Incêndio que destruiu caatinga está controlado, afirma Defesa Civil de Abaré

Foram quase 13 horas de combate às chamas (Foto: Reprodução)

O incêndio que começou na tarde da última quinta-feira (24) Projeto de Irrigação Pedra Branca, em Abaré (BA), foi controlado pela madrugada. Segundo a Defesa Civil do município, as equipes conseguiram apagar as chamas por volta de 3h da manhã dessa sexta-feira (25).

Foram quase 13 horas de combate às chamas. Ainda não é possível saber a área total destruída, mas a Defesa Civil estima que pelo menos 10 hectares da caatinga – o correspondente a 10 campos de futebol – tenham sido destruídos devido ao fogo.

O combate reuniu uma força-tarefa com bombeiros militares de Jacobina e Paulo Afonso, além de voluntários de outras cidades. Pelo menos cinco ovelhas que estavam em uma propriedade rural morreram no incêndio. Até o momento não se sabe a causa das chamas. (Com informações do G1 Bahia).

Levantamento coloca prefeituras de Abaré e Remanso entre as maiores devedoras de INSS na Bahia

Prefeitura de Remanso é a segunda com maior rombo no INSS (Foto: ASCOM)

Um levantamento feito na Bahia apontou as prefeituras de Abaré e Remanso, cidades aqui da região entre as que mais somam dívidas ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A Previdência Social vem sendo amplamente discutida na Câmara dos Deputados, mas parte desse rombo está nos estados e municípios.

De acordo com o Bahia Notícias, 40 municípios baianos e quatro Câmaras de Vereadores acumulam aproximadamente R$ 360 milhões ao INSS. Barra da Choça está em primeiro lugar. A cidade com mais de 34 mil habitantes deve mais de R$ 56 milhões à Previdência.

Já a Câmara Municipal, outros R$ 319 mil na dívida que cresceu R$ 6 milhões somente nos dois últimos anos. Os dados foram obtidos juntamente à Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN). Remanso é a terceira cidade na lista, com déficit de R$ 39 milhões e Abaré, 25º.

LEIA MAIS

Mais de 24 mil pés de maconha são erradicados na Operação Facheiro III, no Sertão de Pernambuco

(Foto: Divulgação/Polícia Militar)

Policiais militares e federais realizaram na manhã do último domingo (7) mais uma fase da Operação Facheiro III. As equipes da 2ª CIPM em apoio com a PF erradicaram mais quatro plantios da erva Cannabis sativa na Ilha Redonda, localizada entre Orocó (PE) e Abaré (BA).

LEIA TAMBÉM:

Plantação de maconha é erradicada durante Operação Facheiro III, em Orocó

Segundo a PM, nas quatro roças estavam sendo cultivadas 24.447 pés de maconha em 7.049 covas. Uma sementeira com 3.300 pés da erva também foi erradicada durante a ação. Uma pequena quantia da droga foi encaminhada à Delegacia da Polícia Federal em Salgueiro (PE), onde foi registrada a ocorrência.

Durante o final de semana as polícias erradicaram mais de 30 mil pés de maconha, apenas na região citada na matéria. Nas duas ações ninguém foi preso.

Operação conjunta das Polícias Militar e Federal erradica mais de 15 mil pés de maconha entre Orocó e Abaré

(Foto: Divulgação/PM)

Durante a Operação Fase Precursora Facheiro III, realizada no último sábado (6), a Polícia Militar através do GATI da 2ª CIPM em conjunto com a Polícia Federal, erradicaram três plantios de maconha, localizados na Ilha do Coité, entre as cidades de Orocó (PE) e Abaré (BA).

De acordo com informações da Polícia, a droga foi encontrada, após levantamento feito pelas equipes do NIS 3 e Equipe Precursora Drone da Polícia Federal. No local haviam cerca de 5.180 covas que continham 15.540 pés de maconha.

Todo o plantio foi erradicado e incinerada no local. Uma amostra do material apreendido foi apresentado na Delegacia de Polícia Federal de Salgueiro (PE).

