Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Depois de meses tentado negociações, vigilantes do Sertão conseguem reajuste salarial

(Foto: Blog Waldiney Passos)

A última semana foi marcada pela manifestação do Sindicato dos Vigilantes do Sertão Pernambucano (Sindvig), em Petrolina e mais duas cidades. Em pauta, a cobrança para que o sindicato patronal dialogasse sobre o reajuste salarial proposto pela categoria ainda em 2017.

Depois de muitos meses esperando, os vigilantes conseguiram aprovação das pautas. De acordo com o presidente do Sindvig, Laércio Vasconcelos, ainda na semana passada houve a negociação e os profissionais de Petrolina e todo Sertão obtiveram resposta positiva e sem perdas.

LEIA TAMBÉM:

Vigilantes protestam contra retirada de direitos e não descartam paralisação

Sindicato dos Vigilantes do Sertão realiza manifestação nesta terça-feira (31)

“A mobilização da semana passada foi ótima, os patrões nos chamaram para conversar. O Ministério do Trabalho do Recife viu o movimento tanto aqui, em Caruaru e no Recife e na quinta-feira (2) fechamos a nossa negociação”, disse ao Blog.

Dessa forma, os vigilantes receberão o reajuste solicitado, de 2,07% e o vale alimentação será de R$ 25,00. Outra reivindicação foi atendida: a redução da carga horária noturna reduzida, mas sem perda.

O Sindvig vinha desde o ano passado tentando negociar com o sindicato patronal e chegou a realizar paralisações no Sertão, afetando principalmente o funcionamento das agências bancárias.

Na visão de Laércio, a manifestação da última terça-feira (31) foi de extrema importância. “Aquela mobilização deu resultado, fechamos a negociação sem perda”, finalizou.

Deixe uma resposta