Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Petrolina: família pede ajuda para localizar homem que está desaparecido há quase 30 dias

Uma família de Petrolina está angustiada a procura de Josivaldo Araújo da Silva. Mais conhecido como Nena ou Faustão, ele está desaparecido há quase 30 dias. Segundo os familiares, Nena reside no bairro Rio Corrente e tem problemas com alcoolismo.

Em contato com a produção do Blog Waldiney Passos nessa sexta-feira (15), um parente afirmou que, apesar de Josivaldo ser uma pessoa relativamente conhecida na comunidade, ninguém tem informações atualizadas sobre seu paradeiro.

Ele vestia uma camisa e bermuda preta na última vez que foi visto. Quem souber a respeito da localização de Nena pode entrar em contato com sua família através dos contatos: (74) 98824-7736, (87) 99965-6422, (74) 99986-7763 ou (87) 98855-6230.

Policiais do 5º BPM recuperam moto furtada no bairro Rio Corrente

(Foto: Divulgação/5º BPM)

Por volta das 10h desta terça-feira (5), Policiais Militares da GE-206/5º BPM foram acionados para uma diligência na Rua 02, no bairro Rio Corrente em Petrolina (PE). Em via pública, a guarnição encontrou uma motocicleta YAMAHA YBR 125 de Cor Azul e Placa KHP 8130/BA.

Ao consultar o sistema de notificações, os policiais constataram que, em desfavor da moto havia queixa de Roubo/furto. O crime ocorreu ontem (4), no mesmo bairro.

De acordo com informações da PM, a motocicleta foi encaminhada para a 1ª Delegacia de Polícia Civil, para serem realizados os procedimentos cabíveis.

Criança morre afogada em clube de Petrolina

(Foto: Internet/Ilustração)

Uma festa no bairro Rio Corrente, em Petrolina terminou de forma trágica para uma família no domingo (24). Um garoto de quatro anos morreu afogado em uma piscina de um clube de festas. Informações preliminares indicam que ele comemorava um aniversário na companhia da família quando o fato aconteceu.

O Blog entrou em contato com o Corpo de Bombeiros Militar da cidade, que confirmou a ocorrência. Segundo os Bombeiros, uma equipe foi acionada, mas ao chegar no local o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) já se encontrava no clube.

Contudo, o garoto já estava morto antes de receber atendimento. Uma testemunha presenciou o atendimento e disse que “a socorrista do SAMU vinha com ele nos braços, com ele já morto”, disse em um áudio compartilhado nas redes sociais.

Nossa produção tentou contato com o SAMU, contudo a instituição não estava autorizada a comentar sobre o fato. Informações não confirmadas indicam que o menino residia com a família no Park São Gonçalo, também em Petrolina.

Grupo de motociclistas promove campanha para ajudar gêmeas de Petrolina

Um bom exemplo de como utilizar as redes sociais foi mostrado por um grupo de motociclistas de Petrolina. Formado por jovens, a Família Petrocicty utilizou o WhatsApp para arrecadar doações às gêmeas Ana Paula Pyetra e Ana Laura Pyeta, que residem no bairro Rio Corrente.

A ação teve parceria do grupo Pernambuco News, um dos mais conhecidos do aplicativo de mensagens aqui na região. O objetivo era arrecadar fraldas, leite, roupas e demais itens necessários à higiene das pequenas gêmeas, já que os pais das irmãs, Joseano e Adriana estão desempregados.

“Queremos agradecer a quem ajudou e também a quem puder ajudar ainda. Quem puder pode ir até o local [residência das gêmeas] ou entrar em contato com a gente”, informou o grupo. Uma parte dos jovens que integra o grupo visitou Ana Paula e Ana Laura no domingo (27) para entregar as doações.

Petrolina: pai de gêmeas deixa emprego para cuidar da família e conta com doações para garantir o sustento das filhas

(Foto: Arquivo da família)

A família de Joseano Mendes Tavares, morador do bairro Rio Corrente em Petrolina (PE), ficou conhecida através das redes sociais, sobretudo pelos grupos de notícias do Vale do São Francisco. Em julho do ano passado ele abandonou o emprego de frentista  para cuidar da esposa, grávida de gêmeas, e desde o nascimento das filhas, em outubro de 2018, ele e sua esposa contam com doações de alimento e fralda.

Joseano relata que sua esposa, Adriana Lopes, teve hipertensão durante a gravidez, e esse foi o motivo pelo qual ele optou por deixar o trabalho. “No início ela nem queria que eu largasse o emprego, mas eu preferi cuidar da minha família, por que emprego a gente dá um jeito e arranja”, disse.

LEIA MAIS