Primeiro mercado público de alimentos orgânicos do Nordeste é inaugurado em Petrolina

O funcionamento das atividades seguirá um cronograma determinado pelo conselho gestor da feira.

Foi inaugurado nesse domingo (16), em Petrolina (PE), o primeiro mercado público de produtos sem componentes químicos sintéticos do Nordeste. O equipamento foi instalado na Areia Branca, próximo à feira livre, e recebeu investimento da Prefeitura de Petrolina e CODEVASF.

O novo mercado contará com 28 bancas de diversos produtos orgânicos, tais como verduras, frutas, legumes e doces. A área é totalmente coberta, com banheiros, iluminação, sala administrativa e equipamentos acessíveis para pessoas com deficiência como rampas e sanitários adaptados.

Na cerimônia de entrega do mercado aos produtores, o prefeito Miguel Coelho destacou aspectos econômicos e de qualidade de vida que o equipamento traz à população. “Apenas Curitiba tinha um mercado público de orgânicos desse porte e essa é uma conquista que gera emprego e renda, além de uma alimentação mais saudável para todos petrolinenses”, detalhou o gestor.

Autor de uma emenda parlamentar que destinou parte da verba utilizada na construção da feira, o deputado Fernando Filho comemorou a inauguração da feira. “Muito feliz de ver mais uma iniciativa sendo entregue para os petrolinenses e os sertanejos. Esse mercado vai ofertar uma opção de alimentação mais saudável para as pessoas, além de gerar emprego e renda para nossa cidade”, afirmou Fernando Filho.

O funcionamento das atividades seguirá um cronograma determinado pelo conselho gestor formado por produtores, prefeitura, CODEVASF, Univasf e Sebrae. A primeira feira está marcada para o dia 5 de julho, a partir de então, funcionará às sextas, das 16h às 20h; e aos sábados e domingos, das 7h às 12h.

Deixe uma resposta