Seculte rebate denúncia sobre contratação de Raimundinho do Acordeon apresentando retificação feita no Diário Oficial do Município

(Foto: Ascom/PMJ)

Uma polêmica envolvendo o músico Raimundinho do Acordeon e a prefeitura de Juazeiro (BA), ganhou os noticiários da região nesta terça-feira (30). A confusão se deu, após uma denúncia informar que o artista teria sido contratado para a Marcha para Jesus, sendo que o mesmo não se apresentou no evento.

LEIA TAMBÉM:

Raimundinho do Acordeon nega contrato para Marcha de Jesus em Juazeiro

Hoje, Raimundinho negou a contratação. Ele afirmou que foi contratado pela prefeitura municipal para se apresentar apenas no dia 13 de julho, durante as comemorações do aniversário de Juazeiro.

Em nota, a Prefeitura de Juazeiro rebateu a denúncia, e esclareceu a confusão, criada a partir de um equívoco, como afirma a SECULTE:

“A Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes esclarece que trabalha de forma legal e transparente. Diante disso, informa que a publicação no Diário Oficial, ocorrida dia 10 de julho, foi retificada no dia seguinte, no Art.25, inciso III e caput da Lei 8.666/93, assim que se verificou o equívoco quanto à contratação do artista Raimundinho do Acordeom, que foi contratado para tocar no Festival da Cidade, durante comemorações do aniversário de Juazeiro. Sua apresentação aconteceu no dia 13 de julho, na Orla II da cidade.”

Deixe uma resposta