Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Ronaldo Cancão volta a cobrar comprometimento dos colegas vereadores: “Nós somos funcionários do povo”

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Ronaldo Souza, o Ronaldo Cancão (PTB) está na bronca com alguns colegas da Câmara de Vereadores. Há várias sessões o edil vem cobrando comprometimento dos companheiros da Casa Plínio Amorim, seja no cumprimento de horário, seja no respeito às falas na Tribuna Livre.

LEIA TAMBÉM:

Ronaldo Cancão critica comportamento de vereadores: “Se não quer ouvir, saia”

Na quinta-feira (8) Cancão voltou a criticar alguns companheiros, dessa vez sobre o horário de chegada dos edis ao plenário durante as sessões. “Fiz um comentário sobre o horário das reuniões e queria dizer aos vereadores que às vezes esquecem até de ler a lei. Não tem tolerância a partir de 9h, foi aprovado pelos vereadores, inclusive tem vereador que votou na época. Aqui é meu emprego, eu tenho obrigação de chegar de 9h, cada um sabe do seu compromisso e de sua obrigação”, destacou.

Em seguida, Cancão questionou a Mesa Diretora por iniciar as sessões sem quórum. “Não se abre sessão sem 1/3 dos vereadores. Estão abrindo com oito vereadores, está errado. A reunião só pode ser aberta com no mínimo 12, está aqui no Artigo 19”, pontuou.

O vereador foi mais firme ainda e falou para a plateia presente: “Nós somos funcionários do povo”. Segundo Cancão essa atual legislatura continua repetindo os mesmos erros das passadas em desrespeitar o horário. Ronaldo Silva (PSDB) foi mais enfático e sugeriu a implantação de um ponto eletrônico para todos.

A bronca de Cancão veio após a audiência pública de terça-feira (6), quando a secretária de Saúde veio à Câmara para prestar contas e apenas quatro edis ficaram até o final.

Deixe uma resposta