Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Após acusações da Folha de SP, Bolsonaro nega impulsionamentos por WhatsApp

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro. (Fernando Frazão/Agência Brasil)

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) se posicionou nessa quinta-feira (18) em suas redes sociais sobre a acusação do jornal Folha de São Paulo, que afirmou que empresas estariam comprando pacotes de disparo em massa de mensagens contra o PT no WhatsApp.

Após muita polêmica nas redes sociais e até um pedido de inelegibilidade do candidato por parte do PT, Bolsonaro afirmou que a Folha não teria “prova de nada” e que a empresa estaria “jogando no time de Haddad”.

“A Folha, sempre a Folha. É um jornal que realmente cada vez se afunda mais na lama e obviamente me acusa de estar fomentando isso junto a empresários. Nós não temos necessidade disso”, disse.

Vale ressaltar que a própria matéria da Folha afirma que não há indícios de que a empresa que é responsável pelas mídias digitais do candidato tenha fechado contratos para disparos em massa.

Correios fecham 41 agências de 15 estados do Brasil

(Foto: Arquivo)

Nesta terça-feira (16), os Correios encerraram as atividades em 41 agências de 15 estados do país. De acordo com a estatal, as unidades que serão desativadas estão em imóveis alugados, localizadas muito próximas a outras agências (menos de dois quilômetros) e não geram lucros. A empresa informou que os funcionários que trabalham nesses locais serão realocados.

Atualmente, os Correios têm pouco mais de 6,3 mil agências próprias em todo o país, além de 4,3 mil comunitárias, 1 mil franqueadas e 127 permissionárias. Segundo a empresa, o encerramento das atividades dessas agências faz parte do processo de remodelagem da rede de atendimento, que prevê a substituição gradativa de unidades convencionais “por soluções diferenciadas e mais adequadas às necessidades dos clientes”.

“O processo de remodelagem prevê a ampliação dos pontos de atendimento, dos atuais 12 mil para 15 mil, em todo o país, até 2021, melhorando os serviços para a população”, informou a estatal, em nota.

LEIA MAIS

Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio de R$ 2,5 milhões

A Mega-Sena pode pagar hoje (17) um prêmio estimado pela Caixa em R$ 2,5 milhões para o apostador que acertar sozinho as seis dezenas do concurso 2.088.

O sorteio ocorre às 20h (horário de Brasília) desta quarta-feira, no Caminhão da Sorte estacionado na cidade de Santa Helena de Goiás.

As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília), em qualquer uma das mais de 13 mil casas lotéricas credenciadas pela Caixa em todo o país. A aposta mínima, com seis dezenas, custa R$ 3,50.

Boletos vencidos a partir de R$ 100 podem ser pagos em qualquer banco

(Foto: Internet)

A partir de hoje (13), os boletos com valor a partir de R$ 100, mesmo vencidos, poderão ser pagos em qualquer banco. A medida faz parte da nova plataforma de cobrança da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) que começou a ser implementada em julho do ano passado.

Para serem aceitos pela rede bancária, em qualquer canal de atendimento, os dados do boleto precisam estar registrados na plataforma. Segundo a Febraban, os clientes que tiverem boletos não registrados na Nova Plataforma, rejeitados pelos bancos, devem procurar o beneficiário, que é o emissor do boleto, para quitar o débito.

O novo sistema permite o pagamento em qualquer banco, independentemente do canal de atendimento usado pelo consumidor, inclusive após o vencimento, sem risco de erros nos cálculos de multas e encargos. Além disso, segundo a Febraban, o sistema traz mais segurança para a compensação de boletos, identificando tentativas de fraude, e evita o pagamento, por engano, de algum boleto já pago.

LEIA MAIS

Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 27 milhões

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 2.086 da Mega-Sena, realizado hoje (10) em Joaçaba (SC). As dezenas sorteadas foram 043543464753. O próximo concurso será no sábado (13), com prêmio estimado em R$ 27 milhões.

