Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Ligação de água clandestina no assentamento Vila Esmeralda em Petrolina é cortada pela Compesa

Gato de água em Petrolina

Na manhã desta segunda-feira (28), uma ligação de água clandestina foi retirada pela Compesa no Assentamento Vila Esmeralda, localizado em frente ao Residencial Monsenhor Bernardino, em Petrolina (PE). Para ação a Companhia contou com o apoio da Polícia Militar e da Guarda Municipal, a equipe da removeu parte da rede que foi implantada de forma ilegal.

Segundo o presidente do movimento dos Sem Teto, Leto Lima, a obra foi organizada pelos moradores, que pagaram três mil reais por canos, abraçadeira e uma retroescavadeira, para desviar a água a partir da rede da Compesa, que abastece o residencial Monsenhor Bernardino. A água estava sendo utilizada por eles para abastecer as casas do assentamento.

De acordo com a gerente interina da Compesa, em Petrolina, Nadja Alencar, nenhum pedido de ligação de água para a comunidade foi formalizado na Companhia. “Eles perfuraram a rede da Companhia para puxar a água, um furto que já estava prejudicando o abastecimento de bairros vizinhos. Além disso, a rede implantada foi em material fora dos padrões exigidos pela Compesa e o serviço executado sem o aval da empresa”.

Deixe uma resposta