Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Espetáculo sacro bate recorde de público na concha acústica de Petrolina

A Concha Acústica de Petrolina (PE) foi palco da encenação do maior e mais belo espetáculo sacro do sertão pernambucano “A crucificação -41 anos”. A apresentação aconteceu nos dias 17 e 19 de abril, e contou com mais de 5 mil expectadores  que lotaram as arquibancadas  do local.

Com duas horas de encenação, o espetáculo, que foi agraciado pelos Editais “Pernambuco de Todas as Paixões”, do Governo do Estado através de Secretaria de Cultura, e da Prefeitura Municipal, teve uma mega produção com destaque para a sonorização, iluminação, figurinos e uma afinação perfeita dos atores com a dublagem, que é uma característica do grupo.

LEIA MAIS

Juventude da Paróquia Santo Afonso realiza Via Sacra nesta sexta-feira em Juazeiro

(Cartaz/Divulgação)

Para os católicos, a Páscoa é tempo de passagem, sendo considerada pela igreja como a maior e mais importante festa da Cristandade Católica. Na Páscoa os cristãos católicos celebram a Ressurreição de Jesus Cristo depois da sua morte por crucificação.

Há 12 anos, a juventude da Paróquia Santo Afonso da Diocese de Juazeiro (BA) prepara uma emocionante apresentação que encena a Paixão de Cristo. Nesta sexta-feira, (19), a Via Sacra terá início às 17h, em frente à Igreja Matriz, no bairro Castelo Branco.

A multidão seguirá os passos de Cristo pelas ruas encerrando o momento na Praça da Quadra A. Serão duas horas de espetáculo.

Uma pesada cruz de madeira será levada no percusso. A cada estação haverão os diálogos tradicionais da história bíblica, até o momento em que Jesus é crucificado.

‘Experimenta Cena’ acontece neste fim de semana em Petrolina

(Foto: Arquivo)

Neste fim de semana, o Sesc Petrolina realiza, na Praça do Bambuzinho e no Teatro Dona Amélia em petrolina (PE), a oitava edição do ‘Experimenta Cena’. O projeto, que visa promover a experiência teatral, tem como tema este ano o mote “Entre Lugares”. A proposta celebra a experimentação e reflete sobre o lugar de assimetria entre a criação teatral e performática e o intérprete na cena contemporânea. A maioria das atividades é gratuita, sendo apenas um espetáculo pago, a preços acessíveis.

Realizado na semana em que se comemora do Dia Mundial do Teatro (27/3), o Experimenta Cena traz para o público performances, espetáculo e mesas-redondas. A abertura aconteceu na última quinta-feira (28), na Praça do Bambuzinho, com a performance “Digerindo Lixo”, apresentada pelo multiartista Lucas Tavares (Juazeiro-BA). Em seguida, no Teatro Dona Amélia, foi realizada a mesa-redonda “Qual o lugar de fala da atriz na Cena Contemporânea?”, com a participação das artistas Cátia Cardoso, Fabiana Pirro, Juliene Moura e Raphaela de Paul. A mediação será de Monique Paulino.

Hoje (29), o Rizoma Companhia de Teatro (Jacobina-BA) levará à Praça do Bambuzinho, a partir das 18h, a performance “Evocando as Ausências”, um duo com os performers Iago Setúbal e Ana Vicente. Às 19h, acontecerá mais uma mesa-redonda no Teatro Dona Amélia, desta vez sobre o tema “Entre Lugares: Performance e cena teatral”, com a participação de Breno Fitipaldi, Iago Setúbal, Lucas Tavares e José Lírio. A mediação será do diretor Thom Galiano.

LEIA MAIS

Secretaria de Cultura de Juazeiro divulga resultado do edital de Espetáculos Sacros

(Foto: Arquivo/Ascom)

A Prefeitura Municipal de Juazeiro (BA), através da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes (SECULTE), divulgou o resultado do edital do Concurso de Espetáculos Sacros 2019. A lista com os selecionados foi publicada no Diário Oficial de quarta-feira (27).

Lista de espetáculos selecionados

Segundo a SECULTE, serão investidos R$30 mil para a realização dos espetáculos que acontecerão na sede e no interior do município. A seleção dos trabalhos foi realizada por uma comissão formada por técnicos da secretaria e representantes da classe cultural.

“Ressaltamos aqui a importância desse mecanismo de fomento que, a partir do edital, vem promovendo a democratização do acesso à cultura no município. A cada edição o projeto se fortalece mais, sendo fundamental para a promoção da cultura em nossa cidade”, disse o gerente de Cultura, Ramon Raniere.

