Aero Cruz pede a colegas de Casa que evitem transformar manifestação dos taxistas em campanha política

(Foto: Blog Waldiney Passos)

No dia em que analisaram o Projeto de Lei que beneficiava 1.200 servidores de Petrolina, com a mudança de nomenclatura, os vereadores de Petrolina também ouviram e viram a manifestação dos taxistas da cidade.

Alguns edis utilizaram o espaço para fortalecer a luta e a fala do líder da situação, Aero Cruz (PSB) chamou a atenção. Aero pediu aos colegas de Casa Plínio Amorim que não utilizem o protesto dos taxistas para se aproveitarem do período de eleições estaduais.

LEIA TAMBÉM:

Com projeto que regulamenta transporte via aplicativo, motoristas terão as mesmas taxas que os taxistas; afirma Ronaldo Cancão

“Cada vereador que aqui está, pode ter certeza que vai dar sua contribuição [ao debate]. Só quero pedir a alguns vereadores aqui, que não queiram diante da candidatura e da campanha que não venha ser o pai dos taxitas. Eles estão aqui para ter o apoio de todos e vão ter o apoio de todos”, destacou.

LEIA MAIS

Com projeto que regulamenta transporte via aplicativo, motoristas terão as mesmas taxas que os taxistas; afirma Ronaldo Cancão

Vereador Ronaldo Cancão. (Foto: Blog Waldiney Passos).

Membro da bancada governista, o vereador Ronaldo Souza (PTB) afirmou aos taxistas presentes na sessão de terça-feira (14) que o Projeto de Lei que regulamenta o transporte via aplicativo fará com que os motoristas pagarão as mesmas taxas pagas pelos taxistas regulamentados pelo município.

O assunto inclusive, já está sendo discutido com o diretor-presidente da Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA), Edilson Leite, o vereador licenciado, Edilsão (PRTB).

LEIA TAMBÉM:

Vice-presidente da Associação de Taxistas chama atenção para segurança de passageiros por falta de fiscalização de clandestinos

Manifestação dos taxistas vai à Casa Plínio Amorim e recebe apoio dos vereadores

“O superintendente da AMMPLA, Edilson Leite que é amigo meu já me pediu a cópia da minha Lei da Regulamentação de Taxistas. Enviei a lei, vai ser regulamentado como também tem que ser regulamentado o Uber. As mesmas condições perante a lei das taxas que têm o taxistas, o Uber também vai ter. A condição é essa: o município não vai prestar serviço sem ter sua devida receita. Vai ter o Uber com lei e disciplinado”, afirmou o vereador.

É importante salientar que a manifestação dos taxistas na terça não foi contra os motoristas de aplicativo, como Uber e 99 Táxi e sim contra a falta de fiscalização em relação aos motoristas clandestinos, os quais não trabalham nem por aplicativos, nem regulamentados pela AMMPLA.

Univasf e Prefeitura de Petrolina discutem serviço de transporte municipal para região do Campus Ciências Agrárias

(Foto: Arquivo)

Em uma reunião, realizada na tarde dessa quarta-feira (08), na Prefeitura de Petrolina, o reitor da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Julianeli Tolentino, e o prefeito Miguel Coelho trataram sobre a possível criação de uma linha de ônibus municipal para atender a população da região onde está localizado o Campus Ciências Agrárias (CCA) da unidade.

Durante o encontro, o reitor enfatizou a urgência de se estabelecer uma rota de ônibus municipal que possa ser utilizada pelos estudantes para chegar à Universidade. O Serviço de Transporte Estudantil Intercampi, mantido pela Univasf por meio da Pró-Reitoria de Assistência Estudantil (Proae) desde 2015, está funcionando com sobrecarga, devido ao aumento do número de estudantes nos últimos anos.

O pró-reitor de Assistência Estudantil, Clébio Pereira Ferreira, que também esteve presente à reunião junto com o diretor de Restaurantes, Bolsas e Auxílios, Marcelo Mousinho, entregou ao prefeito um Ofício no qual pede atenção e rapidez para a criação da linha de ônibus municipal.

