Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Ministro do TSE nega pedido para retirar nome de Lula das pesquisas eleitorais

(foto: Nelson Almeida/AFP)

O pedido do Instituto Democracia e Liberdade (IDL) de impedir a inclusão do nome do ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva nas pesquisas eleitorais foi negado pelo ministro Tarcísio Vieira, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nessa manhã (30).

O IDL havia solicitado uma liminar para “proibir a divulgação direta ou indireta de pesquisas de opinião que incluam o nome do sr. Luiz Inácio Lula da Silva enquanto preso por acórdão unânime pela prática dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, e enquanto não suspensos ou extintos os efeitos de tal condenação”.

Juiz afirma que prazo de modificação venceu

Em sua decisão, Tarcísio disse que a resolução onde se determina a presença nas pesquisas de todos os candidatos à Presidência foi aprovada em dezembro e seu prazo de modificação se encerrou em março, motivo pelo qual não seria possível proferir decisão que excluísse Lula das pesquisas.

“Trata-se, portanto, de pedido formalizado por parte ilegítima, em instrumento processual inidôneo e fora do período estabelecido na legislação eleitoral”, concluiu o ministro.

Deixe uma resposta