Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Sesc Petrolina promove debate com escritores neste sábado; acesso é gratuito

O encontro com os escritores Cidinha da Silva, da Bahia, e André Sant’Anna, do Rio de Janeiro, acontecerá nesta sábado (28) no Sesc Petrolina em dois horários. Um às 15h e outro às 19h, ambos mediados pela educadora Selma Vieira, com acesso é gratuito do público. O bate-papo tem como foco a produção literária dessa dupla.

O evento faz parte do projeto nacional Arte da Palavra dentro do Circuito de Autores do Sesc, voltado à valorização e divulgação de quem produz essa arte no país e de suas obras. “O Arte da Palavra promove a circulação de autores pelos diferentes estados do Brasil, proporcionando a troca de experiências. A cidade receberá oito circuitos este ano, sendo esse o segundo”, explica a professora de Literatura do Sesc Petrolina, Ariane Samila Rosa.

Cidinha, autora de 14 livros, é prosadora e dramaturga. Os seus títulos mais recentes são “Um Exu em Nova York” e “O homem azul do deserto”. Escreve crônicas, contos, poesias, literatura infantil, além de romances e quadrinhos. Têm textos traduzidos para o inglês, francês, espanhol e italiano.

Já André Sant’Anna, além de escritor, é roteirista, publicitário e músico. É autor da trilogia “Amor” e “Sexo e Amizade”. O estilo debochado e irreverente são as principais características identificadas em suas obras, como “O paraíso é bem bacana” e “O Brasil é bom”.

Arte da Palavra – Rede Sesc de Leituras – o projeto foi lançado em março de 2017 para atuar em toda a cadeia da literatura, incluindo a formação e a divulgação de novos autores, a valorização das novas formas de produção e fruição literária, estimulando a divulgação de autores nas suas diferentes formas de manifestações, a fim de promover o intercâmbio de artistas e a formação de leitores, possibilitadas pela emergência de discursos periféricos e a utilização de novas tecnologias.

Três tipos de circuito compõem o projeto: Autores, voltado para a valorização e divulgação de autores; Oralidade, com apresentações em que a oralidade é privilegiada, voltado para contadores de histórias, saraus e apresentações que mesclam poesia com outras manifestações artísticas; e Criação Literária, com oficinas literárias de diferentes temáticas para o exercício da prática da escrita literária e formação de leitores com maior bagagem literária.

Deixe uma resposta