Acidentes de trânsito com menores geram 9,8 mil indenizações este ano

(Foto: Agência Brasil)

Entre janeiro e setembro deste ano, acidentes de trânsito geraram indenizações para 9.865 crianças e adolescentes de até 17 anos. O levantamento é de uma seguradora, responsável pelo Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT), benefício a que todos os brasileiros têm direito quando se acidentam em território nacional.

Segundo a pesquisa, que contabiliza apenas quem pediu a indenização, foram 36 crianças e adolescentes acidentados por dia este ano. Entre os casos, 70% são indenizações por invalidez, pagas quando há sequelas permanentes nas vítimas. Das 9.865 indenizações nesta faixa etária, 1.461 foram por morte no trânsito.

LEIA MAIS

“O que vai ser preciso?”, questiona morador que flagrou atropelamento de estudante no Centro de Petrolina

Aluna foi atropelada mesmo atravessando na faixa (Foto: Blog Waldiney Passos)

Semana passada o Blog mostrou o flagra de um atropelamento na Rua Joaquim André, Centro de Petrolina. Uma estudante de um colégio particular estava na faixa de pedestres quando foi atingida por um veículo que fugiu sem prestar socorro. De acordo com moradores da região, a rotina de acidentes é constante.

Nessa semana nossa produção visitou a rua e conversou com um morador. Segundo Jadir Carvalho, que cresceu na localidade e forneceu a imagem do acidente ao Blog, é difícil lembrar quando não há alguma ocorrência de trânsito na rua citada.

LEIA TAMBÉM:

Flagrante de atropelamento no Centro de Petrolina deixa população em alerta; moradores da região cobram providências

“Nos cruzamentos há sete postes que causam pontos cegos aos motoristas e pedestres. Do lado da casa da minha mãe eu instalei câmeras e temos flagrados acidentes de atropelamento, batida de carro e queda de motos. A rua proporciona uma alta velocidade, podendo causar acidente a todo momento”, contou Jadir.

LEIA MAIS

Primeiro final de semana de maio é marcado por acidentes de trânsito na região

Primeiro final de semana de maio foi trágico (Foto: Reprodução/WhatsApp)

A noite de sábado (4) na região foi marcada por acidentes automobilísticos envolvendo motociclistas. No bairro Vila Eduardo, em Petrolina, um homem pilotava uma moto quando, segundo testemunhas, foi atingido por outro motociclista.

A vítima teve um ferimento na perna e precisou aguardar a chega do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) no chão. Nossa produção não conseguiu mais informações sobre o acidente, mas seguimos apurando o caso.

Mortes na Bahia

Já na Bahia, as ocorrências foram mais graves. Em Santana do Sobrado, interior de Casa Nova um trabalhador rural que transitava pela pista em uma motocicleta morreu no local. Ainda não se sabe se o condutor teria colidido em alguém ou caiu sozinho.

E em Juazeiro um ciclista foi atropelado e morto por um motociclista na via de acesso ao Juazeiro IV. O condutor da moto fugiu sem prestar socorro. O Blog continua em contato com as polícias em busca de novidades.

Serra Talhada registra dois acidentes com vítimas fatais na BR-232

Três pessoas morreram em acidentes na cidade de Serra Talhada (Foto: Blog Didi Galvão/Reprodução)

O final de semana que começou com acidentes de trânsito na região terminou com mais duas colisões que tiveram vítimas fatais. Por volta das 17h50 de domingo (10) uma Parati colidiu com um caminhão na BR-232, no km 432,9 em Serra Talhada (PE).

LEIA TAMBÉM:

Final de semana tem acidentes com vítimas fatais em Petrolina e Sobradinho

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o carro seguia viagem sentido a capital pernambucana, quando tentou ultrapassar um outro carro e colidiu na traseira do caminhão que estava parado no acostamento. Duas pessoas que estavam na Parati morreram no local, mais três ocupantes da Parati ficaram feridas. Ainda segundo a PRF, o condutor do caminhão não se feriu.

Mais cedo, por volta de 11h45 outro grave acidente foi registrado na BR-232, dessa vez no km 432,8. Uma Toyota Hilux seguia para o interior e colidiu frontalmente com um ônibus que ia para a capital. O condutor do carro de passeio, um homem de 30 anos morreu no local.

Audiência pública na Câmara discutirá prevenção aos acidentes de trânsito em Petrolina

(Foto: Reprodução/G1)

O número de acidentes com motociclistas em Petrolina preocupa as autoridades e para tentar encontrar soluções para esse problema a Câmara de Vereadores deverá realizar ainda nesse mês uma audiência pública sobre o tema. O debate foi proposto por Paulo Valgueiro (MDB), líder da oposição.

Valgueiro levou sua demanda a público na sessão de quinta-feira (6) através de um Requerimento verbal, aprovado por 20 votos a zero, juntamente com as Indicações dos edis. “Que a gente realize no próximo dia 18 de dezembro uma audiência pública para tratar da questão dos acidentes de trânsito no município de Petrolina, está uma epidemia”, disse o vereador.

