Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

É hoje! Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 187 milhões

MEGASENA

Ainda dá tempo de tentar levar a bolada da Mega-Sena no sorteio deste sábado (19). Sem ganhadores, o prêmio acumulado já chega a R$ 187 milhões.

Para se ter uma ideia, se o ganhador resolver aplicar todo esse dinheiro na poupança, somente no primeiro mês receberia mais de R$ 1,1 milhão de juros. Quem quiser arriscar tem até as 19h (horário de Brasília) para jogar em qualquer casa lotérica.

Cada jogo de seis números custa R$ 3,50. Clientes da Caixa com acesso ao internet banking podem apostar online. Também é possível participar dos Bolões oficiais.

 O sorteio ocorre às 20h (horário de Brasília). A divulgação de eventuais acertadores dos seis números acontece por volta das 22h.

Olegário Lacerda, uma vida simples coroada com o Título de Cidadão Petrolinense

GEDSC DIGITAL CAMERA

Foto Waldiney Passos

Mais uma noite de homenagem na Casa Plínio Amorim. Plenário lotado por parentes e amigos. No rosto a expressão da alegria em ter uma história de vida reconhecida pelo Poder Legislativo. Olegário Pereira Lacerda, natural da cidade de São José de Piranhas-PB, recebe o Título de Cidadão Petrolinense das mãos do vereador José Batista da Gama, autor da proposição que culminou com este momento solene.

Em sua fala Zé Batista sintetizou o histórico do homenageado afirmando ser um homem que escolheu a simplicidade como condição moral. “É realmente, invejável o currículo deste bravo homem sertanejo, que soube aproveitar os ensinamentos dos seus pais e, temente a Deus, constituiu uma família que é exemplo de caráter, cidadania e prosperidade”.

Declarações de amor e admiração foram proferidas por diversos outros vereadores, amigos e familiares ressaltando sempre o exemplo de homem trabalhador e pai de família exemplar.

“Eu tenho o dom da palavra tanto que estou falando, não tenho é o dom da oratória”, brincou Olegário Lacerda no inicio do seu pronunciamento. Em seguida de forma cronológica destacou o desenvolvimento de Petrolina enaltecendo os papeis fundamentais exercidos pelos irmãos Nilo Coelho e Osvaldo Coelho “mentores e gestores de tantos projetos que impulsionaram este município e região “, salientou.

“Hoje posso dizer que tenho duas mulheres, essa pequena notável que está aqui sentada, a mãe biológico dos meus cinco filhos, e a outra mulher que é Petrolina minha mãe adotiva”, concluiu.

Os males velhos e novos no hermafrodita PMDB

 

12313569_1505041576463976_6145007398091477645_n (2)Por Marcelo Damasceno

Desde que ocupou o Palácio do Planalto o PARTIDO DOS TRABALHADORES é diariamente devassado de forma múltipla e açougueiro de toda parte a esquarteja-lo impiedosamente. A pauta do anti-lulismo é uma obsessão diária. Infelizmente, setores deslumbrados e portadores do vírus corruptor desse PT contribuiu em muito significado para a sucessão de erros e gestão contaminada por atitude desvairada e improba com dinheiro.

Daí ter surgido a adjetivação e consequências jurídicas para o “mensalão do ministro José Dirceu” um semideus aos próprios olhos.

O PT pagando caro até esta hora num segundo momento sob a artilharia da imprensa tucana e “pefelista” para disseminar a ideia do impeachment.

E difundir a operação lava-jato como tribunal divino a exorcizar esse “demonizado” PT que mal abre a boca para defender -se.

Valeu-se esse PT na base aliada o tempo todo do coadjuvante dúbio, esse PMDB. Uma legenda desmoralizada pela estratosférica inflação do governo fisiologista de José Sarney entre 1985 a 1989. E sob o lema da distribuição criminosa de concessões de mídia para seu primo ideológico o PFL, o genitor do DEM. Juntos desgovernaram a Pátria “mãe gentil”.

