Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Petrolina: Alvorlande Cruz pode ser empossado vereador ainda nesta quinta

Alvorlande Cruz pode ser empossado ainda nesta quinta (Foto: Blog Waldiney Passos)

Segundo informações oficiosas obtidas pelo nosso Blog, o presidente da Câmara de Vereadores de Petrolina, Osório Siqueira (PSB), teria sido notificado, na manhã desta quinta-feira (11), pelo Tribunal Regional da Justiça Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), sobre a decisão que cassou o mandato do vereador Domingos de Cristália (PSL).

LEIA TAMBÉM

Por unanimidade, TRE-PE decide cassar mandato do vereador Domingos de Cristália

Além disso, ainda de acordo com nossa fonte, Alvorlande Cruz (PSL) pode ser empossado vereador ainda nesta quinta. A chegada do parlamentar na Câmara Municipal fortalece a bancada governista e, consequentemente, enfraquece a oposição na Casa Legislativa.

Cassação de Domingos

Domingos é acusado de cometer irregularidades durante a campanha de 2016, quando foi eleito vereador por Petrolina.

Na ação, o TRE-PE alega que o parlamentar fez abuso de poder econômico, cometeu fraude e corrupção no pleito passado. Além da cassação, a corte impôs ao vereador uma multa no valor arbitrado na decisão, nos termos do voto da turma.

Enquete: Você concorda com Título de Cidadão Petrolinense a Bolsonaro?

Você concorda com Título de Cidadão Petrolinense a Bolsonaro?

Nesta quinta-feira (23), o vereador Elias Jardim vai propor, durante a sessão ordinária na Câmara Municipal, um Título de Cidadão Petrolinense ao presidente Jair Bolsonaro, que vem a Petrolina nesta sexta-feira (24). A proposta deve gerar discussões acaloradas entre os parlamentares.

Na sua justificativa, Elias afirma que a homenagem ao presidente se deve “pelo seu grande esforço para retirar o Brasil de uma grande crise”. O projeto traz um pouco da história de vida pessoal e profissional de Bolsonaro.

Nosso blog quer saber se você concorda com a proposta que será apresentada nesta quinta. Deixe seu voto na nossa enquete: Você concorda com Título de Cidadão Petrolinense a Bolsonaro?

Ronaldo Silva critica atuação da oposição na Câmara de Vereadores

Ronaldo Silva convidou vereadores da situação a votarem contra as solicitações da oposição. (Foto: Blog Waldiney Passos)

Durante a sessão ordinária desta quinta-feira (16), o vereador Ronaldo Silva (PSDB) fez duras críticas à atuação do grupo de oposição na Câmara Municipal. Segundo o parlamentar, sempre que a bancada de situação é contra algum requerimento, os opositores fazem “carnaval”. Durante seu discurso, Ronaldo convocou os vereadores governistas a votarem contra todas as solicitações – projetos, requerimentos e títulos de cidadão – da oposição.

“Todas as vezes que a gente vota contra um requerimento da oposição, eles fazem aquele carnaval. Quero chamar a atenção dos amigos da situação que, a partir de hoje, vamos votar contra todos os requerimentos, projetos, títulos de cidadão da oposição, enquanto não tiver humildade, vamos pedir destaque e votar contra todos”, disse.

Paulo Valgueiro. (Foto: Jean Brito)

O líder da oposição, Paulo Valgueiro (MDB), criticou a fala de Ronaldo e disse que a bancada estava apenas cumprindo o seu papel. “Esse é o nosso papel, que vocês votem contra ou a favor, é da consciência de vocês. A gente não tem que pedir permissão para colocar requerimento nesta casa. Não seremos subservientes. Humildade não quer dizer subserviência”, disse.

Alguns vereadores da situação não seguiram o pedido de Ronaldo Silva, como José Batista da Gama (PDT) e Maria Elena (PSB). Em seus discursos, os parlamentares afirmaram que não poderiam deixar de votar a favor de requerimentos que sejam importantes, ainda que sejam da oposição.

Após toda a confusão, apenas o requerimento 177/2019, de autoria da oposição, que solicitava informações sobre o contrato de financiamento de R$ 60.000.00,00 para pavimentação, foi reprovado por 14 a 6. Os demais requerimentos do grupo de oposição e situação foram aprovados.

Juazeiro: auxílio-uniforme agora é lei e gestores tem salários reajustados

Vereadores apreciam Projetos de Lei enviados pelo Poder Executivo.

