Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Em busca do reordenamento no Centro, prefeitura de Petrolina intensifica diálogo com ambulantes

(Foto: ASCOM)

Nesta segunda-feira (03), a Prefeitura de Petrolina intensificou o diálogo com comerciantes informais da cidade. O objetivo é dar seguimento ao processo de reordenamento público no Centro, por meio do programa “Calçada Livre”, que é de iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (SEDURBS).

Durante o encontro, o diretor de Disciplinamento Urbano e Atividades Licenciadas, Cícero Dirceu da Silva, conversou com o comandante da Guarda Civil Municipal, Adroaldo Coelho e com a presidente da Associação de Feirantes, Ambulantes, Barraqueiros e Camelos de Petrolina (AFEABACAP), Elane Gomes Henrique.

O tema foi a realocação dos ambulantes que trabalham com a comercialização de frutas e verduras para um espaço específico onde será permitida a venda dos produtos.

De acordo com Elane, a medida, prevista para ocorrer esta semana, tem a aprovação dos ambulantes. “Nunca havia sido feito um acordo ou uma conversa, a gente nunca tinha tido a atenção para esse problema. Agora nós conseguimos um espaço de trabalho que vai ser bom para quem vende, para os clientes e para a cidade”, pontuou a presidente da AFEABACAP.

O espaço em questão é uma área localizada na Rua Eraldo Gueiros, região central da cidade. O local foi sugerido pela AFEABACAP e aprovado pelo Município, como explica Cícero Dirceu da Silva.

“Chegamos a um consenso. Como não podemos mais permitir o comércio de hortifruti da forma como está buscamos conversar e encontrar uma solução. A ideia é contemplar aqueles que foram cadastrados junto à Prefeitura”, destaca Silva.

Mais diálogo

Uma nova reunião aconteceu nessa segunda-feira (03), desta vez com a participação dos 24 comerciantes informais cadastrados, da AFEABACAP e da Prefeitura de Petrolina.  O encontro foi organizado para detalhar o processo de instalação do pessoal na área destinada ao comércio de frutas e verduras.

Deixe uma resposta