O PT fez aliança com esse PMDB que tem sim contribuição por sua fatia saudável e histórica no processo de luta pelo voto direto e trincheira contra a ditadura militar que “prendeu e arrebentou” usando seu choque machista penalizando a estudante Dilma Roussef hoje presidente e sob esse fio desencapado do PSDB e seu histórico torturador vestido de DEM. O PMDB da segunda divisão nesta terça-feira, 16, despertado logo cedo pelo camburão expedido pelo STF. E desengavetado de sua condição. Um hospedeiro da bactéria corruptora.

Bastou uma operação, esta CATALINARIA e o flagrante deputado-propaganda do “bem”, Eduardo Cunha, escoteiro do PSDB e panela geral da República a reclamar de “perseguiçao política”.
E a invocar essa imoral, “impunidade parlamentar com foro privilegiado”.

Bastou um pontapé na gaveta e o PMDB do mal com o PSDB “do bem” a reclamar da Polícia e da promotoria pública sob os mandados de busca e apreensão expedidos pelo Supremo Tribunal Federal-STF. Um expediente ao qual o PT recebe curso intensivo faz tempo. Mas, calado como uma “ovelha muda diante dos seus tosquiadores”. Em forçosa exegese bíblica.

O PMDB de Ulisses Guimarães, Jarbas Vasconcelos e Pedro Simon não é esse aí do Michel Temer. A legenda é portadora desse dúbio poder. Não sabe ser governo ou oposição.

Prefere Cunha num cardápio ou Jarbas noutro. Em Petrolina amanhece a notícia que o PMDB rebelado de Jarbas deva unir -se com o rebelado PSB de Lucas Ramos para a disputa Municipal em 2016. E com unção do governador de Pernambuco, Paulo Câmara(PSB PE) e “simpatia forçada” de Júlio Lossio(PMDB) que é tutor do PMDB histórico que lhe foi confiado por Jarbas.

Mas também, um Júlio compadre de Michel Temer, peemedebista virtual e ideólogo da conspiração golpista contra Dilma. Você consegue metabolizar esse jeito nesse PMDB de ser?

Escrevi, Marcelo Damasceno. De PETROLINA PE. Jornalista.

Problemas técnicos adiam para a próxima segunda a divulgação do resultado do vestibular da Facape

Fachada Facape Nova_JPG

Os estudantes que fizeram o vestibular 2016.1 da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape) terão de esperar mais um pouco para acessar a lista dos aprovados. Por problemas técnicos, o resultado que sairia hoje (18), será divulgado na próxima segunda-feira (21), a partir das 20h, no endereço www.facape.br.

A matrícula para os aprovados na primeira chamada acontecerá no período de 5 a 8 de janeiro de 2016.

Termina limite para pagar parcela do 13º

A segunda parcela vem menor, pois há descontos

O prazo para o pagamento da segunda parcela do 13º termina no próximo dia 20, mas os empregadores devem ficar atentos, uma vez que a data cairá num domingo. Isso significa que, em empresas onde o funcionário trabalha até a sexta-feira, o dinheiro tem que estar disponível na conta do empregado ainda nesta sexta (18). Se o pagamento for deixado para a próxima segunda-feira, a companhia estará sujeita a uma multa de R$ 170,26 por trabalhador atingido. O valor pode dobrar, em caso de reincidência.

“Não adianta depositar um cheque na sexta-feira à tarde, por exemplo, pois o montante não estará disponível para o trabalhador até o domingo. É preferível que, caso a empresa pague no fim de semana, que seja em dinheiro”, orientou a chefe da fiscalização do trabalho da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Pernambuco (SRTE/PE), Fátima Freitas.

Fátima lembra que a 2ª parcela é menor do que a 1ª, pois, sobre essa, serão incididos descontos como Imposto de Renda e INSS. “Menos para quem ganha um salário mínimo, do qual será descontado apenas o INSS”, pontuou. Apesar da parcela menor, ela esclareceu que, como a última parte é paga até o dia 20, ou seja, ainda ficam faltando onze dias para completar o mês, a empresa terá que pagar a diferença no mês seguinte. “Geralmente, o salário de janeiro vem um pouco maior, pois vem com a diferença dos últimos onze dias de dezembro. A empresa não tem como prever quantas horas extras o trabalhador terá feito, logo, não pode pagar por antecipação”,
explicou.