Para o líder da bancada oposicionista é necessário discutir o tema com a Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA), Polícia Rodoviária Federal (PRF), 2º Batalhão Integrado Especializado (2º BIEsp) onde está lotado o batalhão de trânsito da PM e outras instituições voltadas ao trânsito.

“[Com essa audiência pública] que a gente possa dar nossa colaboração para reduzir esse número de acidentes, esses números são nunca vistos em Petrolina”, finalizou.

Inscrições para passeio ciclístico do ‘Maio Amarelo’ em Petrolina estão abertas

Os petrolinenses adeptos do ciclismo terão um motivo a mais para pedalar no próximo dia 27 de maio. Nesta data, a Prefeitura de Petrolina realizará um evento para incentivar a prática esportiva e também alertar sobre as ações da campanha ‘Maio Amarelo’, que chama atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito.

O passeio, coordenado pela Autarquia Municipal de Mobilidade (AMMPLA), marcará o encerramento da campanha que, desde o início do mês, vem promovendo diversas ações educativas na cidade através de blitz e palestras.

De acordo com o gerente de educação no trânsito de Petrolina, Jilmar Barros, a expectativa é que mais de 300 pessoas participem do passeio ciclístico. “O Maio Amarelo tem um efeito positivo sobre as pessoas, de alguma forma, os condutores se sentem tocados pela ação e esperamos um grande número de participantes. Nós já recebemos diversas inscrições, e a expectativa é que até o dia do evento, mais de trezentas pessoas se inscrevam”, disse.

Os interessados em participar já podem garantir a vaga fazendo a inscrição das 7h às 13h na sede da AMMPLA, que fica na Rua José Pessoa, bairro Caminho do Sol.

É preciso levar 2 quilos de alimentos não perecíveis, os quais serão doados a uma instituição de caridade de Petrolina. O passeio ciclístico começará às 8h, saindo da Orla de Petrolina em direção à Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio e à Avenida São Francisco, no bairro Areia Branca. O percurso termina no River Shopping, onde os participantes poderão concorrer ao sorteio de bicicletas.

Ações do “Maio Amarelo” terão maior foco na zona rural de Petrolina para chamar atenção para educação no trânsito no interior

(Foto: ASCOM)

Por ocasião do “Maio Amarelo”, serão realizadas diversas atividades no município de Petrolina (PE), a partir do próximo mês, para alertar os motoristas para a educação no trânsito. As ações visão chamar a atenção da sociedade para o alto índice de acidentes de trânsito.

Este ano, as atividades terão um foco maior na zona rural, onde se tem percebido um grande número de acidentes, principalmente com motos. Serão realizadas blitz educativas e palestras em escolas e associações de moradores. A programação contará ainda com apresentações em empresas, autoescolas, e associação de mototaxistas na zona urbana.

As atividades a serem realizadas, foram discutidas durante uma reunião nesta quinta-feira (26), entre a Secretaria de Saúde, membros do Conselho Municipal de Saúde, da VIII Gerência Regional de Saúde e da Federação das Associações de Moradores do município de Petrolina.

“A nossa preocupação em reduzir os números de acidentes de trânsito é diária, mas aproveitaremos o Maio Amarelo, campanha de âmbito nacional, objetivando educar ainda mais a população. Educação no trânsito é o primeiro passo para a criação de cidadãos conscientes”, diz a secretária executiva de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro.

Fórum apresenta redução no número de acidentes de trânsito em Petrolina

(Foto: Ilustração)

Durante o I Fórum de Vigilância em Saúde do Sertão do São Francisco, nesta sexta-feira (17), foram apresentados dados acerca de violência no trânsito em Petrolina. Nos primeiros nove meses, os números de acidentes e de óbitos no trânsito, contou com 102 ocorrências a menos que no mesmo período de 2016.

No período de janeiro a setembro deste ano, Petrolina registrou 4.456 Acidentes por Transporte Terrestre (ATT). Desse total, 3.265 envolveram motocicletas. Já no mesmo período do ano passado, foram 4.558, ou seja, houve uma redução de 102 casos. Com relação ao número de óbitos, neste ano foram 70 mortes contra 83 no mesmo período do ano passado.

“Hoje os acidentes são considerados um problema de Saúde Pública, gerando um custo muito alto para os hospitais e todo o Sistema Único de Saúde. Petrolina registra atualmente, em média, 400 acidentes por mês, do total, cerca de 75% correspondem a acidentes de moto. Desde o começo do ano lançamos o projeto Vida no Trânsito para a conscientização dos motoristas. Graças a Deus, com as ações do projeto e outras ações intersetoriais já podemos vislumbrar resultados positivos”, ressaltou a secretária executiva de vigilância em saúde, Marlene Leandro.