LEIA MAIS

Taxistas de Petrolina vão parar atividades, categoria cobra mais fiscalização contra clandestinos

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Nos próximos dias 14 e 15 de agosto os taxistas de Petrolina vão paralisar suas atividades em forma de protesto. O motivo da manifestação é a falta de fiscalização do poder público contra os motoristas que atuam de maneira irregular na cidade.

Segundo representantes da Associação dos Taxistas de Petrolina (Astape), a categoria quer mais efetividade dos órgãos municipais que estão deixando de fiscalizar aqueles que realizam o transporte de passageiros sem o Termo de Permissão e também não estão cadastrados nos aplicativos.

Durante os dois dias os taxistas estarão concentrados no Centro de Convenções da cidade e a intenção é cruzar os braços até que seja sinalizado algum avanço nas negociações.

Em contato com a nossa equipe, a Autarquia de Mobilidade de Petrolina (Ammpla) afirma ter intensificado a  fiscalização contra os transportes irregulares na cidade. São alvo dessa ação veículos escolares, táxis, mototáxis, veículos de turismo, vans e ônibus.

Petrolina reúne especialistas para discutir mobilidade

Petrolina está entre as melhores cidades do país em termos de tecnologia embarcada.

O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo do Vale do São Francisco (Setranvasf) promove nesta quarta-feira (25) o encontro “Petrolina, Mobilidade e Cidadania Urbana”.

O objetivo é discutir vários assuntos relacionados à mobilidade do município, que apesar de ostentar uma das melhores tecnologias embarcadas no sistema de transporte público – o MobiPetrolina –, ainda não tem seu plano de mobilidade (Planmob) implementado. O evento irá acontecer das 8h às 12h30, no Nobile Hotel.

O encontro irá contar com palestra de Francisco Cunha (consultor da TGI, autor do livro Calçada – o Primeiro Degrau da Cidadania), José Félix Neto (superintendente de transporte de Campina Grande) e de Cristiano Roberto, coordenador de Operações do Norte e Nordeste da Cittati Tecnologia em Desenvolvimento. Um dos temas abordados será a tecnologia para o transporte público, ressaltando a importância de soluções para o cliente através de celulares e tablets, que garantem mais segurança e velocidade.

Petrolina está entre as melhores cidades do país em termos de tecnologia embarcada. Há bilhetagem eletrônica, gratuidade controlada por biometria facial, vídeo-monitoramento e controle total da frota por GPS. Além disso, o usuário tem à disposição um aplicativo com os horários dos ônibus, podendo planejar melhor suas viagens.

LEIA MAIS

Lei de concessão para instalação de parada de ônibus é sancionada em Petrolina

(Foto: Larissa Paim/G1)

Votada e aprovada na última sessão do primeiro semestre legislativo de 2018, a concessão do serviço de utilidade pública para instalação, manutenção e conservação das paradas de ônibus em Petrolina foi sancionada pelo prefeito Miguel Coelho.

LEIA TAMBÉM:

Vereadores apreciam concessão para construção de paradas de ônibus em Petrolina nesta terça

Dessa forma, o Poder Executivo fica autorizado a conceder o serviço a empresas que se responsabilizarão pela manutenção das paradas, assim como totens e relógios digitais eletrônicos. A Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA) será responsável pelo processo licitatório e fiscalização do serviço.

LEIA MAIS

Vistoria do transporte escolar deve ser feita até o dia 31/07 em Pernambuco

(Foto: Diogo Moreira/A2D)

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) iniciou o calendário de vistoria no transporte escolar do segundo semestre. Segundo o órgão existem hoje cadastrados no Detran 1.317 veículos prestando serviços às escolas no estado.

Natan Soares, coordenador da 8ª Ciretran em Petrolina participou do programa Super Manhã, na Rádio Jornal e falou sobre essa vistoria. “Nós começamos ontem no primeiro dia útil da semana. São vários critérios que são avaliados: itens de segurança, tacógrafo, freios entre outros”, disse.

LEIA MAIS

Mototaxistas comemoram mudança de local para trabalhar no São João de Petrolina

(Foto: Arquivo)

Os mototaxistas de Petrolina (PE) comemoraram a mudança de local para trabalhar no pátio de eventos do São João da cidade, que começa nesta sexta-feira (15). Agora, os mototáxis ficarão ao lado da entrada principal do evento.