Caso a empresa não pague, a Superintendência disponibiliza duas formas para que o trabalhador denuncie: através do e-mail 13salario.srtepe@mte. gov.br ou pelo telefone 3241 9401 (das 8h às 17h). “Ao denunciar, é preciso informar nome completo da empresa, endereço com CEP e CNPJ”, alertou Fátima. Ela também chama a atenção para que os empregados não passem “recibo falso”, ou seja, não colocar a data retroativa, mas o dia em que, de fato, recebeu a segunda parcela. “Se o trabalhador denuncia que recebeu fora do prazo, mas o recibo não diz isso, a Superintendência não poderá autuar a empresa”.

Professora de Direito da Faculdade dos Guararapes (FG), Schamkypou Bezerra destaca que, caso a empresa não honre com os compromissos, o empregado também pode ingressar com uma reclamação trabalhista na Justiça do Trabalho.

Salário mínimo fica em R$ 871 para 2016

download-16O Congresso aprovou a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentária) para 2016 com um salário mínimo de R$ 871. Em relação ao valor atual, R$ 788, o reajuste é de R$ 83.

O novo piso nacional entre em vigor a partir do dia 1º de janeiro. O governo adota uma política de reajuste do salário mínimo com base na inflação do ano anterior mais o percentual de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) de dois anos antes. A presidente Dilma Rousseff ainda precisa confirmar o valor do piso para 2016.

No Brasil, cerca de 51 milhões de trabalhadores ganham um salário mínimo. O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) paga o piso para cerca de 22,5 milhões de aposentados, pensionistas e beneficiários do Loas (Lei Orgânica de Assistência Social), destinado a idosos e deficientes carentes.

O salário mínimo também altera os limites de pagamento da Justiça, o seguro-desemprego e o salário família. De acordo com dados do Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos), o valor ideal do salário mínimo para sustentar uma família de quatro pessoas (dois adultos e duas crianças) deveria ser de R$ 3.399,22. Ou seja, 335% maior que o valor aprovado no Congresso. (Fonte: R7.com)

Justiça proíbe Câmara de Vereadores de Casa Nova de votar contas da ex-prefeita Dagmar Nogueira

Zé Eduardo - Câmara presidente

Caiu como uma bomba o Procedimento Ordinário da justiça enviado a Câmara Municipal de Casa Nova – BA, pelo Juiz de Direito da 1ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Juazeiro – BA, Dr. José Goes Silva Filho, suspendendo os efeitos do Parecer Prévio nº 406/08, que opinou pela rejeição das contas  da Prefeitura de Casa Nova, no exercício financeiro de 2007, até ulterior deliberação deste juízo.

O magistrado determinou ainda que a Câmara Municipal  se abstenha de apreciar a matéria e caso já tenha deliberado suspender os efeitos do ato legislativo, tudo sob pena de crime de desobediência e multa diária de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) para o caso de descumprimento.

A decisão vai ao encontro dos interesses pessoais do presidente da Câmara, vereador Zé Eduardo (PPS), aliando do prefeito Wilson Cota (PMDB), que optou em estabelecer os ritos para votação do parecer objetivando tornar a gestora Dagmar Nogueira inelegível, o que para muitos era visto como um ato de perseguição. Com a decisão judicial os vereadores ficam impedidos em dar continuidade a manobra, inclusive, as sessões convocadas pera deliberar sobre este assunto já forma suspensas para diretoria da Casa Legislativa.

Sai o resultado das eleições que elegeu os novos gestores para escolas de Petrolina

RESULTADO GESTORES ESCOLAS

Após uma campanha marcada pela participação ativa dos estudantes do município, saiu o resultado nesta sexta-feira (18) dos gestores eleitos para o biênio 2016/2017, em Petrolina. Em um processo transparente e com 100% dos votos apurados, a Secretaria de Educação ratificou a vitória das chapas que concorreram nesta eleição.

Após uma campanha marcada pela participação ativa dos estudantes do município, saiu o resultado nesta sexta-feira (18) dos gestores eleitos para o biênio 2016/2017, em Petrolina. Em um processo transparente e com 100% dos votos apurados, a Secretaria de Educação ratificou a vitória das chapas que concorreram nesta eleição.

