Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Com mais de 200 mil eleitores, segundo turno em Petrolina deve provocar mudanças no número de seções

Há mais de 200 mil eleitores cadastrados no sistema biométrico de Petrolina (Foto: Blog Waldiney Passos)

Na eleição municipal de 2020 os petrolinenses deverão vivenciar uma nova estrutura, já que a escolha de prefeito poderá ser definida em segundo turno. Isso é inédito na cidade e somente será possível porque o município tem mais de 200 mil eleitores cadastrados no sistema biométrico.

O Blog Waldiney Passos procurou a Justiça Eleitoral e obteve a confirmação de que até o dia 25 de janeiro havia exatamente 200.547 eleitores aptos a votar em Petrolina. No último pleito para prefeito, em 2016 o número era de 198.599, segundo dados do Fórum Eleitoral.

Por que segundo turno?

A Constituição Federal de 1988 prevê a realização de segundo turno, nos artigos 28 e 29, em municípios com mais de 200 mil eleitores. Segundo o critério da maioria absoluta, para ser eleito não basta ao candidato simplesmente obter mais votos do que seus concorrentes.

Ele precisa obter mais da metade dos votos válidos (excluídos os votos em branco e os votos nulos) para ser eleito, em primeiro turno. Não havendo votação suficiente por nenhum dos candidatos, haverá a necessidade de segundo turno.

Novas seções

O segundo turno provocará mudanças não apenas na eleição, mas também na estrutura das seções existentes nas três Zonas Eleitorais. “Há o aumento do quantitativo de seções devido o número máximo de eleitores por seção com biometria ser de 400 eleitores”, informou a chefe da 144ª Zona Eleitoral, Katiuscia Brito.

Aumento de mesários

Consequentemente haverá o aumento no número de mesários atuando no dia da votação. “De mesários, certamente terá um aumento devido a criação de novas de seções eleitorais, pois são quatro mesários por cada seção; de servidores, não há previsão”, destacou ao Blog. Ainda segundo Katiuscia Brito, no pleito de 2016 o número de mesários foi de 788 e servidores, seis.

Deixe uma resposta