A quina teve 33 apostas ganhadoras, com prêmio de R$ 68.459,21 cada. A quadra teve 4.355 apostas contempladas, cada uma irá receber R$ 741,07.

As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa em todo o país. A aposta mínima, com seis dezenas, custa R$ 3,50.

Período natalino deve gerar 7.594 vagas temporárias em Pernambuco

(Foto: ASCOM)

A temporada de contratação deste fim de ano, apesar de apresentar uma melhora, não deve empolgar muito. Isso porque, o contingente de desempregados no País é muito grande, mais de 12 milhões de pessoas, enquanto a previsão de criação de vagas temporárias deve ficar em 59,2 mil nos setores de comércio e serviços segundo pesquisa divulgada nessa terça-feira (9) pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). Diferente do patamar de 2014, quando mais de 490 mil pessoas entraram no mercado de trabalho pelas vagas temporárias de Natal

Em Pernambuco, dados da Associação Brasileira do Trabalho Temporário (Asserttem) sinalizam aumento de 9,9% em relação a 2017, com a criação de 7.594 postos temporários neste ano. O número da Asserttem comprova a previsão da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL-Recife), que estima criação de 7 mil vagas temporárias na Região Metropolitana do Recife. “O que projetamos de diferente do ano passado é a taxa de aproveitamento desse efetivo, que deve ficar em cerca de 10%. Já o início dessas contratações, por ser um ano eleitoral, deve acontecer entre novembro e dezembro mesmo”, comenta o presidente da CDL-Recife, Cid Lôbo.

Além do setor de comércio, que responde por quase 60% das contratações temporárias, o de serviço também se mostra otimista com a chegada do fim de ano. Segundo o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes seccional Pernambuco, André Araújo, o crescimento das contrações temporárias deve ser de 10%. “No fim do ano sempre há aquecimento na contratação temporária. Os melhores se destacam e acabam sendo aproveitados”, comenta Araújo.

Com informações da Folha de Pernambuco

Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio de R$ 23 milhões

O concurso 2.086 da Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira (10) o prêmio de R$ 23 milhões, que será realizado a partir das 20h (horário de Brasília) no Caminhão da Sorte, estacionado em Joaçaba, em Santa Catarina.

Segundo a Caixa, o valor do prêmio aplicado na poupança poderá render mais de R$ 85 mil por mês.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) de amanhã em qualquer uma das casas lotéricas credenciadas pela Caixa em todo o país. A aposta simples com seis dezenas custa R$ 3,50.

PTB anuncia apoio a Bolsonaro no segundo turno

(Foto: Internet)

Após reunião da executiva nacional do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), em Brasília, o presidente da legenda, Roberto Jefferson, anunciou nesta terça-feira (09) que apoiará a candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) à Presidência da República. Em nota, ele afirma que Bolsonaro é a opção para a pacificação e a união do Brasil.

“Acreditamos que Jair Bolsonaro trabalhará para que o nosso país volte aos trilhos do desenvolvimento social e econômico, e pela pacificação e união do povo brasileiro”, disse.

De acordo com Jefferson, a decisão foi tomada após consultas aos integrantes da Executiva Nacional do partido. “O PTB acredita que as propostas de Bolsonaro visam a um Brasil com mais empregos e melhoria de renda aos trabalhadores; com menos impostos e menos gastos públicos; e que respeite nossos municípios e nossas crianças, proporcionando a elas educação de verdade e com qualidade. Dentre outros, são projetos que objetivam um país eficiente e competitivo”, destacou em nota.

No Congresso Nacional, o PTB perdeu nomes tradicionais, que não conseguiram se reeleger como Cristiane Brasil (RJ), filha de Roberto Jefferson, Jovair Arantes (GO) e Nelson Marquezelli (SP). Todos eles tentaram a reeleição na Câmara sem sucesso. O partido conseguiu eleger nove deputados para a próxima legislatura.

Com informações da Agência Brasil

Haddad e Bolsonaro descartam nova Constituinte

Candidatos deram entrevista ao Jornal Nacional.

