Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Em nota, Lossio classifica expulsão da Rede como “manifestação opressiva e antidemocrática”

Para o ex-prefeito de Petrolina, a Rede decidiu pela sua expulsão “sem nenhum respeito a essas sagradas garantias constitucionais”.

Expulso da Rede Sustentabilidade na noite desta sexta-feira (21) por infidelidade partidária, o candidato ao governo do Estado, Júlio Lossio, emitiu uma nota por meio de suas redes sociais, na qual classificou a decisão do partido como uma “manifestação opressiva e antidemocrática”.

Lossio foi expulso pela Executiva Nacional do partido por unanimidade após formar aliança com o candidato a deputado federal Coronel Meira (PRP) e Gilson Machado Neto (PSL), ambos apoiadores da candidatura à Presidência da República de Jair Bolsonaro (PSL).

LEIA TAMBÉM

Acusado de infidelidade partidária, Lóssio ganha mais 24h para se defender

Após aliança com apoiador de Bolsonaro, Lóssio pode ser expulso da Rede por infidelidade partidária

Júlio Lossio é expulso por unanimidade da Rede após infidelidade partidária

Para o ex-prefeito de Petrolina, a Rede decidiu pela sua expulsão “sem nenhum respeito a essas sagradas garantias constitucionais”. Ainda de acordo com Lossio, “os partidos políticos não podem pregar a democracia da ‘porta pra fora’ e funcionar com uma ditadura da ‘porta pra dentro’”.

Júlio garantiu que a campanha continuará “até a decisão da Justiça Eleitoral, quem efetivamente tem competência para dar a palavra final sobre o tema e deliberar sobre eventual pedido de cancelamento de registro de candidatura”.

Confira a íntegra da nota

“NOTA DE ESCLARECIMENTO – A CAMPANHA CONTINUA

Apesar de ainda não ter sido notificado da decisão, em relação à publicação feita no site da REDE Sustentabilidade, venho esclarecer:

A legislação garante que um filiado a partido político somente pode ser expulso por processo disciplinar em que sejam garantidos o contraditório, a ampla defesa e o devido processo legal.

Contudo, numa manifestação opressiva e antidemocrática, a REDE decidiu pela minha expulsão sumária, sem nenhum respeito a essas sagradas garantias constitucionais.

A CAMPANHA SEGUIRÁ NORMALMENTE até a decisão da Justiça Eleitoral, quem efetivamente tem competência para dar a palavra final sobre o tema e deliberar sobre eventual pedido de cancelamento de registro de candidatura.

Confio no Poder Judiciário e tenho convicção de que esse ato arbitrário será revisto pelo Egrégio Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco.

Os partidos políticos não podem pregar a democracia da “porta pra fora” e funcionar com uma ditadura da “porta pra dentro”. A democracia intrapartidária exige respeito aos direitos fundamentais dos filiados, tal como previsto na nossa valorosa Constituição.

Julio Lossio
Candidato a Governador de Pernambuco

Deixe uma resposta