Abaré: presidente da Câmara é denunciado por irregularidade em contratações

Adiel Paiva é presidente da Câmara de Vereadores (Foto: Reprodução/Facebook)

A polícia de Abaré, município localizado na divisa entre Bahia e Pernambuco voltou a ser destaque no noticiário. Depois da celeuma envolvendo a cassação do prefeito, agora é o presidente da Câmara de Vereadores que está sendo denunciado na Justiça.

Na terça-feira (25) o Tribunal de Contas do Município da Bahia (TCM-BA) denunciou Adiel Paiva por irregularidades em cinco licitações. Os processos foram todos classificados na modalidade Convite”, totalizando R$ 164.730,00.

O relator do processo, conselheiro substituto Antônio Emanuel de Souza, determinou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual contra o gestor para que seja apurada a prática de ato de improbidade administrativa.

LEIA MAIS

Cipe Caatinga erradica 1,5 toneladas de maconha em Abaré

Droga foi encontrada e destruída no final de semana (Foto: SSP-BA/Divulgação)

Uma plantação de 3,2 mil pés de maconha foi erradicada pela Polícia Militar da Bahia, em Abaré, na divisa com Pernambuco, no domingo (5). Equipes da Cipe Caatinga receberam uma denúncia anônima sobre a plantação que vinha sendo cultivada em uma propriedade.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), três homens que vigiavam a plantação conseguiram escapar. Até o momento o trio não foi localizado. Os 3,2 mil pés de maconha equivalem a 1,5 tonelada da droga, que era cultivada em 900 covas.

Ainda de acordo com a polícia, a plantação tinha entre 1,50 cm e 1,90cm de altura. A plantação foi incinerada e uma pequena quantia foi recolhida e apresentada à Delegacia Territorial de Abaré. (Com informações do Bahia Notícias).

Abaré: presidente da Câmara arquiva processo contra prefeito

Chegou ao fim a briga política entre vereadores de Abaré (BA) e o prefeito Fernando Tolentino (PT). Depois de conseguir mais uma decisão da Justiça favorável a sua manutenção no cargo, o gestor teve mais uma vitória. No domingo (31) o presidente da Câmara de Vereadores, Adiel Silva arquivou os processos contra Tolentino.

Em nota, Adiel afirma que se “faz necessário estabelecer a paz no município e restabelecer as relações republicanas entre Legislativo e Executivo, e sem sobrecarregar o judiciário”. O processo de afastamento de Tolentino teve início em janeiro desse ano.

LEIA TAMBÉM:

Justiça determina afastamento do prefeito de Abaré

Sessão extraordinária discute cassação de mandato do prefeito de Abaré

Tiro sai pela culatra e prefeito de Abaré é mantido no cargo

Após Câmara de Vereadores cassar mandato de Fernando Tolentino, vice-prefeito assume Prefeitura de Abaré

Na primeira cassação feita pela Câmara, Tolentino foi até o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), quando conseguiu a primeira decisão favorável a sua manutenção. Em março o processo voltou a ser discutido pelos edis e com a nova vitória do prefeito, os vereadores optaram por recuar.

Leia a seguir a justificativa dada pelo presidente da Câmara de Abaré para o arquivamento:

LEIA MAIS

Justiça determina afastamento do prefeito de Abaré

A Quarta Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) decidiu afastar o prefeito de Abaré (BA), Fernando Tolentino (PT) do cargo. A decisão publicada nessa segunda-feira (25), no Diário da Justiça e atende ao pedido judicial feito pelo presidente da Câmara de Vereadores, Adiel Paiva (PSD).

LEIA TAMBÉM:

Sessão extraordinária discute cassação de mandato do prefeito de Abaré

Os vereadores queriam que vigorasse o resultado da sessão do dia 2 de março, que cassou o mandato de Tolentino. Nesse mesmo dia o prefeito voltou ao cargo após recorrer à Justiça, sendo atendido via mandado de segurança pelo juiz Martinho Ferraz da Nóbrega Júnior, da Comarca de Paulo Afonso.

