Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Segundo Apac, domingo de Páscoa pode ser de chuva em várias regiões do estado

(Foto: Internet)

A previsão da Agência Pernambucana e Águas e Climas (Apac) para o Domingo de Páscoa (21) é de chuva em algumas regiões do estado. Segundo o boletim divulgado hoje (20), pode chover no Sertão, Região Metropolitana, Mata Norte e Sul.

Para o Sertão a Agência estima máxima de 36° e mínima de 19°, com céu nublado ao longo do dia, podendo chover durante a tarde e noite, mas com intensidade fraca.

Na Região Metropolitana pode chover rapidamente na madrugada. Já na Mata Norte e Sul a previsão é de céu parcialmente nublado com chuva rápida de intensidade fraca durante a madrugada. (Com informações da Folha de Pernambuco).

Petrolina: apenas na primeira semana de abril choveu quase a metade do acumulado no mês de março

(Foto: blog Waldiney Passos)

A chuva da última semana trouxe alegria ao povo sertanejo e segundo dados do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), somente nos primeiros dias de abril choveu quase a metade do mês de março. Entre 1º e 6 desse mês em Petrolina o acumulado foi de 35 mm.

Já em março, em todo mês o somatório do mês chegou a 77,3 mm. Nas cidades integrantes do Sertão do São Francisco, Santa Maria da Boa Vista soma 19,8 mm em abril, enquanto que Orocó, 27,6 mm. Cabrobó, Dormentes e Lagoa Grande não chegaram a 10 mm acumulados.

No município de Afrânio houve a maior concentração de chuva na primeira semana desse mês: 74,3 mm. Em março a cidade já havia contabilizado mais de 170 mm, de acordo com o IPA. Para essa semana há pequena possibilidade de chuva na região é de Leve a Moderada, segundo dados da Agência Pernambucana de Águas e Clima (APAC).

Apac prevê mais chuva para municípios do Sertão de Pernambuco

(Foto: Blog Waldiney Passos)

O último fim de semana foi de chuva no Sertão de Pernambuco. Segundo o meteorologista e coordenador da sala de situação da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), Vinícius Gomes, esta época é a estação chuvosa do Sertão, que coincide com o verão.

“Esse ano está com um comportamento típico. De maneira geral, está um pouco melhor que os anos anteriores. Esse ano tem chovido mais pensando como região”, explicou.

LEIA MAIS

Zona rural tem bom índice de chuva; leitores registram sangria da barragem do Capim

População aproveitou para brincar na barragem (Foto: Reprodução/Facebook)

Mais cedo o Blog mostrou a previsão do tempo e as médias registradas de chuva nas últimas 24 horas aqui na região. Nas redes sociais moradores do Capim, zona rural de Petrolina registraram a sangria da barragem. Há relatos de que no local choveu aproximadamente 50 mm em apenas uma hora no último sábado (23).

Segundo a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), a zona rural concentrou o maior índice de chuvas. Em Rajada, interior de Petrolina choveu 37,85m ontem, no distrito de Jutaí o acumulado foi de 9,87 mm.

Jutaí, em Lagoa Grande contabilizou 5,37mm. Dormentes foi outro município do Sertão pernambucano a registrar um bom índice de chuva, 38,86mm apenas em Lagoas.

Previsão é de mais chuva nesse domingo em Petrolina e Juazeiro

(Foto: Blog Waldiney Passos)

A chuva que caiu na madrugada de sábado (23) deve continuar nesse domingo (24), segundo o Instituto Climatempo. A previsão para hoje é de céu com muitas nuvens e possibilidade de chuva a qualquer hora do dia. A máxima para Petrolina é 30° e a mínima, 24°.

Em Juazeiro a máxima e mínima é semelhante e a previsão é que o clima chuvoso dure pelo menos mais três dias. De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), somente nas últimas 24 horas choveu 37,85mm no distrito de Rajada.

Na zona urbana a precipitação acumulada foi de 28,40mm. De acordo com o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) já choveu 64,5 mm nesse mês apenas em Petrolina.

Final de semana será de chuva em Petrolina, segundo previsões

(Foto: Internet)

De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), o final de semana deve ser de chuva no Sertão do São Francisco, inclusive em Petrolina.

Segundo as previsões, nesta sexta-feira (15), o céu deve ficar parcialmente nublado com pancadas de chuva de forma isolada no período da noite com intensidade fraca a moderada.

As temperaturas devem variar entre 20° e 35°, com ventos fracos a moderados. No sábado (16), a previsão de chuva continua. Já no domingo (17) não deve chover.

