Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Secretaria de Educação de Pernambuco afirma que está buscando meios para combater invasões a escolas

(Foto: Reprodução)

Mais cedo publicamos no Blog uma matéria sobre a onda de violência contra duas escolas estaduais em Petrolina. Na segunda-feira (29), vândalos arrombaram Escola Simão Durando, no bairro Rio Corrente e na manhã dessa quarta-feira (2), a direção da Escola Raulino Sampaio, no Vale do Grande Rio registrou mais um Boletim de Ocorrência sobre uma invasão durante o feriado.

LEIA TAMBÉM:

Criminosos arrombam escolas de Petrolina e provocam medo nas comunidades do Rio Corrente e Vale do Grande Rio

A Secretaria de Educação enviou uma nota esclarecendo a situação das duas escolas. De acordo com o Governo de Pernambuco, a ação no bairro Vale do Grande Rio resultou no roubo de equipamentos como ventiladores, micro-ondas, tablets, computadores e aparelhos de televisão. As aulas precisaram ser suspensas hoje.

Já no Rio Corrente, nenhum material foi levado, no entanto os criminosos danificaram materiais utilizados pelas equipes. Segundo a Educação, estratégias de segurança estão sendo elaboradas com a equipe de patrulha escolar. Confira a íntegra da nota:

Nota

Em resposta ao Blog Waldiney Passos sobre o arrombamento da Escola Estadual Raulino Sampaio, localizada em Petrolina, Sertão do São Francisco pernambucano, a Secretaria de Educação do Estado informa que, na manhã desta quarta-feira (2), a gestão da escola registrou um boletim de ocorrência na delegacia da região. Foi constatada, em um breve levantamento dos materiais roubados, a ausência de ventiladores, micro-ondas,tablets, computador e TVs. A escola possui sistema de segurança eletrônica. Uma equipe de engenharia foi enviada ao local para fazer alguns reparos na estrutura da escola e, principalmente, na finalização do muro. A coordenação da Patrulha Escolar da localidade participou de uma reunião com a gestora da unidade de ensino para direcionar meios que façam com que esse tipo de evento não volte a acontecer. Em relação às aulas, nesta quarta-feira (2) estão suspensas.

Já sobre o arrombamento ocorrido no último domingo (29), na Escola Professor Simão Amorim Durando, em Rio Corrente, a pasta informa que os criminosos não levaram nenhum objeto da unidade de ensino. Porém, danificaram alguns produtos como: computador, projetor, portas e janelas. Uma equipe de engenharia está no local fazendo reparos na estrutura da instituição. A escola que conta com sistema de segurança eletrônica faz parte do itinerário da Patrulha Escolar. Na manhã desta quarta-feira (2), a gestão da escola contatou o coordenador da patrulha para informar o ocorrido e traçar estratégias para que o fato não ocorra novamente. As aulas seguem normais.     

Deixe uma resposta