À época, Tolentino alegou que não foi lhe dado o amplo direito de defesa, tese contrariada pelos vereadores oposicionistas. O agora prefeito afastado é acusado de manter o pagamento do aluguel de um imóvel abandonado por mais de um ano, com valor pago mensalmente de R$ 8,6 mil. (Com informações do Bahia Notícias).

Paulo Afonso: policiais são presos suspeitos de contratar pistoleiros para matar PMs

Uma operação realizada pela Polícia Militar de Paulo Afonso (BA) terminou com a prisão de outros três policiais. Eles são suspeitos de contratar pistoleiros para matar dois PMs. A Operação Navalha na Carne foi deflagrada no sábado (23) e deu cumprimento a mandados também de busca e apreensão.

Os policiais presos são lotados no 20º BPM. Eles planejavam a morte de dois companheiros de corporação. Os suspeitos foram presos em Paulo Afonso e Abaré, também na Bahia.  Os mandados foram solicitados pelo Ministério Público, através do Promotor de Justiça Dr. Leonardo de Almeida Bitencourt.

A operação resulto em buscas nas residências de dois cabos lotados em Paulo Afonso, um sargento e um radialista em Abaré. Foram apreendidas duas espingardas calibre 12, uma espingarda de fabricação artesanal, três pistolas calibre. 40, um revólver calibre .38, um revólver calibre .22; 35 munições calibre 12; 168 munições calibre .40; 65 munições calibre .380; 03 munições calibre 9mm; 03 munições calibre 7.62; 06 cartuchos .32; R$ 5.440,00 em dinheiro; R$ 2.700,00 em cheques; R$ 5.880,00 em promissórias; 04 pedras de crack; 08 trouxinhas de cocaína; 01 cigarro de maconha; um veículo Fiat Palio, cor branca, que seria utilizado como parte do pagamento aos executores do crime; 03 canivetes e 03 balaclavas, além de fardamentos e acessórios militares.

Na casa do radialista a PM apreendeu diversos aparelhos celulares. Todo material foi recolhido e entregue às Polícias de Abaré e Paulo Afonso, onde as ocorrências foram registradas.

Chuva e ventos fortes: teto de posto de combustível desaba no distrito de Ibó, em Abaré

Teto de posto de combustível desaba no distrito de Ibó em Abaré (Foto: Reprodução/ WhatsApp)

A chuva e os fortes ventos que surpreenderam a população de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA), no início da tarde desta segunda-feira (28), atingiram também a cidade de Abaré (BA). No distrito de Ibó, zona rural do município, o teto de um posto de combustível desabou.

Uma foto está circulando nas redes sociais como sendo de um posto de gasolina de Juazeiro ou de Petrolina. Porém, a produção do Blog Waldiney Passos entrou em contato com o estabelecimento e apurou que o fato aconteceu no distrito de Ibó.

A gerência do posto disse que não estava autorizada a passar maiores detalhes do ocorrido. Ainda não se sabe se alguém ficou ferido, nem o o valor do prejuízo.

Tiro sai pela culatra e prefeito de Abaré é mantido no cargo

TJ-BA anula posse de vice e recoloca prefeito de Abaré, Fernando Tolentino (PT), no cargo

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) recolocou Fernando Tolentino (PT) no cargo de prefeito da cidade de Abaré. Em decisão tomada ontem (9), o juiz substituto Manuel Carneiro Bahia de Araújo reconsiderou uma liminar proferida durante o Plantão Judiciário de Segundo Grau.

A liminar desfavorável a Tolentino foi concedida a pedido de Ana Paula Lima e Adiel Paiva, vereadores de Abaré que votaram a favor da saída do prefeito do cargo em sessão realizada na Câmara da cidade nesta terça (8). O vice-prefeito, Kaká de Eulina, chegou a tomar posse do cargo

A população recebeu com festa a notícia do retorno do prefeito Fernando Tolentino (PT). Tão logo noticiou-se a decisão da Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, que determinou o retorno imediato do gestor às funções, pouco mais de 10 (dez) horas da manhã desta quarta-feira, a movimentação já era intensa em frente ao prédio da Prefeitura Municipal. Simpatizantes, amigos e correligionários de Fernando, além de integrantes da gestão se aglomeravam festejando o resultado que levou de volta o gestor à frente dos destinos do município.