Terça-feira de carnaval deve ter mais chuva em Petrolina e cidades vizinhas

Deve chover pelo terceiro dia consecutivo (Foto: Blog Waldiney Passos)

Conforme a previsão do tempo previa, a noite de segunda-feira (4) foi marcada por chuva em Petrolina e municípios vizinhos. Para hoje (5), o último dia de carnaval, o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) prevê clima chuvoso durante a noite.

Em Petrolina a previsão é de pancadas de chuva pela tarde e chuva isolada à noite. A máxima é de 35º e a mínima de 23°. Na cidade de Belém do São Francisco (PE), onde também há folia pela tarde a chuva deve vir acompanhada de trovões, estimativa similar a de Salgueiro (PE).

Índice pluviométrico

Nas últimas 12 horas Jutaí, distrito de Lagoa Grande (PE) registrou o maior índice pluviométrico, segundo a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac). Foram registrados 34,25 mm de chuva na zona rural. Em Petrolina os maiores índices também foram nos distritos de Rajada (10,90 mm) e Uruás (8,29 mm).

Na sede, a média de chuva foi de 6,20 mm no bairro José e Maria. Nas demais cidades da região Parnamirim teve acumulado de chuva em 31,92 mm e Ipubi, 17,50 mm.

Semana começa com chuva em Petrolina e municípios do Sertão

(Foto: Blog Waldiney Passos)

A madrugada de domingo para segunda-feira (4) de carnaval foi marcada por chuva em Petrolina e diversos municípios do Sertão pernambucano. De acordo com dados da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), choveu em 12 horas quase 20 mm na cidade.

O maior índice de precipitação foi registrado no medidor do bairro Gercino Coelho, com 19,40 mm. Na zona rural o distrito de Rajada teve chuva de 17,20 mm no mesmo período. Já na cidade de Lagoa Grande a chuva contabilizada chegou a 12,40 mm.

Segundo a Apac, em Cabrobó houve o maior acumulado de chuva em 12 horas, com 47,61 mm. Hoje, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) pode haver pancadas de chuva durante a tarde e à noite nas três cidades mencionadas, mas o período da manhã será de sol e tempo firme. As máximas variam entre 35° e 23°.

Chuva deixa ruas de Lagoa Grande debaixo d’água

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Não foi apenas em Juazeiro (BA) e Petrolina que choveu durante o final de semana. Lagoa Grande, no Sertão pernambucano amanheceu com algumas ruas debaixo d’água nessa segunda-feira (25). O registro foi feito por internautas que residem na cidade.

Segundo a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), nas últimas 12 horas choveu 12,86 mm. A nível de comparação, em Petrolina o acumulado no mesmo período foi de 7,60 mm. E hoje durante a tarde há mais previsão de chuva.

De acordo com o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos, as pancadas de chuva poderão ser fortes e vir acompanhadas de trovoadas. A máxima para hoje é de 35° e a mínima, de 21°.

Juazeiro e Petrolina têm madrugada chuvosa; INMET emite alerta a municípios da região

Pode chover a qualquer hora do dia (Foto: Blog Waldiney Passos)

A madrugada de sábado para domingo (24) foi marcada por chuva em Juazeiro (BA) e Petrolina. E a tendência para hoje é que haja mais chuva. De acordo com o Instituto Climatempo pode chover a qualquer hora do dia e as temperaturas nas duas cidades variam de 25° a 31°.

LEIA TAMBÉM:

Fim de semana em Petrolina deve ser de chuva

De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), somente na madrugada choveu 24,20 mm em Petrolina, baseado em dados da estação implantada no bairro Gercino Coelho. No Jardim São Paulo a precipitação acumulada foi de 24 mm e no SAMU da Cohab Massangano, 26,40 mm.

LEIA MAIS

Chuva deve continuar neste final de semana em Juazeiro e Petrolina 

Previsão é de final de semana com chuva na região (Foto: Blog Waldiney Passos)

Uma chuva leve começou a cair em Juazeiro e Petrolina na noite de sexta-feira (15) e amenizou o forte calor que predominou durante a semana. E o clima deve continuar mais fresco não apenas hoje (16) até o começo da semana, segundo o Instituto Climatempo.

Há previsão de pancadas de chuva até terça-feira (19) e os dias devem ser marcados por céu com muitas nuvens. A boa notícia para os foliões de Juazeiro é que, apesar de poder chover durante o dia, à noite o tempo deve ficar firme. A máxima hoje na cidade vizinha é de 34°C e a mínima, 25°C.

