Celpe alerta para riscos de acidentes e interrupções de energia provocados por pipas

(Foto: Ilustração)

Mês de férias escolares, em julho já são registrados ventos de maior intensidade. Nesse período, as brincadeiras com pipas são mais comuns. No entanto, a atividade recreativa pode se tornar perigosa, especialmente se ocorrer próxima à rede elétrica. A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) reforça o alerta para os riscos de acidentes e interrupções no fornecimento de energia.

O perigo de empinar pipas próximo de rede elétricas é acentuado pelo uso do cerol aplicado à linha, que se torna um condutor por conter raspas de vidro e pó metálico adicionado à cola. O produto aumenta o risco de choque elétrico. Por ser condutor de energia, o cerol acaba energizando a linha em contato com a rede elétrica. As pipas também, ao se enroscarem nos fios elétricos, podem provocar curto-circuito, ocasionando, inclusive, o rompimento de cabos.

LEIA MAIS

Férias escolares: Celpe alerta para prevenção de acidentes domésticos envolvendo energia elétrica

(Foto: Ilustração)

A curiosidade das crianças pode levá-las a algumas situações perigosas, principalmente no período de férias escolares, quando elas ficam mais tempo em casa. Para minimizar os riscos com a energia elétrica, a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), empresa da Neoenergia, recomenda atenção redobrada dos pais ou responsáveis para prevenir e evitar acidentes domésticos, e também alerta para alguns cuidados que garantem a segurança dos pequenos e tranquilidade dos adultos.

Mais expostas ao uso da energia elétrica e contato com aparelhos eletroeletrônicos, as crianças não tem como avaliar os riscos na hora de recarregar celulares, tablets e notebooks. Sendo assim, a primeira ação, e a mais básica, é mantê-las longe de tomadas, fios e aparelhos elétricos. No caso de tomadas, devem ser utilizados protetores para que não sejam introduzidos objetos metálicos, caso muito comum devido à curiosidade das crianças. Usar o “T” (benjamim) e extensões de maneira definitiva também é perigoso, além de sobrecarregar as tomadas, pode causar curtos circuitos e incêndios.

Equipamentos eletrônicos como videogames e computadores somente devem ser ligados ou desligados da tomada por um adulto, sempre utilizando o plugue e jamais puxando diretamente o fio. A fiação, inclusive, deve estar em perfeitas condições. Se o cabo apresentar algum desgaste no isolamento, o aparelho não deve ser conectado à tomado, caso contrário pode representar perigo de choque elétrico.

LEIA MAIS

Flagrante de atropelamento no Centro de Petrolina deixa população em alerta; moradores da região cobram providências

De acordo com moradores da Avenida Joaquim André, no Centro de Petrolina, nos últimos meses a ocorrência de acidentes na via tem crescido desenfreadamente. Segundo Jadir Carvalho Costa, que enviou para o Blog Waldiney Passos o flagrante de um atropelamento ocorrido ontem (30), a população corre risco ao trafegar pela referida Avenida.

“A Avenida Joaquim André está um perigo. Semana passada aconteceu uma batida de carro. Ontem [30] aconteceu um atropelamento de uma criança na faixa de pedestre. Ela quebrou o pé. E hoje [31] um rapaz caiu de moto que quase bate em uma carro”, relatou Jadir Carvalho.

LEIA MAIS

Alta incidência de acidentes de trânsito será tema de audiência pública hoje na Câmara Municipal de Petrolina

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Atendendo solicitação do vereador Paulo Valgueiro (MDB), a Câmara Municipal de Petrolina realiza na sessão desta terça-feira (18), uma audiência pública para discutir a alta incidência de acidentes automobilísticos de trânsito com o aumento do número de vítimas envolvendo motociclistas, bem como debater as políticas existentes sobre o tema e os custos sociais decorrentes.