Após Câmara de Vereadores cassar mandato de Fernando Tolentino, vice-prefeito assume Prefeitura de Abaré

Cassação de Tolentino e posse de vice acontecem ontem (Foto: Reprodução/Internet)

Oito dos 11 vereadores de Abaré (BA) votaram pela cassação do mandato do prefeito Fernando Tolentino (PT), em sessão realizada na terça-feira (8). Tolentino era acusado de alugar imóveis em ruínas, causando prejuízo ao erário público. O fato chegou ao conhecimento do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA) e em novembro de 2018 a denúncia contra o agora ex-prefeito foi parar na Câmara de Abaré.

Acusações

Segundo a denúncia o gestor cometeu irregularidades previstas no Decreto Lei nº 201/67, em especial nos Artigos 1º e 4º, onde Tolentino é acusado de usar “indevidamente, em proveito próprio ou alheio, de bens, rendas ou serviços públicos” e “desviar, ou aplicar indevidamente, rendas ou verbas públicas”; como também “omitir-se ou negligenciar na defesa de bens, rendas, direitos ou interesses do Município sujeito à administração da Prefeitura”.

Posse do vice

Após a cassação, a Câmara promoveu na tarde de ontem a posse do de Kaká de Eulina, que de vice passou a ocupar o cargo de prefeito. O Blog entrou em contato com a Prefeitura de Abaré em busca de informações sobre o futuro do município com essas mudanças, mas não tivemos retorno. Não conseguimos contato com Tolentino.

Polícia encontra 30 mil pés de maconha em Abaré

(Foto: SSP-BA/Divulgação)

A Polícia Civil de Abaré (BA) localizou uma plantação com aproximadamente 30 mil pés de maconha na zona rural do município. De acordo com a secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), denúncias anônimas levaram as autoridades até o local.

A erva estava sendo cultivada por um suspeito identificado como Tony, que está foragido. José Arimateira Lucas Caldas, de 38 anos também estaria envolvido no crime de tráfico e foi preso em flagrante.

De acordo com o comandante do 20º Batalhão da Polícia Militar, Carlos Humberto, há dois meses não era registrada esse tipo de ocorrência na região. Toda a plantação foi incinerada.

Com informações de A Tarde

Abaré: Polícia erradica plantação de maconha avaliada em R$ 9 milhões

Apreensão é uma das maiores registradas esse ano. (Foto: Divulgação/SSP-BA)

Na manhã deste sábado (18), a Polícia Militar erradicou nove toneladas de maconha em uma plantação em Abaré (BA). De acordo com estimativa da Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), a droga estava avaliada em R$ 9 milhões. Os policiais chegaram ao local após uma denúncia.

“A roça com mais de 18 mil pés da erva foi plantada, no povoado de Ibozinho, ao lado do rio São Francisco, o que facilitava o cultivo e irrigação. O proprietário não foi localizado e segue sendo procurado. Os policiais incineraram os pés do entorpecente e registraram o caso na Delegacia Territorial de Abaré”, afirmou a SSP-BA, em nota. A droga foi incinerada.

LEIA MAIS

Bandidos armados explodem agência bancária em Abaré

(Foto: Arquivo Pessoal)

Um grupo de criminosos explodiu a única agência bancária da cidade da Abaré (BA) nessa sexta-feira (29). Segundo a Polícia Civil, entre 10 e 15 homens participaram da ação que durou aproximadamente 40 minutos.

A agência do Banco Bradesco foi invadida durante a madrugada pelos criminosos que conseguiram levar todo o dinheiro do cofre. Durante a fuga houve troca de tiros com a polícia e o grupo conseguiu fugie pelo rio sentido Pernambuco.

Até o momento não há informações de feridos e da quantia levada pelo grupo. Dois veículos foram incendiados pelos bandidos durante a fuga.

12