Verifique o resultado. Acesse:

Lista com resultado do processo consultivo para gestores escolares do município

Mãe de deficiente físico reclama da falta de acessibilidade em Petrolina

SENHORA CRIANÇA

Espaços inadequados, portas estreitas, postes e outros obstáculos no meio da rua. A questão da acessibilidade de pessoas idosas e com deficiência física aos espaços de uso público ou privado continua sendo um desafio nas cidades de nosso país, em que pese os esforços envidados.

As políticas neste sentido são morosas e os problemas continuam prejudicando quem mais precisa, principalmente em Petrolina-PE. É o caso da senhora Ângela Santos que reside no bairro Antônio Cassimiro. Ela nos conta que todos os dias tem que atravessar a avenida 7 de Setembro com o seu filho José Wesley, 7 anos, que é deficiente físico, e fazer um grande esforço para passar pelas barras de proteção lateral do canteiro da via pública.

Ângela informa que já entrou até mesmo na justiça para ver se algo é feito mas até agora nada.

Odacy Amorim admite possibilidade de aliança com grupo de Fernando Bezerra

ODACY AMORIM RÁDIO JORNAL

Com a proximidade do ano eleitoral os bastidores da política começam a esquentar em Petrolina. São muitos os nomes cogitados para disputar o pleito. Adalberto Cavalcanti, Orlando Tolentino, Ednaldo Lima, Ricardo Rocha, Fernando Filho, Miguel Coelho, Gonzaga Patriota, Lucas Ramos e Odacy Amorim não escondem o desejo de concorrer a eleição.

No caso específico do deputado Odacy Amorim (PT) fica cada vez mais evidente a aproximação do parlamentar com o grupo liderado pelo senador Fernando Bezerra Coelho (PSB). Semana passada o deputado Fernando Filho (PSB) ao ser questionado sobre o assunto afirmou haver conversas neste sentido com Odacy.

Nesta sexta-feria (18) ao participar do programa Bom Dia Vale, rádio Jornal Petrolina, o próprio Odacy também confirmou a possibilidade. “A política é dinâmica e tenho muita vontade de governar Petrolina por 4 anos”, disse.

A única dúvida nesta paquera é se FBC vai abrir mão de colocar um dos seus filhos para ser candidato como fez com Fernando Filho em 2012. Para Odacy essa é a única possibilidade de aceitar uma aliança, ou seja, receber o apoio do grupo do senador para ser o candidato a prefeito ano vem.

Resta saber se Odacy estaria disposto a deixar o Partido dos Trabalhadores (PT) para concorrer pelo PSB, partido que deixou na última eleição justamente por não ter conseguido a garantia da candidatura.

Prefeito de Casa Nova-BA, Wilson Cota, tem contas rejeitadas pelo TCM e pode ficar inelegível

Wilson Cota

Prefeito de Casa Nova – Wilson Cota (PMDB)

O Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia (TCM) rejeitou ( 08632-15) as contas do prefeito de Casa Nova – BA, Wilson Freire Moreira (Wilson Cota), referente ao exercício de 2014.

CONTAS WILSON COTA

Como o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mudou de entendimento em relação configuração de inelegibilidade de candidatos com contas reprovadas. Isso pode complicar a situação de Wilson Cota (PMDB) para a eleição de 2016.

Em processo recente (401-37.2014.6.06.0000), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) firmou o entendimento de que, nos casos de reprovação de contas de gestão ou ordenação de despesas, as decisões ou pareceres prévios dos tribunais de contas dos municípios são suficientes para determinar a inelegibilidade prevista pela Lei Complementar 135/2010 (Lei da Ficha Limpa).

Antes, o entendimento era de que, para tornar um político inelegível, os casos precisavam ser apreciados e as contas rejeitadas também pela câmara de vereadores do respectivo município.

No popular, para o TSE, o que vale é o parecer do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), já que a votação na câmara de vereadores é “político”. Com isso Wilson Cota poderá ser considerado inelegível.

Confira a decisão do TCM no link:

http://www.tcm.ba.gov.br/index.php/consulta/legislacao/decisoes/contas-anuais/detalhe-conta-anual/?ano=2014&ent=P&muni=00088&des=

Dr. Arthur Napoleão cidadão petrolinense de fato e de direito

DR. ARTHUR NAPOLEÃO

Gaúcho de Porto  Alegre – RS, atuando em Petrolina desde o ano de 2005, tendo passado uma temporada fora mas retornando em 2011, o Juiz Federal Dr. Arthur Napoleão Teixeira Filho, foi agraciado nesta quinta-feira (17) com o Título de Cidadão Petrolinense pelos relevantes serviços prestados a Petrolina e região do Vale do São Francisco, promovendo justiça e cidadania, contribuindo com o desenvolvimento de nossa cidade.