Juazeiro: espetáculo ‘Entre Nós’ mistura arte e história da ditadura militar

(Foto: Michele Luz / Divulgação)

Em comemoração aos 45 anos de carreira, o ator e diretor teatral, Hertz Félix, protagoniza em Juazeiro (BA) o espetáculo ‘Entre Nós’, sob a direção do juazeirense Marcos Velasch. A montagem, que tem no elenco Joyce Guirra, Mikael Andrade e Elder Ferrari, sobe ao palco do Centro de Cultura João Gilberto no dia 14 de abril, às 20h.

Na trama criada pelo dramaturgo Aloísio Villar, um renomado escritor se instala no litoral do Rio de Janeiro, no auge do Golpe de 64, para escrever seu oitavo livro. É lá que conhece um jovem poeta filho de militar. A relação entre os dois gera conflitos envolvendo a esposa do escritor e o pai do rapaz, o que pode comprometer a vida dos personagens.

De acordo com a sinopse, todas as discussões trazidas pelas figuras em cena, visam levar o espectador a uma reflexão sobre as renúncias de uma pessoa em nome dos sentimentos, além de criar algumas ligações da peça com as lutas por memória, verdade e justiça diante das vítimas do regime militar.

LEIA MAIS

Prefeitura de Petrolina vai selecionar companhias para espetáculos cênicos da Via Crucis 2019

(Foto: ASCOM)

A Prefeitura de Petrolina lançou um concurso que vai selecionar grupos que desejam encenar o Espetáculo Via Crucis 2019. Um dos mais belos e tradicionais espetáculos religiosos, mais uma vez, será apresentado ao público da região, através da coordenação da Secretaria Executiva de Cultura.

A Premiação é uma ação promovida pela Secretaria da Educação, Cultura e Esportes, como o objetivo de preservar o patrimônio cultural imaterial da região e valorizar os artistas locais.

O concurso irá selecionar seis espetáculos cênicos com roteiros baseados na crucificação de Cristo que serão apresentados em vários bairros da cidade de Petrolina, durante o período da Semana Santa. Os grupos selecionados serão contemplados com premiação no valor máximo de R$ 5 mil reais.

LEIA MAIS

“Janeiro Tem Mais Artes” movimenta Petrolina a partir do dia 22 de janeiro

Programação conta com exposição, espetáculos de música, dança e teatro. (Foto: Lizandra Martins)

De 22 a 31 de janeiro, Petrolina (PE) será palco da 12ª edição do Festival “Janeiro Tem Mais Artes”. Realizado pelo Sesc, o projeto tem o objetivo de valorizar a produção local, democratizar o acesso à arte e fortalecer a economia criativa, ampliando os espaços de apreciação estética no mês de janeiro, período onde tradicionalmente eram oferecidas poucas programações culturais na região.

A abertura do festival acontecerá no dia 22/01, a partir das 19h, no hall do Teatro Dona Amélia, com a exposição “Vazante”, da artista plástica Lys Valentim. Em seguida, às 20h30, o Coro Vozes do Sertão, do IF Sertão (Petrolina), se apresentará no Teatro. Na quarta-feira (23/1), a programação terá início às 19h na Sala de Dança do Sesc, com o espetáculo “O Nascimento do Grito”, com Natália Agla (Petrolina). Às 20h30 o Núcleo de Teatro do Sesc Petrolina apresentará o premiado espetáculo “3X Plínio Marcos”, no Teatro Dona Amélia. As duas atrações da noite de quarta-feira têm classificação indicativa de 18 anos.

Na quinta-feira (24/01), a Cia de Dança do Sesc Petrolina vai apresentar na Sala de Dança a “Mostra 2 Minutos Para a Dança”. Em seguida, às 20h30, no Teatro Dona Amélia, o grupo Confraria 27 (Petrolina), apresentará o espetáculo de dança “Casa Azul”. Na sexta-feira (25/01), a dançarina e pesquisadora Daniela Amoroso (Salvador-BA) abrirá a programação, às 19h30, no Teatro Dona Amélia, com o espetáculo “Hortênsia”. Na sequência, a cantora Andrezza Santos (Juazeiro-BA), lançará o disco “Alto Lá”.

A programação de sábado (26/01) será aberta com um espetáculo voltado para a criançada, a peça “Estelita entre Fadas e Outros Bichos”, que será apresentada às 19h, no Teatro Dona Amélia, pela Trupe Errante (Petrolina-PE). Às 20h30, o grupo TPA – Teatro Popular de Arte (Petrolina-PE) sobe ao palco para apresentar a peça “A Cantora Careca”, espetáculo com classificação indicativa de 12 anos. A noite será encerrada com muita alegria às 22h na Associação das Mulheres Rendeiras, no bairro José e Maria, com a Festa das Rendeiras, que reunirá o Samba das Cumades (Salvador-BA) e Magdalenas (Petrolina-PE).