Foram convidados para a plenária as seguintes autoridades:

Prefeito Municipal de Petrolina – Miguel de Souza Leão Coelho

Diretor-Presidente da Autarquia Municipal de Mobilidade – Ammpla – Edilson Leite

Secretária Municipal de Saúde – Magnilde Albuquerque

LEIA MAIS

Por conta da chuva, prefeitura inicia ação preventiva nas escolas municipais de Petrolina

(Foto: ASCOM)

Preocupada com o alto volume de chuvas que caiu na cidade nos últimos dias, a Prefeitura de Petrolina, através de uma equipe de infraestrutura da Secretaria Municipal de Educação numa ação preventiva está visitando as unidades da Rede municipal para realizar levantamentos dos possíveis danos causados.

Fruto dessa visitação, o Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Irmã Viana, no bairro Jardim Amazonas, por exemplo, já teve uma sala interditada para que os devidos reparos fossem feitos. A ação evitará possíveis acidentes aos alunos e professores.

De acordo com secretário executivo de Gestão e Infraestrutura, Oscar Gama, a equipe vai continuar fazendo as intervenções que forem necessárias. “Ainda existe previsão de mais dias de chuva. Estamos fazendo um levantamento e verificando se precisam de reparos. Nossa gestão está preocupada com essa situação, por isso não estamos medindo esforços para atender às demandas o mais breve possível. Os gestores e pais podem ficar tranquilos que estamos trabalhando muito para solucionar os problemas”, pontua Oscar.

Fórum reúne especialistas e discute acidentes terrestres em Petrolina

(Foto: ASCOM)

Com objetivo de destacar os cuidados com as imprudências no trânsito, a Prefeitura de Petrolina promoveu, durante este sábado (29), o Fórum ‘Acidentes de Trânsito’. Participaram do evento profissionais do trânsito, como motoristas e mototaxistas, além da sociedade civil em geral.

A ação, que foi uma parceria entre a Secretaria de Saúde e a Autarquia Municipal de Mobilidade Urbana (AMMPLA), apresentou os números de acidentes de trânsito terrestres em Petrolina e região; além das ações educativas do projeto “Vida no Trânsito”; bem como a atuação do Comitê Regional de Prevenção a Acidentes de Motos (CRPAM); segurança do trabalho e acidentes de transporte e o impacto na previdência.

De acordo com a secretária-executiva de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro, o fórum demonstra o quanto a educação no trânsito faz a diferença nos números de acidentes. “Nós percebemos que fazendo esses eventos, conseguimos sensibilizar uma grande quantidade de pessoas para que se atentem às questões de segurança e respeito no trânsito, o que auxilia na redução de acidentes”, finaliza.

Números do Seguro DPVAT mostram que homens se envolvem em mais acidentes de trânsito

(Foto: Internet)

No dia 15 de julho é celebrado o Dia Nacional do Homem. A data foi criada para reforçar a importância dos cuidados com a saúde, muitas vezes deixados de lado pelos homens. Os números divulgados pela Seguradora Líder, responsável pela administração do Seguro DPVAT, também comprovam a necessidade de conscientização no trânsito.

Segundo os dados, 75% das indenizações pagas por acidentes de trânsito no Brasil são para vítimas do sexo masculino. Apenas no ano passado, foram quase 384 mil indenizações pagas pelo DPVAT. Destas, a maior parte foi para homens entre 18 e 34 anos. Eles também representaram 82% das vítimas nos casos de acidentes com mortes.

De acordo com especialistas, normalmente, os homens se mostram mais impacientes ao volante e menos atentos às normas de trânsito. Assim, atitudes como o não uso dos equipamentos de segurança, abuso de ultrapassagens e utilização de aparelhos eletrônicos acabam se tornando frequentes causas de acidentes.

Dados do Denatran mostram que, dos 45 milhões de motoristas no Brasil, quase 30 milhões são do sexo masculino. Segundo os números, 71% dos acidentes no país são provocados pelos homens. Além disso, 70% das multas registradas são para motoristas do sexo masculino. Segundo o Censo do IBGE 2010, a população brasileira é composta por 49% de homens e 51% de mulheres.

LEIA MAIS

Imprudência dos motoristas é a principal causa de acidentes de trânsito

Com o fim do Carnaval e a divulgação do balanço da Operação de 2018 – realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em todo país – um dado chamou a atenção do inspetor-chefe da PRF em Petrolina, Paulo Lima. Segundo Lima, a falta de consciência dos motoristas ainda é um mau a ser combatido.

