Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Estoque do Banco de Leite do Hospital Dom Malan é considerado crítico, Secretaria Estadual de Saúde reforça importância de doação

Atualmente, no estoque do Hospital Dom Malan há apenas 2 litros de leite. (Foto: ASCOM)

Considerado um dos alimentos mais importantes para o ser humano, o leite materno é a bebida que contém todos os ingredientes necessários para o crescimento saudável da criança, além de funcionar como um fator de proteção para doenças. Ele também é um importante aliado na redução do óbito infantil, da fome, da desnutrição e dos quadros alérgicos que podem ser apresentados pela criança.

De acordo com informações da Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco, para meninas e meninos prematuros ou de baixo peso, o leite materno se torna ainda mais indispensável. Por isso, os quatro hospitais do estado de Pernambuco que contam com bancos de leite convocam as mães para realizar esse gesto de solidariedade. O apelo é ainda mais urgente após as festas de fim de ano, e durante o período de férias, já que normalmente, os estoques reduzem. É importante reforçar que não há quantidade mínima estabelecida para doação.

Atualmente, a situação mais crítica é do Hospital Dom Malan (HDM), em Petrolina (PE). No estoque, há apenas 2 litros de leite, praticamente o consumo de um único dia. No Jesus Nazareno (HJN). Além das doações, as unidades estimulam as mães das crianças a fazerem a ordenha do insumo para os seus bebês. As unidades também apoiam as mulheres em suas dificuldades no processo de amamentação.

Como doar

As mães interessadas em doarem seu leite excedente devem entrar em contato com o Hospital Dom Malan, via ligação telefônica, através do número (87) 3202.7000. É possível retirar a bebida na própria unidade ou combinar a busca na casa da doadora.

Para retirar o leite da mama, a indicação é que a mãe use um lenço para proteger a boca e a cabeça, além de higienizar as mãos antes de iniciar o processo. O produto deve ser armazenado em potes de vidro com tampa de plástico. O papel que vem na parte interna da tampa precisa ser retirado antes de todo o processo. Para higienizá-los, deve-se lavá-los em água corrente e com sabão neutro. Em seguida, colocá-los em uma panela com água e levá-los ao fogo. Após a água começar a ferver, deixa por mais 15 minutos.

Banco de Leite do HDM atende bebês de Petrolina, da Bahia e até do Piauí e do Ceará

(Foto: ASCOM)

Todo recém-nascido com baixo peso ou prematuro, cuja mãe não produz leite suficiente para amamentação, recebe o alimento fornecido pelo Banco de Leite Materno do Hospital Dom Malan (HDM).

“É uma ação muito importante que deve sempre contar com o apoio das pessoas porque o leite que doamos é recebido de mulheres que produzem mais do que seus filhos precisam’, explica Flávia Guimaraes, coordenadora da unidade, esclarecendo que também são atendidos bebês que, por qualquer razão, não conseguem mamar adequadamente”.

O Banco de Leite Materno é uma ação da Secretaria de Saúde do Governo de Pernambuco e está presente em Petrolina e em mais 11 municípios do Agreste, Zona da Mata e Região Metropolitana.  Mas não são apenas pernambucanos que recebem assistência. Segundo Flávia Guimaraes, crianças da Bahia e até do Piauí e do Ceará acabam também sendo beneficiadas.

Atualmente está sendo um esforço para aumentar o número de doações na cidade. Até maio deste ano, foram doados 147 litros de leite ao Hospital Dom Malan/IMIP, mas segundo a coordenadoria do banco, o volume ideal seria de 294 litros.

LEIA MAIS