Durante entrevista ao Jornal Nacional, da Rede Globo, nesta segunda-feira (8), o candidato do PT à Presidência da República Fernando Haddad, anunciou que vai rever sua posição sobre a convocação de uma Constituinte e que pretende fazer reformas por meio de emendas constitucionais.

Ele citou três reformas que pretende fazer por meio de emendas constitucionais: reforma tributária, o fim do congelamento do teto de gastos e reforma bancária para diminuir a concentração de bancos e taxas de juros no país.

Sobre a afirmação do ex-ministro José Dirceu em entrevista ao El País de que o partido iria tomar o poder, Haddad disse que discorda da afirmação. “O ex-ministro não participa da campanha, não participará do meu governo e discordo dessa frase. Para mim, a democracia está sempre em primeiro lugar”, afirmou.

Jair Bolsonaro

Escolhido por sorteio, o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, foi o segundo a responder as mesmas perguntas. Ele negou que, caso eleito, fará um autogolpe e afirmou que não convocará uma nova Constituinte a ser formada por um conselho de notáveis, conforme havia defendido seu vice Hamilton Mourão (PRTB) durante a campanha no primeiro turno.

LEIA MAIS

Petrobras anuncia redução no preço da gasolina a partir desta terça-feira (09)

(Foto: Arquivo)

Nesta segunda-feira (08), a Petrobras informou que vai diminuir o preço médio do litro da gasolina a partir de amanhã (09) em 1,23% nas refinarias, de R$ 2,2159 para R$ 2,1889. Desde 28 de setembro, o preço vinha se mantendo estável.

O ritmo menor de reajustes tem como base a política de hedge adotada pela petroleira há pouco mais de um mês. Em setembro, a Petrobras anunciou um mecanismo de proteção financeira (conhecido como hedge) que permite aumentar os intervalos de reajustes nos preços da gasolina nas refinarias em até 15 dias.

O objetivo da medida é dar mais flexibilidade à sua política de preços, já que a empresa adotava reajustes quase diários no valor do combustível, com base sobretudo no mercado internacional e no câmbio.

Já o preço do litro do diesel segue estável em R$ 2,3606. A última alta ocorreu em 30 de setembro diante da atualização do valor referencial prevista no programa de subvenção do governo.

LEIA MAIS

Saiba como justificar a ausência de voto depois da eleição

(Foto: Divulgação/TRE-PE)

Caso o eleitor não tenha apresentado a justificativa no dia da eleição, basta preencher o Requerimento de Justificativa Eleitoral (pós-eleição) e entregá-lo pessoalmente em qualquer cartório eleitoral ou enviá-lo por via postal ao juiz da zona eleitoral na qual é inscrito, em até 60 dias após cada turno da votação, acompanhado da documentação comprobatória da impossibilidade de comparecimento ao pleito. Entre os exemplos de documento comprobatório de ausência estão: atestado médico, declaração de exercício profissional durante o horário do pleito e comprovante de viagem impeditiva de comparecimento aos locais de justificativa.

Caso opte por justificar sua ausência via online, o eleitor pode fazê-lo por meio do Sistema Justifica, ferramenta que permite a apresentação do Requerimento de Justificativa Eleitoral (RJE) pela internet após a eleição. Ao acessar o eleitor deverá informar os dados pessoais, declarar o motivo da ausência às urnas e anexar documentação comprobatória digitalizada.

Desde que corretamente preenchido o Requerimento, será gerado código de protocolo para acompanhamento e o RJE será encaminhado à zona eleitoral a que o eleitor pertencer para exame pelo juiz competente. O eleitor será notificado da decisão. Caso acolhida a justificativa, será feito registro em seu histórico no Cadastro Eleitoral.

