Herói da classificação, Danilo morre após ser resgatado em acidente aéreo da Chapecoense

(Foto: Internet)

(Foto: Internet)

O goleiro Danilo, herói da classificação da Chapecoense na semifinal da Copa Sul-Americana, é uma das vítimas fatais do acidente aéreo com a delegação do time catarinense. O jogador foi uma das seis pessoas retiradas com vida dos destroços, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu no hospital. A morte do atleta foi confirmada pela Cruz Vermelha.

A tragédia ocorreu na madrugada desta terça-feira (29), na cidade de La Unión, próximo a Medellín, na Colômbia. As autoridades colombianas confirmaram a morte de 76 pessoas. 

Danilo vivia a melhor fase da carreira. Durante as oitavas de final da Copa Sul-Americana, o goleiro defendeu quatro cobranças na decisão por pênaltis contra o Independiente-ARG.

Já na semifinal contra o San Lorenzo-ARG, o goleiro salvou a Chapecoense no último minuto do jogo ao evitar um gol argentino em cima da linha. O empate por 0 a 0 na ocasião levou o time de Santa Catarina à final da competição.

Fonte Uol

Um Comentário

  • Machado Freire

    29 de novembro de 2016 at 10:02

    Uma tragédia: perdas lamentáveis e muitas lágrimas !

    O destino foi muito ingrato com a Chapecoense ao tirar o seu sagrado direito de disputar um “peleja” internacional e até de terminar sua excelente participação no Campeonato de Futebol em nosso País.
    O destino cruel encerrou precocemente a carreira dos destemidos jogadores da Chapecoense, deles que iriam trilhar caminhos muito importantes na sua carreira profissional.
    O destino desumano, encurtou o direito de viver (e trabalhar) de duas dezenas de colegas meus deixando seus familiares e amigos próximos de comemorarmos o Natal em Família.
    O destino deixou em desespero e frustrados os diretores, funcionários e torcedores -abnegados e determinados da grande Chapecoense, um clube do interior que jogava “voando” para vencer muitas partidas.
    O destino é assim: imprevisível !
    O destino “reina” absoluto !
    Nossa solidariedade à Chapecoense que haverá de se reerguer e superar a perda de tantas vidas que foram ceifadas nessa lamentável e inexplicável tragédia.
    Só Deus pode ter misericórdia de nós !

    Responder

Deixe uma resposta