O presidente do Sindicato dos Motociclistas Profissionais de Petrolina (Sinpropet), Marcos de Souza, afirmou que a reavaliação da Autarquia Municipal de Mobilidade (AMMPLA) deve facilitar o trabalho dos mototaxistas.

“Os mototaxistas vão voltar para a área que sempre foi destinada a eles, que é ao lado da portaria. Além de mais comodidade para o usuário, a mudança traz mais conforto para os mototaxistas. Essa mudança trará muitos benefícios”, disse.

Marcos agradeceu, ainda, ao secretário especial da AMPPLA, Edilsão, e o vice-presidente do Sinpropet, Walter Carlos, por conseguir a mudança.

Mototaxistas de Petrolina se unem aos caminhoneiros e paralisam atividades nesta quinta-feira (24)

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Os mototaxistas de Petrolina se unirão aos caminhoneiros que estão protestando há três dias nas rodovias federais que cortam a cidade. De acordo com um grupo de profissionais, a categoria vai paralisar os serviços por tempo indeterminado, a partir desta quinta-feira (24).

A concentração dos manifestantes será no Centro de Convenções, a partir das 7h e eles devem seguir para a BR-428, local onde os caminhoneiros interditaram a rodovia em protesto contra o alto preço do combustível. Além dos mototaxistas, devem unir forças condutores de vans, para dar mais corpo ao protesto.

Setranvasf confirma que ônibus circularão em horário reduzido amanhã (24)

(Foto: Arquivo)

Conforme anunciado nessa quarta-feira (23) os ônibus de Petrolina continuarão circulando em horário reduzido nos bairros da cidade. O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo de Passageiros do Vale do São Francisco (Setransvasf) informou que a decisão se estenderá até esta quinta-feira (24).

LEIA TAMBÉM:

Frota de ônibus em Petrolina será reduzida devido a paralisação de caminhoneiros, afirma AMMPLA

Protesto dos caminhoneiros já afeta abastecimento de óleo diesel em Petrolina e ônibus coletivos funcionam em horário reduzido

A redução dos horários atinge a todos os veículos do sistema Mobi Petrolina. O sindicato tomou a decisão após a paralisação dos caminhoneiros responsáveis pelo abastecimento do óleo diesel no país. Mais cedo a Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA) havia informado que haverá uma redução na frota dos ônibus.

LEIA MAIS

Frota de ônibus em Petrolina será reduzida devido a paralisação de caminhoneiros, afirma AMMPLA

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

A manifestação dos caminhoneiros em todo Brasil afetou o transporte coletivo de Petrolina. Segundo a Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA), a partir dessa quarta-feira (23) a frota de ônibus será reduzida fora do horário de pico.

LEIA TAMBÉM:

Protesto dos caminhoneiros já afeta abastecimento de óleo diesel em Petrolina e ônibus coletivos funcionam em horário reduzido

De acordo com a AMMPLA, a situação pode ser normalizada até o fim da semana. A paralisação dos caminhoneiros teve início na segunda-feira (21) e já dura três dias. No Sertão houve protestos em Araripina, Ouricuri, Serra Talhada, Floresta, Parnamirim e em Petrolina, onde a BR-428 e BR-407 estão fechadas.

LEIA MAIS

Sinttrop busca mobilizar categoria para que profissionais não sejam prejudicados com nova licitação do transporte público em Petrolina

As mudanças no sistema de transporte coletivo em Petrolina são iminentes. Em abril uma Audiência Pública na Câmara de Vereadores debateu o processo licitatório, no entanto, o Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviários de Petrolina e da Região do Sertão de Pernambuco (Sinttrop) teme os rumos dessa mudança.

Na última quarta-feira (16) o Sinttrop reuniu a categoria a fim de debater caminhos e tentar garantir direitos aos profissionais filiados. Segundo o presidente do sindicato, Edinaldo José de Lima a principal reivindicação do grupo é a manutenção dos postos de trabalho.

Com a nova licitação, a empresa vencedora ocupará o espaço das existentes hoje – Joalina e Viva Petrolina – e não têm obrigação de pagar os direitos trabalhistas dos motoristas. “É fato, vai haver licitação. Nós não somos contra as melhorias no sistema, nós queremos dirigir ônibus novos, mas nós também queremos a garantia dos nossos direitos trabalhistas”, afirmou Edinaldo.