A Câmara Municipal de Juazeiro aprovou, nessa terça-feira (12), durante a sessão ordinária, três Projetos de Lei enviados pelo Poder Executivo Municipal. Uma das propostas aprovadas pela Casa Legislativa prevê o reajuste no salário-base de servidores das áreas de educação e saúde.

O primeiro a ser votado foi o Projeto de Lei N 3.472/2019 que reajusta os salários dos cargos de Gestor Escolar, Vice-Gestor Escolar e Coordenador Pedagógico da Rede Pública Municipal de Ensino. Os vereadores também apreciaram o Projeto de Lei N 3.473/2019, que altera dispositivos da Lei Nº 2.815/2019. e institui o Auxílio-Uniforme na Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT).

Já o terceiro Projeto aprovado foi o de N 3.475/2019 que autoriza O Poder Executivo Municipal conceder reajuste no salário-base e proventos para Agentes Comunitário de Saúde e Agente de Endemias do quadro dos servidores do município.

Ronaldo Cancão solicita audiência pública sobre preço de combustíveis e cartel de postos em Petrolina

(Foto: Blog Waldiney Passos)

O vereador Ronaldo Cancão (PTB) deve solicitar nesta terça-feira (05), durante a primeira sessão ordinária da Câmara Municipal de Petrolina, uma audiência pública para tratar do preço abusivo de combustíveis praticado na cidade.

De acordo com o requerimento 001/2019, que solicita a audiência, Petrolina é a primeira colocada entre as cidades pernambucanas em que os postos de combustíveis obtiveram a maior margem na venda de gasolina, segundo dados da Agência Nacional de Petróleo.

“Em média esses postos compram a gasolina a R$ 3,746 e vendem ao consumidor final pelo preço de R$ 4,829, acrescentando, dessa forma, o valor médio de R$ 1,083 por litro. Além disso é possível observar que há um ‘cartel’ entre os postos de combustíveis”, diz o requerimento do parlamentar.

O vereador solicita a presença de várias autoridades para participarem da audiência, tais como o Promotor de Justiça responsável pela defesa do consumidor, o Coordenador do Prodecon da Prefeitura Municipal de Petrolina, o Gerente da Distribuidora de Combustível da Região do Vale do São Francisco, o representante de combustíveis, entre outras autoridades políticas.

Vereadores de Juazeiro participam de sessão extraordinária e aprovam três projetos

Vereadores de Juazeiro discutiram e aprovaram três projetos do executivo. (Foto: ASCOM)

A mesa diretora da Câmara de Vereadores de Juazeiro convocou nessa quarta-feira (23), por volta das 17h, uma sessão extraordinária para atender solicitação do Poder Executivo municipal. Os parlamentares discutiram e aprovaram três projetos.

O primeiro foi o Projeto de Lei Nº 3.457/2019, que estabelece o valor para os débitos jurídicos a serem pagos durante o exercício fiscal de 2019, mediante requisição de Pequeno Valor (RPV), nos termos da Constituição Federal.

O segundo, Projeto de Lei Nº 3.459/2019, altera a denominação das ações Orçamentárias integrante do Orçamento Municipal. Por fim, o último, de Nº 3.460/2019 autorizou a abertura de crédito especial.

As sessões ordinárias voltam a acontecer a partir do próximo dia 19 de fevereiro.

Orocó: vereador denuncia falta de quórum em sessão extraordinária para votação de reajuste do salário dos servidores

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Nesta terça-feira (8), estava marcada uma sessão extraordinária na Câmara Municipal de Orocó (PE), para ser votada a pauta de reajuste do salário dos servidores municipais, em decorrência do reajuste do salário mínimo. Pela importância da pauta era esperado o maior número de parlamentares, o que não aconteceu, segundo o vereador Ismael Lira (PSD).

Através do nosso WhatsApp, o vereador Ismael Lira denunciou a ausência dos colegas. Segundo ele a sessão estava marcada para às 10h, e como a maioria dos parlamentares não chegou no horário previsto, o presidente da Casa Legislativa, Patrício do Projeto (PDT) esperou até às 11h na expectativa de que os demais aparecessem.

Por falta de quórum a matéria não foi votada. Estiveram presentes na Câmara apenas o vereador Ismael Lira; o presidente da Casa, Patrício do Projeto, e a vereadora Valquíria Amando (PR). Os outros seis vereadores que curiosamente compõem a base governista, não compareceram.