No domingo (27/01), o Coletivo Trippé (Petrolina), apresentará a partir das 19h, na Sala de Dança o espetáculo “Janela para Navegar Mundos”.  Às 20h30 a Qualquer Um dos 2 Cia de Dança, levará ao palco “Para Sempre Teu”. Segunda-feira (28/1) a programação será aberta às 19h, na escada de acesso ao Teatro Dona Amélia, com a apresentação de “Genuína”, do grupo Circo no Asfalto (Santo André-SP). Em seguida, às 20h30, no Teatro, a Cia de Dança do Sesc Petrolina apresentará o espetáculo “Rio de Contas”.

LEIA MAIS

Público infantil tem até esse domingo para acompanhar espetáculo “Eu Chovo” no Teatro Dona Amélia

(Foto: Arquivo)

A noite promete ser de muita fantasia para o público infantil de Petrolina na última noite de exibição do espetáculo “Eu Chovo”, no Teatro Dona Amélia, no Sesc Petrolina.

A peça contra a história dos Pingos de Chuva que se envolvem em uma aventura, no clássico escrito por Sylvia Orthof. 15 crianças da turma de teatro para crianças do Sesc formam o elenco do espetáculo.

As entradas custam R$ 20,00, estudantes, trabalhadores do comércio e dependentes têm desconto e pagam apenas R$ 10,00. A classificação do espetáculo que começa às 19h é livre.

 

Cia Biruta de Teatro realiza oficina em comunidades de Orocó

(Foto: ASCOM)

O grupo de teatro, que tem sede em Petrolina (PE), percorreu as comunidades quilombolas Mata de São José, Remanso, Umburana e Viturino, com uma turma de 25 jovens descendentes de quilombos representantes das quatro localidades que compõem o território Águas do Velho Chico, localizado no município de Orocó (PE).

Durante quatro dias, 9, 10, 11 e 12 e fevereiro, a Companhia Biruta realizou oficina de formação em técnicas de iniciação teatral para jovens quilombolas. Foram momentos intensos de troca entre a cultura negra e os saberes teatrais do grupo que comemora 10 anos de atuação teatral no Sertão do São Francisco.

Para o ator e produtor Antônio Veronaldo, a oficina foi para o grupo uma verdadeira vivência de imersão na comunidade, onde participaram do dia a dia dos moradores.

“A oficina proporcionou para gente uma vivência que fortalece nosso fazer artístico e seu sentido. Foi muito importante poder acompanhar a vida da comunidade, comer junto, conversar e presenciar suas lutas. Compreender a luta quilombola dentro da comunidade faz toda diferença para que nós que somos um grupo da periferia da cidade e busca no seu fazer esses laços comunitários”, afirmou Veronaldo.

(Foto: ASCOM)

Uma iniciativa realizada de forma independente pela Cia Biruta, a oficina se deu de forma itinerante, percorrendo as quatro comunidades que compõem o território. O principal objetivo foi promover a iniciação teatral como forma de expressão e comunicação em torno das questões de identidade.

Utilizando as associações quilombolas e os espaços ao ar livre em integração com ecologia do lugar, a metodologia proposta pela Cia Biruta buscou integrar a corpo, território e cultura dentro do contexto quilombola.

“Compartilhamos procedimentos que costumamos usar na nossa comunidade, na nossa pesquisa teatral e na nossa busca estética. Somos do contexto da periferia urbana, mas nossa metodologia se abre ao diálogo com as questões quilombolas a partir do momento em que escolhemos que nosso teatro tem, cada vez mais, a ver com o sentimento de pertencimento e a compreensão das identidades ribeirinhas e sertanejas em seus processos históricos e sociais”, pontuou a atriz e produtora cultural, Cristiane Crispim.

Sesc Petrolina recebe Festival Varilux de Cinema Francês

(Foto: Divulgação)

O CineTeatro Dona Amélia, do Sesc Petrolina, exibe gratuitamente nesta quarta-feira (14), às 19h, o documentário “Amanhã”, codirigido por Cyril Dion e pela atriz Mélanie Laurent. A exibição integra a programação do Festival Varilux de Cinema Francês, que vai percorrer, até o dia 21 de junho, mais de 60 cidades brasileiras. O Varilux está presente no interior de Pernambuco com projeções em Arcoverde, Triunfo e Petrolina, em parceria com o Sesc Pernambuco.

O Consulado Geral da França no Recife para o Nordeste e as Alianças Francesas são os parceiros do Varilux no Nordeste, organizando as sessões educativas e de democratização. Produzido pela Bonfilm, o evento tem patrocínio principal da Varilux/Essilor e Ministério da Cultura através da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

“Ficamos felizes em receber o Festival em Petrolina, possibilitando a ampliação do público que terá a oportunidade de conhecer mais do cinema francês”, diz o instrutor de atividades artísticas do Sesc Petrolina, André Victor Brandão.

LEIA MAIS