LEIA MAIS

Bolsonaro e Haddad vão para segundo turno

Haddad e Bolsonaro vão ao segundo turno das eleições. (Foto: Reprodução)

Os candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) decidirão no segundo turno quem será o próximo presidente do Brasil. Com 100% das urnas apuradas nesse domingo (07), Bolsonaro somou 46,04%, o que representa 49.271.414 votos válidos, enquanto Haddad conseguiu 29,27 %, ou 31.319.499 votos válidos. O terceiro colocado, Ciro Gomes (PDT), somou pouco mais de 13 milhões.

Esta é a oitava eleição presidencial por meio do voto direto desde a redemocratização, no fim da década de 1980. O vencedor governará o Brasil de 1º de janeiro 2019 a 31 de dezembro de 2022.

O resultado do primeiro turno quebrou a polarização entre PT e PSDB na eleição presidencial. Nas últimas seis eleições, os dois primeiros colocados foram dos dois partidos, com duas vitórias do PSDB (1994 e 1998) e quatro do PT (2002, 2006, 2010 e 2014).

Número de urnas eletrônicas substituídas chega a 1.695, informa TSE

(Foto: Blog Waldiney Passos)

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou às 17h45 que chegou a 1.695 o número de urnas eletrônicas que apresentaram defeito e precisaram ser substituídas em todo o país. Isso representa 0,33% do total de urnas utilizadas no pleito deste ano. Até o momento, apenas o município de Três Coroas (RS), passou a adotar a votação manual, segundo o TSE.

Os estados com o maior número de urnas substituídas até agora são Minas Gerais (438), Pernambuco (192), São Paulo (163), Rio de Janeiro (145), Sergipe (90), Rio Grande do Sul (82) e Rio Grande do Norte (53).

Ao todo, 147.302.357 brasileiros estiveram aptos a escolher o presidente da República, os governadores de 26 estados e do Distrito Federal, 54 senadores, 513 deputados federais, 1.035 deputados estaduais e 24 deputados distritais.

Com informações da Agência Brasil

Boca de urna: Bolsonaro tem 45% dos votos válidos e Haddad, 28%, diz Ibope

(Foto: Reprodução)

Pesquisa boca de urna do Ibope divulgada no início da noite deste domingo (07) indica que haverá segundo turno entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) nas eleições para presidente da República. No levantamento, Bolsonaro aparece com 45% dos votos válidos, enquanto Haddad aparece com 28%, em segundo lugar. Ciro Gomes (PDT), aparece em terceiro lugar na boca de urna, com 14%.

Os votos válidos são aqueles que excluem brancos e nulos, ou seja, os que necessariamente são declarados a favor de uma candidatura. Para ser eleito em primeiro turno, o candidato precisa obter no mínimo 50% mais um voto do total de votos válidos.

A pesquisa foi contratada pelo próprio Ibope, e foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-0752/2018. 3000 pessoas foram entrevistadas neste domingo (07). A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O grau de confiança da pesquisa é de 99%.

Com informações do Uol

Bolsonaro chega a 42,6% dos votos válidos e amplia vantagem sobre Haddad, segundo CNT/MDA

Haddad e Bolsonaro devem protagonizar um eventual segundo turno. (Foto: Reprodução)

Na manhã deste sábado (06), a CNT/MDA divulgou uma nova pesquisa que mostra as intenções de votos para este domingo (07). Jair Bolsonaro (PSL) aparece com 42,6% dos votos válidos, enquanto Fernando Haddad (PT) somou 27,8% e Ciro Gomes (PDT) 11,5%. Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, nulos e os eleitores que se declaram indecisos.

Na estimulada, segundo a pesquisa, Bolsonaro aparece com 36,7% e o petista com 24%. Ciro Gomes soma 9,9%. Em relação ao último levantamento, o candidato do PSL registrou um aumento de 7,3 pontos percentuais, já o petista caiu 3,7 pontos.

Segundo Turno

Em um eventual segundo turno, Bolsonaro empata tecnicamente com Ciro Gomes, 41,9% e 41,2%, respectivamente. Nos demais cenários, Bolsonaro vence seus adversários.

123