“Lamento a ausência deles, pois por falta de quórum a matéria não pôde ser votada e infelizmente quem se prejudicará será o povo, serão os servidores municipais. Eu enquanto agente público, servidor dos interesses do povo, tenho que colocar os interesses da coletividade sempre acima de qualquer coisa. Mesmo sendo o líder da oposição ao prefeito George Gueber faço questão de votar as matérias que são do interesse do povo”, disse Ismael Lira.

Nossa produção não conseguiu contato com a prefeitura de Orocó, visto que o expediente se encerra às 13h. Reiteramos que o espaço está aberto para que a gestão esclareça os rumos do salário dos servidores diante do fato de a matéria não ter sido votada.

Nós tentamos contato com a Câmara de Vereadores de Orocó para saber maiores detalhes da matéria, bem como quais procedimentos serão feitos a partir de agora, com relação a votação. Infelizmente, nossas ligações não foram atendidas.

Vereadores apreciam homenagens e denominação de vias públicas na sessão desta quinta

Na sessão ordinária desta quinta-feira (22), na Câmara Municipal de Petrolina, os parlamentares devem apreciar alguns projetos com homenagens, como medalhas e títulos de cidadão, e denominação de vias públicas.

Além disso, os vereadores apresentarão requerimentos e indicações para serem apreciados pela Casa. Ao todo são sete requerimentos e 14 indicações. A sessão começa às 9h.

Comissão de Emancipação de Izacolândia e Rajada participa de sessão na Câmara de Vereadores nesta quinta

(Foto: Google Maps)

A Câmara Municipal de Petrolina recebe, na manhã desta quinta-feira (09), a Comissão de Emancipação de Izacolândia e Rajada, ambos distritos da cidade, que deve fazer o uso da Tribuna Livre às 10h.

A comissão será representada pelo senhor José Crescêncio da Cruz e Júlio César Monteiro dos Santos. A presença do grupo se deve à lei de diretrizes orçamentária da Câmara Federal, que prevê recurso para implante de 363 novos municípios a assediar para próximo ano no país.

Vereador Ruy Wanderley deve deixar o posto de líder do governo na câmara

Vereador Ruy Wanderley (PSC). (Foto: Blog Waldiney Passos)

Durante entrevista ao Programa Super Manhã, com Waldiney Passos, na Rádio Jornal Petrolina, nesta quarta-feira (07), o vereador Ruy Wanderley (PSC) deixou a entender que o mesmo vai se afastar do posto de líder do governo na Câmara de Vereadores de Petrolina (PE). Ruy Wanderley não confirmou que deixará de ser líder do governo, mas disse que a rotatividade de lideranças faz parte do processo político.

Para o lugar de Ruy, comenta-se nos bastidores que o prefeito Miguel Coelho escolheria o vereador Aero Cruz (PSB), embora o próprio Aero tenha comentando esta semana que há a possibilidade de disputar uma vaga para deputado estadual.

Outra mudança que pode acontecer na gestão Miguel Coelho seria no comando da Secretaria da Educação. O Coronel Heitor Leite, que foi exonerado da pasta de Infraestrutura, Habitacão e Mobilidade, para dar lugar a Fred Machado deve assumir a pasta da Educação no lugar da Secretaria Interina Larissa Soeiro.

A troca de gestores nas secretarias faz parte da reforma administrativa, iniciada esta semana pelo o prefeito Miguel Coelho.

Polêmica: Vereador Gilmar Santos faz crítica a Osinaldo Souza por afirmar que artista nu deveria ser surrado; Veja entrevistas

Gilmar e Osinaldo discutem durante sessão. (Foto: Blog Waldiney Passos)

A sessão ordinária desta terça-feira (24) na Câmara Municipal de Petrolina caminhava para um final sem polêmicas, até o vereador Osinaldo Souza (PTB) dizer que o artista que urinou em uma mulher pintada de preto na Universidade de São Paulo (USP), durante uma demonstração de arte, segundo os criadores da cena, precisava receber “pelo menos uma paulada no seu órgão sexual”.

A afirmação veio durante a discussão do projeto do vereador Gaturiano Cigano (PRP), que instituía uma biblioteca e um teatro itinerante na cidade. O vereador Gilmar Santos (PT) tentou rebater o discurso de Osinaldo. Contudo, por tentar fazê-lo após o fim da discussão do projeto, foi impedido pelo Presidente da Casa Legislativa, Osório Siqueira (PSB).

