Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Incentivo ao esporte petrolinense é discutido por vereadores

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Com apenas dois projetos colocados em votação na sessão de terça-feira (27) os edis utilizaram o tempo vago pós-aprovação para discutir temáticas relevantes à comunidade. Uma delas foi o esporte petrolinense e os incentivos municipais.

Primeira a abordar o assunto foi Maria Elena (PRTB), ex-secretária de Cultura, Turismo e Esportes (SECULTE) no primeiro ano de gestão do prefeito Miguel Coelho. Ela elogiou a reforma no Estádio Municipal Paulo de Souza Coelho e a vontade do município em apoiar os atletas locais.

“De quinta-feira até domingo nós pudemos testemunhar o grande investimento que o prefeito Miguel Coelho está fazendo com a reforma do estádio e ele assina um termo de fomento com a APA que vai assistir por um ano essa associação”, disse Elena afirmando que essa é a primeira vez que os atletas e paratletas locais são valorizados pelo município.

Atuação do legislativo

Presidente do Petrolina Social Futebol Clube, Ronaldo Silva (PSDB) também comentou o tema, cobrando incentivo ao esporte na cidade. “É importante que nós dessa Casa procurem criar incentivo aos nossos desportistas. Estou botando um projeto aqui que dê incentivo ao esporte, para que a gente possa criar dentro do município um fundo de participação, o Fundo Municipal de Esporte, isso vai depender do nosso prefeito aceitar”, justificou.

Desabafo de Cancão

Ronaldo Cancão (PTB) que é presidente de honra do 1º de Maio e também já foi atleta apoiou o discurso dos colegas, porém cobrou respeito do Poder Executivo, governo defendido por ele na Câmara de Vereadores. “Queria me dirigir ao líder Aero Cruz, sou desportista há 30 anos e eu fico assistindo por redes sociais e a gente fica a mercê. Não me sinto confortável em defender o governo e não se receber um convite do governo para se participar de atos sobre esporte”, desabafou.

Deixe uma resposta