“Eleição pode ser definida no primeiro turno em Petrolina”, afirma Orlando Tolentino

Orlando Tolentino, assessor especial do gabinete do prefeito Miguel Coelho

Que o petrolinense respira política 24 horas por dia não é nenhuma novidade, mas o que mais se comenta no momento é a possibilidade do prefeito Miguel Coelho emplacar a reeleição já no primeiro turno nas eleições do ano que vem. Segundo algumas fontes que fazem parte da gestão, o trabalho realizado pelo prefeito vem sendo bem avaliado pela população. De acordo com pesquisa internas Miguel teria um percentual altíssimo de provação.

Há, inclusive, quem aposta nesta possibilidade. É o caso do Assessor Especial Orlando Tolentino, para ele Miguel Coelho pode sim surpreender e ser eleito em primeiro turno.

“Miguel realiza um trabalho jamais visto na cidade, nem um outro gestor fez tanto pelo município, então não vejo dificuldade, a população vai confirmar este trabalho e a força política de Petrolina deve prevalecer”, ressaltou.

Oposição

Diante deste cenário,  traçar uma estratégia para as eleições de 2020 não será nada fácil para oposição. A incógnita é: sair com várias candidaturas e apoiar aquele que for para o segundo turno, ou já definir apenas um nome que possa concorrer em pé de igualdade com o prefeito já no primeiro turno? A alternativa mais provável é a primeira, definir várias candidaturas para tentar puxar votos de todos os lados e assim provocar um segundo turno.

Resta saber se Odacy Amorim, Júlio Lóssio, Lucas Ramos, Gabriel Menezes, Gonzaga Patriota, Cristina Costa e outros, irão mesmo permanecer juntos e superar antigas adversidades. Vale lembrar que administrar vaidades não é nada fácil, na eleição passada, por exemplo, Julio deixou de apoiar a candidatura de Odacy, segundo colocado no pleito, temendo perder a liderança para o petista. Estaria agora o doutor disposto a abrir mão do seu espaço político para declarar apoio a um outro nome? E Gonzaga Patriota, que foi rifado por Odacy em 2008, também teria superado a mágoa para pedir votos para o petista em um provável segundo turno? São apenas alguns dos questionamentos que serão respondidas no decorrer da eleição, o mais é esperar para ver o que vai acontecer.

Deixe uma resposta