Facape não confirma porte de arma do suspeito de perseguir aluna da instituição

A manhã desta terça-feira (10) foi marcada pela notícia sobre um homem que entrou na Faculdade de Ciências Sociais e Aplicadas de Petrolina (Facape), em busca de uma aluna. Segundo relato dos alunos, o suspeito que ainda não foi identificado, estaria armado. A Polícia está em diligências, mas até o momento o acusado não foi preso.

LEIA TAMBÉM:

Homem supostamente armado invade Facape, PM faz buscas pelo suspeito

Em nota, a Facape não confirmou o porte de arma do suspeito. “Destacamos que, durante o ocorrido, não houve nenhum ato de violência contra a estudante ou confirmação de porte de arma, por parte do suspeito. A Facape prestou total apoio à aluna, que foi orientada pela Polícia a prestar um Boletim de Ocorrência”, explicou a Faculdade.

De acordo com a instituição de ensino, a aluna que não teve a identidade revelada, “buscou a coordenação do seu curso para relatar que estava se sentindo perseguida por um homem, que esteve na Instituição para procura-la. Segundo relatos da estudante, se tratava de um ex-colega de sala do Ensino Médio, que tinha históricos de abordagens anteriores contra a mesma.”

Após o comunicado da aluna, a coordenação do curso acionou a Polícia. Com a chegada da autoridade policial foram feitas buscas e checagem nas câmeras de segurança, para identificação do suspeito.   Ainda segundo a Facape, as atividades acadêmicas e administrativas seguem normalmente na Instituição.

Deixe uma resposta