Autor do projeto o presidente da Câmara Vereador Osório Siqueira (PSB), falou da honra em ter concedido o título. “Pessoa simples e humilde, Petrolina recebe um grande filho que já tem referencia de serviço prestado e que agora a responsabilidade aumenta”.

Também autor do projeto, o vereador Alvorlande Cruz (PHS), ressaltou a importância em reconhecer o trabalho de todos que ajudam a embalar Petrolina. “O senhor entra na galeria dos grandes homens que já receberam essa honraria como o ex-governador Eduardo Campos e e o prefeito de Petrolina Julio Lossio. Agente fica feliz em lhe proporcionar essa alegria”.

Outros vereadores também parabenizaram o homenageado: Ronaldo Souza, Zenildo Nunes, Ailton Guimarães e Pérsio Antunes. A Juíza Federal Thalynni Passos e a gestora da GERE Anete Ferraz discursaram enaltecendo a merecida homenagem ao Dr. Arthur.

DR. ARTHUR NAPOLEÃO 02Em sua retórica Dr. Arthur falou de sua trajetória profissional até chegar a Petrolina, fez uma reflexão sobre o momento de crises por que passa o país afirmando que enquanto sociedade ” temos que mudar esse nefasto quadro”, referindo-se os frequentes escândalos de desvios do erário público.

Finalizando o homenageado fez uma linda declaração de amor a sua esposa. “Raquel, companheira, conselheira, fiscalizadora, amante e amada, você é o maior presente que Deus me concedeu”.

Dilma almoça com Renan e pede ajuda no rito do impeachment

dilma_e_renanA presidente Dilma Rousseff almoçou ontem (17) no Palácio da Alvorada com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e pediu que o peemedebista ajude o governo durante a tramitação do processo de impeachment contra seu mandato.

Dilma havia sido avisada por auxiliares que acompanhavam de perto a movimentação dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) que a tendência da Corte era decidir que o Senado terá que referendar, por maioria simples, o afastamento temporário da presidente, caso essa decisão seja tomada pela Câmara.

Dessa forma, Renan se tornou, mais uma vez, peça chave para o governo se contrapor ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e Dilma resolveu fazer pessoalmente um gesto em direção ao senador.

O encontro entre Renan e a presidente, com a presença do ministro Jaques Wagner (Casa Civil), aconteceu um dia depois que o presidente do Senado atacou diretamente -e em público- o vice-presidente Michel Temer. As críticas ocorreram após reunião da executiva nacional do PMDB que decidiu barrar filiações temporárias para frear articulação alimentada pelo governo para restituir o deputado Leonardo Picciani (RJ) à liderança da sigla na Câmara.

O Palácio do Planalto avalia que Temer tem feito movimentos “conspiratórios” contra Dilma. Renan afirmou nesta quarta-feira (16) que o vice tem responsabilidade no agravamento da crise do país. Segundo o presidente do Senado, quando Temer assumiu a articulação política do governo, preocupou-se “apenas com RH”, uma alusão direta à negociação de cargos feita pelo vice.

“O presidente Michel é presidente do partido. Se alguém tem responsabilidade com relação a isso é o presidente Michel”, disse Renan.

Apesar das críticas diretas ao vice, cada vez mais distante de Dilma, o movimento de Renan foi visto com cautela pelo Planalto. Assessores da presidente não acreditam que o presidente do Senado “está fechado com o governo”, mas sim que ele deve adotar uma “postura independente” a partir de agora.