“O consumo exacerbado de bebidas produz um número muito grande de acidentes. Se você vai fazer ingestão de bebida alcoólica você não pode consumir” destacou o inspetor durante entrevista ao programa Revista da Tarde da quinta-feira (15), na Rádio Jornal Petrolina.

Dirigir sob o efeito de álcool é proibido pela legislação de trânsito, resulta em perda do direito de dirigir e 5 a 8 anos de reclusão. O excesso de velocidade e ultrapassagens proibidas também estão entre as principais causas de acidentes com vítima nas rodovias onde a PRF atua no Sertão.

Mesmo com o fim do feriado, algumas pessoas só pegarão a estrada nesse final de semana e o inspetor dá dicas para ter uma viagem segura. “Tudo se resume a planejar a viagem. O veículo tem que estar com os equipamentos de segurança em ordem, a criança precisa ser conduzida no seu equipamento de retenção a depender da idade. A orientação sempre é: se organize para conduzir o veículo” destaca Paulo Lima.

Prefeitura de Juazeiro articula instituição de Comitê Municipal de Prevenção aos Acidentes de Trânsito

(Foto: ASCOM)

Mudanças no comportamento dos motoristas, ciclistas e pedestres e, consequentemente, redução nas mortes e sequelas causadas por acidentes de trânsito. Essa é a meta do Comitê Municipal de Prevenção aos Acidentes de Trânsito Terrestre (CMPATT), que está sendo implantado em Juazeiro, sob a coordenação da Secretaria Municipal de Saúde (SESAU), através da Superintendência de Vigilância em Saúde.

A primeira reunião de articulação do Comitê aconteceu nessa terça-feira (09), na sede da SESAU e contou com a participação de representantes de todos os segmentos envolvidos: Secretarias Municipais de Saúde, Educação e Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade, Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT); Núcleos Regionais de Saúde e Educação; Polícias Rodoviária Estadual e Federal; Polícia Militar, Policia Civil, UNIVASF, 9º Grupamento de Bombeiros Militares, Representantes de Auto Escolas, DETRAN, Sindicatos dos Mototaxistas e Motociclistas e Conselho Municipal de Saúde.

Na ocasião, foram dados os primeiros passos para criação do Comitê, definidas as instituições que irão compor as 32 cadeiras, sendo 16 titulares e 16 suplentes. “Hoje apresentamos aos representantes das entidades envolvidas o que é o comitê, qual o seu objetivo, sua meta, seu plano de ações. Cada instituição agora deve indicar o seu representante titular e o suplente para que o Comitê seja instituído pelo prefeito Paulo Bomfim, através de Decreto que será publicado em Diário Oficial”, explica a Superintendente de Vigilância em Saúde, Tatiane Malta.

LEIA MAIS

Acidentes nas rodovias federais de Pernambuco aumentaram nas festas de fim de ano

O balanço foi divulgado nesta terça-feira (2) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). (Foto: divulgação/PRF)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou nesta terça-feira (2), o balanço da operação ano novo no estado de Pernambuco. Os números de acidentes e mortes nas estradas são maiores do que o mesmo período de 2016 para 2017.

O balanço total de final de ano, incluindo o período de Natal e Ano novo contabilizou o total de 124 acidentes, com 86 feridos e nove mortes. Em 2016, durante os dias 23 de dezembro de 2016 ao dia 1º de janeiro 2017, foram registrados o total de 109 acidentes, que deixaram 99 feridos e quatro pessoas mortas.

Dos três acidentes com vítimas fatais, dois foram atropelamento de pedestres. O primeiro ocorreu na madrugada da sexta-feira (29), na BR 407, em Petrolina, Sertão de Pernambuco. Um ciclista que estava cruzando a rodovia quando foi atropelado por um motorista não identificado, ele fugiu do local sem prestar socorro.

