Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Morador de Petrolina denuncia problemas da PE-122 no trecho que liga Lagoa Grande a Exu

(Foto: Google Maps)

Preocupado com a falta de manutenção da PE-122, no trecho que liga Lagoa Grande (PE) a Exu (PE), Clauderminio Saraiva Bezerra, presidente da Associação de Moradores do bairro Caminho do Sol em Petrolina (PE), divulgou um desabafo no intuito de chamar atenção das autoridades.

“Nesses quase 300 km é notório as péssimas condições da pista, uma vasta quantidade de buracos que coloca em risco a segurança e vida dos transeuntes que usam esta rodovia para transitar”, disse Clauderminio ao relatar que um carreteiro passou em um desses buracos e acabou furando dois pneus, sem falar no risco de capotar o veículo.

Ainda de acordo com o líder comunitário, neste trecho da rodovia a sinalização é precária, as placas existentes estão praticamente apagadas, além do matagal no acostamento, que em caso de urgência não permite aos condutores a realização de uma parada segura.

“Outro grande problema, é a quantidade de animais soltos, em especial caprinos, ovinos e equinos, e com os acostamentos cheios de mato é que esse perigo se torna mais real, é visto a todo instante animais saindo de um lado para o outro da pista, muitas vezes forçando os condutores a frenagens bruscas ou mudança de faixa. Pode acontecer a qualquer instante fatalidades”, alerta.

A lista de problemas é extensa, outra preocupação é com a segurança. “Até uma barreira fixa que havia da Polícia Militar de Pernambuco no local conhecido como “Trevo de Jutaí” foi tirada, no local o que se pode ver é um total abandono, além de ser um local que por muitas vezes já foi utilizado por bandidos na prática de assaltos”, completa o denunciante.

Indignado com as más condições da rodovia, Clauderminio Saraiva questiona o poder público e cobra do governo de Pernambuco as devidas providências para resolver essa série de problemas que coloca em risco a vida dos condutores.

“Desde o mês de fevereiro, os proprietários de veículos automotores estão pagando o IPVA e nada é investido há muitos anos para melhorar esta rodovia. Para onde está indo este dinheiro? Até parece que o estado de Pernambuco começa na região Metropolitana de Recife e acaba na cidade de Caruaru.”

A produção do Blog Waldiney Passos não conseguiu contato com o Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Pernambuco (DER-PE) par saber o posicionamento do governo estadual quanto a denúncia, bem como quais medidas serão tomadas para resolver o problema. Reiteramos que o espaço está aberto, caso o Estado queira se pronunciar sobre a demanda.

Deixe uma resposta