Ao final da sessão, Gilmar falou com a imprensa sobre o fato e afirmou que vai procurar o Ministério Público para retirar Osinaldo Souza da presidência da Comissão de Direitos Humanos por incitar a violência.

“Imagine o presidente da comissão de Direitos Humanos ser o primeiro a contribuir para a violação desses direitos. Vamos continuar denunciando, seja a hipocrisia de Osinaldo, que se diz cristão, o cristianismo que promove o amor ao próximo, o acolhimento, que cristão é esse que contribui para o estado de violência? Vou procurar o Ministério Público, vou exigir que essa Casa retire dele essa função, essa representação. É a mesma coisa que você dizer que um ditador vai defender a democracia”, disparou.

Osinaldo Souza

Osinaldo não mudou seu posicionamento e afirmou que a população presente “deveria surrar o órgão sexual dele, mandar ele se vestir para deixar de imoralidade no meio da rua”.

Além disso, o parlamentar disse que não fez apologia à violência e atacou Gilmar. “Não fiz apologia à violência nenhuma. Agora se o vereador quer se despir igual aquele cidadão e achar bonito, é problema dele”, disse.

Empresa de guincho Rodando Legal é criticada por atuação em Petrolina

Atuação da Rodando Legal em Petrolina está sendo questionada pela população. (Foto: Internet)

Os vereadores da Câmara Municipal de Petrolina levantaram o debate sobre a atuação da Empresa Rodando Legal, que trabalha com guinchos na cidade. A discussão aconteceu durante a sessão dessa terça-feira (10), porém, desde o início do ano a empresa é criticada por parte dos parlamentares.

O vereador Aero Cruz (PSB) recebeu uma denúncia de uma senhora que foi multada por ter estacionado o seu veículo em cima de uma faixa de pedestres na rua Dom Vital, no centro de Petrolina. Ela se colocou à disposição para retirar o veículo após ser multada, pois teria uma viagem de urgência para fazer, mas ainda assim teve o seu carro guinchado pela empresa.

(Foto: Blog Waldiney Passos)

O Código de Trânsito Brasileiro prevê a remoção do veículo como medida administrativa para quem estaciona sobre faixa de pedestres. Contudo, o mesmo código afirma que, caso a irregularidade possa ser consertada no local, não caberá a remoção. Portanto, no caso da senhora a remoção não era cabível.

“Quero passar para os colegas para que a gente possa dar uma resposta à sociedade em relação às atividades da Rodando Legal (…). Qual é o serviço que esta empresa está prestando a Petrolina? A senhora se prontificou a pagar os valores para ter seu carro para seguir sua viagem. No meu ponto de vista ela foi extorquida por essa empresa”, criticou o vereador.

Em defesa da empresa, o vereador Paulo Valgueiro (PMDB) afirmou que a autonomia para remoção dos veículos não é da Rodando Legal e sim dos agentes de trânsito. O parlamentar disse ainda que é necessário um plantão na Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina para resolver essas situações.

“A empresa não tem nenhuma autonomia para fazer ou não a remoção. A autonomia para realizar a remoção do veículo é do agente de trânsito que lavrou a infração. A liberação do veículo deve ser feita pela AMMPLA, que funciona em horário restrito. O que precisa ser feito é um horário de plantão na AMMPLA”, defendeu.

Projetos de Lei movimentam sessão na Câmara de Vereadores de Petrolina nesta quinta

Os vereadores votaram 12 Projetos de Lei durante a sessão desta quinta. (Foto: Blog Waldiney Passos)

A sessão ordinária da manhã desta quinta-feira (17), na Câmara Municipal de Petrolina, foi bastante movimentada. Além dos habituais requerimentos e indicações apresentadas pelos vereadores, 12 Projetos de Lei seguiram para apreciação dos parlamentares. A sessão seguiu até às 13h. Todos os projetos foram aprovados.

Os projetos apresentados tratavam de entrega de honrarias, como medalhas e títulos, abusos cometidos contra professores da rede pública de ensino, sinalizações e placas, acessibilidade, saúde, dentre outros.

