Fiéis a Bivar, parlamentares articulam medidas para enfraquecer aliados de Bolsonaro no PSL

(Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo)

A briga pelo poder no PSL continua. De acordo com o jornal Correio Braziliense, uma convenção extraordinária composta apenas por aliados do presidente do partido, o deputado Luciano Bivar (PSL-PE), membros da sigla tomaram uma série de medidas para tornar sem efeito as ações de deputados ligados ao presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL).

Na reunião, cinco dos principais articuladores da ala bolsonarista: Carla Zambelli (SP), Bibo Nunes (RS), Alê Silva (MG), Filipe Barros (PR) e Carlos Jordy (RJ) tiveram seus poderes suspensos. Dessa forma, eles perdem o direito de assinar qualquer lista ou documento em nome do partido e de falar na tribuna da Câmara.

Cerca de 40 parlamentares do PSL estavam na reunião, entre eles Zambelli que estuda a possibilidade de invalidar a reunião. Líder do PSL no Senado, Major Olímpio (SP), argumentou que o encontro foi legal e protocolado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Outro tema tratado no encontro foi a destituição do deputado Eduardo Bolsonaro (PSLSP) da presidência do diretório paulista do PSL, e a do senador Flávio Bolsonaro (PSLRJ) da chefia do partido no Rio de Janeiro. O clima de tensão entre Bolsonaro e o partido já dura algumas semanas e ganhou novos contornos nos últimos dias.

Fernando Bezerra afirma que chegada de Meirelles ao MDB fortalece partido nas eleições de outubro

(Foto: Ascom)

O senador Fernando Bezerra Coelho afirmou em um discurso no Senado Federal, nessa quarta-feira (28) que a filiação do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles ao MDB fortalece o partido e insere a sigla na sucessão presidencial.

De acordo com Fernando, a chegada de Meirelles ao MDB pode representar a candidatura do ministro na chapa de Michel Temer na busca pela reeleição. Temer ainda não decidiu sobre seu futuro, porém, de acordo com a Folha de São Paulo, o presidente teria revelado a partidários que defenderia seu legado.

“Para que ele possa construir – quem sabe? – ou a candidatura à eleição do presidente Temer, compondo-se como um candidato à Vice-Presidência da República; ou até mesmo, daqui até julho – quando o presidente (Temer) vai se definir pela reeleição ou não – o nome do ministro Meirelles seja uma alternativa para que o MDB possa participar da sucessão presidencial”, disse Fernando Bezerra em seu discurso.

Segundo o senador, Meirelles foi um dos responsáveis pela recuperação da economia brasileira, controlando a inflação e contribuindo para a geração de empregos. “Em 2018, vão ser duas vezes e meia a mais (de empregos) e vai haver um volume total de contratos de trabalho de mais de 2,5 milhões”, destacou Fernando.

Operação conjunta apreende drogas em Salgueiro e Caruaru

(Foto: Reprodução)

Uma operação conjunta das policias Federal, Militar e Rodoviária Federal, apreendeu 49 kg de maconha em Salgueiro e em Caruaru. Três pessoas foram presas na quinta-feira (23) e outras duas no sábado (25), por tráfico de drogas.

Na quinta-feira (23) um homem, de 39 anos, foi preso com 31kg de maconha, pronta para o consumo. O traficante afirmou que a droga vinha de Cabrobó e a entrega seria em Gravatá e que receberia R$ 1 mil.

No mesmo dia, duas mulheres foram presas carregando tabletes de maconha, em um ônibus. Elas informaram que receberam a droga em Floresta e o destino era a capital Recife. Seria pago pelo transporte R$ 400. Elas foram levadas para a Delegacia de Polícia Federal em Caruaru e depois encaminhadas para a audiência de custódia, onde tiveram confirmada a prisão preventiva. Em seguida, foram conduzidas para o Presídio Feminino de Caruaru.

A ação também prendeu em flagrante no sábado (25), por volta das 17h, dois homens. Os dois estariam envolvidos no transporte de maconha nas proximidades de Cabrobó. Os militares montaram uma barreira policial na BR-426. Ao avistar o obstáculo, os dois suspeitos desobedeceram a ordem de parada e jogaram fora uma bolsa que carregavam. A bolsa foi apreendida e os dois detidos. Na sacola foi encontrado 12 tabletes de maconha. A maconha foi adquirida em Cabrobó e iria ser entregue em Araripina e pelo transporte receberiam R$ 1 mil. A moto foi apreendida.

Esta é a 22ª apreensão de drogas neste ano de 2017. Até agora foram realizadas 34 prisões e apreendidos 24,2kg de cocaína, 43kg de Skunk, 6,8kg de Haxixe, 3kg de metanfetamina, 3 toneladas e 963kg de maconha e 900g de crack.

Com informações do G1