Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

MPPE denuncia condutor que atropelou e matou ciclistas em Petrolina

Vítimas foram atingidas enquanto pedalavam sentido Serra da Santa (Foto: Reprodução/Internet)

No dia 23 de março o atropelamento dos ciclistas Anaelton Rodrigues Macedo e Rogério Teles de Siqueira, que pedalavam pela BR-428, às vésperas do Natal de 2018, completará três meses sem punição. Os amigos foram atingidos pelo veículo conduzido por Lucas Roberto da Silva Amorim, preso em flagrante e liberado após audiência de custódia.

LEIA TAMBÉM:

Exclusivo: processo contra condutor que atropelou ciclistas aguarda denúncia do Ministério Público

Ciclistas ocupam ruas de Petrolina e cobram justiça para Anaelton e Rogério

Petrolina: ciclistas morrem atropelados em acidente na BR-428 

O Blog mostrou no começo do ano que o caso chegou a ser arquivado provisoriamente, em decorrência da demora no envio da denúncia por parte do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e na terça-feira (12) o órgão apresentou a denúncia contra Lucas, que tinha 20 anos na época do crime.

Materialidade do fato

Segundo a denúncia, subscrita pelo promotor de Justiça Djamla Valadares, Lucas saiu da pista em direção ao acostamento, local onde estavam os ciclistas e atingiu as vítimas com seu veículo. Anaelton morreu na hora, Rogério chegou a ser atendido, mas não resistiu aos ferimentos e também veio a óbito.

“A materialidade e a autoria dos crimes estão comprovadas pelo teste de alcoolemia, pelas perícias tanatoscópicas e pelo exame pericial do local de ocorrência de trânsito”, disse o promotor. Agora cabe agora ao Poder Judiciário decidir pela abertura de processo criminal contra o denunciado.

Processo

Nossa produção apurou o pedido de prisão preventiva foi rejeitado sob o argumento de não haver “necessidade” pela “baixa probabilidade de reiteração criminosa”. A defesa de Lucas deverá apresentar no prazo de 48 horas a ser vencidos nessa quarta-feira (13) o endereço do condutor, bem como a comprovação da entrega de sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ao Detran da cidade.

Deixe uma resposta