(Foto: Blog Waldiney Passos)

5% das mesas para deficientes, idosos e gestantes

Os vereadores Gaturiano Cigano (PRP) e Alex de Jesus (PRB) apresentaram o Projeto de Lei 066/2017 dispôs sobre a obrigatoriedade na reserva de 5% (cinco por cento) de mesas para deficientes físicos, idosos e gestantes nas praças de alimentação dos shoppings centers, restaurantes e similares.

Para os parlamentares o Projeto de Lei “objetiva reduzir as dificuldades desses cidadãos e que por toda a cidade há uma infinidade de barreiras arquitetônicas, que impedem ou reduzem sua mobilidade”

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Violência contra professores

O vereador Rodrigo Araújo (PSC) colocou para apreciação da Casa o Projeto de Lei 037/2017 que dispõe sobre medidas de proteção para os casos de violência contra profissionais da educação de escolas públicas municipais de Petrolina.

Na justificava do projeto, Rodrigo afirmou que “é notório que, em muitos casos, professores, diretores e outros profissionais acabam sendo reféns de educandos, cuja finalidade é o de atrapalhar o andamento das atividades escolares, prejudicando a si, aos demais que desejam estudar e o próprio funcionamento da instituição escolar”.

Programa Rua da Saúde

(Foto: Internet)

Outro Projeto de Lei apresentado foi o do vereador Júnior Gás (PR). O Projeto 077/2017 cria, no âmbito do município de Petrolina, o Programa “Rua da Saúde”.

O programa, segundo o parlamentar, “irá desenvolver e ordenar a prática de esportes e exercícios físicos pela população nas vias e logradouros públicos, preferencialmente naqueles situados nos bairros cujas topografias não favorecem essa prática com segurança”.

Projeto que reconhece os serviços de pedreira artesanal não será votado na sessão desta quinta

Vereadores Ronaldo Souza (PTB) e Gabriel Menezes (PMDB), protestando contra a não aprovação do projeto 078/2016, na sessão da última terça-feira (21)/Foto: Blog Waldiney Passos

Na última terça-feira (21), ficou acertado, diante da recusa ao pedido de dispensa de interstício para deliberação em segunda votação do projeto 078/2016, de autoria dos vereadores Ronaldo Cancão (PTB) e Gabriel Menezes (PMDB), que autoriza o Poder Executivo a reconhecer no âmbito do município de Petrolina, os serviços de pedreira artesanal, de produção de paralelepípedo e meio fio, que a matéria voltaria à discussão na sessão seguinte, o que não vai ocorrer, pois a matéria não consta na pauta para ser apreciada na sessão desta quinta-feira (23) na Câmara Municipal de Petrolina.

A celeuma em torno do assunto gera desconfiança por parte da sociedade que não entende o porquê de tanta dificuldade para votar um projeto que apenas reconhece os serviços de pedreira artesanal, no âmbito do município de Petrolina.

Não se trata de regulamentação para exploração do solo, se fosse questão de extração de pedras seria então matéria privativa da união, mas neste caso, trata-se apenas do reconhecimento da atividade, segundo os autores do projeto.

A medida visa atender mais de 100 (cem) famílias, que residem nas localidades do Serrote Pelado e Serra da Santa, e que trabalham de forma artesanal há mais de 60(sessenta) anos.

“Portanto companheiras e companheiros nada mais justo do que regularizar essa situação para que essas famílias continuem trabalhando para sustentar as suas famílias”, afirmam os autores na justificava da matéria.

Nesta quinta-feira não haverá sessão na Câmara Municipal de Petrolina

De acordo com o presidente da câmara, muitos vereadores iriam viajar no feriado, tendo que voltar à noite. (Foto: arquivo)

De acordo com o presidente da câmara, muitos vereadores iriam viajar no feriado, tendo que voltar à noite. (Foto: arquivo)

A Câmara Municipal de Petrolina (PE) não terá sessão ordinária nesta quinta-feira (03). De acordo com o presidente da Casa Plínio Amorim, Osório Siqueira (PSB), um dos motivos pelo qual não haverá plenária é que muitos dos parlamentares municipais foram visitar os entes queridos que já partiram em outras cidades.

“Não vai ter sessão, devido ao feriado de finados na quarta e é preciso organizar a pauta e projetos que estão ainda aguardando parecer. A gente entendeu que não vai ter nenhum prejuízo, e vamos aguardar para a próxima terça. Vai funcionar normalmente na quinta, só não com sessões” afirmou o presidente da Câmara.

123