O segundo aconteceu na noite do sábado (30), na BR 232, em Vitória de Santo Antão, Zona da Mata Pernambucana, o pedestre estava atravessando a rodovia quando foi atropelado, o homem morreu no local e o motorista do veículo, evadiu-se sem prestar socorro à vítima.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) está intensificando até o dia 22 de fevereiro a fiscalização nas rodovias federais, trata-se da Operação Integrada Rodovida, que reúne órgãos da União, do estado e dos municípios, com o objetivo de reduzir a violência no trânsito em Pernambuco.

Durante esse período, 895 pessoas e 921 veículos foram fiscalizados, sendo emitidas 746 autuações por diversas infrações ao Código de Trânsito. Entre elas, destacam-se 46 por ultrapassagens em local proibido, 41 pelo não uso do cinto de segurança, 9 pela falta da cadeirinha e 4 por conduzir motocicleta sem capacete.

No combate à alcoolemia, contou-se com o apoio das equipes da Operação Lei Seca, sendo realizados 652 testes com o bafômetro, emitido-se 16 autuações e sido realizada a prisão de duas pessoas, que estavam dirigindo sob efeito de álcool com índice superior a 0,34 mg/l.

Durante as fiscalizações, também foram recolhidos 55 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVs) e 22 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) por diversas irregularidades. Registrou-se, ainda, 29.30 toneladas de excesso de peso em veículos de transporte de cargas e o recolhimento de 6 animais que estavam soltos as margens da rodovia. Esses animais são considerados uma ameaça à segurança no trânsito e consequentemente a vida das pessoas.

O combate à criminalidade contou com o apoio do Núcleo de Operações Especiais, através dos Grupos de Policiamento Tático e do Grupo de Motociclismo da PRF, sendo presas 6 pessoas por diversos crimes, tais como uso de documento falso, assalto a veículo, embriaguez ao volante e receptação.

Véspera de Natal violenta no trânsito de Petrolina e Juazeiro

Acidente do Distrito Industrial de Petrolina. (Foto: Blog Waldiney Passos)

Pelos menos três acidentes graves registrados na tarde deste domingo (24), deixaram duas pessoas mortas e várias feridas em Petrolina e Juazeiro.

Na BR 407, na entrada do assentamento Mandacarú, em Petrolina (PE), um caminhão bateu em um carro de passeio. Em contato com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), não conseguimos informações sobre as vítimas.

Minutos depois, um acidente envolvendo um veículo Polo e uma moto no Distrito Industrial, de Petrolina (PE), deixou uma pessoa morta e duas feridas. A vítima fatal é a senhora, Iraci Luiz Pequeno, de 53 anos, moradora do bairro São Gonçalo, em Petrolina (PE), que vinha na garupa da moto, supostamente pilotada por um de seus filhos. Informação ainda não confirmada pela polícia.

Ela morreu no local e ele foi encaminhado ao Hospital Universitário de Petrolina. O motorista do carro também teria sido levado para o hospital.

Acidente no bairro Tabuleiro em Juazeiro.

Um outro acidente registrado nessa tarde aconteceu no bairro Tabuleiro em Juazeiro (BA). Um veículo de passeio de cor vermelha atingiu uma moto e o motociclista morreu no local. Não há detalhes sobre o acidente.

No meio da tarde, no bairro Pedra do Lorde, Juazeiro (BA), um ônibus de transporte coletivo passou por cima da perna de uma mulher que mora no bairro.

A moça conhecida como “Xuxa” teve a perna estraçalhada pelo o veículo. Segundo informações de testemunhas, ao descer do ônibus ela passou por trás do veículo. O motorista teria dado ré e atingiu a passageira. Ela foi levada para o hospital pelo SAMU.

Moradores pedem rotatória na entrada que dá acesso ao Nova Petrolina

Local tem sido alvo de reclamação de condutores. (Foto: Blog Waldiney Passos)

Alguns moradores dos bairros próximo ao Nova Petrolina têm reivindicado a instalação de uma rotatória na estrada que dá acesso à área. De acordo com a população, a ação iria melhorar o trânsito e prevenir acidentes.

É possível perceber a dificuldade de entrar e sair no local que dá acesso a grande parte dos novos bairros da Zona Oeste da cidade. Nos horários de maior movimentação de veículos, o cruzamento fica ainda mais perigoso, já que fica logo após uma curva da Av. Luís de Souza, no início do Distrito Industrial seguindo para o Centro.