LEIA MAIS

Novo aplicativo de transporte para mulheres abre cadastro para motoristas em Petrolina e Juazeiro

A tarifa da FemiDriver será de R$ 1,50, mais R$ 1,15 por quilômetro rodado e R$ 0,15 por minuto de deslocamento. (Foto: Internet)

Com a proposta de oferecer segurança no transporte individual para mulheres está sendo lançado o aplicativo FemiDriver, que vai conectar motoristas mulheres às suas passageiras numa versão exclusivamente feminina do tradicional aplicativo de transporte.

O serviço, que será realizado em Petrolina e Juazeiro da Bahia está cadastrando motoristas através do app “FemiDriver Motorista”, disponível para IOS e Android. O aplicativo deve entrar em operação no segundo semestre. A Femidriver já funciona em Recife desde 02 de abril.

Claucione Lemos, CEO da empresa, decidiu criar o serviço após tomar conhecimento de reclamações de assédios em corridas de transporte por aplicativo vindas de motoristas do gênero masculino.

“Entendi que a maioria das mulheres se sente mais segura quando são atendidas por outras mulheres e a partir daí, veio a ideia de criar o aplicativo”, afirma. Toda a diretoria da empresa é formada apenas por mulheres e inclui, além de Claucione, a administradora financeira Antonieta Araújo e a advogada Bruna Melo, responsável pelo departamento jurídico.

LEIA MAIS

DETRAN dá início à primeira inspeção semestral obrigatória de motofretes de 2018

(Foto: Ilustração)

O Governo de Pernambuco, por meio do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (DETRAN-PE), dá início, no próximo dia 05, a primeira jornada de Inspeção Semestral Obrigatória e de Segurança do ano de 2018 para os veículos que possuem registro junto ao DETRAN-PE para exercer a atividade de motofrete.

A inspeção consiste na avaliação de equipamentos obrigatórios – tanto do veículo quanto do motoboy – além de documentação obrigatória. A regra é válida tanto para os veículos particulares quanto para os que são propriedades de empresas. Atualmente, o Estado conta com 2.008 motos cadastradas para o serviço de motofrete, dos quais 1.161 estão registrados em Recife.

Os motofretistas registrados nos municípios do estado, com exceção de Recife, deverão se dirigir à Circunscrição Regional de Trânsito (CIRETRAN) mais próxima, entre os dias 07 a 25 de maio de 2018.

Após a inspeção, o motofretista que estiver em conformidade com as exigências legais receberá um selo de certificação. Quem deixa de realizar a inspeção está sujeito a multa, retenção do veículo para regularização e a ter o cadastro bloqueado na base de dados do DETRAN, ficando impossibilitado de fazer serviços de veículos, a exemplo do Licenciamento Anual. A empresa que emprega motofretes em situação irregular também responde perante a Justiça do Trabalho.

LEIA MAIS

Audiência Pública discute diretrizes para licitação do transporte coletivo de Petrolina

Durante a manhã dessa sexta-feira (20) foi realizada uma Audiência Pública com a finalidade de discutir a nova licitação do transporte coletivo em Petrolina. A etapa precede o lançamento do edital e teve como prioridade ouvir as demandas populares na formulação do processo licitatório.

O Procurador-geral do município, Diniz Eduardo explicou como será o edital, que selecionará a proposta com menor tarifa cobrada ao público e poderá contar com a participação de qualquer empresa. “Essa audiência pública tem o intuito de apresentar diretrizes e a base para o edital e é com base nesse trabalho que pretendemos realizar uma licitação para a escolha de uma operadora que vai prestar esse serviço”, explicou o procurador.

Renovação

De acordo com Diniz Eduardo, quando a nova gestão assumiu a Prefeitura percebeu-se a necessidade de repensar o transporte coletivo, que segundo ele estava em situação precária.

O diretor-presidente da Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA), Geraldo Miranda endossou o discurso do município sobre a necessidade da audiência, para que o novo sistema de transporte coletivo contemple todas as demandas populares. Segundo Geraldo Miranda, a concessão será de 15 anos.

LEIA MAIS
123