Mesmo assim, afirmam os auxiliares de Dilma, a presidente tem que fazer cada vez mais gestos em direção a Renan e mantê-lo na órbita do governo, com boa relação, para garantir que ele esteja ao lado dela na tentativa de barrar o processo de impeachment no Congresso. (Fonte: Folhapress)

Operação Catilinárias: Ronaldo Silva questiona comportamento da oposição

GEDSC DIGITAL CAMERA

Vereador Ronaldo Silva (PSDB) Foto Waldiney Passos

Ao fazer uma comparação entre os dois episódios protagonizados pela Polícia Federal (PF) em Petrolina:  o primeiro quando os agentes estiveram na sede da prefeitura investigando os gastos realizados pelo governo Lossio relacionados ao São João do Vale e agora com a deflagração da operação Catilinárias onde os agentes invadiram a sede da Fundação 2020 de propriedade do senador Fernando Bezerra Coelho (PSB), o vereador Ronaldo Silva (PSDB) disse estranhar o comportamento de determinados integrantes da bancada da oposição.

“Aqui muitos fizeram algazarra, alardearam nos meios de comunicação chamando o prefeito Julio Lossio de desonesto. A primeira vez que a PF esteve na casa do senador em Recife nenhum vereador aqui da oposição questionou o que estaria acontecendo. Mais uma vez, a Polícia Federal, na madrugada, invadiu, arrombou a porta da Fundação para levar documentos e computadores e hoje a gente ver aqui vereador, ex-líder da bancada da oposição dizer que as acusações são levianas”, frisou Ronaldo.

O edil acrescentou que “quem tem telhado de vidro não pode joga pedras no telhado dos outros, pois isso pode acontecer com qualquer um de nós”, alertou.

“Eu não estou aqui alegre, satisfeito  pelo que aconteceu com o senador, jamais. Só quero pedir aos companheiros que tenham mais um pouco de respeito, porque nós não podemos estar aqui julgando as pessoas”, arrematou Ronaldo Silva.

Cunha diz que decisão do STF pode travar impeachment

cunha

Derrotado nesta quinta-feira (17) com a decisão do Supremo Tribunal Federal, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), evitou fazer criticas diretas aos ministros da corte, mas afirmou que a posição do tribunal pode emperrar o processo de impeachment de Dilma Rousseff.

Segundo ele, restam ainda várias dúvidas que podem ser objeto de recurso da Câmara para que esses pontos sejam esclarecidos. A principal “preocupação”, em seu ponto de vista, é a vedação do lançamento de chapa avulsa para a eleição dos deputados que vão integrar a comissão especial para analisar o impeachment.

Pela decisão da maioria dos ministros do STF, só pode haver uma chapa nessa eleição, composta por deputados indicados pelos líderes partidários.

“Se o plenário da Câmara rejeitar a chapa única, como vai ficar? Vai ter comissão? Isso é um ponto que vamos ter que esclarecer. (…) Afastada a disputa pelo STF, deixa de ser um uma eleição e passa a ser um referendo. E o referendo pressupõe sim ou não. Então o que causa mais desconforto é a possibilidade de impedir as disputas que sempre ocorreram aqui. Se tiver uma eleição e o plenário rejeitar pode travar sim [o processo do impeachment]“, disse Cunha.

Responsável por deflagrar a tramitação do impeachment, Cunha também foi o principal artífice do rito anulado nesta quinta pelo STF. Em uma aliança com a oposição, ele conseguiu emplacar no plenário da Câmara, em votação secreta, uma chapa avulsa para a comissão do impeachment que teria maioria oposicionista e de dissidentes da base governista. Essa votação será refeita, de forma aberta e com chapa única, ainda sem prazo definido.

Segundo Cunha, após a decisão do STF, o DEM já apresentou um projeto de resolução para prever chapa avulsa no regimento interno da Câmara. Mas não deu detalhes sobre como isso se daria.

Sempre ressaltando que decisões do STF devem ser respeitadas -a Corte avaliará em 2016 um pedido de afastamento do peemedebista do cargo e do mandato-, Cunha disse não ter decidido ainda se entrará os chamados “embargos” para esclarecer pontos da decisão nem quando o rito do impeachment será retomado pela Câmara.

Ele reunirá os líderes partidários na segunda-feira (21) para discutir os próximos passos. Líderes das bancadas afirmam que o procedimento só deve ser retomado após o Carnaval. Cunha também disse achar pouco provável que haja convocação extraordinária do Congresso para analisar o tema. Com isso, deputados e senadores saem de férias do próximo dia 23 até 1º de fevereiro. (Fonte: Folhapress)