto: Blog Waldiney Passos)

Ex-vereador de Petrolina na gestão de Julio Lóssio, Pérsio Antunes apoiou o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) nas eleições de 2018 e espera que o novo governo traga de fato mudanças ao país. Durante uma entrevista no programa Super Manhã com Waldiney Passos, Pérsio analisou o cenário político nacional e as mudanças nos ministérios.

“Eu acho que o eleitor, nós cansamos da política que foi implantada no nosso país: a política do toma lá, dá cá. A política de loteamento do Governo Federal nas suas instituições, a Caixa Econômica era com um partido, a Saúde era com outro, a Educação era com outro, o Trabalho era com outro. O Ministério do Trabalho era só pra fazer movimento sindical”, analisou Pérsio.

Ministério do Trabalho

Na opinião do ex-vereador a extinção do Ministério do Trabalho não muda o fato de existirem leis trabalhistas. “É obrigatório que as leis que existem elas continuem, que o trabalhador seja protegido, tenha o seu direito, mas o Ministério do Trabalho como estava era um cabide de emprego pra gastar milhões de reais e para dar cargos sindicais”, disse.

Para Pérsio, o Ministério do Trabalho “era de fachada e não defendia o trabalhador”, fortalecendo um grupo político no poder (o PT). “O Congresso Nacional não pode votar contra as leis [já existentes] e não é o Ministério do Trabalho que vai fazer a lei”, finalizou.

Gabriel Menezes é o novo presidente da Comissão Provisória do PSL de Petrolina

Gabriel Menezes assume o comando provisório do PSL de Petrolina (Foto: Blog Waldiney Passos)

A Convite da executiva estadual do Partido Social Liberal (PSL), o vereador Gabriel Menezes (PSL) assumiu a presidência da Comissão provisória do PSL de Petrolina (PE). Em entrevista a Waldiney Passos, no Programa Super Manhã da Rádio Jornal, Gabriel falou sobre esse novo desafio.

“Faremos um trabalho sério para reforçarmos as fileiras do PSL. É um novo momento da política nacional e Petrolina é contexto, essa eleição de 2018 foi diferente de todas as que nós vivemos, nós assistirmos as forças do poder econômico mandando realmente em tudo e decidindo os pleitos, é inimaginável que tenhamos um presidente da República com uma campanha tão modesta”, disse o vereador.

Nas eleições deste ano, o vereador foi candidato a deputado estadual pelo PSL, mas não conseguiu êxito. Gabriel Menezes teve 14.633 votos, e no ranking de votação é o 2º mais votado do PSL para deputado estadual do estado de Pernambuco, e o 5º mais votado do PSL no geral. Em Petrolina, ele teve 12.499 votos, entre os candidatos do PSL de Pernambuco que obteve melhor desempenho no seu reduto eleitoral, foi o vereador, com 9,25% dos votos válidos para deputado estadual somente em Petrolina.

LEIA MAIS

Presidente eleita da Associação de Moradores da Vila 12 fala sobre os resultados das eleições e as demandas da comunidade

Francineide Pereira e Marinalva Olindina. (Foto: Blog Waldiney Passos)

A eleição para a presidência da Associação de Moradores da Vila 12 do Projeto Senador Nilo Coelho em Petrolina (PE), aconteceu ontem (15). A “Chapa 2” foi a vencedora da eleição com 191 votos. Eleita presidente da Associação, Francineide Pereira, popularmente conhecida como “Neidinha”, participou do Programa Super Manhã da Rádio Jornal, com Waldiney Passos.

De acordo com a presidente eleita, a Vila 12 foi criada em 1994, e essa é a primeira eleição para associação de moradores, até então a comunidade não tinha associação. Durante a entrevista, “Neidinha” falou o que motivou a criação da associação e as principais demandas da comunidade. “Nós não temos assistência de quase nada. Nós não temos posto de saúde, não temos água boa, a nossa Vila não tem cobertura nenhuma. Nós montamos essa associação para buscar benefícios para nossa comunidade”, disse.

LEIA MAIS

Estudante é agredida por suposto mototaxista de Juazeiro

(Foto: Internet/Ilustração)

Mais um caso de violência envolvendo supostos mototaxistas foi registrado na noite de quarta-feira (7) em Petrolina. O fato repercutiu nas redes sociais e foi confirmado por uma professora da vítima que conversou com Waldiney Passos durante o programa Super Manhã de hoje (8), na Rádio Jornal.

De acordo com a professora Luana Vieira, a aluna relatou que o suposto mototaxista vestia farda de Juazeiro (BA). A corrida teria como destino a Cohab Massangano, entretanto, o agressor desviou para uma estrada de terra onde aconteceu a agressão.

“Ontem à noite quando ela saiu da aula ela pegou esse mototáxi na Praça da Sementeira com destino pra Cohab Massangano, só que quando eles estavam vindo seguindo o caminho do Distrito [Industrial] ele disse que estava com a documentação da moto atrasada e a Polícia Federal estava na pista da Cohab, ela já desconfiou na hora e começou a tirar o capacete, ele percebeu e segurou na perna dela”, comentou a professora.

LEIA MAIS
123