Zona rural registra bons índices de chuva

De ontem para hoje a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) registrou 13,08 mm. A segunda localidade com maior concentração de chuva foi Rajada, com 10,83 mm. Na zona urbana de Petrolina o bairro José e Maria contabilizou 10,20 mm segundo a Apac.

Chuva em Pernambuco deve continuar pelas próximas semanas, segundo Apac

Petrolina também registrou chuva na quarta-feira (Foto: Blog Waldiney Passos)

A previsão é de mais chuva no Estado de Pernambuco até a próxima semana. A previsão da Agência Pernambucana de Águas de Clima (Apac) é que o fenômeno responsável por essa precipitação está longe de se dissipar e trará mais chuva para as cidades.

O chefe de meteorologia da Apac, Patrice Oliveira explicou que as fortes precipitações que vêm acontecendo no fim das noites e início das manhãs é resultado de um aquecimento do oceano Atlântico Sul. “As águas do Oceano Atlântico Sul estão com aquecimento acima de sua média. Com isso há maior evaporação, formam-se mais nuvens e os ventos transportam essa nebulosidade do oceano para o continente. É normal continuar essa chuva”, disse Oliveira.

Chuva acumulada

Os dados colhidos pela Apac apontaram os municípios com maior índice de precipitação acumulada. No Sertão, Orocó teve 91,30 mm de chuva, já Floresta 83,21 mm até a quarta-feira (6). Na Região Metropolitana, Olinda somou 81,83 mm e no Recife, entre as 21h de terça (5) e às 9h de quarta, choveu 74,4 mm o esperado para 15 dias. Com informações da Folha de Pernambuco.

Ventania causa destruição e deixa petrolinenses sem luz

Vento derrubou árvores na cidade (Foto: Reprodução/WhatsApp)

A chuva de sábado (2) foi bem vinda ao Sertão, mas o forte vento acompanhado dela deixou um rastro de destruição pela cidade. Árvores caíram, outdoors foram danificados, casas destelhadas e muitos bairros ficaram sem luz em consequência da ventania no final da tarde.

Uma torre do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) caiu na entrada do prédio, localizado na Cohab Massangano e deixou as equipes sem poder entrar e sair do prédio. Já o Gercino Coelho, Jardim Maravilha, Jardim Guararapes e Distrito Industrial ficaram às escuras no pós-chuva, segundo nossos leitores.

Em alguns locais, como o Guararapes a luz somente foi normalizada por volta das 2h desse domingo (3). De acordo com a Agência Pernambucano de Águas e Clima (Apac), somente no bairro Gercino Coelho, região central da cidade choveu 8,80 mm em pouco mais de 15 minutos.

A previsão do tempo para hoje é de céu parcialmente nublado, sem chuva. A máxima é de 36° e a mínima de 22º. A Apac não divulgou a velocidade do vento ontem.

Apac emite alerta de chuva forte para o Sertão

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Assim como o Laboratório de Meteorologia da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) já vinha prevendo chuvas no Natal em Petrolina e região, a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) emitiu hoje (24) um alerta de chuva forte no Sertão.

LEIA TAMBÉM:

Pode chover no Natal, segundo previsões do Laboratório de Meteorologia da Univasf 

De acordo com a Apac a véspera de Natal pode ser marcada por chuvas moderadas a fortes no Sertão do Araripe, Central e do São Francisco. Regiões como Ipubi registraram em 24 horas 87 milímetros, 116% acima da média esperada para dezembro.

Segundo o meteorologista da Apac Fabiano Prestrelo, essas chuvas são causadas por um vórtice ciclônico de altos níveis. “[Esse fenômeno] tem formato de ciclone e fica na parte mais alta da atmosfera. Está bem deslocado para o oeste do Estado e a borda é que provoca mais chuva e está sobre o Sertão”, destacou.

Com informações da Folha de Pernambuco

Meteorologista da APAC alerta para ocorrência de chuvas neste fim de semana em Petrolina e região

(Foto: Internet)

Desde ontem (06), o Sol voltou a aparecer em Petrolina (PE). Porém, as previsões indicam mais chuva pelo menos até o fim de semana para a cidade e região. Só no último domingo (02), em 24h choveu 33, 3 milímetros em Petrolina, mais da metade do esperado para todo o mês de dezembro.

No Programa “Super Manhã” da Rádio Jornal, o meteorologista da Agência Pernambucana de Águas e Clima (APAC), Romilson Ferreira, explicou o motivo dessa variação climática: “O sistema continua atuando, nós temos um vórtice ciclônico de ar superior e a atuação da zona de convergência do Atlântico Sul, as duas estão combinando e causando muita instabilidade na região, “disse.

LEIA MAIS
12