UPAE/IMIP de Petrolina promove capacitação para novos cipeiros

O treinamento abordou noções de primeiros socorros, prevenção e combate a incêndio, além de outros temas. (Foto: ASCOM)

A equipe de Segurança do Trabalho da Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP) promoveu, nesta quinta-feira (31), um treinamento para os novos cipeiros (membros da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes), com o objetivo de fomentar o conhecimento acerca da própria CIPA.

Com esse foco, o conteúdo programático abordou as principais normas, instruções e rotinas sobre segurança e saúde no trabalho; as competências relativas às atividades a serem desenvolvidas por cada membro da CIPA; formas de conhecer e identificar os riscos ambientais; além das diretrizes de atuação da Comissão.

Inicialmente os cipeiros receberam as boas vindas da membra honorária da CIPA, Nazaré Cunha. “Espero que o momento de estudo seja muito produtivo e que vocês realmente absorvam o significado e a importância da CIPA para a instituição, mas também para o trabalhador. Que essa nova formação continue atuante e preze realmente pela saúde e segurança de todos”, pontuou aos presentes.

LEIA MAIS

Número de acidentes de trabalho em Petrolina cai em 2017

De janeiro a maio deste ano foram registrados 96 acidentes, contra 119 notificações no mesmo período do ano passado. (Foto: Divulgação)

Segundo dados divulgados Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), nesta quarta-feira (2), Petrolina registrou uma queda nos números de acidentes de trabalho nos primeiros meses de 2017.

De janeiro a maio deste ano foram registrados 96 acidentes, contra 119 notificações no mesmo período do ano passado. Já durante todo o ano de 2016 foram 343 acidentes.

Um evento promovido pelo o Cerest, em alusão ao Dia Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho – comemorado no dia 27/07 -, contou com a participação de delegados sindicais, representantes e diretores dos sindicatos dos mototaxistas; comerciários; construção civil; trabalhadores rurais e agricultura familiar.

“Nossa função é fazer um trabalho educacional para prevenir os acidentes de trabalho.  A gente trabalhando com prevenção e com promoção, vamos ter menos trabalhadores adoecendo e sofrendo acidentes de trabalho. Vale ressaltar que realizamos o apoio matricial às equipes de referência das diversas instâncias da rede de atenção, promoção e vigilância em saúde, garantindo também funções de suporte técnico”, destacou a coordenadora do Cerest, Daise Brecci.

Para reduzir os números de acidentes, projeto ‘Vida no Trânsito’ é lançado em Petrolina

(Foto: ASCOM)

Com o objetivo de desenvolver ações educativas visando a redução dos acidentes em Petrolina, foi lançado na manhã desta quinta-feira (06) o projeto Vida no Trânsito. O evento aconteceu no auditório do Instituto de Gestão Previdenciária (IGEPREV), e contou com a presença do prefeito Miguel Coelho; da secretária de saúde, Magnilde Albuquerque; do diretor da Autarquia Municipal de Mobilidade Urbana, Geraldo Miranda; do diretor do Moto Chico, Francelino Leandro, além de vereadores e autoridades locais.

Com o slogan ‘Uma vida perdida- Toda família destruída’, a campanha promovida pela a Secretaria de Saúde de Petrolina, realizará, na última sexta-feira de cada mês, atividades educativas em escolas, vias públicas, associações, atingindo as áreas urbana e rural.

“Precisamos intensificar a educação no trânsito. Hoje os acidentes são considerados um problema de Saúde Pública gerando um custo muito alto para os hospitais e todo o Sistema Único de Saúde. Petrolina registra atualmente, em média, 600 acidentes por mês, do total, cerca de 75% correspondem a acidentes de moto”, ressaltou a secretária executiva de vigilância em saúde, Marlene Leandro.

A primeira ação do projeto acontece no Moto Chico, encontro de motociclistas que envolve pessoas de todo o Brasil, na área do Parque Municipal Josepha Coelho, Centro da cidade.

12