Ciro Gomes afirma que Bolsonaro representa a “cultura do ódio”

(Foto: Arquivo)

Em entrevista à Rádio Jornal, o pré-candidato à Presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes, voltou a criticar a política apresentado pela também pré-candidato Jair Bolsonaro. Além disso, Ciro lamentou a prisão do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva.

“Está caindo na minha frente uma responsabilidade histórica. Bolsonaro representa a cultura do ódio, um risco explosivo que precisa ser combatido”, afirmou.

Posteriormente falou sobre a situação atual e o governo do ex-presidente Lula. “Sofro muito com o que está acontecendo. O menor desemprego foi 2013, 40 milhões de pessoas saíram da miséria e o salário mínimo subiu”.

Deixe uma resposta